Trabalho home office: o que é, como funciona e dicas para trabalhar em casa!

Um termo muito em alta, o trabalho home office ainda gera algumas dúvidas. Confira o que é e todas as dicas para trabalhar em casa!

blogAprenda_trabalho-home-office

Trabalhar a hora que quiser, quando quiser, sem ter que pegar trânsito, enfrentar o humor do chefe… um cenário dos sonhos para muita gente e que quase sempre se associa ao termo trabalho home office.

Aliás, nunca esteve tão na moda falar de home office. Ele já é encarado, inclusive, como uma necessidade para muitas empresas e funcionários devido à pandemia de Covid-19.

Uma pesquisa realizada pela Faculdade de Economia e Administração de São Paulo (FEA-USP) e pela Fundação Instituto de Administração (FIA), aponta que 73% das pessoas entrevistadas estão satisfeitas com o trabalho em casa e 78% pretendem permanecer no mesmo regime de trabalho.

O estudo mostrou também que apenas 14% deste público gostariam de retornar aos escritórios diariamente. Além disso, 81% dos entrevistados relataram que a produtividade no home office é maior ou igual comparada à atividade presencial.

Mas será que home office é só trabalho em casa? Existe essa liberdade mesmo? 

Afinal, dá para evitar todos os poréns que existem no ambiente profissional aplicando essa modalidade? Há só benefícios nesse modelo de trabalho? 

Acompanhe o texto e confira todas essas respostas!  

O que é trabalho home office?

“Trabalho em casa” é a tradução livre do termo. Mas esse modelo não se reduz apenas ao ambiente do lar.

Home office pode ser considerado aquele tipo de serviço realizado fora da empresa. Tem gente que opta por um coworking, café ou espaços alternativos. Há quem ganhe a vida dessa maneira viajando, como os nômades digitais

Portanto, o trabalho home office não é apenas em casa, mas sim todo emprego que é realizado fora da empresa. A não ser que a empresa seja a sua própria, como no modelo home based, que é quando a sua sede é a sua casa.

Há também o teletrabalho, que é quando uma empresa contrata um funcionário para trabalhar remotamente ou seja, fora do escritório, mas seguindo a rotina de quem emprega.

Tudo isso se encaixa no conceito de home office. 

Como funciona?

Existem diversos modelos de home office, que variam sempre em comum acordo entre quem emprega e o colaborador. Ou para o cliente e o freelancer. 

Para esses últimos, que geralmente são autônomos, a escolha é mais livre: o cliente passa a demanda e o freelancer a realiza, independentemente de onde esteja. Claro, respeitando prazos e briefings da demanda.

O que se aproxima do home based, em que a flexibilidade é a grande amiga do trabalhador, que tem sua demanda e trabalha da maneira que convier, seja em casa, em seu escritório domiciliar ou onde ele quiser.

O teletrabalho, por sua vez, já é uma modalidade que o empregador exige o respeito aos horários. Algo próximo do modelo tradicional de trabalho. O que muda é o espaço, escolhido pelo trabalhador, desde que possua internet para se comunicar com a empresa. 

Qual a diferença do trabalho home office para o modelo híbrido?

Ainda que, na tradução livre, a expressão home office signifique “trabalho em casa”, ele não precisa ser realizado necessariamente em casa, a jornada pode ser feita em outros espaços como cafés, hotéis, um local no estilo coworking ou qualquer outro lugar que seja adequado para a realização das suas atividades. 

No modelo híbrido, há uma alternância entre o formato presencial e o remoto, algumas empresas definem dias fixos da semana ou quantidade fixa de dias que seus colaboradores precisam cumprir, de forma presencial, a jornada de trabalho. 

Outras, optam pela autonomia de seus profissionais e, neste caso, eles escolhem como, quando e onde vão realizar as suas atividades.

Quais são as vantagens e desvantagens do home office?

Como todo formato de trabalho, o home office tem seus prós e contras. 

Uma vez que este modelo vem ganhando força nas empresas, é compreensível que haja debates sobre o impacto na produtividade e nos resultados, benefícios, malefícios, desafios etc., tanto para as corporações quanto para os colaboradores.

Para entender melhor esses aspectos, vamos detalhar algumas vantagens e desvantagens deste modelo de trabalho. Continue acompanhando o artigo.

Vantagens

O home office é uma realidade em muitas empresas e há quem acredite que as vantagens de manter este regime se sobrepõem às desvantagens. Vamos conferir algumas delas:

  • Flexibilidade

Este é um dos benefícios mais interessantes da jornada remota de trabalho. No modelo flexível, é possível organizar seu tempo e suas tarefas do jeito que achar melhor.

Assim, você consegue aproveitar os momentos mais produtivos do dia para fazer suas tarefas mais desafiadoras.

  • Privacidade

Poder trabalhar no silêncio do lar (ou do local escolhido para o trabalho remoto), sem interrupções ou conversas que podem te desconcentrar ou tirar seu foco, é um aspecto muito positivo do home office, concorda?

Além disso, nesta modalidade de trabalho, você consegue fazer pausas ao longo do dia para fazer exercícios ou tomar aquele cafezinho e, até mesmo, poder vestir uma roupa bem confortável, sem se preocupar com dress code.

  • Economia de tempo em deslocamentos

Não se preocupar com o trânsito ou com transporte público é uma excelente vantagem do trabalho remoto. O deslocamento casa-trabalho costuma ser um fator estressante na vida do trabalhador.

Há pessoas que gastam mais de 4 horas na soma total de ida e volta ao trabalho, principalmente nas grandes metrópoles. 

Além do mais, trabalhando em casa você consegue ter mais tempo para cuidar da saúde física e mental, justamente por economizar esse tempo de transporte. 

  • Economia para o empregador e para a empresa

Neste quesito, tanto as empresas quanto os colaboradores sentem o efeito dessa vantagem.

Afinal, gastos com alimentação, transporte, manutenção do espaço físico da empresa, entre outros, serão reduzidos de forma significativa.

  • A possibilidade de trabalhar de onde quiser

Já pensou em poder trabalhar de qualquer lugar? Em casa, em outra cidade, ou até mesmo em outro país?

No trabalho remoto isso é perfeitamente viável! A tecnologia tornou possível reunir pessoas de diversos lugares em uma reunião online.

Portanto, essa modalidade possibilita que você tenha liberdade geográfica e trabalhe onde quiser.

Desvantagens

Como citamos anteriormente, todo modelo de trabalho tem suas vantagens e, consequentemente, desvantagens.

É importante saber os pontos negativos do home office, para, assim, encontrarmos o formato de trabalho mais adequado às nossas expectativas e necessidades.

  • Infraestrutura

Não é todo mundo que possui um local adequado para realizar as suas atividades, isso é fato.

Existem problemas, como a falta de internet de qualidade, equipamentos específicos, mobiliário apropriado etc., que comprometem o desempenho do trabalhador remoto, além de, poder trazer eventuais problemas de saúde, como de ergonomia, por exemplo. 

  • Distrações dentro de casa

Trabalhar em casa exige disciplina, principalmente no que se refere às distrações. Este é um ambiente com muitas chances de dispersão.

Pode ser por pessoas da família que convivem no mesmo ambiente, notificações do celular, barulho de vizinhos, tarefas domésticas pendentes… são muitas possibilidades que podem influenciar a sua concentração no trabalho. 

  • Segurança de informação das empresas

Com o avanço da implementação do home office pelas empresas, o setor de TI precisou adaptar a infraestrutura tecnológica a essa realidade.

Mesmo assim, o setor ainda enfrenta desafios, pois as conexões domésticas não dispõem de muitos recursos de segurança.

Comportamentos de risco como uso de plataformas de streaming, compras online, jogos online, entre outros, podem comprometer a segurança da informação.

  • Pouco contato com colegas de trabalho

As relações interpessoais dentro de uma empresa são fundamentais para o bom desempenho tanto dos times quanto individual. 

O modelo remoto de trabalho, por ser mais autônomo, trouxe como ponto negativo um menor contato com os colegas de trabalho. 

Isso pode trazer como consequência uma sensação de isolamento e, até mesmo, de solidão. Ter alguém sempre por perto para conversar ou para tomar um cafezinho, faz muita falta. Ainda que em alguns momentos do dia você interaja com os colegas por meio de chat ou reuniões online. 

  • Excesso de trabalho

Quando trabalhamos em casa é muito comum não ver a hora passar. Às vezes, estamos tão concentrados nas nossas tarefas que trabalhamos além do expediente, sem perceber.

O ambiente doméstico acaba fazendo com que o trabalhador misture a vida profissional com a pessoal, isso pode fazer com que a carga horária diária de trabalho aumente consideravelmente.

A sobrecarga de trabalho traz sérios prejuízos para a saúde mental como, por exemplo, aumento do estresse e da ansiedade e, em casos mais graves, pode, inclusive, desencadear a síndrome de Burnout, também conhecida como a síndrome do esgotamento profissional. 

Opções para quem quer trabalhar em casa

Como você pôde perceber até aqui, o home office é um conceito amplo e que exige se fazer algumas escolhas. 

Entre as vantagens e as desvantagens que existem nesse modelo, estão as opções para se realizar um trabalho de qualidade, quando e onde quiser.

Criando seu próprio negócio

A primeira delas é ter sua própria empresa. Essa opção é viável para quem já possui uma carreira consolidada e um bom networking. 

Nesse caso, você trabalha de casa e cria a sua própria rotina. A flexibilidade é o grande ponto de vantagem, mas criar um ambiente de trabalho no próprio lar pode ser algo desafiador. 

Saiba definir bem sua rotina e ter uma conversa sobre ela com as pessoas que moram com você para que nada saia do planejado. Movimente suas redes e esteja sempre antenado ao que acontece no mercado.

Encontrando um emprego remoto

Hoje, muitas empresas contratam pessoas que trabalham remotamente para demandas mais específicas, como gerenciamento de redes sociais ou trabalhos de desenvolvimento, mais especificamente para os TIs.

Existem plataformas em que você pode achar essas empresas ou mesmo se mostrar disponível a elas, como o Workana, 99jobs e o próprio LinkedIn

Como freelancer

Trabalhar como freelancer é uma outra opção. 

Aliás, isso é o desejo de muita gente. Mas, como tudo o que você leu até aqui, é cercado de desafios que você precisa estar bem preparado para encarar. 

De todo modo, bem como no tópico anterior, você consegue achar trabalhos remotos em outras plataformas e nas redes sociais. Crie rotinas e saiba que nem sempre pode haver demandas. 

E sempre tente manter seu networking atualizado. 

5 dicas para ser produtivo no home office

Bom, com tudo isso posto sobre a mesa, você deve estar discutindo se as vantagens cobrem as desvantagens no home office. Sobretudo no que diz respeito à produtividade. 

Mas há jeito sim e você terá 5 maneiras para ser produtivo quando e onde quiser.

Estabeleça uma rotina

Você não precisará acordar cedo, enfrentar trânsito… Mas isso não significa que você precisará pensar no trabalho de maneira bem organizada e que respeite horários. 

A liberdade de não precisar comparecer em um escritório é tentadora, mas crie um planejamento com horário certo para trabalhar. 

Não abra mão disso, pois sem uma rotina bem estabelecida você pode realmente ter dificuldades. 

Crie seu espaço de trabalho

É lindo ver fotos de home office em que as pessoas estão com copos de café – ou de chá – na cama com um computador sobre uma mesinha. 

Mas isso não é uma verdade. É preciso ter um local certo para trabalhar, com conforto e ergometria. E, principalmente, que te faça ter a sensação que você está em um momento de trabalho, não de lazer ou conforto. 

Portanto, uma mesa no quarto ou cômodo da casa próprio para isso serão mais que necessários. E não, não foi citado que a cama ou o sofá são lugares para isso!

Evite distrações

Achando o seu lugar para trabalhar em casa ou em qualquer outro local, que você precisa focar. 

Feche o quarto ou o escritório de casa. Trabalhe com fones de ouvido se for para locais públicos ou coworkings. Concentre-se onde estiver, mesmo que seja no lar. 

Crie interações diárias

Procure conversar com seus colegas de trabalho diariamente, chame no chat ou em uma videochamada rápida, só para bater um papo e ter um momento de descompressão.

É importante manter conversas em que o foco não seja somente nos assuntos de trabalho, se há grupos de conversa na sua empresa, procure participar e interagir com outras pessoas.

Saiba a hora de começar e terminar de trabalhar

 Busque estipular as horas exatas da sua jornada do dia, se você costuma se esquecer, coloque um despertador para te lembrar.

Após o término do seu expediente, tente fazer outras coisas que não envolvam seu notebook ou seu ambiente de trabalho remoto. Essa é a hora de se desligar completamente do trabalho.

Home office (não) é para todos

Entendemos que o trabalho remoto apresenta muitos desafios e que, por isso, não é todo mundo que se adapta bem ao modelo.

Há quem se sinta mais confortável e produtivo no ambiente presencial, e não tem nada de errado em preferir trabalhar dessa forma.

Contudo, mesmo para aqueles que têm ressalvas em trabalhar no home office, há adaptações que podem fazer com que este modelo de trabalho seja bem-sucedido.

É possível superar cada uma das desvantagens apresentadas e aproveitar o home office de maneira leve e produtiva.

Agora que você já conheceu um pouco mais sobre o home office, sabe que muitas empresas adotaram este modelo e pensa em trabalhar de forma remota, aproveite para conhecer o nosso Marketplace. Lá, você encontra diversos cursos que vão incrementar a sua carreira trazendo mais oportunidades profissionais.

Autor
Equipe Hotmart

Equipe Hotmart

A Hotmart é a plataforma completa para quem quer aprender novas habilidades e adquirir cursos digitais em poucos cliques. No universo da Hotmart, as possibilidades são infinitas.