Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Fechar Minicurso Hotmart

Você é professor?

Já tem conteúdo para ensinar?

Comece 2019 com o pé direito e sendo dono de seu próprio negócio.

Aprenda a criar seu curso online de forma gratuita.

QUERO ACESSAR O MINICURSO
Fechar Hotmart Start

¡Hotmart ha llegado a México y queremos encontrarnos contigo en un momento increíble!

México ¡Me interesa!

Os 7 fatores causadores do envelhecimento - Aubrey de Grey

Os 7 fatores causadores do envelhecimento - Aubrey de Grey

Quer saber o que é preciso resolver para você poder viver 1.000 anos?

A pedra fundamental do trabalho do Doutor Aubrey de Grey é a proposta da gama de estratégias e terapias criadas por ele para parar o envelhecimento e, consequentemente, fazer com que os seres humanos possam viver até 1.000 anos. De Grey propõe essa estratégia para combater os sete tipos de “dano” celular e molecular causados por metabolismos essenciais do nosso corpo.

De acordo com ele, quando conseguirmos resolver esses sete problemas, nós poderemos viver “para sempre”:

  1. Mutações Nucleares

Existe um tipo de mutação celular que ou não influencia no envelhecimento ou leva ao câncer. Aubrey diz que o foco, neste caso, é utilizar uma estratégia de tratamento com medicina regenerativa periódica.

  1. Mutações Mitocondriais

(só parece complicado, mas a gente explica)

As famosas usinas de energia das células (clique faça o teste depois de ler o texto!) tem seu próprio material genético. As mutações desse DNA pode fazer a celular funcionar de forma incorreta. Indiretamente essas deformidades levam ao envelhecimento. Para corrigir isso, De Grey argumenta que seria possível copiar o DNA mitocondrial para o núcleo da célula, onde estaria melhor protegido.

  1. Lixo Intracelular

Nossas células trabalham o tempo todo e estão constantemente quebrando proteínas e outras moléculas que não são mais úteis e podem ser prejudiciais. Certas vezes elas não podem ser digeridas e se acumulam como lixo no interior de nossas células. Essa sobra pode ser removida com a adição de novas enzimas no próprio órgão de digestão da célula. Essas enzimas seriam de bactérias e mofo que decompõem organismos inteiros! How cool is that!?

  1. Lixo Extracelular

Essas proteínas inúteis que ficam dentro das células, também se aglutinam fora dela. Esses acúmulos (internos e externos) estão ligado à doenças como o Alzheimer. O lixo fora das células pode ser destruído melhorando a fagocitose (lembra das aulas de biologia?), processo normal do nosso sistema imunológico que destrói nossos ‘inimigos’. Caso o acúmulo seja muito grande ele poderia ser retirado cirurgicamente.

  1. Perda de Células

Algumas células do nosso corpo morrem mais rápido do que a substituição por novas células. É essa defasagem que causa o enfraquecimento do coração, provoca Parkinson e prejudica nosso sistema imunológico. Para atacar esse problema é preciso uma combinação de ações, como exercícios, uso de fatores de crescimento, além de terapia celular, uso de medicina regenerativa e renovação de tecidos. Quase nada.

  1. Envelhecimento Celular

Em dado momento esse fenômeno faz com que as células parem de se dividir. Porém elas não morrem como um todo e não deixam os outros se dividirem e podem causar outros males, como secretar proteínas. Doenças degenerativas, diabetes tipo 2 são alguns dos problemas ocasionados por esse envelhecimento. Para resolver isso é possível forçar a morte dessas células problemáticas, criando espaço para outras células se multiplicarem para repor essa falta. Quem disse que para parar de envelhecer teríamos que matar células, não é mesmo?

  1. Ligações Cruzadas Extracelulares

Células são mantidas juntas por ligações proteicas. Quando muitas ligações cruzadas se formam entre as células em um tecido, esse tecido pode perder elasticidade, ocasionando uma série de problemas. A proposta de De Grey e suas técnicas é desenvolver uma droga capaz de quebrar essas ligações quando se acumularem de forma perigosa.

Aubrey de Grey defende que essas terapias e tecnologias tem grandes chances de estarem disponíveis nos próximos 25 anos. Ele e sua barba volumosa estarão no FIRE 2017 falando sobre sua pesquisa e quão perto estamos de nunca mais poder reclamar da falta de tempo.

O livro no qual Aubrey de Grey explica detalhadamente estes 7 problemas chama-se Ending Aging (O Fim do Envelhecimento), e tem previsão de lançamento em português em junho de 2018. Clique aqui para a pré-venda do livro!

Não perca a oportunidade de estar cara a cara com alguém que pode mudar completamente a história da humanidade. Adquira já seu ingresso aqui.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.