Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Fechar Black Week Hotmart

Quer fazer mais vendas? Participe da Black Week Hotmart. Nos últimos anos, os números foram impressionantes: aumento de 200% em vendas em um único dia!

Quero participar

O que é computação na nuvem? Guia para iniciantes

O que é computação na nuvem? Guia para iniciantes

Você já ouviu falar sobre computação na nuvem? Esse assunto é cada vez mais comum no mundo da tecnologia e, por isso, preparamos este artigo com tudo que você precisa saber.

A não ser que você tenha estado em uma caverna nos últimos anos, com certeza já ouviu falar de computação na nuvem. Mas você sabe o que esse termo quer dizer de verdade?

Hoje em dia, é cada vez mais comum encontrar ferramentas que usam essa tecnologia, seja para armazenamento de dados ou permitir acesso a serviços e recursos.

Se você ainda não compreende totalmente o que é computação na nuvem ou quer saber mais sobre o assunto, neste artigo descobrirá tudo o que precisa saber. Continue lendo!

Veja só o que você vai aprender:

Índice
O que é computação na nuvem Principais usos da cloud computing Quais os benefícios da cloud computing Como funciona a computação na nuvem Tipos de serviços de nuvem

O que é computação na nuvem?

Computação na nuvem, ou cloud computing em inglês, é uma tecnologia que permite acessar conteúdos e executar tarefas na internet sem que para isso seja necessário instalar aplicativos em seu computador ou smartphone.

O armazenamento e o acesso de dados é feito através de uma rede. Isso quer dizer que basta conectar um dispositivo online para aproveitar todas as funcionalidades e ferramentas disponíveis.

Todas as informações e arquivos ficam armazenados na internet (a nuvem). Assim, você ou outra pessoa poderá acessá-los quando e onde quiserem, sem precisar baixar e instalar nada. Basta apenas ter uma conexão de internet.

Sem você saber, todos os dias tem contato com serviços que usam a tecnologia de cloud computing. Se você já criou um documento no Google Docs, assistiu a um vídeo no YouTube ou ouviu música no Spotify, já usou a cloud computing.

Para usar esses serviços online, você não precisou baixar e instalar nada (exceto os apps para smartphone, mas essa é outra história). Basta usar um navegador e ter uma conexão com a internet para acessar todas suas funções.

Quais os principais usos da cloud computing?

A computação na nuvem é relativamente recente. Os primeiros serviços na nuvem surgiram no final dos anos 90, quando a internet ainda não era tão popular como hoje em dia.

De lá para cá, muita coisa mudou e os serviços na nuvem estão em todo lugar. Você só está lendo este artigo agora por causa da cloud computing!

Veja alguns exemplos do que é possível fazer com os serviços de nuvem:

Armazenar e fazer backup de dados

Com um serviço de nuvem, é possível proteger dados e arquivos de maneira mais eficiente. A cloud computing permite transferir essas informações para servidores remotos. Com isso, o usuário consegue acessar esses dados quando e onde quiser, usando qualquer dispositivo conectado com a internet.

Transmissão de conteúdo de áudio e vídeo

A nuvem também permite oferecer serviços de transmissão de áudio e vídeo. Basta armazenar esses arquivos em um servidor remoto para que o público tenha acesso a eles sem a necessidade de fazer o download.

Analisar informações

Um dos grandes desafios enfrentados por diversos negócios é conseguir integrar as informações de todos os setores para facilitar o processo de análise de dados.

A tecnologia de cloud computing permite unificar os dados de diferentes equipes e locais em um único local. Assim, fica fácil usar serviços de inteligência para descobrir insights e tomar decisões mais embasadas.

Fornecer software e serviço sob demanda

Uma forma de democratizar o acesso aos serviços de uma marca é através da nuvem. O modelo de software sob demanda tem ganhado espaço, permitindo aos usuários usar as últimas versões de programas sempre que precisarem, sem a necessidade de baixar e instalar nada em seus dispositivos.

Quais os  benefícios da cloud computing?

A computação na nuvem representa uma enorme transformação na forma de pensar o acesso a informação e traz diversos benefícios para os usuários.

Confira a seguir alguns dos motivos que explicam o número cada vez maior de usuários e organizações que adotam a cloud computing:

Menos gastos

Essa é uma das primeiras questões que passam na mente de quem pensa em contratar um serviço de nuvem.

É comum que, com o lançamento de novas versões e atualizações de um software, seja necessário comprar um novo hardware para aproveitar todos seus recursos

Com a computação na nuvem, por sua vez, esse tipo de gasto não é mais necessário.

Como todos os recursos e informações são hospedados remotamente e podem ser acessados de qualquer dispositivo, eliminando problemas de compatibilidade.

Redução de tempo

Com a computação tradicional, adquirir e ampliar serviços básicos, como espaço de armazenamento, exige planejamento e um tempo de espera até que os recursos estejam prontos para serem usados.

Com a cloud computing, por sua vez, novos recursos podem ser adquiridos e utilizados instantaneamente. Com um simples clique, você adquire mais espaço de armazenamento ou libera funções avançadas de um software.

Aumento da produtividade

Ter um datacenter local exige uma série de equipamentos e processos. É necessário configurar o hardware, instalar e atualizar softwares, entre outras tarefas que consomem tempo e recursos.

Ao adotar a cloud computing, todas essas tarefas ficam a cargo do serviço de nuvem. Assim, seu negócio pode investir em outras áreas, aumentando a produtividade geral.

Melhor desempenho

Os serviços de computação na nuvem utilizam uma rede de datacenters seguros, com hardware atualizado com regularidade.

Isso garante diversos benefícios, como menor latência de rede para o uso de aplicativos, além da garantia de acesso às últimas tecnologias de hardware do mercado.

Confiabilidade e segurança

Grande parte dos provedores de cloud computing trabalham com políticas, tecnologias e controles que garantem a segurança e proteção dos dados, aplicativos e infraestrutura contra possíveis ameaças.

Além disso, a computação na nuvem facilita o backup e a recuperação de dados, que podem ser espelhados em diversos servidores da rede e acessados a qualquer momento.

Como funciona a computação na nuvem?

Na computação na nuvem, um servidor remoto é usado para conectar diversos dispositivos diferentes a recursos e serviços unificados.

Esse servidor armazena dados e programas, que poderão ser acessados pelos usuários em qualquer lugar do mundo, desde que tenham uma conexão com a internet.

Existem 3 tipos de cloud computing, cada um com funções e objetivos diferentes: nuvem pública, privada e híbrida. Se você pretende investir nesse tipo de tecnologia em seu negócio, é importante conhecer todos eles.

Nuvem pública

São servidores e serviços de armazenamento disponibilizados por terceiros e disponíveis para que qualquer um, usuário ou empresa, possa contratá-los.

Na nuvem pública, o usuário é o responsável pelo conteúdo que será enviado para o servidor, seja o backup de arquivos pessoais ou um aplicativo. Já o provedor de nuvem garante a manutenção e segurança de todos os recursos.

Serviços como Google Drive e Dropbox são exemplos de nuvem pública bastante populares.

Nuvem privada

No modelo de nuvem privada, uma empresa mantém toda a infraestrutura de servidores em seu domínio e oferece acesso restrito apenas a alguns usuários selecionados, como parceiros e colaboradores.

Como a nuvem privada é projetada para uso exclusivo da empresa, todos as funções e recursos são orientados para as necessidades do negócio. Isso garante uma experiência mais personalizada em relação à nuvem pública.

Nuvem híbrida

Como o nome sugere, a nuvem híbrida combina o funcionamento e recursos dos modelos anteriores. Assim, ela permite compartilhar dados e aplicações entre os dois tipos de nuvem.

Dessa maneira, dependendo das necessidades do usuário, é possível usar recursos de maneira privada ou pública, oferecendo maior flexibilidade.

Tipos de serviços de nuvem

Praticamente todos os serviços de cloud computing podem ser classificados em quatro categorias amplas, IaaS, PaaS, computação sem servidor e SaaS.

A seguir, você confere um pouco mais sobre cada um deles:

IaaS (Infraestrutura como Serviço)

O IaaS é o tipo mais básico de serviço de nuvem. Com ele, o usuário aluga toda a infraestrutura de TI – servidores e máquinas virtuais, armazenamento, redes e sistemas operacionais – de um provedor e paga conforme o uso.

PaaS (Plataforma como Serviço)

Nesse modelo de nuvem, o usuário contrata um ambiente de desenvolvimento sob demanda, onde consegue criar, alterar e otimizar aplicativos de software.

O PaaS permite a desenvolvedores criarem aplicativos rapidamente, sem a necessidade de configurar ou gerenciar a infraestrutura necessária.

Computação sem servidor

Assim como o PaaS, a computação sem servidor é voltada para a criação de aplicativos sem a necessidade de gerenciar servidores e infraestrutura.

O provedor de nuvem cuida das configurações, planejamento e gerenciamento dos servidores e recursos necessários.

SaaS (Software como Serviço)

O SaaS,por sua vez, permite ao usuário acessar softwares sem a necessidade de baixar e instalar dados em seus dispositivos. Normalmente, é baseado em um modelo de assinaturas, onde o usuário paga pelos recursos que necessita.

Nesse modelo, os provedores hospedam e gerenciam o aplicativo e toda a infraestrutura necessária para sua utilização, incluindo atualizações e manutenções regulares.

Conclusão

Como você viu, a computação na nuvem já faz parte de seu dia a dia. E não a tendência é que cada vez mais serviços sejam oferecidos com base nesse modelo.

As inovações tecnológicas e a popularização de smartphones permite que as pessoas estejam sempre conectadas à internet. Assim, é cada vez mais importante poder acessar serviços e recursos remotamente, de qualquer dispositivo.

Agora que você já sabe o que é computação na nuvem e como ela funciona, aproveite para se aprofundar no universo da tecnologia da informação e aprenda a levar o Big Data para seu negócio.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.