Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Branding: o que é, como cuidar de sua marca e conquistar fãs?

Branding: o que é, como cuidar de sua marca e conquistar fãs?

Descubra como fazer uma gestão de marca eficiente com ações de branding!

Branding é um termo em inglês originado de brand (em português: marca) que, de forma geral, significa a ação de se fazer gestão da marca.

Hoje em dia, essa estratégia é considerada uma das mais importantes para empresas e empreendedores que desejam criar negócios memoráveis e que realmente agregam valor para o cliente.

As maiores marcas utilizam branding para criar brand awareness e conquistar cada vez mais a atenção e o carinho de consumidores, criando verdadeiros fãs e crescendo em reconhecimento e respeito ao redor do mundo.

Você sabe esse sentimento de proximidade com a marca que vai além do produto que ela oferece?

Se tiver difícil pensar, vamos te ajudar, alguns exemplos são: Magazine Luiza, Netflix e Coca-Cola. Pode ser que você nem consuma o produto delas, mas não tem como negar que essas marcas são referências. Concorda?

Quer entender melhor como funciona o branding e como aplicar esta estratégia para que sua marca também seja uma referência em seu mercado? Continue lendo, vamos explicar tudo neste post!

O que é branding?

Como você viu, a definição geral que podemos atribuir a branding é como sendo ações para gestão de uma marca. Entretanto, muitos são os autores que aprofundaram a conceituação dessa importante estratégia.

José Roberto Martins, por exemplo, ressalta que as ações de branding são pensadas para tornar as marcas como parte de uma cultura, de forma que elas influenciem as pessoas, impactando além do fator econômico.

Dentro dessas definições, a marca é tratada como algo central nas estratégias empresariais. Em branding, a marca deve carregar um simbolismo que vai além de sua representação gráfica.

Branding, portanto, são todos os esforços para construir no imaginário das pessoas um ideal que a empresa deseja passar. Mas, também, o dever de fazer com que esse ideal seja de fato cumprido em todos os âmbitos do negócio.

Seja na venda do produto, na comunicação com o cliente e até nas ações internas, o trabalho de branding deve ser unificado e deve estar visível em todas essas partes.

Obviamente, realizar um trabalho como esse não é algo fácil. É, na verdade, um compromisso muito sério e detalhista, mas capaz de gerar resultados incrivelmente positivos para qualquer negócio, principalmente a longo prazo.

Apesar de ser trabalhoso, é algo possível e você pode começar a aplicar a qualquer momento. 

A seguir, vamos ver os conceitos importantes relacionados a branding. Acompanhe!

Conceitos importantes relacionados a branding

Marca x logo x slogan

É muito comum que se confunda esses conceitos, no entanto, eles têm grandes diferenças e entendê-las é extremamente importante para realizar um bom branding em seu negócio.

Marca, como explicamos, é uma representação simbólica da empresa, ou seja, é aquilo que vem a sua mente quando se fala o nome de uma empresa. É como a junção do que a empresa diz que é e o que você imagina dela.

Logo ou logotipo é a representação gráfica da empresa, isto é, o desenho ou o escrito visual.

E o slogan é aquela frase de efeito, muito usada em comerciais. Também conhecido como o bordão da empresa.

Para que você entenda melhor, vamos voltar aos exemplos citados anteriormente:

Magazine Luiza

Logo:

Logo Magazine Luiza

Slogan: Vem ser feliz.

Marca: É o conjunto do que a empresa se considera – “Uma plataforma digital, com pontos físicos e calor humano” -, sua missão e valores e o que cada pessoa percebe dela. Um exemplo comum é o reconhecimento da comunicação ativa da empresa nas redes sociais e da personagem Lu.

Netflix

Logo:

Logos Netflix

Slogan: Só na Netflix.

Marca: A Netflix se considera o principal serviço de entretenimento por internet do mundo. No imaginário das pessoas, é comum lembrar dela quando se fala em séries e filmes online e quando se pensa na comunicação descontraída dela nas redes sociais.

Coca-Cola

Logo:

Logo Coca-Cola

Slogan: Sinta o sabor.

Marca: A companhia se considera o maior produtor de bebidas não alcoólicas do país que atua em nove segmentos. Além dessa definição e das descrições sobre missão e valores, ela é parte do que está no imaginário das pessoas. Podemos dizer que pensamos no refrigerante, em campanhas de Natal e um grande esforço de publicidade por parte da marca, que sempre está presente em diversos patrocínios também.

Brand equity

Esse é um outro conceito importante de se saber para praticar branding com qualidade. 

Brand equity significa “equidade da marca”, traduzindo do inglês. Representa o valor agregado a uma organização por sua “força de marca”.

É o principal objetivo a ser alcançado com branding. Para uma empresa ser considerada como detentora de um brand equity forte, ela deve ser uma empresa que pratica o que diz e que também é percebida assim pelas pessoas.

O autor José Roberto Martins também discursa sobre brand equity. Para ele, significa o conjunto de valores atingidos pela marca que influenciam no crescimento dos lucros e impactam positivamente em questões como: credibilidade, confiança e reconhecimento.

Como aplicar branding em sua empresa?

Até aqui, você já deve ter percebido a importância do branding. Dentre outras coisas, podemos ressaltar que branding:

  • gera reconhecimento;
  • aumenta o valor do negócio (simbólica e financeiramente);
  • atrai novos clientes;
  • gera fãs e missionários da marca;
  • melhora a satisfação dos clientes;
  • melhora a satisfação dos funcionários;
  • agrega o sentimento de confiança;
  • suporta as ações de marketing.

São realmente muitas vantagens que as ações de branding são capazes de proporcionar.

Mas por onde começar? O que fazer? Onde mudar?

Vamos ver isso agora! 

Branding é um conjunto de ações, então, não existe uma fórmula pronta do que funciona ou não, mas, sim, práticas e dicas do que pode ser seguido. O resultado depende muito de quão comprometida a empresa está com essa estratégia.

Por isso, é importante saber que é necessário um time ou alguém específico para cuidar de branding e acompanhar continuamente a aplicação das ações. Beleza?

Então, veja quais são as principais práticas de branding!

Propósito, valores, missão e visão

Antes de começar a fazer qualquer coisa, é necessário um planejamento. É nesse momento que se decidem o propósito, os valores, a missão e a visão da marca.

Um dos conceitos que podem ajudar nesse planejamento é o do golden circle ou círculo dourado, que fala sobre um direcionamento para o negócio a partir de três perguntas: 

  1. Por quê?; 
  2. Como?; 
  3. O que?.

Propósito: é a razão da existência do negócio e pode ser definido a partir da pergunta: “por que existimos?”.

Valores: são o que guiará as ações e podem ser encontrados por meio da pergunta: “como queremos cumprir nosso propósito?”.

Missão: é a fundamentação do propósito, o que de fato a empresa faz para colocá-lo em prática. E a pergunta a responder é: “o que fazemos para cumprir o propósito?”.

Já para a visão, a pergunta que deve ser feita é: “aonde queremos chegar?”, justificando o que sua marca quer alcançar.

Após definir isso, é importante documentar e até exibir na parte institucional de seu site. Assim, o público poderá conhecer a proposta e o compromisso da empresa.

Veja um exemplo da Ambev. Ela apresenta um textinho em seu site que resume essas quatro definições:

Cultura organizacional

Cultura é algo que existe em toda sociedade e em todo grupo social. Normalmente, dentro de uma empresa também existe uma cultura.

Para praticar branding, a cultura de uma empresa deve ser bem conhecida e estar documentada para que as pessoas saibam como agir e a empresa sempre se posicione nessa direção.

Dessa forma, a cultura organizacional é a definição de crenças, comportamentos, valores, pilares e objetivos que caracterizam a empresa e a marca. 

Parte da definição de uma cultura organizacional é composta pelo propósito, valores, missão e visão que já vimos anteriormente.

A outra parte diz respeito a colocar essas questões em prática por meio das relações internas e externas, da comunicação e do posicionamento de marca.

Posicionamento

Falamos sobre posicionamento de marca, mas você sabe o que é?

Essa também é uma ação importante em branding e diz respeito a gerar valor a partir das definições que falamos anteriormente, com o objetivo de se diferenciar e se destacar da concorrência.

Para ter um bom posicionamento, sua marca precisa ter clareza, transparência e entregar um produto ou serviço inovador, relevante e de qualidade.

Identidade

Assim como todos nós temos uma identidade, a marca também deve ter uma, que é o que vai caracterizá-la.

Quando falamos em identidade já vem à cabeça a pergunta: “quem somos?” e também o conceito de identidade visual, certo?

E isso é basicamente o que constitui a identidade organizacional. Uma definição da empresa e definições que dão uniformidade à marca e permitem que ela seja reconhecida mesmo se não falarem o nome dela.

Vamos fazer uma brincadeira? Descubra a marca apenas com uma imagem!

Branding - Imagem com a frase: trago seu sabor amado em três casquinhas escrita em vermelho, azul, amarelo e verde. Branding - imagem de uma casa com o formato da letra "G" e nas cores vermelho, azul, verde e amarelo Branding - imagem de um banco com o telhado deslocando e de dentro sai uma forma na cor roxa.

Respostas:

Se você disse Burger King para a primeira foto, acertou!

Imagem do post do Burger King no Instagram

Se você disse Google para a segunda, parabéns!

Imagem do post da Google no Instagram

A última foto era Nubank, e aí, chutou certo?

Imagem do post da Nubank no Instagram

Conseguiu entender como cores, tipografia, características contextuais e estilo dizem tudo sobre a marca?

Por isso, dentre as ações de branding, esses são alguns detalhes nos quais se deve ter muita atenção.

Branding e marketing digital

Esperamos que essas práticas e nossas dicas possam ajudar a tornar sua marca memorável!

Como dissemos, esse é um esforço contínuo e bem detalhista, mas muito válido.

Se você se perguntou como o branding se relaciona com o marketing digital, nossa resposta é: em tudo!

A estratégia de branding é pensada justamente para sustentar ações relacionadas à marca, como é o caso do marketing. Aqui vão algumas dicas de branding especialmente para aplicar ao marketing digital:

  • Criação da brand persona: a brand persona é como a personalidade da marca, ela representa a personificação dos valores e da identidade e será base para toda e qualquer comunicação da empresa;
  • Organizar o feed: pode parecer besteira, mas essa prática faz toda diferença para dar força a sua marca. O público precisa identificar sua empresa em qualquer canal de comunicação com facilidade, isso reforça a identidade;
  • Atendimento personalizado e empático: essa atitude afirma a preocupação de sua empresa com o cliente e ajuda a aproximá-lo, encantá-lo e retê-lo. Responda todos os comentários nas redes sociais com carinho e ofereça um canal eficiente de suporte.

Essas são algumas dicas de como fazer branding com o marketing digital. Leia nosso post que ensina a criar seu plano de marketing e promova ainda melhor sua marca!

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.