Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Entenda de onde vem a prática da procrastinação e como evitá-la

Entenda de onde vem a prática da procrastinação e como evitá-la

Pare agora com essa prática que atrapalha seu sucesso!

Um artigo do jornal The New York Times apontou que 1 em cada 5 pessoas é considerada uma procrastinadora crônica.

Segundo a autora do artigo, Heather Murphy, o indivíduo com essa característica não só adia as tarefas, mas coloca vários setores de sua vida em uma constante indefinição.

Acredite ou não, a procrastinação é mais comum do que se imagina.

Você está acostumado a adiar alguns afazeres? Pois saiba que é um forte candidato à procrastinação.

Neste post, nós explicaremos mais sobre esse problema que afeta milhões de pessoas todos os dias e, ao final, traremos algumas dicas para combatê-lo.

O que é procrastinação e por que procrastinamos?

A procrastinação é o ato de atrasar ou mesmo adiar uma ou mais tarefas. É um tipo de força que o impede de seguir adiante com o que foi proposto e planejado.

O ser humano procrastina há séculos. O problema é tão antigo que os filósofos gregos Sócrates e Aristóteles denominaram um vocábulo para descrever esse tipo de comportamento: a Akrasia.

Essa palavra está ligada ao ato de agir contra o seu melhor julgamento. É você executar uma tarefa, sabendo que deveria estar fazendo outra. Em tradução livre, seria algo como a falta de autocontrole.

Mas, afinal, por que procrastinamos?

Um psicólogo canadense chamado Piers Steel reuniu mais de 200 estudos de psicologia, economia e outras áreas ligadas entre os anos de 1920 e 2006. Ele chegou à conclusão de que o hábito de procrastinar nos faz passar tarefas à frente daquela que de fato precisamos fazer.

De acordo com uma pesquisa da American Psychological Association, a nossa mania de procrastinar estaria relacionada a um perfeccionismo irracional, atingindo especialmente aquelas pessoas mais distraídas e ansiosas. Esses mesmos indivíduos viveriam mais estressados, com menos autocontrole sobre as suas vidas.

Como a procrastinação impacta um negócio?

Não ter o controle das tarefas, adiar decisões importantes, deixar sempre para fazer as coisas na última hora: a vida de um procrastinador não é fácil, ainda mais quando se trata do impacto desse problema em um negócio próprio, por exemplo.

No geral, os efeitos começam a ser sentidos na vida pessoal. Quando a procrastinação se torna um problema crônico, ela desencadeia estresse, desmotivação, falta de confiança e aquele constante sentimento de culpa devido a uma gestão ruim do tempo.

Compromissos

Falando na gestão de tempo, quando este é mal administrado, o negócio pode sofrer na entrega de projetos e com a alta demanda de trabalho devido ao acúmulo de projetos.

Por exemplo:

Você tem um projeto que era para ser revisado e que acaba sendo entregue depois do prazo final para o cliente. Se algo estiver errado, isso gerará correções.

Essas tarefas são complicadas para os procrastinadores, que acabam perdendo oportunidades de administrar mais contas.

Além disso, geram reações em cadeia, como atraso na entrega de todos os setores. Consequentemente, isso leva à ineficácia, motivando os clientes a procurarem negócios que os atendam de maneira mais rápida.

Metas

Outro fator afetado no negócio é a meta.

A pessoa que procrastina está sempre adiando uma tarefa ou ação, protelando o alcance das metas estabelecidas. Aliás, esse fator influencia diretamente o planejamento, pois sempre há algo que precisa ser feito, mas não é, então, o negócio fica estagnado.

A procrastinação tem efeito negativo sobre os objetivos, independentemente de eles serem semanais, mensais ou anuais. Assim, há inclusive chances de um baque financeiro, pois o negócio deixa de gerar lucro por não inovar, o que pode obrigá-lo até a fechar as portas.

Rendimento

Uma pessoa com dificuldades de entregar os trabalhos no momento certo pode contaminar toda uma equipe.

Com um baixo rendimento, devido ao efeito cascata, o trabalho vai acumulando e as pessoas não têm mais aquela motivação e engajamento.

Isso acontece geralmente quando o líder age assim diante de seus colaboradores, afinal, ele é a figura na qual os profissionais se espelham.

Se as atitudes dele mostram o adiamento, o engajamento decai, pois as pessoas sabem que precisam ficar esperando para dar continuidade ao cronograma de um projeto, por exemplo.

Dicas para evitar a procrastinação

Você se viu em quase todas as situações apontadas, mas quer deixar a procrastinação de lado? Algumas dicas simples podem ajudá-lo no processo.

Confira quais são elas a seguir!

Identifique um padrão

Observe suas atitudes no cotidiano. Provavelmente, você encontrará um padrão. Para entender qual é ele, faça a seguinte pergunta: por que eu procrastino?

É comum, entre as pessoas que procrastinam, o medo do fracasso, do sucesso ou das críticas. Isso faz com que elas se isentem de obrigações para que possam permanecer na sua zona de conforto.

Por exemplo, uma vez que percebemos que estamos deixando de agir por medo, fica mais fácil cortar os hábitos ruins e seguir em frente.

Não tente fazer tudo de uma vez

Hoje, vemos uma valorização de profissionais multitarefas.

Claro que isso é positivo para conseguir estar em constante atualização no mercado, mas é também algo negativo para aqueles que tentam executar várias tarefas ao mesmo tempo.

Portanto, tenha uma organização e faça uma tarefa de cada vez.

Uma dica é separá-las por ordem de urgência. Assim, você conseguirá visualizar aquilo que tem para fazer de acordo com o tempo que você tem disponível.

Bloqueie estímulos externos

Outra dica importante é bloquear estímulos externos.

Você não pode ter uma pausa e logo começa a checar as redes sociais, perdendo um tempo enorme? Que tal deixar isso para depois que você terminar todas as suas tarefas, colocando o celular no silencioso?

Quando se pegar olhando as notificações, pare por um momento e lembre da concentração e do foco.

Em diversas ocasiões, o simples fato de pronunciar “concentre-se” o ajudará a lembrar de fazer o trabalho e não se perder pelo caminho.

Estabeleça pequenas recompensas

Uma maneira de ajudá-lo a evitar a procrastinação é por meio de pequenas recompensas. Isso funciona bem para aqueles que estão lutando contra o hábito de adiar as tarefas.

A recompensa ativa um jogo mental de desafio, que pode impulsioná-lo para a ação.

Por exemplo:

Se você tem seu próprio negócio e consegue fazer bem o trabalho durante a semana, faça uma pequena viagem no final de semana como recompensa. Isso o ajudará a voltar revigorado e motivado a continuar se esforçando, bem como a ter sucesso nas suas iniciativas.

A força de vontade é a chave do sucesso

A força de vontade anda lado a lado com a disciplina.

Parece clichê, mas todos nós temos algo que nos motiva a fazer mais do que pensávamos que éramos capazes. Portanto, é importante encontrar aquela motivação que nos faz levantar da cama todos os dias e seguir para o trabalho.

Lembre-se de que a força de vontade ajuda a combater a procrastinação, a agir nos momentos certos e a tomar decisões mais eficazes. Por isso, treine diariamente as dicas apresentadas e, com o tempo, você verá que é capaz de fazer qualquer tarefa que tem em mente e melhorar a sua qualidade de vida no trabalho.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.