Fechar

Como criar um chatbot para o seu negócio?

Implementar um chatbot para o seu negócio pode ser a solução para resolver diversos gargalos existentes em todas as empresas. Saiba como.

como criar um chatbot - ilustração de um robô sobre um balão de diálogo representando um chatbot; no canto superior esquerdo, a logomarca da Take Blip sobre um fundo branco

Implementar um chatbot para o seu negócio pode ser a solução para resolver diversos gargalos que surgem, comumente, em todas as empresas. Certamente o objetivo de um empreendimento é estar em constante crescimento e, com isso, as demandas de atendimento tendem a aumentar.

Ou seja, quanto mais clientes, parceiros e fornecedores maior é a necessidade de canais e recursos para que eles sejam atendidos.

E ainda que nem todas as atividades comerciais demandem um grande esforço de atendimento, é possível afirmar que todas elas, em algum nível, precisam se comunicar com seus stakeholders, sejam internos como: colaboradores, gestores, consultores, acionistas. Ou os externos, como: clientes, fornecedores, mídia etc.

Essas relações corporativas, as quais estão sempre presente no cotidiano de uma empresa, precisam ser estruturadas e otimizadas, de forma que a comunicação aconteça e não se torne uma atividade morosa e sem vazão.

Para isso, os chatbots são a solução perfeita. Permaneça na leitura deste texto e conheça melhor o que é um chatbot, quais são as facilidades que ele traz para seu atendimento, algumas dicas práticas de como criar um chatbot para o seu negócio e quais ferramentas podem te ajudar nessa missão.

O que é um chatbot

O termo Chatbot é uma derivação da palavra Chatterbot, que por sua vez, vem de “chatter” que significa conversação e “bot”, a abreviação de robot, que significa robô. Portanto, um chatbot é, em uma livre tradução, um robô que conversa

Um chatbot é um recurso tecnológico com o objetivo de manter uma conversa com um cliente ou usuário, por meio de mensagens. Um bot responde de forma automática e personalizada às solicitações de contato, ou seja, usa uma linguagem apropriada que se assemelha a uma conversa habitual entre duas pessoas.

Num mundo cada vez mais conectado, as relações humanas migraram rapidamente para o ambiente digital. O tempo que passamos em frente a um computador, smartphone, tablet ou qualquer outro dispositivo é muito expressivo.

Segundo artigo do Canaltech, “de acordo com um estudo realizado em uma parceria da Hootsuite com a We Are Social, o Brasil é o segundo país do mundo que passa mais tempo conectado à internet”.

Esse é o cenário perfeito para a atuação dos chatbots. Porque, embora sejamos seres relacionais, as formas como nos comunicamos podem mudar ao longo do tempo. E, neste caso, nem tanto tempo assim.

Com isso, a inserção das empresas neste ambiente, também foi bastante natural. Era esperado que as organizações aderissem a esse novo tipo de comunicação. Porém, por se tratar de um negócio, a solicitação de atendimento via chat pode ser demasiadamente volumosa. Portanto, um chatbot aparece como uma excelente solução.

Funções 

A principal função de um chatbot é a conversação. A troca de mensagens se tornou um hábito comum entre as pessoas, fazendo com que esse seja o meio preferido para dialogar a respeito da maioria (senão todos) os assuntos possíveis.

Porém, eles não fazem apenas isso. Um chatbot também pode ser um aliado em tarefas operacionais, a exemplo: envio de segunda via de documentos, sugestão de links de ajuda com dúvidas, fornecimento de extratos, realização de pedidos online (vendas) e outros tantos serviços que também podem ser automatizados e mediados por um bot.

Portanto, quando um bot é utilizado para esse tipo de tarefa, os colaboradores que anteriormente, eram responsáveis por essas funções, podem se dedicar a atendimentos especiais e, sem dúvida, estarão mais disponíveis para desenvolver soluções criativas para diversos problemas.

Além disso, são uma ferramenta que pode ser integrada a várias plataformas como: WhatsApp, Messenger, Telegram, Sites, lojas virtuais e outros meios digitais. Isso significa que não é necessário criar outro canal de comunicação, sua empresa pode utilizar os meios que já tem para implementar um bot inteligente.

Facilidades

Depois de implementar um chatbot para o seu negócio, sem dúvidas serão percebidas inúmeras melhorias, algumas delas são:

  • suporte imediato e de qualidade;
  • atendimento personalizado;
  • disponibilidade 7 dias por semana, 24 horas por dia;
  • diminuição de gastos com atendimento;
  • melhoria na experiência do contato;
  • otimização de processos;
  • escalabilidade do atendimento;
  • aumento de canais de suporte.

Além disso, uma empresa que faz uso desta ferramenta mostra-se aderente às novas tendências do mercado e atende seu público nas plataformas que já fazem parte do seu dia a dia.

Dicas para criação de chatbot para o seu negócio

Em vista disso, entende-se que um chatbot pode fazer muita diferença no seu empreendimento e tornar os seus processos mais ágeis, eficientes e organizados.

Mas para iniciar a criação deste chatbot e, especialmente, para que ele seja bem sucedido, é preciso entender algumas etapas importantes. Por isso, seguem algumas dicas de como iniciar esse processo.

Objetivo

Primeiramente é preciso entender qual é o objetivo da criação desta ferramenta. Essa é uma tarefa fundamental antes de iniciar qualquer procedimento de produção de um bot.

Primeiramente, é aconselhável estabelecer qual é o propósito deste projeto para a empresa, quais são os encargos que ele vai desempenhar, em quais setores ele vai atuar, quais demandas ele irá suprir, ou seja, encontrar e definir qual é a real necessidade da sua criação.

Nesta etapa, é importante fazer um tipo de brainstorming, um levantamento de ideias para entender a finalidade desse chatbot. Porque é possível que, no meio desta conversa, seja determinado que um bot não seria completamente adequado para o propósito final. Ou ainda, que associado a essa ferramenta, seja necessário implementar ou modificar algum processo da sua empresa.

Por isso, definir o objetivo e entender o que está relacionado a ele é fundamental.

Plano de desempenho

Em concordância com os objetivos do chatbot e levantamento de ideias com relação ao seu propósito, é importante traçar um plano de desempenho. Isso significa que você deve elaborar de forma prática e objetiva como será o desempenho desse chatbot, como ele vai se comportar.

Este é o momento em que é fundamental adequar o bot ao contexto que ele será inserido. O plano de desempenho também diz respeito a qual tom de voz será usado, pois, por mais que ele seja um robô, ele deve ter semelhanças com a persona que representa a sua marca, no modo de conversar. Desta maneira, a identificação do seu público será muito maior.

Logo, vale fazer um estudo para identificar qual é o público ideal da sua empresa, qual é a linguagem apropriada a ser usada, se mais formal ou menos formal. Pensar e listar expressões e palavras inadequadas ou até mesmo expressões que podem causar estranhamento no seu público.

Outra dica fundamental, que faz parte desse plano é entender em quais canais de conversação o seu chatbot será implementado. Pois, caso a empresa já tenha meios de comunicação, o mais adequado é incorporar o bot a essa plataforma já existente, como foi citado anteriormente.

Lançamento

Uma dica relevante é: a escolha do momento certo para lançar a ferramenta.

Geralmente, existe uma oportunidade apropriada para o lançamento de um chatbot. Essa observação também se condiz com o objetivo da criação de um chatbot para o seu negócio. Pois as chances de aderência a esse novo meio de comunicação, pensando nessas oportunidades, são maiores.

Esse momento pode ser uma campanha específica, uma ação de envolvimento com a sua marca, a divulgação de um novo produto, enfim, muitas situações podem servir de argumento e motivação para criar ou aumentar os laços da sua empresa com os seus clientes por meio de chatbot.

Mas atenção, mesmo depois do lançamento do chatbot o trabalho não acaba aí. Um robô inteligente continua em constante aprendizado, isso significa que ele evolui ao longo do tempo.

Por isso, no decorrer da interação que esse bot fizer com o público é fundamental realizar pequenos ajustes, de acordo com as preferências e direcionamentos que só irão surgir depois que ele estiver funcionando e conversando com as pessoas.

Soluções de chatbot 

Uma boa sugestão para efetivar o uso do chatbot é o Take Blip. Este é um mecanismo com tecnologia avançada para gerenciar os contatos e serviços digitais de forma completa.

Ele se destaca pela flexibilidade em suas integrações, ou seja, você escolhe qual a plataforma mais adequada para o seu negócio. Com isso, é possível incorporar o bot ao canal de comunicação que sua empresa já tem um maior engajamento.

Também pela agilidade e facilidade de implementação, pois tem uma interface visual intuitiva, o que torna a criação dos fluxos de interação muito mais simples.

Além disso, ele possui uma infraestrutura avançada que consegue integrar com o sistema já utilizado pela empresa e o mais importante, garante total segurança com relação ao tratamento de dados, privacidade e qualidade do serviço entregue.

Todos os projetos são realizados sob a orientação das leis e regulamentações referentes à coleta, armazenagem, utilização e compartilhamento de dados.

Diante disso, é seguro afirmar que essa é uma plataforma confiável, a qual executa com maestria a criação de chatbots para diferentes fins e diferentes segmentos de mercado. Para saber mais sobre as alternativas oferecidas por essa ferramenta, fale com um consultor.


Este conteúdo foi escrito pela equipe da Take Blip, empresa especializada em soluções de comunicação e experiência digital.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.