Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Fechar Três dias imperdíveis para aprender tudo sobre o mercado digital!

Três dias imperdíveis para aprender tudo sobre o mercado digital!

Garanta seu ingresso

Ansiedade no trabalho: 9 dicas que podem te ajudar a controlar

Ansiedade no trabalho: 9 dicas que podem te ajudar a controlar

Você sofre com crises de ansiedade no trabalho? Então, confira nossas dicas!

Vivemos em um mundo extremamente imediatista, no qual as informações correm em um fluxo impossível de acompanhar.

Esse cenário é o responsável por grandes avanços tecnológicos e sociais, mas, ao mesmo tempo, o fluxo constante de dados e informações passou a desenvolver preocupantes quadros de saúde mental na população, principalmente nos ambientes de trabalho.

Quem nunca sentiu aquela sensação ruim de frio na barriga e coração acelerado diante de um prazo apertado, uma situação tensa ou até mesmo um relacionamento ruim com os colegas?

A ansiedade no trabalho pode levar a quadros muito mais graves, prejudicando sua saúde mental.

Pensando nisso, trouxemos neste artigo 9 dicas que podem ajudar você a controlar a ansiedade no trabalho. Continue lendo!

Entenda quais são as causas da ansiedade no trabalho e na vida

Ainda não sabemos, ao certo, o porquê de algumas pessoas serem mais propensas a desenvolver quadros de ansiedade descontrolada do que outras.

Entretanto, alguns quadros de saúde podem levar ao desenvolvimento da depressão, como:

  • predisposição genética e histórico familiar de crises de ansiedade;
  • trauma ou estresse recorrente no dia a dia;
  • mentalidade negativista, que leva a pensamentos ruins sobre si próprio, decorrentes de um quadro psicológico instável;
  • doenças ou traumas físicos.

No ambiente de trabalho, algumas situações, atitudes e comportamentos podem levar a um quadro de ansiedade. Boa parte dos ambientes corporativos é, naturalmente, estressante e pouco amigável para as pessoas.

Segundo uma pesquisa realizada em mais de 10 países pelo instituto Robert Half, especializado em recrutamento e seleção de pessoas, o excesso de tarefas por colaborador e a falta de reconhecimento das lideranças são as principais causas do estresse e do surgimento da ansiedade entre os trabalhadores.

Aqueles que se sentem sobrecarregados, com uma carga excessiva de trabalho, acabam se tornando pessoas ansiosas por não conseguir cumprir prazos e, naturalmente, se preocupam com as tarefas em excesso.

Esse tipo de situação é responsável pelo desenvolvimento de sentimentos de medo, insegurança e angústia, pois essas pessoas tendem a temer a demissão.

Já aqueles colaboradores que se sentem desvalorizados pela própria empresa também desenvolvem um quadro de ansiedade, pois experimentam com frequência situações de apreensão, baixa autoestima e desmotivação.

De maneira geral, outros fatores que podem desencadear a ansiedade no trabalho são:

  • excesso de preocupação;
  • excesso de responsabilidade;
  • prazos curtos e inadequados;
  • metas inatingíveis;
  • busca incessante por resultados.

Saiba quais são os sintomas da ansiedade no trabalho

Muitas vez não é difícil identificar alguém ansioso no trabalho, principalmente quando esse tipo de situação interfere na produtividade da pessoa.

Geralmente, essas pessoas apresentam comportamentos compulsivos, como uma constante atualização dos emails corporativos, mãos trêmulas, dificuldade de se comunicar em reuniões importantes, entre outros.

Conheça 9 formas de lidar com a ansiedade no seu trabalho

Idealmente, o melhor caminho para resolver um problema que está resultando em um quadro de ansiedade é conhecer a fonte e cortá-la pela raiz.

Entretanto, no ambiente de trabalho isso pode significar um confronto direto com o seu chefe, o que nem sempre é uma opção.

Por isso, muitas vezes a melhor maneira de lidar com essa situação de ansiedade é trabalhar internamente os seus próprios sentimentos, buscando remediar os prejuízos e se fortalecer, de modo a evitar que novas crises possam vir a acontecer novamente.

Pensando nisso, separamos abaixo 9 formas de lidar com a ansiedade no trabalho que podem ajudar você a contornar esse problema.

Antes de tudo, ressaltamos que o ideal é sempre buscar a orientação de um psicólogo, pois esse é o profissional capacitado para auxiliar você a cuidar corretamente de sua saúde mental.

1. Identifique a fonte do seu problema

O primeiro passo para resolver sua ansiedade é descobrir o porquê de ela existir. Analise bem os seus hábitos, as suas atitudes e o seu ambiente de trabalho. O que mudou recentemente que fez sua ansiedade disparar?

Procure, também, analisar o seu próprio comportamento. É possível que a sua preocupação com os prazos curtos seja, na verdade, um sintoma da sua própria procrastinação, que deve ser resolvida para eliminar a ansiedade.

2. Aceite o seu pensamento negativo

Já ouviu falar que uma pessoa com vício em alguma droga — lícita ou ilícita — deve, antes de tudo, reconhecer que é alguém doente e com uma dependência química?

Para a ansiedade, as coisas funcionam praticamente da mesma maneira. É fundamental que, em um primeiro momento, você reconheça o quanto os seus pensamentos estão sendo irracionais.

Ao mesmo tempo que nossa mente é extremamente criativa para criar preocupações na nossa cabeça, ela também é a resolução desse tipo de problema.

Basta organizar os seus pensamentos e fazer alguns exercícios, como repetir exaustivamente o seu problema até que a própria sonoridade das palavras perca o sentido.

3. Organize o seu ambiente

Existem poucas coisas mais desgastantes que um ambiente desorganizado, no qual os objetos ficam perdidos e fora do lugar. Uma das causas da ansiedade de muitas pessoas é, justamente, a falta de organização da própria estação de trabalho.

Por isso, é fundamental fazer o que for possível para manter o próprio ambiente organizado, arrumando sua mesa e criando um espaço harmonioso, aconchegante e que estimule a criação de novas ideias.

Vale lembrar que os meios digitais, como as pastas do seu computador, também devem se manter organizados, principalmente porque é no meio ambiente virtual que boa parte das pessoas executa suas tarefas.

Assim, você consegue encontrar arquivos, informações e documentos mais rapidamente, facilitando o seu trabalho e evitando novas crises de ansiedade.

4. Defina suas prioridades

Com o problema identificado e o ambiente organizado, é hora de partir para a ação. Para tanto, é essencial que você faça uma lista de prioridades e guie-se por ela.

Se você é o tipo de pessoa que fica perdida quando se vê diante de uma grande quantidade de tarefas, definir prioridades é uma ótima maneira de alinhar as metas pessoais e começar a resolver os problemas.

Para quem precisa lançar frequentemente produtos digitais, por exemplo, organizar uma lista ordenando o que é prioridade é a melhor forma de conseguir cumprir os prazos sem ficar ansioso ou com medo de não conseguir atender às demandas.

Mesmo aquelas pessoas que se consideram multitarefas precisam delimitar o que é prioridade e o que pode ser feito por último, organizando, assim, uma rotina de trabalho eficiente.

5. Respire e faça pausas

Se as tarefas estiverem exigindo demais de você, não dê margem para o azar. Pare um pouco, respire e mantenha-se tranquilo. O descanso faz parte de qualquer atividade e é fundamental para a manutenção de um bom nível de produtividade.

Caso o trabalho esteja realmente cansando sua mente, tire alguns minutinhos e vá até a cozinha tomar um café, fazer o sangue circular nas pernas e bater um papo com seus colegas. Saia do ambiente onde você trabalha e dê espaço para sua mente respirar.

Se a situação for ainda pior, sente-se em um local calmo e arejado e inspire pela boca, de olhos fechados, bem fundo, contando até 5. Segure o ar, sinta seus pulmões cheios e, então, expire contando até 10.

Repita o procedimento por mais cinco vezes e você se sentirá muito mais relaxado, com a crise de ansiedade sob controle.

6. Decida e não postergue

Um quadro de ansiedade e estresse crônico faz qualquer pessoa ter dificuldade de tomar decisões. Uma boa maneira de evitar isso é decidir o que você vai fazer a seguir e executar a tarefa de uma vez.

Assim, você evita a procrastinação e, de quebra, ainda coloca as suas obrigações em dia mais rapidamente, fazendo com que sobre tempo para cuidar de você, seja fazendo um exercício físico, seja simplesmente descansando.

7. Pense positivo

Não existe nada que atraia mais sentimentos ruins do que um pensamento negativo. Pode parecer clichê ou piegas, mas pensar positivo faz muita diferença.

Mesmo que essa atitude não dê resultados imediatos e palpáveis, você perceberá o quanto ela ajuda no seu estado de espírito.

Uma pessoa com uma atitude positiva evita crises de ansiedade no trabalho e, de quebra, ainda contagia os colegas, tornando o ambiente mais leve e agradável.

8. Mude seus hábitos

Quando um hábito não faz bem para a gente, ele é, na verdade, um vício. E mesmo aqueles que fazem parte da nossa rotina sem fazer mal podem, no fundo, nos prejudicar.

Quem nunca sentiu que não conseguia evoluir na carreira e que estava fazendo sempre as mesmas coisas?

Uma simples mudança de hábitos, introduzindo novas atividades na rotina, faz com que tenhamos uma lufada de ar fresco nas nossas vidas, estimulando a sensação de que as coisas estão mudando, mesmo que em uma esfera menor.

9. Concentre-se

Quando temos dificuldade de focar nossa atenção naquilo que precisa ser feito, acabamos gerando o sentimento de ansiedade — e a ansiedade no trabalho é uma grande inimiga da produtividade.

Por isso, quando a crise começar a surgir, procure se concentrar. Feche os olhos, bloqueie todos os sons à sua volta e concentre-se no que vem a seguir. Se for necessário, faça uma listinha escrita à mão. Assim, você consegue retomar as rédeas da situação, evitando a chegada da ansiedade.

O perigo da ansiedade no trabalho

Crises de ansiedade não são brincadeira. Elas podem levar a situações extremamente graves, como um quadro depressivo e síndrome do pânico.

Por isso, é fundamental que, caso você esteja se sentindo desamparado, procure a ajuda de um profissional especializado.

A ansiedade no trabalho, quando chega ao seu limite máximo, pode levar qualquer um ao quadro de esgotamento conhecido como Burnout.

Quer saber mais sobre esse problema? Então, confira nosso artigo no qual explicamos tudo sobre a Síndrome de Burnout!

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.