Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Fechar Semana do YouTube

Data: 03/09 a 07/09

Aprenda técnicas para criar conteúdos que engajam e aumente a quantidade de seguidores de seu canal!

Inscreva-se

O que é analista de marketing e o que ele faz?

O que é analista de marketing e o que ele faz?

Conheça mais sobre essa profissão do futuro.

Em uma época totalmente transformada pela internet e pelos avanços tecnológicos, algumas profissões começam a se tornar antiquadas e até mesmo desnecessárias.

No entanto, outras surgem para suprir as novas demandas e dar conta de tarefas que, até então, não eram nem mesmo cogitadas pelo mercado.

A profissão de analista de marketing é uma dessas carreiras que ganhou força recentemente e começou a ser valorizada pelas empresas dos mais diversos setores.

Com as marcas cada vez mais focadas em manter presença nas mídias sociais, atrair tráfego e se destacar dos concorrentes, ter um analista de marketing na equipe pode ser o caminho ideal para alcançar os melhores resultados.

Neste post, vamos falar tudo sobre o profissional dessa área, suas atribuições, habilidades necessárias e a importância de seu trabalho.

O que é analista de marketing?

O analista de marketing é o profissional responsável pela criação, desenvolvimento, análise e mensuração das estratégias de marketing da empresa na qual ele trabalha.

Devido a sua atuação na área de marketing e publicidade, na maioria das empresas, a graduação em cursos relacionados é considerada um requisito indispensável.

Contudo, tão importante quanto a formação acadêmica é o domínio das ferramentas que auxiliam na elaboração de uma estratégia de marketing de sucesso.

O que o analista de marketing faz?

A partir de agora, vamos falar um pouco sobre as atribuições do analista de marketing dentro de uma empresa.

Devemos considerar, entretanto, que o trabalho desse profissional pode variar conforme o perfil da empresa na qual ele está inserido. Afinal, estamos falando de uma profissão que precisa adaptar e personalizar suas estratégias levando em consideração o público que cada empresa deseja alcançar, seus objetivos, as ferramentas disponíveis e os meios de comunicação nos quais estão concentrados os consumidores em questão.

Aqui, o foco será o analista de marketing digital, mas a profissão também é importante para empresas que utilizam estratégias de marketing tradicional e precisam direcionar suas ações para a televisão, rádio, divulgação de amostras grátis em espaços público, entre várias outras tarefas.

Então, para o analista de marketing digital, podemos dizer que essas são suas principais atribuições:

1. Definir a persona

Para que o analista de marketing consiga construir as melhores estratégias e usar as ferramentas certas para atrair os consumidores ideais, é necessário saber exatamente quem são as pessoas que se interessam pelos produtos e serviços oferecidos pela empresa.

Ao se basear apenas no público-alvo de uma forma geral, o profissional corre o risco de investir em campanhas rasas, pouco atrativas e que não agreguem valor para o público que realmente apresenta potencial de compra.

Definir a persona é caracterizar detalhadamente quem é o cliente ideal daquela marca, seus interesses, dores e objeções. Quanto mais específico for esse perfil, mais facilidade o profissional terá para definir as ações que devem ser feitas.

2. Estudar o mercado e a concorrência

Também é responsabilidade do analista de marketing ficar de olho no mercado para saber quais são as tendências, as demandas dos consumidores e as lacunas que precisam ser preenchidas.

Conhecer o mercado implica em saber tudo sobre seus concorrentes:

  • Quem são;
  • Em quais ações eles estão investindo;
  • O que está dando bons resultados;
  • O que precisa ser melhorado.

Trabalhar em cima das falhas da concorrência é fundamental para o analista de marketing, pois assim ele garante a atenção dos consumidores que estão insatisfeitos com demandas não atendidas pelo mercado.

3. Elaborar estratégias assertivas

Com o perfil da persona em mãos e todo o conhecimento necessário sobre o mercado e seus concorrentes, o analista de marketing deve elaborar as melhores estratégias para atrair os consumidores.

Nesse momento, o profissional deve considerar as mídias sociais mais usadas pelas pessoas que deseja atingir.

Como falamos anteriormente, um bom analista de marketing começa o trabalho traçando o perfil de sua persona. Então, fica fácil descobrir onde encontrá-la e que tipo de ação gera maior engajamento.

Ele deve elaborar pautas atrativas e de qualidade, usando estratégias de SEO para otimizar o conteúdo, atrair tráfego orgânico e alavancar as vendas da empresa. Além disso, devem ser considerados todos os meios de comunicação com o público: blog, Facebook, YouTube, Instagram, Twitter, e-mail marketing e newsletter, por exemplo.

Publicar uma ação maravilhosa no Facebook quando sua persona tem mais afinidade e participação no Instagram é um desperdício de esforço e tempo, não é mesmo?

Outro detalhe que o profissional tem que ficar atento é o formato do conteúdo que ele divulgará. Existem públicos que respondem melhor aos vídeos, outros têm mais afinidade com imagens, publicações com textos ou gifs. Ficar atento a isso também é função do analista de marketing, que precisará fazer alguns testes antes de chegar à maneira ideal de se comunicação com seu público.

Quanto à periodicidade de publicação, o analista de marketing deve trabalhar para lançar as campanhas nos melhores horários e dias da semana, além de manter uma certa frequência nas ações da empresa, sempre considerando o que traz melhores resultados, engajamento da audiência e conversões.

4. Acompanhar e mensurar os resultados das ações

Tão importante quanto definir e elaborar as estratégias é realizar o acompanhamento e mensuração dos resultados.

O analista de marketing deve estar sempre atento às ações realizadas, para conseguir identificar o que trouxe os melhores resultados e o que não teve o efeito desejado.

Para ajudá-lo, existem diversas ferramentas disponíveis com as quais é possível monitorar e interpretar as métricas, como o Google Analytics. O analista de marketing deve saber usar esses serviços e conseguir adaptar as estratégias para obter resultados cada vez mais expressivos.

Quais são as principais características do analista de marketing?

Para dar conta de tantas atribuições, é essencial que o analista de marketing tenha (ou desenvolva) determinadas características e habilidades.

Algumas delas são:

  • Desenvoltura na comunicação escrita;
  • Criatividade;
  • Conhecimento de mídias sociais e ferramentas de marketing;
  • Facilidade de compreensão de métricas e dados estatísticos;
  • Dinamismo;
  • Vontade e disposição para estudar sempre;
  • Conhecimento de técnicas de SEO.

Por essa profissão atuar em um mercado que sofre constantes mudanças, ter todas essas características e conseguir extrair o melhor delas no ambiente de trabalho é fundamental.

Além disso, o analista de marketing precisa de proatividade para aprender e colocar em prática todo dia algo novo, conhecer as novidades das ferramentas, as mudanças nos algoritmos das mídias sociais e acompanhar a transformação das demandas dos consumidores.

Como contratar um analista de marketing?

O analista de marketing é indispensável para a empresa que precisa implementar ou melhorar suas estratégias de divulgação.

Se você tem conhecimento na área, terá mais facilidade para encontrar o profissional certo para a vaga. No entanto, quem nunca atuou no setor de marketing e está contratando alguém justamente para implantar essas ações pode encontrar dificuldades na hora de selecionar candidatos.

Para contratar um analista de marketing é preciso ficar atento a sua experiência e desempenho na gestão de redes sociais, produção de conteúdo, uso de ferramentas de envio e automação de e-mail marketing e de SEO, como o Google Search Console, por exemplo.

O candidato deve ter as características que falamos anteriormente, ser apaixonado pelo mundo digital e ter muita disposição para lidar o tempo todo com métricas e números. Não adianta contratar uma pessoa excelente para produzir conteúdo, mas que não consiga acompanhar e compreender os resultados que suas ações apresentam.  

Como deu para perceber, por mais que os graduados em marketing, publicidade e propaganda, jornalismo e cursos correlatos tenham maior preparação e base de conhecimentos para atuar como analista de marketing, pessoas com outras formações também podem se sair muito bem.

Candidatos que têm ou já tiveram um blog, mantêm perfis nas redes sociais, conhecem e sabem usar as ferramentas de marketing de conteúdo e as estratégias de SEO já apresentam chances de se destacarem.

Por isso, ao divulgar uma vaga de analista de marketing nos tradicionais sites de buscas de emprego, é comum aparecerem muitos currículos, principalmente com o aumento crescente de pessoas interessadas em trabalhar no mundo digital.

É importante filtrar bem esses currículos para levar adiante no processo seletivo apenas aqueles que realmente se adequem à vaga e possam agregar valor à empresa.

Conclusão

Como empreendedor, com certeza em algum momento você vai se deparar com a necessidade de investir em marketing para se destacar no mercado, aumentar suas vendas e deslanchar seu negócio.

Com este texto, você aprendeu exatamente quem é o profissional ideal para ocupar a vaga de analista de marketing e está pronto para começar sua busca.

Pode ser, ainda, que você perceba que o melhor é se preparar para se tornar um analista de marketing. Ao se especializar, você conseguirá aplicar todo o conhecimento em seu empreendimento e melhorar por conta própria os resultados de suas ações.

Se interessou? Então, não deixe de conferir esses cursos de marketing digital totalmente gratuitos para você se qualificar para o mercado.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.