Sparkle app icon

Sparkle App
Participe da comunidade exclusiva do nosso blog!
Grátis -

VER

Cliente inadimplente: como lidar com pagamentos em atraso

Cliente inadimplente: como lidar com pagamentos em atraso

Saiba o que você pode fazer para lidar com um cliente inadimplente e evitar prejuízos para o seu negócio.

Há um assunto delicado no mundo dos negócios: a inadimplência dos clientes.

Essa situação é desconfortável e pode prejudicar a relação entre a marca e o consumidor, mesmo que você tenha um negócio online e venda produtos digitais.

Se por um lado entender o cliente inadimplente e realizar negociações pode prolongar o relacionamento, também é válida a dúvida se é mesmo interessante mantê-lo.

Junto a isso, tem o momento desafiador em que o Brasil se encontra, com o poder de consumo da população caindo e o aumento da inadimplência. Por isso, entendimento e diálogo são fundamentais nesta hora.

Portanto, seja qual for o segmento do negócio, o empreendedor precisa enfrentar essa situação delicada em algum momento. E para não prejudicar a imagem do negócio e a relação com oconsumidor, é preciso cuidado. E, neste texto, você encontrará alguns caminhos possíveis para lidar com um cliente inadimplente sem prejudicar a sua marca.

Continue lendo e confira!

O que é um cliente inadimplente

A situação ocorre quando uma pessoa não arca com sua dívida junto a uma empresa. Segundo o CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens e Serviços e Turismo), o número de brasileiros com dívidas era de 66,3% em dezembro de 2020.

Objetivamente: são pessoas que deixaram de pagar determinada conta na data de vencimento por motivos diversos.

Muitas, simplesmente se esquecem do prazo para pagar, outras escolhem receber o boleto por email e a mensagem acaba caindo no SPAM. Ou, no pior dos cenários, o motivo da inadimplência é a dificuldade financeira.

Nunca é claro o bastante o que leva um cliente inadimplente a chegar a essa situação, a não ser que o empreendedor o conheça bem.

Seja qual for o motivo, a situação deve ser tratada com cautela, porque as consequências caso a relação não seja tratada corretamente podem ser graves e afetar os resultados de vendas.

Por que a inadimplência é um problema para o empreendedor?

Um dos principais problemas causados pela inadimplência é a falta de receita, seja a curto, médio ou longo prazo.

Isso afeta diretamente o fluxo de caixa do negócio e atrapalha o pagamento de fornecedores, tributos, contas e salário dos funcionários.

Uma grande bola de neve, não é?

Também é preciso analisar o impacto dessa inadimplência e o trato nas negociações para a imagem do negócio perante o público e o mercado.

Dependendo de como é a negociação é conduzida, um diálogo mal estabelecido pode manchar a imagem da marca. Afinal, mesmo em débito com uma empresa, o consumidor tem direitos garantidos.

Além disso, uma pessoa em dívida pode voltar a ser um cliente a longo prazo, voltando a fechar negócio com a marca em outro momento. Ao fazer a cobrança de maneira inadequada, a empresa pode perder um negócio futuro.

Todos esses problemas acontecem caso não haja uma preparação estratégica para lidar com casos de cliente inadimplente. Daí a necessidade de se precaver e saber enfrentar essa situação.

Como lidar com clientes inadimplentes e acabar com pagamentos em atraso?

Diante da possibilidade de problemas tão graves, como lidar com a inadimplência? Ou melhor, como realizar cobranças que não sejam problemáticas e diminuir o número de devedores?

Veja essa lista de 5 soluções para acabar de vez com essas dúvidas!

1. Avise sobre o débito

Antes de tomar quaisquer medidas legais, é preciso avisar o cliente sobre o débito. Nessas horas, use os canais de comunicação mais pertinentes e seja objetivo, prezando a gentileza sempre.

Você pode se prevenir de qualquer atraso no pagamento avisando da data prestes a vencer. Faça isso com uma certa antecedência para que o cliente possa se preparar, se for o caso, ou de entrar em contato caso esteja com problemas financeiros e queira negociar o pagamento.

2. Conheça o cliente 

Ainda que seja bem difícil saber o real motivo de um cliente se tornar inadimplente, você pode analisar o perfil da pessoa, até mesmo para tentar entender o que ocorreu.

Pode ser um cliente antigo, que sempre cumpriu os prazos com antecedência e que agora se encontra em dificuldade. A pessoa pode ter preferido receber os boletos por email e, por ventura, um deles acabou caindo na caixa de SPAM.

Ou ainda ser um cliente novo, fazendo com que seja difícil definir esses detalhes e exigindo ainda mais cautela na abordagem.

Ainda que o cliente seja a grande fonte de receita de um negócio, ele e a sua dívida podem não ter um impacto tão grave para o seu fluxo de caixa. Se você tiver um bom volume de faturamento e a dívida for pequena, você pode tomar medidas menos desgastantes.

3. Negocie diretamente com o cliente

A negociação muitas vezes recai sobre os instrumentos legais que amparam o empreendedor e muitas vezes envolve a negativação do consumidor junto a órgãos de proteção de crédito.

Entretanto, antes de apelar para essa solução, procure conversar com o cliente sobre o débito em aberto para entender o que está acontecendo.

Mostre preocupação, zelo e seja flexível com a situação. Essa talvez não seja a solução que fará você reverter um cliente inadimplente, mas criará uma relação mais aberta e gerará uma confiança maior da pessoa – que pode realmente estar em apuros financeiros.

4. Ofereça outras formas de pagamento

Na negociação, durante a conversa com o cliente inadimplente, a situação estará mais clara e você poderá entender o que causou o não pagamento.

Nesse momento, de acordo com o perfil do cliente, ofereça outras maneiras de quitar a dívida, desde o parcelamento até a redução de juros.

Pode ser que o cliente apenas se esqueceu de realizar o pagamento por distração e a solução é apenas eliminar ou reduzir a multa. Em outros casos, a dívida é muito alta e o perfil financeiro do cliente mudou completamente desde a compra. Então, o parcelamento da dívida pode ajudar.

Seja conciliador para que sua imagem não seja prejudicada e você não perca um possível futuro cliente.

5. Respeite o Código de Defesa do Consumidor (CDC)

Se as negociações não deram certo, então o melhor a se fazer é recorrer ao Código de Defesa do Consumidor. (CDC)

O CDC é composto por uma série de leis que estabelecem a relação entre cliente e empresa. Como o nome diz, é uma maneira de o consumidor se defender de cobranças abusivas e estabelecer seus direitos como cliente.

Por isso, ao longo de toda a tratativa, você precisa estar atento aos direitos e deveres do consumidor. De acordo com o CDC, por exemplo, o cliente não pode ser exposto ao ridículo ou ser submetido a constrangimentos.

Ainda assim, o Código de Defesa do Consumidor assegura o direito da empresa de incluir o nome do cliente no cadastro de inadimplentes no dia seguinte ao vencimento da dívida, ainda que o usual seja fazer isso após 30 dias.

Portanto, a tratativa deve obedecer a essas leis para que a dívida não se transforme em um processo custoso, desgastante e que manche a imagem do seu empreendimento com um processo legal.

BÔNUS: Premie os bons pagadores

Ter bons pagadores é vantajoso só por evitar todos esses problemas que você leu até aqui. Nesse sentido, por que não incentivar o pagamento em dia?

Crie um “clube de vantagens” para os bons pagadores, como um programa de fidelidade que ofereça descontos exclusivos a quem quitar as dívidas em dia.

Isso não apenas incentiva o cliente a realizar o pagamento na data correta, mas serve como um diferencial competitivo de destaque para o seu negócio.

Além, é claro, de ajudar a fidelizar os consumidores e fortalecer o relacionamento com o cliente!

Como evitar a inadimplência dos clientes?

Ter clientes inadimplentes é uma realidade que todo empreendedor terá que lidar em algum momento.

Muitas vezes, até mesmo consumidores de longa data podem ficar em débito com o seu negócio. E saber lidar com essa situação da maneira correta e sem prejudicar a imagem da empresa, pode garantir que eles voltem a fechar negócio com a marca no futuro.

Mas como fazer isso? Simples. Com um processo de cobrança eficiente e que diminua o número de clientes inadimplentes. Não deixe de ler nosso post completo sobre o assunto clicando aqui.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.