Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Fechar Três dias imperdíveis para aprender tudo sobre o mercado digital!

Três dias imperdíveis para aprender tudo sobre o mercado digital!

Garanta seu ingresso
Fechar Da criação à primeira venda de seu produto digital

Da criação à primeira venda de seu produto digital

Checklist simplificado para criar seu ebook ou curso online!

Download gratuito!

Checklist: da criação à primeira venda de seu produto digital!

Checklist: da criação à primeira venda de seu produto digital!

Empreendedor: conheça nossa checklist que contém todas as etapas fundamentais, da criação à primeira venda, de seu produto digital!

Muitos empreendedores de primeira viagem têm dúvidas comuns sobre o processo de criação de produtos digitais.

Como o objetivo de nosso blog é compartilhar o máximo de conhecimento sobre o universo de produtos digitais, nada mais justo que fazer um checklist abrangendo todo o passo a passo da criação à primeira venda de um curso online.

Se você está cogitando criar um produto digital, este guia é para você!

Benefícios de se tornar um produtor digital

Produzir um material rico e montar um negócio próprio através da venda de produtos digitais, tem muitos fatores benéficos e eles podem variar de acordo com o momento de vida de cada pessoa. Conheça os principais e veja se alguns deles fazem sentido para você:

– Viva de suas paixões: existem muitos profissionais frustrados com suas carreiras e, se tivessem a oportunidade, trabalhariam com aquilo que mais amam fazer. O problema é que muitos deles não sabem como realizar essa mudança. Criar um curso digital pode ser uma solução para essa situação e, dessa forma, ter a oportunidade de ensinar a outras pessoas sobre assuntos que lhe dão prazer!

– Mais flexibilidade: ter flexibilidade de tempo proporciona mais autonomia para organizar seu dia da melhor maneira possível. Seja trabalhando integralmente, seja dedicando algumas horas do seu dia ao seu negócio digital.

– Versatilidade: é possível produzir materiais em diversos formatos e direcioná-los para diferentes públicos, cabe ao produtor escolher a melhor opção para seu novo empreendimento.

– Melhor logística: ao contrário dos produtos físicos, a entrega de um produto digital é instantânea e é de inteira responsabilidade da plataforma na qual o produtor irá hospedar seu curso. Essa facilidade poupa trabalho do empreendedor, para que ele possa focar inteiramente na divulgação de seu produto.

– Mais qualidade de vida: esse é um dos aspectos mais buscados por quem começa a investir em produtos digitais. A possibilidade de passar mais tempo com a família, fazer aquela viagem que sempre planejou, mas nunca teve tempo de colocar em prática, ou mesmo, o simples fato de não ter que pegar trânsito para ir ao trabalho. Esses são aspectos significativos que podem se tornar realidade ao investir no mercado digital.

– Gere escalabilidade: escalabilidade é um dos fatores mais importantes para se alcançar independência financeira. Ter escalabilidade significa romper a barreira de tempo e espaço, para poder alcançar clientes em qualquer local do mundo, a qualquer momento. E ao multiplicar suas oportunidades, você também multiplica a chance de gerar mais lucro.

– Economize mais e tenha retorno mais rápido: enquanto uma loja física requer grande investimento inicial e pode demorar anos para começar, de fato, a lucrar, um negócio digital acontece de forma mais simples. É possível criar um curso com pouco dinheiro e começar a vender o quanto antes. O fator escalabilidade também é um forte aliado para colher os primeiros resultados!

Planejamento

O que você vai precisar para seu negócio digital?

Você vai precisar, inicialmente, de 4 itens básicos para dar o primeiro passo em seu negócio digital:

  1. Uma ideia
  2. Identificar a oportunidade de mercado
  3. As ferramentas adequadas
  4. Muita vontade para trabalhar e aprender

Mas não se preocupe, vamos lhe guiar pelo menos, nos três primeiros passos, ok?

A ideia

Se você chegou aqui sem saber o que criar – mas com muita vontade de empreender – podemos lhe ajudar. O melhor exercício a se fazer nesse momento, é pensar nos assuntos sobre os quais você mais gosta de falar e sobre seus hobbies preferidos. Você também pode responder a outras perguntas que o direcionarão aos nichos mais interessantes, de acordo com seu perfil. Aconselho que anote em um papel para, ao final, identificar os padrões em suas respostas.

  • Quais são suas principais atividades fora do trabalho?
  • Quais atividades você sempre gostou, mas deixou de praticar por falta de tempo?
  • Qual foi a última vez que você perdeu a noção do tempo realizando uma atividade? Que atividade era essa?
  • Quais são as atividades que você não precisa de auxílio para executar?
  • Sobre o que você mais gosta de conversar?
  • Se não existisse dinheiro, o que você gostaria de fazer por prazer?
  • Qual tipo de atividade você fica ansioso para iniciar?
  • Quais os assuntos sobre os quais você mais lê?
  • O que as pessoas pedem que você as ensine?
  • Quais são seus pontos fortes?

Depois de ter no papel os assuntos que você mais adora, vamos identificar os possíveis nichos que você pode adentrar!

Pesquisa de nichos

Depois que identificar um mercado, encontre um nicho. Quanto mais segmentado for o seu nicho, menos explorado ele será e você terá mais oportunidades para oferecer seu produto. Por exemplo: você descobriu que o mercado de alimentação saudável é muito interessante e você tem afinidade com o assunto. Talvez seja mais difícil competir com um material genérico sobre dieta. Mas se você segmentar seu produto para mulheres na menopausa ou mulheres que desejam emagrecer no pós parto, a concorrência será menor. E é possível segmentar ainda mais: mulheres com metabolismo lento que desejam emagrecer no pós parto.

Depois de identificar o nicho, você deve pensar: o que eu posso ensinar em relação à esse universo? Para isso, vamos passar ao próximo tópico, a pesquisa de mercado!

Pesquisa de mercado

Ao identificar os possíveis nichos, é preciso comprovar se existe demanda para criar um produto digital e para isso, vamos investigar o mercado! Quais são as tendências de consumo? Qual tipo de conhecimento as pessoas têm buscado? Existem materiais realmente bons que suprem essa necessidade?

Pesquise com amigos, conhecidos, redes sociais, Google Trends, Yahoo Respostas, fóruns e outras ferramentas que podem lhe fornecer o mínimo de informação relevante. Busque conteúdo estrangeiro e investigue se existe algo similar em seu país.

Utilize o Keyword Planner do Google Adwords para identificar o volume de busca pelos termos relacionados ao seu nicho. Se o termo for muito genérico e a concorrência alta, mais difícil será seu trabalho. Se for um termo mais específico (long tail), como no exemplo “mulheres que desejam emagrecer no pós parto”, você terá mais facilidade para direcionar seu esforços de divulgação.

Identificar a persona

Depois de segmentar o seu assunto, você precisa identificar qual é a sua persona, aquele personagem fictício que representa o seu cliente ideal e também a quem você direcionará toda sua estratégia. Aqui temos um post completo sobre como criar uma persona para o seu negócio.

Definir o formato

É hora de definir qual será o formato do seu produto digital. Nesse ponto, é provável que você tenha a ideia bem concretizada em sua cabeça, você deve definir então, qual a melhor forma de seu consumidor receber seu curso online: ebook, videoaulas, audiobook, mix de materiais, assinatura, site de membros. Leia mais sobre 8 tipos de produtos digitais que você pode criar.

Se você escolheu o ebook como sua melhor opção, aproveite para baixar nosso material completo sobre “Como fazer um ebook”.

Pesquisar sobre o tema

Mesmo que você já seja um especialista no tema escolhido, você terá que fazer uma pesquisa profunda sobre o assunto. Dessa forma, poderá descobrir novidades, atualizar-se sobre o assunto e, principalmente, descobrir o que já existe no mercado sobre o assunto para produzir um material ainda melhor! O Google também pode ser seu grande aliado nessa pesquisa, mas não se limite a uma só ferramenta, pesquise em redes sociais e faça entrevista com profissionais na área, se possível!

Na prática!

Outline do material

O outline é uma espécie de rascunho em que você poderá escrever tudo que vier à mente à respeito do seu material. Em um documento (recomendo o Google Docs), escreva ideias e frases soltas sobre tudo que deve conter em seu curso online. Não se preocupe com a organização, é hora de ter um brainstorm!

Produção do conteúdo

O produtos mais comuns do mercado são os ebooks e vídeo-aulas e cada um tem a sua especificidade. No caso de ebooks, a criação é a redação do material, divisão de capítulos e tudo mais que seu livro digital deve conter.

Já o vídeo possui uma complexidade maior: requer produção do roteiro, preparação do cenário e material de filmagem e gravação das videoaulas. Se esse é o seu caso, não deixe de estudar através do nosso ebook “Como fazer um curso online com videoaulas”.

Escolha do título

O título é parte fundamental do seu material, afinal, ele é um dos grandes responsáveis por chamar a atenção do seu público. Dedique-se ao título, escreva várias opções para, então, escolher a melhor delas.

Diagramação/Edição

A diagramação ou edição, no caso de vídeos, é parte essencial para refinar seu curso online e dar um toque profissional ao seu material. Se você não tem habilidade para realizar essa tarefa, recorra à um profissional. Existem plataformas nas quais você pode encontrar o designer/editor de vídeo ideal.

Revisão

Antes de finalizar, faça uma revisão minuciosa e garanta que o material está perfeito. Vá para um local calmo e evite distrações nesse momento. Consuma seu conteúdo com o olhar de sua persona. Você ainda tem a opção de pedir ajuda à um amigo que possua olhar crítico e possa lhe dar um feedback sincero sobre seu material.

Hospedagem

Com seu material pronto, é hora de colocá-lo online! Para isso, precisará de uma forma simples e segura de hospedá-lo, definir como seus clientes receberão o produto e qual será a forma de pagamento. Parecem detalhes muitos técnicos a se pensar, mas existem plataformas de produtos digitais que fazem isso tudo por você, como é o caso da Hotmart.

Se você pretende criar um curso mais extenso com videoaulas ou outros tipos de arquivos, o ideal é que hospede-o em uma área de membros. Para saber como criar uma área de membros e conhecer todas as vantagens e diferenças de uma plataforma comum, clique aqui.

Meios de pagamento

O meio de pagamento que você utilizará em seu curso online é um ponto que demanda total atenção. Isso porque a plataforma escolhida deverá passar devida credibilidade e segurança para seus clientes e, é claro, simplicidade para você. Alguns pontos que devem ser considerados ao definir seu meio de pagamento:

  • Depósito das vendas direto em sua conta bancária, agilizando o saque das comissões;
  • Checkout customizado, que pode influenciar diretamente o número de conversões;
  • Agilidade na aprovação de pagamentos;
  • Segurança total e proteção aos dados do comprador;
  • Vendas internacionais: você terá a possibilidade de expandir seu negócio para o mundo todo.

Se você ainda não decidiu seu meio de pagamento, conheça o Hotpay, sistema já integrado com a plataforma Hotmart.

Entrega do conteúdo

Já pensando em escalabilidade, é aconselhável descartar a entrega manual do seu conteúdo digital. Além desse método estar sujeito à muitas falhas, não é nada profissional. Busque por uma plataforma de produtos digitais que realize a entrega automática e rápida ao seu comprador.

Suporte ao comprador

Eventualmente, algum comprador pode ter dificuldade para acessar seu material ou alguma dúvida referente ao curso digital. Nesse momento, atendê-lo com agilidade e simpatia fará toda a diferença para a reputação de seu negócio. Garanta que a plataforma escolhida também tenha um suporte ao cliente eficiente.

Suporte ao Produtor

Além do cliente, você também pode ter alguma dúvida referente ao seu negócio e nesse momento, também deve contar com um suporte que lhe atenda prontamente. Identifique se a plataforma escolhida possui esse tipo de serviço antes de contratá-la!

Landing page

Se você deu um check na escolha da plataforma, é hora de colocar seu produto no ar. Ele deve estar disponível em uma landing page ou em seu site. Uma landing page nada mais é do que a página pela qual um usuário chega até seu produto/site. A vantagem da landing page focada em conversão, é que seu usuário não terá distrações e a chance de realizar uma venda, aumenta. Conheça aqui 5 ferramentas para facilitar a criação de landing pages.

Marketing

Tudo pronto para começar a divulgação do seu ebook? Afinal de contas, de nada adianta ter um material bem feito e com conteúdo valioso se ele não é encontrado por seu público. Vamos,então, às estratégias que você pode (e deve) aplicar para conquistar sua primeira venda!

Blog

Construa um blog em que você possa escrever sobre o seu nicho de atuação. Blogs são poderosas ferramentas de atração, pois além de oferecer conteúdo valioso ao seu público, você torna-se referência em seu mercado, conquista tráfego orgânico e reduz drasticamente seu investimento em divulgação.

SEO

Search Engine Optimization ou, em português, Otimização de sites para ferramentas de buscas, são técnicas que melhoram a maneira como motores de busca (Google e Bing) enxergam seu site. Ao longo dos anos, os algoritmos do Google sofreram atualizações que priorizam cada vez mais aqueles sites que se preocupam com a experiência do usuário. Quão melhor for seu posicionamento, maior será seu tráfego orgânico e menor deverá ser seu investimento em aquisição de novos usuários.

Vídeos

Você pode utilizar vídeos em sua estratégia de divulgação! Seja em anúncios pagos ou em seus canais de redes sociais, os vídeos geram proximidade com o público, o que é excelente para estabelecer autoridade em seu mercado.

Redes sociais

As redes sociais são canais em que você pode ter mais proximidade com seu público, de uma maneira mais descontraída. Pesquise quais são as redes sociais que sua persona mais utiliza e com base nisso, monte sua estratégia! Não se esqueça de ter coerência e consistência em suas postagens.

Anúncios pagos

Os anúncios pagos são ótimas fontes de investimento para fazer vendas! Através deles você pode segmentar seu público, anunciando para as pessoas que têm mais a ver com seu produto. É possível anunciar no Google e Bing, bem como nas redes sociais (Facebook, Instagram, Twitter, Youtube).

Email marketing

O email marketing ainda é uma forte ferramenta para estabelecer relacionamento com seus prospects e promover seu produto. Para essa etapa, você precisará de uma ferramenta para disparar seu emails. Você pode utilizar as versões gratuitas do mercado, como MailChimp ou optar pelas mais robustas, a medida que seu negócio for crescendo. Aqui é válido lembrar que é ideal que sua plataforma para produtos digitais tenha um programa de organização de leads, como o ListBoss, da Hotmart.

Programa de Afiliados

O programa de afiliados é a opção ideal para quem deseja aumentar a divulgação de seu negócio com o auxílio de parceiros divulgando seu produto. Os afiliados são promotores de produtos de terceiros que recebem comissões a cada venda realizada. A comissão é estipulada pelo próprio produtor, da forma como melhor preferir. Esse modelo de parceria é muito interessante para ambas as partes, como podemos comprovar em nosso próprio programa de afiliados da Hotmart.

Monitore seus resultados

A partir do momento que seu produto for ao ar, você precisará monitorar cada ação em prol do seu curso. Para essa tarefa, você pode contar com as próprias ferramentas de monitoramento das redes sociais, como o Insights, do Facebook, o Google Analytics, para ficar de olho em seu site e landing pages e o Google Adwords, para monitorar campanhas pagas no Google.

Regularize seu negócio

No momento em que seu negócio começar a gerar resultados expressivos, você pode considerar regulamentar seu empreendimento! Fizemos uma série de posts sobre esse assunto e você pode começar por aqui: Como regularizar o meu negócio digital?

Continue estudando

O mercado de produtos digitais se atualiza constantemente e por isso, é preciso que você fique ligado às novidades! Quanto mais você estudar, mais apto você estará para administrar seu empreendimento.

Pensando em qualificar cada vez mais os empreendedores de primeira viagem e também aqueles que buscam sempre se atualizar, a Hotmart lançou o Hotmart Academy, um curso completo sobre empreendedorismo digital. A boa notícia é que o curso é inteiramente GRATUITO e abordará cada item citado neste checklist!

Se você chegou até o fim, é hora de colocar em ação todo o seu planejamento. Documente todos os passos e controle cada etapa de seu negócio. Se gostou de nosso checklist, deixe seu comentário logo abaixo!

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.