Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Fechar A Hotmart está concorrendo ao <b>Prêmio Época ReclameAQUI</b> na categoria Serviços Online!

A Hotmart está concorrendo ao Prêmio Época ReclameAQUI na categoria Serviços Online!

Clique aqui e vote na gente!

Você conhece o blended learning? Descubra o que é ensino híbrido e como ele funciona

Você conhece o blended learning? Descubra o que é ensino híbrido e como ele funciona

Que tal unir o que há de melhor no ensino presencial e no online? É justamente isso que o blended learning, ou ensino híbrido, oferece.

O avanço da internet e das novas tecnologias trouxe diversos impactos na educação. Por um tempo, inclusive, muitos acreditaram que a modalidade presencial seria totalmente substituída pelo ensino a distância. Entretanto, já existe um “caminho do meio”, mais flexível e que aproveita as vantagens de ambos modelos: o blended learning.

Embora seja um termo ainda desconhecido de muita gente, o ensino híbrido tem ganhado cada vez mais popularidade, graças às transformações digitais.

Quer saber mais sobre esse novo modelo de educação, como ele funciona e como iniciar uma estratégia de blended learning? Então, continue lendo este artigo.

O que é blended learning e como ele funciona

O blended learning, também conhecido como ensino híbrido, aprendizagem mista ou b-learning, é um modelo educacional que busca combinar o ensino presencial com o aprendizado remoto baseado na tecnologia.

Isso significa que o aprendizado acontece tanto em sala de aula como em ambiente virtual. É um misto entre o ensino tradicional que todos nós conhecemos com a educação a distância para obter o melhor resultado possível.

Na prática, o aluno terá aulas tanto em sala de aula, com um professor e outros alunos, quanto em ambiente virtual, por meio de plataformas digitais e outros recursos tecnológicos que permitam a ele adquirir conhecimento.

Ou seja, é o casamento do melhor do mundo offline com o mundo online!

Tipos de b-learning

O ensino híbrido pode ser estruturado de duas maneiras: síncrono e assíncrono.

No modelo síncrono, instrutores e alunos precisam estar presentes em tempo real durante as aulas virtuais para que ocorra interação entre todos. Nessa modalidade, são utilizados fóruns, chats, webinar e aulas presenciais para estimular o engajamento e o trabalho em grupo entre os estudantes.

Geralmente, esse modelo é utilizado em situações que necessitam de interação face a face, comentários de um especialista, trabalho em grupo e solução de problemas mais complexos.

Já no modelo assíncrono, as atividades virtuais não precisam da presença de todos os envolvidos. Isso garante que o método de ensino será mais adequado às particularidades de cada aluno, facilitando o processo de aprendizado dos conteúdos. Afinal, cada estudante consegue personalizar sua rotina de estudos de acordo com seus objetivos e tempo disponível para estudo.

Benefícios do blended learning

De cara, a principal vantagem do ensino híbrido é permitir uma rotina de estudos mais flexível para os alunos, mas sem deixar de lado tudo o que o modelo tradicional oferece. Porém, a verdade é que o b-learning vai muito além disso.

Vamos dar uma olhada em alguns dos principais benefícios que essa metodologia pode oferecer:

Para quem aprende

  • O blended learning oferece aos alunos mais conveniência e flexibilidade. Eles controlam a velocidade de aprendizado e podem estudar remotamente durante parte do processo.
  • Algumas pesquisas sugerem que o ensino híbrido ajuda na compreensão e fixação dos temas estudados.
  • Como o b-learning permite a interação entre estudantes e tutores, é um modelo mais interativo e engajante que o ensino totalmente remoto.

Para quem ensina

  • O blended learning pode reduzir os custos envolvidos na criação e manutenção de cursos presenciais, como aluguel de espaços, mobiliário e impressão de materiais didáticos.
  • Permite usar diversos recursos de e-learning, como webinars e gamification, resultando em mais engajamento do público.
  • Como o ensino híbrido é mais eficiente e apresenta um custo menor, o retorno sobre investimento é superior ao ensino tradicional.

Principais modelos de b-learning

A personalização do conteúdo no blended learning é fundamental para o sucesso do aluno e do curso. Em vez de um modelo único, a intenção é oferecer soluções adaptadas ao ritmo e às necessidades de cada aluno.

Nesse sentido, o ensino híbrido pode ser implementado de diversas maneiras, geralmente usando uma combinação de um ou mais dos modelos a seguir:

Rotação por estação

Nesse modelo, os estudantes podem rotacionar por estações em um horário fixo, desde que pelo menos uma dessas estações ofereça aprendizagem online.

É mais comum em escolas primárias, já que os professores são mais familiarizados com a rotação em “centros” ou estações.

Laboratório rotacional

No laboratório rotacional, como no modelo anterior, os estudantes podem rotacionar pelas estações em um horário pré-determinado. Porém, a aprendizagem online ocorre em um local fixo, geralmente um laboratório de informática.

Rotação individual

Já a rotação individual permite que os alunos rotacionem pelas estações em horários individuais previamente definidos pelos professores ou tutores.

Ao contrário dos outros modelos, os estudantes não precisam rotacionar por todas as estações. Eles rotacionam apenas para as atividades programadas em seus cronogramas de ensino, que são criados individualmente.

Sala de aula invertida

O modelo de sala de aula invertida inverte a lógica tradicional entre o tempo de estudo presencial e atividades feitas em casa.

Os alunos estudam os conteúdos por meio de aulas e cursos online, enquanto os professores e tutores utilizam as aulas presenciais para atividades práticas e projetos que exigem supervisão.

Flex

Aqui, os estudantes podem se mover em horários mais flexíveis entre as várias atividades de aprendizagem, de acordo com suas necessidades e disponibilidade de tempo.

No modelo flex, o ensino online atua como espinha dorsal e os professores atuam oferecendo apoio e orientação conforme as necessidades individuais.

É um dos modelos que mais garantem aos estudantes autonomia e controle sobre a própria aprendizagem.

A la carte

O modelo a la carte permite que os alunos façam cursos não-presenciais com um professor online, além de contar com aulas presenciais. Isso garante a eles maior flexibilidade sobre o horário de estudo.

Virtual enriquecido

O modelo virtual enriquecido permite que os estudantes concluam a maior parte do curso online fora da instituição de ensino. Entretanto, eles ainda precisam frequentar a escola para aulas presenciais com um professor ou tutor.

Porém, ao contrário da sala de aula invertida, o virtual enriquecido não exige a presença diária, com encontros presenciais menos frequentes.

Como aplicar uma estratégia de blended learning

Talvez, você esteja pensando em se tornar um Produtor e criar um curso que mescla aulas online e interação com instrutores em tempo real. Ou queira implementar um treinamento para os colaboradores de sua empresa que também utilize ferramentas de e-learning.

Em ambos os casos, o uso do blended learning pode ser bastante vantajoso. Mas para que tudo dê certo, é importante planejar com cuidado essa estratégia para que o aprendizado não seja prejudicado.

Pensando nisso, listamos algumas dicas para traçar uma estratégia de ensino híbrido mais eficiente. Confira:

1. Escolha os objetivos da aprendizagem

Como em qualquer estratégia, é muito importante identificar quais são seus principais objetivos e metas para reunir os insumos necessários para alcançá-los.

Nesse sentido, defina quais conhecimentos você quer que os colaboradores ou alunos de seu curso tenham e quais competências eles devem desenvolver ao fim do processo.

2. Defina as mídias, tecnologias e metodologias

Depois de ter em mente seus objetivos, o próximo passo é determinar quais recursos, tanto online como offline, serão necessários.

Como o blended learning permite que o conhecimento seja transmitido por diversos formatos e técnicas, é preciso ter cuidado para escolher as metodologias mais adequadas. 

Pense bem nos resultados que você espera que os alunos alcancem com cada atividade para, então, definir em qual meio ela será oferecida.

Pode ser que um exercício avaliativo seja mais adequado para o formato online, enquanto um grupo de discussão trará mais resultado caso seja realizado presencialmente, por exemplo.

3. Incentive a interação

A interação entre alunos e professores é uma das maiores vantagens do ensino híbrido em relação a EAD. Quando os alunos se comunicam uns com os outros, conseguem compartilhar experiências e aplicar o conteúdo que estão aprendendo com mais facilidade.

Portanto, procure sempre estimular essa interação, pensando em metodologias e técnicas que favoreçam o convívio entre os participantes e a discussão de tudo o que está sendo aprendido.

4. Monitore o desempenho

Não importa se você está entregando o conteúdo online ou presencialmente. Avalie o progresso e o desempenho do público ao longo do processo. 

Você pode fazer isso por meio de questionários online ou um sistema de comentários ao fim de cada estágio, por exemplo.

Isso é importante para que os alunos sintam que contam com um sistema de apoio, além de permitir que você receba feedbacks sobre a eficiência do seu curso ou treinamento.

5. Mantenha a consistência

Um erro muito comum entre quem decide iniciar uma estratégia de blended learning é não se preocupar com a coerência entre os métodos de entrega online e presencial dos conteúdos. Quando isso acontece, a eficácia do curso ou treinamento é bastante prejudicada.

Portanto, mantenha a coerência e conexão entre os aspectos presenciais e remotos para que os alunos se sintam mais envolvidos e motivados durante o processo.

Conclusão

Como você viu, o ensino tradicional, no qual as aulas presenciais são a regra, tem se tornado cada vez mais obsoleto. Mas isso não significa que não dê para unir o que há de melhor no aprendizado tradicional com as últimas tecnologias de ensino.

E é justamente isso que o ensino híbrido oferece: ele junta a rotina flexível dos cursos online com a maior interação do aprendizado presencial.

Mas para que essa estratégia dê certo, é importante fazer um planejamento detalhado, definindo com clareza os objetivos e as técnicas que serão utilizadas ao longo do curso ou treinamento.

Agora que você já sabe o que é blended learning e como ele funciona, que tal se aprofundar ainda mais no mundo da educação a distância? Confira nosso guia completo sobre cursos online e aprenda a criar o seu!

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.