Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

É possível fazer call to action em vídeo?

É possível fazer call to action em vídeo?

Você já utilizou a estratégia do call to action em vídeo? Sabe como fazer? Leia tudo sobre o assunto!

Vídeos, posts em blogs e redes sociais, e-books… Todos são tipos de conteúdo que podem ser utilizados para atrair o público de seu nicho e converter essas pessoas em clientes em potencial.

No marketing digital, algumas estratégias são recorrentes, independentemente do tipo de mídia que está sendo trabalhada. O CTA, por exemplo, costuma estar presente em todas elas, pois ajuda a guiar o leitor no funil de vendas.

Você sabe como fazer um call to action em vídeo? Neste post, vamos ensinar como usar essa importante ferramenta na sua estratégia de conteúdo visual. Continue a leitura e aprenda!

O que é CTA?

Também chamado de CTA, o call to action (ou “chamada para ação”, em português) é qualquer tipo de chamada realizada em conteúdo que leve a pessoa que está consumindo certo conteúdo a realizar uma ação específica. Seja uma texto, uma imagem, uma página da web ou um vídeo.

Essa chamada varia bastante, pois vai depender do objetivo de sua estratégia. É possível, por exemplo, sugerir outros posts para o leitor, pedir comentários sobre o conteúdo, sugerir o compartilhamento nas redes sociais, oferecer a assinatura de uma newsletter, entre outras estratégias.

Dentro do planejamento de marketing digital, a ideia é sempre fazer com que, durante ou ao final do conteúdo, o visitante consuma outros produtos, serviços ou mantenha-se dentro de seu site/canal.

Qual é a importância de inserir calls to action em vídeos?

Os vídeos tomaram conta do mercado nos últimos anos. Hoje em dia, conteúdos audiovisuais são tão importantes quanto os posts em um blog. Na verdade, a preferência do público está cada vez mais voltada para os vídeos, principalmente porque esses são conteúdos mais dinâmicos e fáceis de assimilar.

Nesse cenário, inserir CTAs em vídeos é um passo certeiro! Provavelmente, será preciso atrair o público-alvo que está assistindo a seus vídeos para a próxima etapa de sua estratégia.

Por meio do call to action em vídeo, você pode direcionar o público para o seu site, fazer algum link com um material mais específico no seu blog, sugerir outros vídeos dentro do seu próprio canal, entre outras possibilidades.

Assim como em qualquer outra ação de marketing digital, os vídeos também precisam ajudar o usuário a avançar no funil de vendas até o objetivo final de sua estratégia. Caso contrário, será apenas uma opção de entretenimento — e não é esse o objetivo quando falamos de marketing, certo?

Quais são os melhores tipos de CTA em vídeos?

Como você já deve ter percebido, a estratégia de call to action é muito ampla e pode ser aplicada de diversas maneiras.

Para te ajudar a dar os primeiros passos, listamos 3 tipos diferentes de call to action em vídeo que você pode utilizar daqui para frente.

1. Faça cards para outros vídeos ou URL específica

Para quem tem canal no YouTube, aspectos como a quantidade de visualizações por vídeo são importantes para a popularidade de um conteúdo, pois fazem com que ele possa alcançar cada vez mais pessoas.

Além disso, um dos desejos de quem tem um canal é conseguir levar quem assiste a seus conteúdos para seu site ou redes sociais.

Uma das formas de fazer com que as pessoas realizem essas ações é inserindo cards com sugestão de um vídeo com conteúdo semelhante, que elas possam se interessar, ou com uma URL específica de sites, redes sociais, entre outras. O YouTube já tem uma ferramenta própria para isso, clique e saiba mais!

2. Incentive ações de engajamento

O engajamento é um fator decisivo no sucesso de uma estratégia de marketing digital. A interação do público é um aspecto muito mais importante do que, simplesmente, o número de visualizações ou acessos ao seu conteúdo.

Por isso, utilizar um CTA específico no final dos seus vídeos sugerindo o compartilhamento em redes sociais ou simplesmente um comentário com dúvidas ou sugestões é tão importante quanto outras estratégias de inserção no funil de vendas.

Mas lembre-se: ao pedir a interação do público, você deve interagir de volta! Por isso, jamais deixe de responder a comentários ou agradecer o engajamento do seu público nos próximos vídeos!

3. Peça para que as pessoas realizem uma ação

Você já deve ter notado que muitos Youtubers pedem no final do vídeo para que as pessoas se inscrevam no canal se elas gostaram do conteúdo. Ou então, que você compartilhe com seus amigos e família.

E isso de fato é um grande incentivador para que as pessoas realizem a ação que o youtuber deseja e, sim, isso é um CTA.

Portanto, pense no roteiro de seu vídeo, em sua estratégia e decida qual o melhor momento e qual a ação mais adequada para sugerir a quem está vendo seu vídeo. Não se esqueça de falar de um jeito amigável, e não obrigando que façam algo.

Se você começar a falar vai notar que muita gente só não realiza a ação porque realmente se esquece. Então, seu papel é lembrar que se essas pessoas gostaram de seu conteúdo, realizar uma ação – seja de inscrever, comentar, compartilhar ou te seguir nas redes sociais – vai ser útil não somente a você como a elas, que provavelmente querem acompanhar seu trabalho.

4. Use o PlayBox, da Hotmart

Se você vende produtos digitais, provavelmente já pensou em utilizar os vídeos como vetores de marketing que auxiliassem no aumento da venda desses produtos. Afinal, os vídeos tendem a prender a atenção do público, tornando-se um bom gatilho para realizar uma venda ali, na hora.

O problema é que as ferramentas tradicionais exigem que você redirecione o público para alguma página específica, para que, só aí, seja possível realizar a conversão.

É para resolver isso que a Hotmart lançou o PlayBox, uma ferramenta de checkout integrada aos seus vídeos. Com ela, você consegue realizar suas vendas muito mais rapidamente, enquanto o público ainda está com a atenção exclusivamente no seu conteúdo audiovisual.

Como fazer a conversão em vídeos?

Já que falamos de converter os espectadores dos seus vídeos em possíveis clientes, nada melhor do que sugerir alguns caminhos a serem utilizados com a ajuda de um call to action bem elaborado.

Nesse sentido, você pode utilizar o espaço do CTA para direcionar os usuários para uma nova página, na qual eles poderão inserir informações úteis para a sua estratégia, como nome, e-mail, idade, entre outros. Só não esqueça de oferecer algo em troca! Conteúdos mais aprofundados, como e-books, podem ser boas opções.

Como vimos, os CTAs são ferramentas fundamentais para qualquer estratégia de marketing digital. Com eles, é possível guiar o leitor ou espectador no seu funil de vendas, convertendo-o em um cliente que pode gerar muitos frutos.

E o call to action em vídeos nada mais é do que a aplicação dessa poderosa ferramenta de conversão em uma das mídias mais acessadas atualmente.

Curtiu este post? Então, não deixe de assinar nossa newsletter, no final da página, para receber mais conteúdos exclusivos por e-mail!

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.