Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Como fazer uma resenha: 7 dicas para escrever bem

Como fazer uma resenha: 7 dicas para escrever bem

Precisa fazer uma resenha, mas não sabe como? Não se desespere. Confira dicas e truques para arrasar nesse gênero textual.

Você já ouviu falar de resenha? Trata-se de um gênero textual bastante comum no dia a dia de estudantes ou de redatores

Se você já precisou produzir uma resenha em algum momento da vida acadêmica ou profissional, sabe que ela é bastante desafiadora.

Focada na objetividade, a resenha valoriza a capacidade de síntese e a argumentação correta e imparcial. E entender os elementos desse gênero textual pode ajudar a produzir conteúdos muito melhores.

Pensando nisso, separamos algumas dicas práticas para você produzir resenhas nota 10. Você vai aprender os principais tipos de resenha e o que não pode ficar de fora do texto.

Vamos nessa?

Índice
  1. Defina o público-alvo de sua resenha
  2. Apresente a obra analisada
  3. Elabore uma boa introdução
  4. Apresente a estrutura da obra
  5. Aborde o conteúdo
  6. Analise criticamente
  7. Fale sobre o autor

O que é uma resenha

Embora a resenha seja um tipo de texto bastante comum (e mesmo que você já tenha produzido algumas), é sempre bom entender seu conceito.

Uma resenha é um texto feito para analisar um objeto ou tema e escrever sobre ele de maneira objetiva e imparcial.

Esse objeto pode ser um livro, um artigo científico, filmes, obras de arte, videogames, espetáculos teatrais, entre outros. Praticamente qualquer coisa pode ser objeto de uma resenha.

O objetivo desse texto é observar, descrever e analisar um objeto e, ao final, produzir um conteúdo opinativo, mesmo que essa opinião não seja apresentada de maneira explícita.

Por ser um conteúdo focado na objetividade, a resenha costuma ser escrita na terceira pessoa. Isso garante um maior distanciamento do autor com o objeto que está sendo analisado.

Tipos de resenha

Talvez você não saiba, mas não existe um tipo único de resenha. Na verdade, existem vários!

Embora o objetivo seja o mesmo, analisar objetiva e criticamente um objeto ou tema, cada um tem suas próprias particularidades.

Abaixo, você confere os quatro tipos de resenha mais comuns e suas características:

Resenha acadêmica crítica

Também conhecida como resenha acadêmica, apresenta regras bastante rígidas sobre como deve ser produzida.

A resenha acadêmica crítica obedece ao formato de padronização de textos científicos. Além disso, deve apresentar um posicionamento crítico sobre o objetivo analisado com argumentos embasados em fatos.

Resenha descritiva

Como o próprio nome sugere, esse tipo de resenha é predominantemente descritivo e informativo. Conhecida também como resenha temática, o foco não é a construção de uma argumentação, mas a simples descrição da obra ou tema analisado.

Resenha temática

A resenha temática, por sua vez, aborda vários textos ou obras cujo tema seja o mesmo, ou seja, que falem sobre o mesmo assunto.

O objetivo é fazer um paralelo entre as diversas ideias e evidenciar ligações entre os diferentes objetivos resenhados.

Resenha literária

A resenha literária é bastante similar à temática. A diferença é que seu objetivo é apresentar os principais elementos da obra resenhada para o leitor. Assim, ele pode se familiarizar com a obra.

7 passos para fazer uma resenha perfeita

Como deu para perceber, as principais características de uma resenha são a impessoalidade e a objetividade.

E para te ajudar a escrever bem, listamos alguns passos para você seguir:

1. Defina o público-alvo de sua resenha

Como em qualquer trabalho de produção de conteúdo, é importante saber para quem o material é destinado, ou seja, seu público-alvo.

Qual é o perfil do leitor do texto? Em qual tipo de canal ele será divulgado?

Responda essas perguntas para conseguir segmentar melhor seu conteúdo. Assim, você consegue produzir uma resenha com o tom de voz e a linguagem adequados.

2. Apresente a obra analisada

Você não quer deixar seus leitores confusos, certo? Então, não deixe de apresentar logo nas primeiras linhas do texto a obra ou tema sobre o qual está resenhando.

Indique o nome do autor, o ano de publicação e quaisquer outras informações que você achar relevantes.

3. Elabore uma boa introdução

Depois de apresentar os dados mais técnicos para situar o leitor, é hora de criar a introdução da resenha.

Aqui, você deve apresentar de maneira bem direta o assunto da obra analisada, as ideias que são trabalhadas e qual é a intenção do autor. Isso ajuda a orientar e contextualizar o leitor.

4. Apresente a estrutura da obra

Depois de elaborar a introdução, descreva como a obra é estruturada. Se for um livro, apresente os capítulos, o estilo narrativo, a quantidade de páginas etc.

Essas informações permitem ao leitor ter uma noção mais abrangente do objeto que você está resenhando.

5. Aborde o conteúdo

Chegou a hora da resenha propriamente dita! Usando suas próprias palavras, explique o que é dito no texto, livro ou obra que você escolheu.

Mas tome cuidado. Não é para fazer uma espécie de sinopse ou resumo, muito menos emitir suas opiniões. Procure apresentar o conteúdo da maneira mais objetiva e imparcial possível.

6. Analise criticamente

Este é o espaço reservado para analisar criticamente e de maneira sistemática o conteúdo da obra resenhada.

Só não se esqueça de tomar cuidado com opiniões. Qualquer julgamento precisa ser embasado. Dessa maneira, procure por outros autores que pensam de forma parecida com você e use citações para justificar sua crítica.

Esse detalhe ajuda a te dar mais credibilidade, tornando seu texto mais impessoal.

7. Fale sobre o autor

Por fim, é recomendável falar um pouco sobre o autor do conteúdo resenhado. Apresente um pequeno resumo da vida pessoal e/ou profissional dele e, se for o caso, cite alguma outra obra famosa.

Fazer uma resenha, embora seja algo comum, pode ser um pouco desafiador. Afinal, é necessário escrever de maneira mais impessoal e direta.

Mas seguindo as dicas que apresentamos neste conteúdo, você será capaz de produzir resenhas nota 10! E como última dica, procure ler resenhas para se inspirar e se familiarizar com esse gênero textual.

E para aprimorar ainda mais suas habilidades como redator ou redatora, não deixe de ler nosso texto com dicas e truques para escrever bem e criar conteúdos incríveis.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.