Como escolher o nicho ideal para seu primeiro produto digital

Como escolher o nicho ideal para seu primeiro produto digital

Escolher um nicho de mercado é um dos fatores chave para o sucesso ou fracasso de um produto digital, além de ser estratégico para o desenvolvimento de todo o seu plano de ação. Por isso,...

Escolher um nicho de mercado é um dos fatores chave para o sucesso ou fracasso de um produto digital, além de ser estratégico para o desenvolvimento de todo o seu plano de ação.

Por isso, separamos algumas dicas que irão auxiliá-lo como escolher um nicho para o seu primeiro infoproduto visando a rentabilidade do seu negócio.

O que é um nicho de mercado?

Nicho de mercado é um segmento com particularidades próprias e um público com perfil e interesses semelhantes.

Se você analisar grandes marcas como, por exemplo, Amazon, Submarino e Americanas, perceberá que todas elas trabalham como uma gama muito ampla de produtos e serviços, o que abre margem para abranger diversos públicos muito diferentes. Com esse modelo de negócio, é possível atingir um jovem de 20 anos que se interessa por produtos fitness e uma dona de casa de 40 interessada em utilitários domésticos.

Porém, se você pensar na marca de maquiagens MAC, saberá que é uma empresa focada em produtos de beleza, com um público um tanto mais específico: mulheres que gostam de se maquiar.

Afunilando um pouco mais, podemos mencionar a marca Eleiko, que fornece barras e plataformas para atletas e profissionais que praticam Crossfit. Bem específico, não é? Nesse caso, o grupo interessado na marca é muito pequeno, mas por oferecer um produto singular, a marca acaba sendo mais assertiva.

Um nicho de mercado também tem como objetivo, explorar novos mercados buscando suprir demandas que ainda não têm tanta atenção ou fortes concorrentes no mercado.

Quais os benefícios de se trabalhar com um nicho de mercado?

Se você deseja começar um negócio e está à procura de um mercado para atuar, você:

A) Acha mais viável adentrar em um mercado já bastante explorado, mas que possa vender produtos diversos para um público amplo, ou:

B) Encontra um segmento pouco explorado e busca ser autoridade naquele ramo, oferecendo produtos ideais para o momento de compra do seu público.

A não ser que você tenha grande investimento por trás de seu novo negócio, estou certo de que viu uma ótima oportunidade na opção B.

Uma das principais vantagens de se trabalhar em um mercado muito segmentado, é a falta de grandes concorrentes, já que, em geral, nichos específicos são pouco explorados.

Além disso, você tem a chance de ser pioneiro em um mercado que ainda não identificou novas demandas de um público. Ainda falando sobre pioneirismo, há a possibilidade de se criar uma nova demanda e então, fornecer sua solução a um novo público.

Se já houver um ou mais fornecedores de determinado produto ou serviço, é mais simples de gerar competição, principalmente se você puder oferecer mais qualidade ao seu público.

Você pode mapear sua persona profundamente e entender como é o comportamento do seu cliente ideal. Essa pesquisa afetará seu produto em si, seu atendimento, suas ações em marketing e, eu arriscaria dizer, todo o universo do seu negócio. Se o seu público sente que você o compreende e que está falando diretamente com ele, ele se sente mais confiante para comprar com você.

Agora que você conhece as vantagens de se trabalhar com nichos de mercado bem segmentados, vamos aprender como escolher o seu.

Como escolher um nicho de mercado

1. Amplie as possibilidades

Desenvolver um produto digital sobre um assunto que você gosta é certamente mais prazeroso. Contudo, se o seu objetivo é começar a ganhar dinheiro na internet, foque em encontrar um nicho rentável que tenha sinergia com suas habilidades.

Listar os assuntos com os quais você tem mais afinidade, mesmo que não sejam seus preferidos, mas que acredita ser possível desenvolver um bom material é o primeiro passo. Pense também em informações que você ou algum conhecido já buscou com resultados mal sucedidos, seja pela falta delas ou do nível de profundidade que precisavam, sempre pensando em palavras-chave.

Palavras-chave ou Keywords são palavras ou expressões utilizadas nos mecanismos de busca, como o Google, para encontrar certa informação. Elas podem ser genéricas ou específicas, as chamadas long tail (cauda longa), que atuam como um nicho de informação. Por exemplo: se você busca informações sobre “marketing”, provavelmente digitará “marketing” e analisará as informações trazidas até encontrar o que pretende. Isto é uma busca genérica. Contudo, se você já sabe o tipo de informação em marketing que busca e que tipo de material pretende encontrar, utilizará uma busca mais específica, ou long tail keyword, como “e-mail marketing” ou “marketing de conteúdo”.

2. Avalie Oferta x Procura

Com sua lista de temas potenciais em mãos, inicie uma pesquisa nas ferramentas de palavras-chave dos buscadores mais utilizados, como o do Google, sobre a demanda pelos assuntos selecionados atentando-se a buscas similares ao que você deseja produzir em qualidade e quantidade.

Estas ferramentas apresentam a quantidade de busca mensais locais e globais por palavras-chave. Uma das melhores ferramentas para verificar a demanda por um nicho é a Google AdWords Keyword Tool, mas você ainda pode recorrer ao Keywordtool.io e ao Sem Rush.

Verifique na ferramenta qual o índice de procura pelo assunto do produto na internet: há demanda suficiente? Com que frequência suas principais palavras-chave são buscadas?

Verifique também se existem produtos similares sendo vendidos nos sites que aparecem nos buscadores quando essas keywords são buscadas, e caso existam, analise sua concorrência.

Cruzando os dados de demanda e conhecendo seus concorrentes, você conseguirá analisar a viabilidade de cada uma das suas opções, sendo que o ideal é escolher um nicho com alta demanda e pouca competição.

3. Entenda as tendências

Sempre terá gente buscando hábitos mais saudáveis, como emagrecer, como ganhar dinheiro na internet, soluções para melhorar os relacionamentos, malhar ou praticar esportes, bem como os assuntos do momento.

Se a sua ideia engloba um desses itens, meio caminho andado. Contudo, por se tratarem de tendências, você precisará afunilar ainda mais a sua ideia. As tendências são itens com grande procura, mas também com grande oferta e ser mais um na multidão, não fará você rico. Sabe aquela dieta que está em todas as revistas impressas? Um ebook sobre ela pode ser uma ótima ideia de infoproduto.

Por isso, o ideal é dar sequência às suas pesquisas para encontrar algo mais específico e escolher um nicho com maior procura e menor oferta. Para isso, existem ferramentas que podem dar uma mãozinha neste trabalho como a Ubersuggest, em que você digita um termo genérico e sugestões de palavras-chave específicas e com subníveis, relacionadas a este termo, são sugeridas conforme buscas reais.

O próprio Google pode te auxiliar nesse trabalho. Ao realizar uma pesquisa, a ferramenta completa automaticamente sua frase com os termos mais buscados e essas sugestões podem te dar boas ideias de nichos de mercado.

pesquisa no googlePara tomar a melhor decisão sobre as sugestões, utilize o Google Trends. Com esta ferramenta é possível fazer um comparativo entre palavras-chave, visualizando em um gráfico, a melhor opção.

pesquisa no trends
4. Analise se dá para competir nesse nicho

Não menos importante que o nicho é saber se você consegue competir nesse segmento. Qual o diferencial competitivo que o seu produto digital pode apresentar para se destacar dos já existentes?

Não se desencoraje pelas ofertas no mercado. Se o nicho escolhido tem seus ‘best sellers’, não é motivo para desanimar. Veja como uma oportunidade (se há altos índices de vendas, existe muita procura). Mas para isso, ter um diferencial estratégico é fundamental. Se não for o caso, retome para suas pesquisas!

O trabalho é minucioso, exige muita pesquisa, visão analítica e dedicação. Mas temos a certeza que com estas 4 dicas, escolher um nicho para o seu primeiro produto digital ficará bem mais fácil, além de ampliar consideravelmente as possibilidades de investir em um negócio altamente rentável.

E você, conhece outras dicas ou ferramentas que auxiliem na escolha de um nicho para compartilhar conosco? Não se esqueça de citá-las nos comentários.

Aproveite para aprender também sobre como se tornar uma autoridade online em seu mercado!

Nota do autor: este post foi originalmente publicado em abril de 2013 e foi atualizado para fornecer informações mais precisas e completas.