Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Fechar Semana do YouTube

Data: 03/09 a 07/09

Aprenda técnicas para criar conteúdos que engajam e aumente a quantidade de seguidores de seu canal!

Inscreva-se

Qual é o comportamento do consumidor atual?

Qual é o comportamento do consumidor atual?

Conheça as 10 principais características do seu público.

O comportamento do consumidor no mercado não é fixo: ele muda de acordo com a época e contexto social.

Se pensarmos no público que compra produtos pela internet, os hábitos são ainda mais diferentes.

Por isso, se seu intuito é vender para o novo consumidor, independentemente do produto oferecido, é preciso conhecer melhor esse perfil.

Conheça as 10 características principais do consumidor atual para traçar estratégias de venda e garantir resultados melhores.

Índice
  1. Procura soluções para seus problemas na internet
  2. Não quer ser bombardeado por propagandas
  3. Compara diferentes marcas para avaliar qual é o melhor custo-benefício
  4. Quer realizar compras sem muitas burocracias
  5. Quer se sentir parte de uma comunidade
  6. Gosta de saber a opinião de outras pessoas sobre um produto
  7. Tem interesse pelas novas tendências do mercado
  8. É influenciado por pessoas que admira
  9. Preocupa-se com produtos ecologicamente corretos e evita o desperdício
  10. Preza por segurança ao realizar uma compra  

1. Procura soluções para seus problemas na internet

Uma das principais características do comportamento do consumidor atual é a autonomia na hora de buscar respostas.

Se, no passado, o cliente confiava em terceiros, hoje em dia, a aposta é no faça você mesmo (DIY).

Para resolver a maioria de seus problemas, o consumidor faz uma busca na internet, ou seja, ele corre atrás da informação.

É por isso que os artigos de blog e vídeos voltados para conteúdos que solucionem pequenos problemas diários estão em alta.

Empresas de todos os setores e segmentos já perceberam isso e, por esse motivo, estão investindo cada vez mais em blogs com informações ricas, que respondam aos questionamentos das pessoas.

Como resultado, os blogs ajudam esses negócios e empreendedores a criar autoridade na internet, o que faz com que eles ganhem a confiança de clientes em potencial.

Assim, quando uma pessoa precisar de uma solução que essas empresas oferecem, essas marcas serão as primeiras que eles irão procurar.

2. Não quer ser bombardeado por propagandas

No passado, a maneira mais rápida de atingir um cliente era a empresa investir em propagandas o tempo inteiro.

Essa era uma maneira intrusiva de divulgar um negócio. Afinal, mesmo que alguém não tivesse interesse no que uma marca estava oferecendo, recebia essas propagandas o tempo inteiro.

Como o comportamento do consumidor mudou, agora, quem procura uma marca ou empresa é o próprio cliente. Isso porque o consumidor moderno gosta de ser parte ativa na relação de consumo.

Essa nova característica elevou o inbound marketing a uma posição privilegiada, mas, em contrapartida, as ações de outbound marketing têm caído cada vez mais em desuso.

O marketing tradicional com foco em captação de clientes, com mensagens intensas, contínuas e uma publicidade muito forte, simplesmente não funciona mais.

Na verdade, o consumidor moderno acredita que essas estratégias são invasivas e desnecessárias.

Já as estratégias modernas são muito mais sutis

O marketing digital, por exemplo, aplica conceitos como marketing de conteúdo, que tem como objetivo atrair clientes sem falar o tempo inteiro nas marcas e produtos da empresa, o que chama muito mais atenção do consumidor moderno.

Por esse motivo, as empresas têm percebido que é cada vez mais desnecessário bombardear os clientes em potencial com publicidade tradicional, passando a implementar estratégias de persuasão muito mais sutis.

3. Compara diferentes marcas para avaliar qual é o melhor custo-benefício

Antes de fazer uma compra, o consumidor moderno pesquisa na concorrência.

Se no passado era preciso ir de loja em loja para conferir os preços e condições de pagamento, agora é muito mais fácil. A internet disponibiliza diversos recursos para que os consumidores tenham acesso a informações reais sobre os produtos.

Sites de comparação, como o Buscapé e Zoom se tornaram populares. Eles avaliam milhares de itens existentes no mercado, traçam um perfil comparativo, indicam as melhores opções e mostram a evolução dos preços ao longo dos meses.

As compras são pautadas não apenas no custo efetivo, mas em um conjunto de fatores como:

  • Qualidade;
  • Durabilidade;
  • Grau de satisfação dos clientes;
  • Usabilidade e muito mais.

E o melhor, todos esses dados podem ser consultados sem burocracia na internet.

Além disso, é muito fácil e comum encontrar a opinião de outras pessoas a respeito de cada produto, o que melhora ainda mais a experiência de compra dos usuários (falaremos mais sobre isso ainda neste texto).

4. Quer realizar compras sem muitas burocracias

Já que estamos falando em comportamento do consumidor, aqui está uma característica que não pode passar despercebida: o consumidor atual quer comprar com agilidade e zero burocracia.

Processos muito demorados, complicados e confusos são desestimulantes e resultam na desistência da compra.

As páginas de venda devem ser criadas pensando na melhor experiência do cliente.

Desde a atração até o convencimento, apenas as informações realmente relevantes devem estar presentes.

Muitas estratégias podem ser tomadas para que o processo de compra seja rápido e eficiente.

Entre elas está a aplicação do minimalismo nos formulários internos dos sites de venda. Quanto menos campos para preencher, melhor.

E isso é importante não apenas pela simplificação. O consumidor atual quer entregar o mínimo de informações pessoais possível para terceiros, principalmente por medo de fraudes.

Outro ponto importante diz respeito à velocidade de carregamento das páginas na web.

Se o site da marca é lento, as chances de que a compra seja interrompida pela metade são grandes.

Os dispositivos modernos estão cada vez mais rápidos e o acesso acontece em um piscar de olhos. Por isso, ter um site com design responsivo, otimizado para dispositivos móveis e rápido é essencial para acompanhar esse ritmo.

5. Quer se sentir parte de uma comunidade

As compras no mundo moderno não são baseadas apenas em interesses individuais. O comportamento do consumidor mudou, passando a integrar a coletividade.

Em suas relações comerciais, os novos clientes querem se sentir parte de algo maior, parte da comunidade na qual estão inseridos.

Essa mudança explica, por exemplo, a tendência pelo uso de sacolas ecológicas no lugar das tradicionais sacolas plásticas. Ninguém quer ser visto na rua como sendo responsável pelo aquecimento global e outros problemas ambientais.

Fazer parte da comunidade se tornou um valor importante em sociedade.

6. Gosta de saber a opinião de outras pessoas sobre um produto

Lembra que falamos que as pessoas conseguem encontrar com facilidade a opinião de outras na hora de fazer uma compra?

O consumidor atual confia de forma significativa na opinião de terceiros, ainda que estranhos.

Essa constatação explica o crescimento de sistemas de recomendação, como as avaliações do Airbnb e Ifood, por exemplo.

Existem estudiosos do mercado que apontam a confiança como nova moeda, tão importante quanto o dinheiro.

Ou seja, as pessoas confiam muito no que seus pares estão falando sobre determinado produto ou serviço.

Por isso, quanto melhor a avaliação de uma empresa na internet, maior a chance de que seus produtos sejam adquiridos. E isso vale para tudo, desde a hospedagem até restaurantes.

7. Tem interesse pelas novas tendências do mercado

Toda e qualquer pesquisa de mercado tende a apontar para a mesma realidade: o consumidor moderno quer ser o primeiro a experimentar novas tendências.

Todos os dias são lançadas novidades em vários setores. São novos produtos, serviços, processos e muito mais. E o consumidor atual não quer esperar até amanhã para colocar as mãos em algo novo.

Assim que são anunciados lançamentos de produtos da Apple, por exemplo, filas enormes são formadas nos estabelecimentos oficiais. Pessoas dormem literalmente na calçada para ter o gostinho de conhecer as novidades em primeira mão.

Por esse motivo, as empresas e organizações devem estar cada vez mais atualizadas. Ficar para trás não é uma boa opção e pode significar o fracasso do empreendimento.

Se o cliente quer o novo, o empreendedor deve oferecer aquilo que tem de mais novidade em seu negócio.

Ao mesmo tempo, negócios inovadores, que não apenas estejam atualizados, mas que também entreguem novidades, estão ganhando cada vez mais espaço. Ou seja: pensar fora da caixinha se tornou uma necessidade no mercado.

8. É influenciado por pessoas que admira

Uma das características mais atuais do consumidor é a tendência de comprar com base em orientações fornecidas por pessoas que sabem muito de um determinado assunto.

Esse são os chamados influenciadores digitais, profissionais que compartilham com o público os seus gostos e opiniões pessoais.

E não estamos falando de qualquer pessoa!

Os digital influencers são profissionais com milhares de seguidores em diversas plataformas sociais, como Facebook, YouTube e Instagram.

Eles possuem o poder de ditar tendências e transformar as opiniões de clientes em potencial.

É tão grande a força dos influenciadores que eles estão sendo contratados diretamente pelas marcas para ajudar em campanhas publicitárias.

9. Preocupa-se com produtos ecologicamente corretos e evita o desperdício

Lembra quando falamos do apreço pela comunidade?

Uma das características do comportamento do consumidor moderno é a valorização do meio ambiente, da sustentabilidade e do aproveitamento correto dos recursos naturais.

Não se trata de uma modinha, mas sim de uma preocupação verdadeira com o futuro da humanidade.

Produtos ecologicamente corretos, que apresentam o menor impacto possível ao meio ambiente, são preferidos por esses consumidores. E não se trata de uma preocupação limitada ao meio ambiente natural, mas também ao social.

É importante para esse novo consumidor saber que os produtos foram fabricados respeitando o tempo natural de produção.

Nada de produção em escala, sem respeito ao trabalho humano. As pequenas linhas de montagem estão em alta, apesar dos preços serem bem mais elevados.

10. Preza por segurança ao realizar uma compra

Na hora de confirmar uma compra, o consumidor moderno espera por segurança completa.

Então, os sites devem oferecer certificados de segurança verificáveis, que atestem a integridade da operação.

E não para por aí!

O cliente quer a garantia de que terá seu dinheiro de volta se alguma etapa do processo de compra der errado ou o produto não satisfazer suas necessidades e expectativas.

Por isso, as informações utilizadas pelo vendedor devem ser claras e refletir ao máximo o produto ou serviço vendido.

Conheça seu cliente ideal

Você acabou de conhecer as 10 principais características do comportamento do consumidor atual.

No entanto, existem variações que devem ser observadas mais de perto e, principalmente, para cada negócio. Afinal, pode até ser que uma pessoa que consome produtos fitness tenha interesse em moda para gestante, mas a probabilidade do público ser diferente é bem grande.

Por isso, é muito importante que cada empreendedor consiga traçar o perfil de seu cliente ideal. Só assim você conseguirá pensar em estratégias de marketing específicas e assertivas para seu contexto.

A pesquisa de mercado deve ser uma constante na empresa. Avaliar as transformações no perfil do consumidor é fundamental para tomar atitudes que possam trazer resultados melhores.

Se você ainda não conhece bem quem é seu cliente ideal, separamos um post completo que ensina como criar uma persona para seu negócio. Não deixe de conferir!

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.