Como abrir seu próprio negócio do zero? Passo a passo

Descubra todos os passos essenciais para abrir seu próprio negócio do zero e ter sucesso como empreendedor!

blogAprenda_abrir-seu-proprio-negocio-do-zero

Abrir o próprio negócio é uma decisão que requer coragem. 

Essa decisão faz com que você se arrisque em um mercado competitivo, que exige muito estudo e estratégia para um empreendimento se consolidar e crescer. 

Diante desse cenário, muitas pessoas preferem o conforto de suas carreiras, ainda que o negócio próprio seja um sonho. 

Ou, então, desistem da ideia por acharem que um negócio é algo difícil de se abrir ou por acreditar que não possuem as credenciais para serem empreendedores. 

Sem falar do investimento necessário para começar esse sonho, que, muitos, acreditam ser alto demais para sua realidade. 

Bom, fato é que o caminho é árduo. Mas ter um empreendimento seu é possível. Graças à internet, é algo que está mais fácil que antes.

E você terá um guia pronto para te ajudar com o seu negócio! 

É possível abrir seu próprio negócio do zero?

Essa pergunta é fácil de ser respondida. Mas, para fazer isso, é preciso levar em conta uma série de fatores.

A resposta, claro, é sim! Contudo, é preciso investimento de tempo e de algum dinheiro. Esse último, é determinante. Abrir seu próprio negócio com poucos recursos é difícil. Mas nada impossível.

Você precisa ter ciência de que sua vida, a partir do momento em que decidir se dedicar a isso, pode mudar completamente. E, portanto, será necessário estudos e alguns sacrifícios.

Mas, tudo será recompensador se você se preparar com calma e dedicação!

7 passos para abrir seu próprio negócio

Se o seu sonho é mesmo ter um empreendimento seu, veja o que você deve levar em consideração para abrir seu próprio negócio. 

1. Comece com calma

Muita gente quer ter um próprio negócio para ter independência, fazer seus próprios horários, ganhar mais…

As vantagens realmente são muitas, mas nem tudo será um fácil e é preciso se preparar para isso. 

Você talvez demore a alcançar o sucesso, a se consolidar e pode perder algumas noites de sono. Se perguntará, também, se esse é realmente a melhor escolha para sua vida. 

A calma também passa por ter ambições que sejam de fato alcançáveis. Metas mirabolantes podem fazer você fazer escolhas erradas para seu negócio e tudo pode desandar com o tempo. 

Então planeje-se com pequenos passos, com objetivos que possam ser certeiros para quem está começando e que tragam frutos que te permitirão sonhar mais no futuro. 

2. Conheça o mercado em que atuará

Para começar qualquer jornada, é preciso saber onde está pisando. Nesse caso, o mercado que você quer atuar. 

Por isso, pesquise. Procure pessoas que já estão na área e troque ideias. Veja quais são os prós e contras em se abrir um novo empreendimento nessa área. Se ela é concorrida ou não. 

Use as redes sociais para conhecer melhor seu público (e logo mais você lerá melhor sobre isso). 

Ao definir seu serviço ou produto, descubra o que já existe e que você precisará se diferenciar. 

3. Saiba quais conhecimentos são essenciais

Fazendo essas pesquisas, você conseguirá identificar quais são as habilidades e conhecimentos que você precisa adquirir para tocar um negócio só seu. 

Administrar um negócio requer conhecimento em várias áreas, como administração (claro!), gestão de estoque, estratégias de marketing, finanças… 

Não significa que você deva ser um expert nesses assuntos, mas conhecimento básico – pelo menos – você há de ter.

Nessas horas, também será bem-vindo um bom networking. Uma rede de contato sempre poderá indicar o que é preciso para abrir um negócio e o que aprender para mantê-lo, além de poder fazer parcerias para alavancar seu negócio.

Também procure por cursos de especialistas da área que deseja aprender, certificando-se de que o curso realmente irá te ensinar o que você precisa.

4. Estude potenciais clientes e concorrentes

Seu público será o fator determinante de suas tomadas de decisões em seu negócio. 

Por isso, é preciso entender quem de fato são eles. Como se comportam e como consomem o produto ou serviço na qual você oferecerá. 

Trace um perfil de cliente ideal, observe seus primeiros consumidores e crie personas baseadas (representações semi-fictícias do cliente ideal) em dados que você conseguir colher.

Tudo isso servirá de embasamento para traçar estratégias para conquistá-lo. 

Uma outra forma de saber como conseguir isso é estudando seus concorrentes. 

Quem serão seus eles? Como eles estão posicionados no mercado? Como eles se comunicam com seu público? O que eles oferecem que você fará diferente?

Essas perguntas podem ser respondidas com um bom benchmarking, a boa e velha pesquisa de mercado. 

Você colherá informações fundamentais para saber os caminhos mais certeiros, mas diferente da do mercado. 

Com o resultado você conseguirá saber o que dá e o que é perigoso fazer para cativar público e até mesmo para manter o empreendimento. 

Abrir seu próprio negócio do zero é sempre muito desafiador, mas tendo essas informações, você terá uma ideia de onde começar e saber exatamente como poder progredir. 

Ao fazer essa pesquisa de concorrentes, você saberá exatamente como eles atuam. Mas não é, simplesmente, fazer um ctrl C + ctrl V dos modelos que eles usam. 

Mas sim se basear nessas informações para você ter as suas próprias estratégias.  

5. Explore o seu diferencial

Ainda há pouco, você leu sobre ter diferencial sobre o que já existem no mercado, certo? Você precisa ter um para não ser “só mais um” no mercado. 

Mais uma vez, toda a pesquisa que você fará para abrir seu negócio ajudará a saber como cada concorrente atua para que você possa fazer diferente. 

Fazer tudo igual, lembre-se, não é uma opção que você deve escolher!

Uma forma de buscar inspirações é observar outros mercados, mesmo que sejam completamente diferentes. Quem sabe daí não surge uma ideia brilhante?

6. Aceite os desafios de empreender

No começo desse passo a passo, você leu que nada será tão fácil. 

E não será mesmo. São poucos os empreendedores que conseguem sucesso com extrema facilidade. E mesmo esses poucos custarão a admitir isso. 

Por isso, seja flexível sem perder seus objetivos do seu foco. Planeje-se para conquistá-los, mas não pense duas vezes caso seja necessário fazer uma mudança de rota. 

As dificuldades serão muitas e você não precisa sofrer muito, porque, afinal, elas existirão. Aceite, estude-as com calma e siga perseverante!

7. Aposte na sua capacitação para aprender mais e crescer

E na linha anterior você leu um verbo fundamental para quem quer crescer nos negócios: estude!

É modo imperativo, sim, porque é algo necessário. A capacitação é a garantia de que você está sempre no caminho certo e atualizado.

Além disso, esse será o modo com o qual você poderá adquirir novas habilidades, além de se fortalecer aquilo que já sabe. 

Procure cursos de gestão, de finanças, se for o caso. Abra a mente para novas ideias que surgirem, mesmo que “não seja a sua praia”.

É preciso coragem para abrir seu próprio negócio!

Abrir seu próprio negócio não será algo realmente fácil. O mercado te exigirá rigor, organização e muita capacitação. 

Seus concorrentes estarão de olho em você. E você, neles. 

Além disso, você pode demorar a conquistar clientes, mas nada disso pode te desanimar. 

Continue pesquisando, aprendendo como o mercado se comporta, nutrindo bons relacionamentos e estudando o seu público. Fazendo tudo isso, certamente o seu negócio crescerá.

E para ajudar você nessa jornada, nada melhor que estudar. E fazer um curso online pode te ajudar a se preparar melhor na hora de abrir seu próprio negócio. Confira todos os cursos de negócios disponíveis e aprenda algo novo hoje mesmo.

Autor
Luiza Alexandre

Luiza Alexandre

Redatora apaixonada em aprender algo novo todos os dias.