Sparkle app icon

Sparkle App
Participe da comunidade exclusiva do nosso blog!
Grátis -

VER

Como planejar o conteúdo de suas aulas online?

Como planejar o conteúdo de suas aulas online?

Dicas para reutilizar os conteúdos de suas aulas presenciais em aulas online.

Independentemente do tipo de conteúdo que você oferece, se você chegou até aqui é porque já percebeu a necessidade de adequar seus serviços presenciais para compartilhar conhecimento pela internet.

Durante muito tempo, o ensino a distância se resumia basicamente em pegar as mesmas aulas ministradas presencialmente e apenas oferecê-las online para os alunos.

Hoje, já sabemos que isso não dá certo. Afinal, o conteúdo online precisa ser adequado para que o ensino a distância realmente aconteça.

Por isso, neste post, vamos te dar 5 dicas para que você consiga adequar e aproveitar seus conteúdos de aulas presenciais e planejar conteúdo online para seus alunos de maneira valiosa e útil.

1. Faça uma lista com os conteúdos de suas aulas presenciais

Para começar a planejar conteúdo online a partir de suas aulas presenciais, você precisa pensar em todo conteúdo que ensina. 

Faça uma lista com os temas de suas aulas e, em tópicos, coloque o que o aluno aprende em cada aula.

Por exemplo: se você é uma professora de piano, provavelmente, dá aulas de teoria musical e as aulas práticas em si.

Dentro de cada um desses temas, você pode pensar em micro temas. Então, na aula de teoria musical, você pode ensinar um dia a ler partitura, a montar harmonias, estudo de tempo e muito mais.

Depois de entender o que você ensina em cada uma das suas aulas presenciais, você consegue, então, perceber quais são os assuntos que podem ser ensinados a distância.

Assim, mantendo ainda no exemplo da professora de piano, na hora de planejar o conteúdo online para os alunos, ela pode gravar um vídeo dando dicas para que os alunos leiam partituras com mais facilidade.

2. Pense no perfil de seus alunos

É muito importante que você sempre pense no perfil de seus alunos e público na hora que estiver planejando conteúdo online. Isso porque você precisa criar conteúdos atraentes para essas pessoas, afinal, o objetivo é que elas consumam aquilo que você postar.

Então, procure entender o que seu público gosta e, principalmente, o que ele está precisando naquele momento.

Quais são os tipos de assunto que você aborda em suas aulas presenciais que geram mais curiosidade? Isso pode ser um fator que te ajuda a escolher quais conteúdos você deve transformar em online. 

Por exemplo, se você é personal trainer e sabe que uma dor de seus alunos é saber se alongar adequadamente depois de um treino, pode criar uma série de vídeos com dicas de alongamentos. Assim, você cria conteúdo para quem já treina com você e ainda pode conseguir novos seguidores.

3. Escolha um formato para seus conteúdos

Quando você entender o perfil dos seus alunos e das pessoas que te seguem nas redes sociais ou qualquer outro canal online, você consegue definir qual é o melhor formato de conteúdo para criar.

É na parte do planejamento do seu conteúdo que você vai escolher se é melhor fazer vídeos, ensinar um passo a passo apenas com imagens, textos ou até mesmo por áudio.

Mas não pense que o formato do conteúdo depende apenas do que seus alunos gostam de ver. Você precisa ter tranquilidade na hora de criar conteúdo online, por isso, procure fazer aquele com o qual você se sente mais confortável.

É claro que vídeos são excelentes e podem ajudar na hora de ensinar alguma coisa. Porém, se você não está familiarizado com as câmeras, pode pensar em criar um ebook bem completo para que as pessoas aprendam aquilo que você quer ensinar.

Agora, se você quer se aventurar com um vídeo, aproveita para ver essas dicas de como se sair bem na frente das câmeras:

4. Defina o tempo de cada aula online

Para quem nunca deu aulas online, essa dica parece ser a mais importante. Porém, temos que te dizer uma coisa: não existe um tempo ideal para cada aula online.

Tudo depende do seu público e, é claro, do conteúdo que você tem que passar.

O mais interessante do mercado digital é que você tem espaço suficiente para fazer testes. Por isso, pode fazer um vídeo mais curto e outros mais longos para ver qual sua audiência prefere.

Vamos a mais um exemplo para ficar fácil de entender?

Imagina que você é uma cozinheira e quer ensinar para as pessoas suas receitas. Com certeza, o tempo que você leva para preparar uma feijoada não é o mesmo que você precisa para fazer um bolo de chocolate, não é mesmo?

Neste primeiro exemplo, vemos que o tempo do vídeo que você gravará será diferente por causa do conteúdo das aulas, que é completamente diferente.

Agora, uma outra opção é testar o tempo das aulas online com o mesmo conteúdo. 

Vamos imaginar agora que você quer ensinar uma receita de brigadeiro. Você pode disponibilizar dois vídeos: um no IGTV, de 2 minutos, e outro em seu canal no YouTube, com 8 minutos. 

É claro que os dois canais de comunicação são diferentes e, por isso, a retenção de quem está assistindo aos vídeos também será diferente. Mas com esse teste, você consegue ver em qual vídeo explica melhor a receita e, assim, pode definir qual é o tempo ideal para seus conteúdos.

5. Utilize materiais de apoio

Se você já dá aulas presenciais, provavelmente, tem materiais de apoio para seus alunos. Saiba que eles são muito bem vindos na hora de planejar conteúdo online também.

Alguns exercícios, dicas e até tutoriais podem ser acrescentados na descrição dos seus vídeos ou enviados por e-mail, comunidades e até mesmo pelo WhatsApp para seus alunos.

Lembra do exemplo do personal trainer? Um bom material de apoio seria um card com um desenho do corpo humano indicando todos os músculos. Assim, quando o aluno fizer um alongamento, ele saberá exatamente qual músculo está sendo ativado.

Escute seus alunos

Na hora de planejar conteúdo para suas aulas online, é muito importante pensar no que você tem para compartilhar com os alunos. Porém, não adianta pensar apenas no que você pode ensinar.

Além de colocar em prática as 5 dicas que deixamos aqui, é muito importante que você tenha como norte as pessoas que vão assistir às suas aulas. Por isso, é fundamental que você saiba receber feedbacks para que possa melhorar seu conteúdo online.

Então, se você decidiu que vai adaptar seu trabalho e oferecer aulas pela internet, é muito importante comunicar isso aos seus alunos desde o começo: avise que você está preparando um conteúdo super legal e pergunte o que eles mais gostariam de ver.

Existem várias formas de pegar a opinião de seus clientes. Pode ser em um grupo de WhatsApp que você já tem com seus alunos, por questionários, pedindo depoimentos por email ou nas redes sociais, por exemplo.

Transforme seu negócio!

Aqui na Hotmart, preparamos uma série de aulas ao vivo para ajudar as pessoas que querem adaptar seu negócio tradicional para o formato online.

Confira como foi o primeiro encontro virtual sobre como adaptar e planejar seus serviços para a Internet:

Para ver mais sobre o projeto e se cadastrar para assistir às aulas, clique aqui!

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.