O que é um planner e para que serve? Veja como utilizá-lo

O planner é uma ferramenta de planejamento que ajuda a organizar a rotina e acompanhar todas as suas tarefas, compromissos e metas!

Imagem de uma pessoa vendo a tela de um computador fazendo referência a o que e um planner

Se você quer se tornar uma pessoa mais organizada, precisa saber o que é planner e como ele pode facilitar a sua rotina!

Manter anotações, metas e compromissos registrados em um único lugar é uma excelente maneira de não se perder no meio de tantas coisas e dar conta de tudo.

Mas se engana quem pensa que planner é só um nome novo para a boa e velha agenda. Ou que planner é tudo igual.

Continue a leitura para saber mais sobre as funcionalidades e tipos de planner, e descubra se vale a pena adquirir o seu!

O que é e para que serve um planner?

O planner é uma ferramenta de organização e planejamento que tem vários recursos para anotar compromissos, reuniões, metas, objetivos, viagens, tarefas e o que mais você precisar!

O formato e o tamanho podem variar de acordo com o tipo, a marca e a finalidade. Há planners mais gerais, que podem ser usados para todos os fins, enquanto alguns são mais específicos, direcionados especialmente para planejamento financeiro ou de negócios, por exemplo.

Até mesmo quem já mantém uma certa organização de forma digital, usando aplicativos ou o Google Agenda, pode usufruir dos benefícios de usar um planner. 

Afinal, escrever no papel costuma ser uma excelente forma de organizar os pensamentos e se concentrar no que está fazendo.

Você já reparou que, ao anotar algo que precisa fazer, muitas vezes você acaba se lembrando daquilo sem nem mesmo ter que voltar à anotação?

Se já notou que isso acontece com você, o planner pode se tornar a sua dupla inseparável! 

Você também pode aproveitá-lo para registrar ideias e inspirações  – garantindo, assim, que nada será esquecido.

Diferença entre planner e agenda

Qual é, afinal, a diferença entre o planner e a tradicional agenda?

Se você só precisa de um lugar para anotar as tarefas do dia a dia e acompanhar o calendário, a agenda pode ser uma boa escolha.

No entanto, o planner vai além disso! Nele, você vai poder fazer o que faz em uma agenda e muito mais. 

Geralmente ele tem muitos outros recursos, como espaços para anotações, registro e monitoramento de metas, planejamento financeiro, alimentar, de viagens… 

Nem sempre essas coisas têm uma data específica, mas isso não significa que não mereçam a nossa atenção, né?

Tipos de planner

Planejamento é uma coisa muito individual, por isso, hoje existem vários tipos de planner no mercado. 

Há alguns que já especificam exatamente o que deve ser colocado em cada página, enquanto outros dão mais liberdade para personalizações.

Também existem tamanhos diferentes, assim como nas agendas. Você pode comprar um planner mais compacto, caso prefira guardá-lo em um espaço pequeno ou queira algo mais prático para levar sempre com você.

Mas também existem versões maiores, no formato de caderno, ou horizontais e no tamanho de uma folha A4. Se você preferir algo com mais espaço para escrever e se organizar, essas opções podem ser as ideais!

Além disso, também existem planners mensais, anuais, semanais e sem data. Confira quais são as principais diferenças entre esses quatro tipos.

Planner semanal

Quem não tem muita habilidade ou até paciência para se planejar a longo prazo pode se adaptar melhor às opções semanais.

Nesse tipo, você visualiza todos os dias da semana ao abrir o planner e consegue planejar e organizar tudo o que precisa ser feito naquele período.

Caso a sua rotina seja mais livre e imprevisível, o planner semanal pode ajudar a registrar os compromissos conforme eles forem surgindo, e a dar uma visão bem prática e compacta do que vem pela frente.

Ele é muito usado por quem prefere se organizar aos poucos e saber quais são as prioridades da semana.

Planner mensal

Ao abrir o planner mensal, você visualiza o mês todo e consegue ter uma visão bem completa de tudo o que precisa fazer naqueles dias.

Ele é uma ótima opção para quem tem uma rotina mais fixa e consegue se planejar com mais antecedência e a longo prazo.

Esse é um formato interessante para quem gosta de saber tudo o que precisa fazer durante o mês para conseguir dividir bem o tempo e identificar onde ainda dá para preencher, caso surja um imprevisto, novo compromisso ou tarefa, por exemplo. 

Planner anual

Se você é tão fã de antecedência que até o planner mensal parece pouco, vai curtir o planner anual!

Nessa opção, além de conseguir se programar semanal e mensalmente, você também enxerga o seu plano anual. 

Esse é o tipo ideal para quem gosta de planejar metas no início do ano e acompanhar o cumprimento delas ao longo das semanas, sempre com uma visão macro de tudo o que ainda precisa ser executado.

Normalmente, o planner anual é um dos mais completos, e vem também com espaços para você planejar viagens, fazer anotações sobre rotina alimentar, de leitura, checklists e muitas outras opções.

Planner sem data

Se o que você quer é liberdade, também existe o planner sem data. Com essa opção você fica mais livre para preencher como quiser, usando datas ou não.

Normalmente ele vem com as marcações e divisões para facilitar, mas você pode usá-las da maneira que for melhor para conseguir registrar tudo o que precisa e se organizar.

Se você acredita que não terá coisas para escrever todos os dias no seu planner, pode optar por um sem data e preencher somente quando achar necessário! 

A sua agenda sempre fica com alguns dias vazios e outros cheios de coisas para fazer? 

O planner sem data evita que páginas sejam desperdiçadas, afinal, você não precisa pular uma data específica. Basta não datar e usar todos os espaços disponíveis quando e como achar melhor.

Essa também é uma boa opção para quem decide comprar um planner só no meio do ano, por exemplo.

Vale a pena ter um planner?

Se você sente que precisa de uma ajuda para se tornar uma pessoa mais organizada e conseguir acompanhar as suas metas, vale muito a pena!

Mas isso não significa que pessoas que já têm uma certa organização não possam usufruir de todas as vantagens dessa ferramenta.

Caso você use um caderno ou agenda para registrar as suas tarefas, um planner pode facilitar o seu trabalho.

Em vez de ter que pensar e construir a estrutura e as divisões certas para encaixar tudo o que precisa escrever, o planner já vem formatado e você só vai ter que preenchê-lo e personalizá-lo. 

Sem contar que, com um planner bem preenchido, você pode começar a aproveitar a sensação gostosa de marcar um check nas tarefas cumpridas e metas alcançadas! 

Usar canetas coloridas, adesivos e marcadores também ajuda a deixar o preenchimento mais divertido e visual, o que contribui bastante para que o planejamento facilite o controle das suas atividades tanto pessoais quanto profissionais.

Use o planner para o organizar os seus estudos!

Agora que você já sabe o que é planner e viu como ele é versátil e útil, que tal usar essa ferramenta para organizar os estudos?

Você pode marcar os horários das aulas, as atividades que precisa fazer e até as suas dúvidas, para que possa pesquisar melhor cada uma delas depois.

Principalmente se você está fazendo ou pensando em fazer aulas a distância, a organização será fundamental para conseguir absorver todo o conhecimento e evitar distrações.

Para ter um rendimento ainda melhor, confira as nossas 20 dicas incríveis sobre como estudar online e vencer os desafios do EAD!

Autor
Equipe Hotmart

Equipe Hotmart

A Hotmart é a plataforma completa para quem quer aprender novas habilidades e adquirir cursos digitais em poucos cliques. No universo da Hotmart, as possibilidades são infinitas.