Como aprender a tocar violão sozinho passo a passo?

É hora do show! Confira nossas dicas para aprender a tocar violão sozinho e quais cuidados é preciso tomar para fazer sozinho.

blogAprenda_aprender a tocar violão sozinho

Aprender a tocar violão sozinho pode até parecer difícil, mas, com persistência e força de vontade, é totalmente possível desenvolver essa habilidade!

Com o passo a passo que vamos apresentar, você pode se tornar aquela pessoa que comanda as rodinhas de violão nos encontros com os amigos! Ou apenas tocar as suas músicas preferidas em casa. A escolha é sua.

Parece um sonho, né? Mas pode ser a sua realidade! Confira o post para saber o que precisa fazer para aprender a tocar violão sozinho!

Quanto tempo demora para aprender?

Quando estamos começando a aprender algo, é comum ter pressa para fazer aprender logo. Mas praticamente todos os processos de aprendizado têm algo em comum: eles são extremamente pessoais e subjetivos!

Isso quer dizer que o tempo para aprender depende de vários fatores.

O primeiro fator para aprender a tocar violão sozinho vai depender de quantas horas você vai conseguir se dedicar para tal, da sua facilidade para manusear instrumentos musicais e também do seu objetivo pessoal.

Se você quiser aprender o básico para se virar com as músicas mais simples, provavelmente em alguns meses já terá alcançado o seu objetivo.

Agora, se quiser se tornar profissional, precisará dedicar mais do seu tempo para aprender técnicas mais avançadas. 

O importante é que, independentemente do tempo, se é algo que você realmente quer, com foco e dedicação você vai chegar lá!

Passo a passo para aprender a tocar violão sozinho

Aprender algo sozinho é muito gratificante! Mas, para alcançar o resultado esperado, é fundamental se dedicar com disciplina e regularidade. Como você deve estudar em casa, as dicas deste post vão te ajudar (linkar Estudar em casa).

Para aprender a tocar violão, além de se dedicar à parte teórica, você terá que praticar bastante e se permitir errar muitas vezes até acertar.

O que muitas pessoas fazem, mas que pode ser muito prejudicial ao aprendizado, é recorrer a diversos vídeos e tutoriais diferentes na internet, sem se organizarem ou terem certeza sobre o que estão buscando.

Isso pode levar a dúvidas infinitas, dificuldade para absorver muitas informações ao mesmo tempo e pouca consistência nos treinos.

Então, antes de começar a treinar várias coisas diferentes e ao mesmo tempo: que tal se planejar para os seus treinos serem mais produtivos? É bem simples!

Estude o seu instrumento

Antes de começar, conheça o violão que vai ser o seu companheiro na sua nova jornada de aprendizado!

Os violões são compostos por várias partes que têm suas próprias funções e precisam ser estudadas. Assim, você vai saber exatamente qual é o impacto de cada uma delas para a música sair perfeita.

Basicamente, existem violões de aço e de nylon e, normalmente, as pessoas começam usando o de nylon por ser mais macio e exigir menos manutenção.

A escolha do tipo pode não gerar tantas dúvidas, mas os modelos já exigem um pouco mais de pesquisa. Escolha um modelo confortável e esteticamente agradável para você ter ainda mais disposição para praticar.

Para garantir que fará uma escolha acertada, se possível, experimente alguns modelos antes de decidir qual será o seu instrumento musical.

Encontre o método ideal para você

Para garantir que o treino será produtivo, escolha o horário que você sente mais tranquilidade e ânimo para praticar, vá para um local reservado e com uma boa acústica e siga o seu ritmo!

Na internet você encontra vários métodos diferentes, como cifras grátis, áudios e vídeos, e com o tempo você vai perceber o que faz mais sentido para você!

O que importa é treinar constantemente para se acostumar aos treinos e criar uma rotina.

Aprenda os conceitos básicos

A gente entende que dá vontade de já pegar o violão e começar a tocar logo.

No entanto, passar primeiro pelo básico é importante para que, na hora de tocar, o seu som saia agradável aos ouvidos!

Por isso, antes de começar, estude e aprenda todos os conceitos básicos:

  • como segurar o violão e a palheta da maneira correta;
  • como e quando trocar as cordas;
  • como afinar o seu violão, etc.

Faça exercícios específicos para a mão esquerda e para a direita, aprenda os ritmos e os acordes, e treine várias vezes até conseguir fazer os movimentos mais comuns de maneira natural e praticamente automática.

Pode até parecer cansativo inicialmente, mas conseguir fazer tudo isso com destreza vai fazer com que as partes mais técnicas seja mais fáceis para assimilar. 

Afinal, o seu corpo e o seu cérebro já estarão acostumados com os movimentos de tanto praticar!

Fique de olho da postura

Quando nos empolgamos fazendo alguma coisa, às vezes nos esquecemos de observar a nossa posição. 

Não se esqueça disso durante a prática de violão!

Ficar de olho na sua postura vai ajudar a prevenir dores nas costas e problemas musculares.

Além de ser fundamental para a sua saúde, uma boa postura também influencia na qualidade do seu som, que precisa que você esteja com a coluna e os braços em uma posição adequada e confortável para fluir bem.

Sem contar que, com uma postura inadequada, você não vai conseguir transmitir a confiança e a imagem profissional de músico(a) que você tanto deseja, certo?  

Aprenda a ler a tablatura

A tablatura é o método usado para iniciantes que estão aprendendo a tocar violão e outros instrumentos de corda.

Ao contrário das partituras, que são mais complexas e exigem mais estudos, as tablaturas simplificam o processo de aprendizado. Elas dizem onde você deve posicionar os seus dedos em vez de mostrar as notas que devem ser tocadas.

Por isso, saber ler a tablatura é fundamental para quem quer aprender a tocar violão sozinho e precisa começar a criar intimidade e desenvoltura com o instrumento!

Grave a si mesmo

Você pode até pedir para um amigo ou familiar ouvir as suas primeiras tentativas e dar um feedback sincero. Mas não deixe de se gravar e também se ouvir para identificar o que pode ser melhorado.

Por mais que o retorno dos outros seja construtivo, o seu ouvido vai poder guiar melhor o seu processo de aprendizado.

Gravar apenas o áudio já é uma ótima ideia, mas se puder filmar será ainda melhor! Desse jeito você vai poder corrigir também a sua postura e começar a treinar para ficar cada vez mais natural.

Além de ajudar a identificar essas melhorias, as gravações podem servir de registro da sua evolução — o que é excelente para a motivação!

Seja persistente!

Não se esqueça: todos os processos de aprendizado exigem tempo, dedicação e resiliência.

O que isso significa? Que você vai errar muito antes de finalmente tocar as músicas que deseja! Mas isso não precisa ser algo ruim.

Tenha persistência e encare cada erro como uma oportunidade de aprender ainda mais e evoluir!

Caso surja a vontade de desistir em algum momento, que tal descansar um pouco, se inspirar ouvindo algumas músicas que você quer muito aprender a tocar e, somente depois disso, retornar à prática e aos estudos?

Hora do show!

Agora que você já passou por todos os passos, está na hora de começar a tocar.

Aprender a tocar violão sozinho é uma conquista muito valiosa e com certeza todo o esforço vai valer a pena quando você conseguir tocar a sua música preferida sem pausas e erros!

Está ansioso para começar a aprender a tocar violão sua casa? Confira os cursos com aulas super práticas, disponíveis na Hotmart!

Autor
Equipe Hotmart

Equipe Hotmart

A Hotmart é a plataforma completa para quem quer aprender novas habilidades e adquirir cursos digitais em poucos cliques. No universo da Hotmart, as possibilidades são infinitas.