Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Fechar A Hotmart está concorrendo ao <b>Prêmio Época ReclameAQUI</b> na categoria Serviços Online!

A Hotmart está concorrendo ao Prêmio Época ReclameAQUI na categoria Serviços Online!

Clique aqui e vote na gente!

Como criar um canal no YouTube: checklist completo para se tornar um YouTuber

Como criar um canal no YouTube: checklist completo para se tornar um YouTuber

Confira o passo a passo para começar seu canal no YouTube agora mesmo!

Criar conteúdo em vídeo tem sido algo cada vez mais difundido, principalmente por esse formato ser muito procurado pelos internautas.

Isso acontece porque assistir vídeos é uma maneira prática e até mesmo mais fácil de aprender sobre assuntos diversos. Por esse motivo, há um alto volume de buscas por vídeos.

Segundo dados do próprio YouTube, são assistidas por dia 1 bilhão de horas, por mais de 1 bilhão de usuários. É por isso que muitas pessoas têm buscado trabalhar com essa estratégia, seja como sua fonte de renda principal ou como uma ferramenta para divulgar seu negócio.

Porém, para aqueles que estão começando agora, há algumas dúvidas a respeito de como criar um canal no YouTube, a principal rede de distribuição orgânica de vídeos.

Então, para te ajudar a entender melhor como funciona essa plataforma, criamos um checklist completo para que você possa começar seu canal hoje mesmo.

1º – Entre no YouTube e faça login em sua conta do Google

2º – Selecione a opção Meu canal para criar seu canal

3º – Escolha o nome de seu canal

4º – Personalize seu canal com imagens e descrições

5º – Poste seus vídeos em seu canal do YouTube

No decorrer deste post, vamos mostrar esse passo a passo detalhadamente, e você aprenderá:

Índice
Como criar um canal no YouTube Como personalizar seu canal Como postar vídeos no YouTube Como atrair mais visibilidade para seu canal Como rentabilizar seu canal no YouTube

Como criar um canal no YouTube

Há duas opções para criar um canal no YouTube: pessoal ou com nome de uma empresa. Neste post, vamos te mostrar as duas opções para que você escolha a que melhor se adequar para seus objetivos nessa rede.

A maioria dos passos são similares para os dois tipos de conta. Então, falaremos deles e mostraremos as diferenças para a criação de um canal pessoal e um corporativo ao longo da criação do canal.

1. Faça login em sua conta do Google

Independentemente do tipo de canal que você terá, saiba que é preciso criar uma conta do Google.

Para isso, basta que você entre no próprio site do YouTube, clique em Fazer login, que estará localizado no canto direito superior da tela ou no canto inferior esquerdo, e preencha com sua conta pessoal ou corporativa, caso você já tenha uma.

criar um canal no youtube - imagem da tela do youtube indicando os botões de fazer login

Se você ainda não tem uma conta, assim que abrir a tela para preencher os campos com e-mal/telefone e senha, basta clicar em Mais opções (abaixo de Esqueceu seu e-mail?) e Criar conta.

criar um canal no youtube - imagem da tela do google indicando como criar sua conta

Crie sua conta completando as informações solicitadas.

criar um canal no youtube - imagem indicando os campos a serem preenchidos para criar sua conta

2. Crie seu canal

No canto superior direito, caso você já tenha uma conta, é provável que apareça uma imagem sua ou o logo de sua empresa se você tiver definido uma foto em seu perfil. Se você não tiver uma foto, aparecerá um círculo com as primeiras letras de seu nome.

Clique nesse círculo e, em seguida, selecione Meu canal.

criar um canal no youtube - imagem indidcando onde clicar para criar seu canal no youtube

3. Escolha o nome para usar seu canal

Nessa etapa, preencha as informações com seu nome, para um canal pessoal, ou com o nome de sua empresa, para um canal corporativo.

Clique em Criar canal.

criar um canal no YouTube - imagem dos campos a serem preenchidos para criar seu canal

Se você já tiver uma conta de marca e utilizar essa conta para criar um canal no YouTube, você pode fazer todos os passos anteriores para criar seu canal ou então selecionar a conta corporativa para ser direcionado a um canal já existente.

Pronto! Seu canal no YouTube já está criado. Agora, você pode começar a personalizá-lo.

Como personalizar seu canal

Assim que você clicar em Criar canal, abrirá uma página com suas informações.

  1. Clique em Personalizar canal:

criar um canal no YouTube - imagem indicando onde clicar para personalizar o seu canal

  1. Edite as imagens conforme seu gosto. Se for uma conta pessoal, você pode acrescentar imagens suas. Porém, se seu objetivo é criar um canal no YouTube para sua marca, lembre-se de personalizá-lo com seu logo:
    • Adicione uma arte para o canal (o tamanho recomendado é de 2560 x 1414 e, no máximo, 6 MB);
    • Acrescente Canais em destaque;
    • Troque sua foto de perfil;
    • Ative/Desative os Canais populares no YouTube;
    • Adicione uma seção caso você queira fazer vídeos com temas diferentes e deseja separá-los.

 

criar um canal no YouTube - imagem de um canal personalizado no youtube

Nessa etapa você pode inclusive ajustar o idioma, local de conteúdo e se deseja ou não que seu canal esteja em modo restrito (para ocultar vídeos que possam conter conteúdo inadequado).

  1. Clique em Meu canal, no canto superior esquerdo, para visualizar como seu canal ficou depois de personalizado.

criar um canal no YouTube - imagem indicando o botão de 'Meu Canal'

Como postar vídeos no YouTube

Depois de criar um canal no YouTube, já está na hora de começar a postar seus vídeos.

Antes de tudo, você precisa ter um vídeo gravado. Isso envolve etapas que vão desde a pré-produção de seu conteúdo, como definir o nicho para o qual você falará, até a pós-produção, como a divulgação de seus vídeos, por exemplo.

Aqui no blog, já falamos sobre esse assunto, e você pode conferir o passo a passo completo do processo de criação de de conteúdo em vídeo aqui.

Depois de ter um vídeo gravado e editado, você poderá postá-lo em seu canal.

1. Clique no ícone em formato de câmera que está localizado no canto superior direito, próximo ao pequeno círculo com sua foto e, em seguida, clique em Enviar vídeo.

criar um canal no YouTube - imagem indicando o botão de fazer upload de vídeos

2. Na tela que abrir, clique em Selecione arquivos para enviar e escolha o vídeo em seu computador.

Você perceberá que há também a opção de importar vídeos do Google Photos e fazer uma transmissão ao vivo.

criar um canal no YouTube - imagem indicando como selecionar o arquivo desejado

Perceba que você só poderá enviar vídeos que tenham até 15 minutos. Caso você queira postar vídeos maiores, é necessário aumentar seu limite. Para isso, basta verificar sua conta por telefone clicando em Aumente seu limite, logo abaixo de Ajuda e sugestões.

3. Preencha as Informações básicas de seu vídeo, como título, descrição, marcações e a miniatura do vídeo que aparecerá (para miniaturas personalizadas, é necessário que sua conta seja verificada).

Além disso, é nessa etapa que você definirá o modo como seu vídeo aparecerá:

  1. Público: todos os usuários do YouTube terão acesso a seu conteúdo;
  2. Não listado: apenas pessoas que têm o link para seu vídeo poderão assisti-lo;
  3. Privado: somente você poderá visualizar o vídeo;
  4. Programada: você poderá escolher um dia e um horário para seu conteúdo ser postado.

criar um canal no YouTube - imagem indicando como adicionar as informações do vídeo

4. Clique em Configurações avançadas para completar informações como:

  • Permitir ou não comentários;
  • Escolher entre Licença padrão do YouTube ou Creative commons (licença exclusiva para conteúdos 100% originais);
  • Categoria do vídeo;
  • Idioma, etc.

criar um canal no YouTube - imagem indicando onde está o bot~]ao de 'Configurações Avançadas'

5. Clique em Concluído, no canto superior direito e pronto! Seu vídeo já estará no YouTube.

criar um canal no YouTube - imagem mostrando a tela quando o vídeo foi adicionado com sucesso

Caso você queira fazer alguma edição, basta clicar em Voltar para a edição e modificar o que você deseja.

Clique no link disponibilizado para visualizar como seu vídeo aparece no YouTube.

criar um canal no YouTube - imagem da visualização de um vídeo

Lembre-se que você pode sempre voltar e editar seu vídeo clicando em Editar vídeo.

criar um canal no YouTube - imagem indicando o botão de 'Informações e configurações'

Como atrair mais visibilidade para seu canal

De nada adianta criar um canal no YouTube, ter vídeos postados, mas as pessoas não visualizarem seu conteúdo.

A maior frustração de quem começa um canal no YouTube é não ter audiência.

Realmente não é fácil conseguir um número alto de espectadores e inscritos, mas o maior erro da maioria das pessoas é não definir um público certo e não ter um objetivo claro.

Então, confira nossas dicas:

1. Foque em apenas um assunto.

Escolha um nicho e, de preferência, um subnicho para atuar. Não mude de tema a cada vídeo ou mesmo durante um mesmo conteúdo. Mantenha o foco!

2. Faça uma pesquisa de palavras-chave

Pesquise as melhores palavras-chave para o assunto abordado utilizando o Google Trends, o recurso auto-completar do próprio Youtube (na aba anônima) e avaliando material de concorrentes.

Quanto mais importante a palavra-chave, mais indicado é que você a coloque no começo do título, para que os espectadores já saibam instantaneamente sobre o que você irá falar.

Aproveite para ler nosso conteúdo completo sobre SEO para YouTube.

3. Dê atenção ao título e à thumbnail do seu vídeo

Não se esqueça que o título e a thumbnail de seus vídeos são de extrema importância para chamar a atenção de espectadores.

Suas thumbs devem atrair o olhar das pessoas e entregar de forma bastante clara o assunto do vídeo.

Você pode até colocar alguma palavra-chave na imagem, para destacá-la.

Para saber mais como criar miniaturas clicáveis, leia nosso outro post aqui no blog.

4. Publique com regularidade

Não importa se você irá postar vídeo uma vez por semana ou uma vez por dia.

O importante é deixar claro para sua audiência que você vai estar sempre ali, com uma periodicidade definida.

O ideal é ter um calendário de publicações e informar sua audiência sobre dias e horários de atividade no canal.

5. Não enrole seu público

Comece seus roteiros já com um resumo do assunto, para que espectador sinta confiança e se disponha a te assistir por toda a duração do vídeo.

Trabalhe muito bem suas introduções e não se preocupe com a duração do vídeo.

6. Interaja com seus espectadores

Responda aos comentários de maneira pessoal e, durante os vídeos, instigue sua audiência a se inscrever, comentar e compartilhar.

Também peça feedbacks e sugestões para materiais futuros.

7. Analise seus resultados

Fique de olho nos dados do YouTube Analytics para entender melhor seus espectadores e moldar seu conteúdo para melhor agradá-los.

Você pode aprender mais no nosso post sobre o assunto.

8. Faça testes

Teste formatos, estilo de edição, modelos de thumbs e copy de títulos.

No começo é provável que você tenha que se adaptar muito. Tente fazer isso sem perder o foco do canal.

Caso sinta que não está dando certo, persista e continue tentando.

Basta ver os conteúdos iniciais da maioria dos grandes canais para ver como eles também passaram por adaptações e foram se aprimorando.

Além disso, você pode também investir em publicidade paga, como o Google AdWords, para que seu vídeo chegue para mais pessoas.

O importante nessa etapa é fazer com que seu conteúdo seja visto e, se possível, compartilhado.

Assim, outros usuários conhecerão seu canal e você conseguirá, aos poucos, se posicionar melhor nos resultados de busca do YouTube.

Confira as dicas do Rafinha, videomaker aqui da Hotmart, para conseguir mais inscritos em seu canal:

Como rentabilizar seu canal no YouTube

Você sabia que é possível gerar receita com seus vídeos no YouTube?

Até o final de 2018, qualquer pessoa que tivesse um canal com mais de 10.000 visualizações conseguia veicular anúncios em seus vídeos e receber por isso.

É claro que, para isso, era necessário cumprir alguns pré-requisitos, como:

  1. Conseguir comprovar que seus vídeos eram 100% originais e produzidos por você;
  2. Ter vídeos publicados constantemente em seu canal;
  3. Seguir as regras da Comunidade do YouTube;
  4. Ser residente e estar em um país ou região onde o Programa de parcerias do YouTube está disponível.

Além disso, era necessário ter uma conta no Google Ads, já que era por eles que os anúncios eram veiculados.

Porém, apesar de ser uma análise criteriosa, o YouTube percebeu que apenas essas informações não eram suficientes para deixar com que as pessoas rentabilizassem suas contas. Com isso, novas regras foram acrescentadas.

Para conseguir ganhar dinheiro com anúncios em seu canal no YouTube, você precisa:

  1. Ter, no mínimo, mil inscritos em seu canal;
  2. Ter pelo menos 4 mil horas de conteúdos assistidos nos últimos 12 meses;
  3. Não violar nenhuma regra em seu canal, ou seja, não receber nenhuma denúncia feita por usuários e nem enviar SPAM.

Resumidamente, para você ter anúncios em seu canal no YouTube e conseguir ganhar dinheiro com eles você precisa:

  • Postar conteúdos originais e produzidos por você periodicamente;
  • Ter, pelo menos, 1 ano de conteúdos em seu canal;
  • Ter uma audiência que te acompanha e assiste a seus vídeos sempre;
  • Seguir todas as regras apresentadas no Termo de Serviço do YouTube.

Assim como todo conteúdo na internet, o importante é você pensar em seu público e criar algo que seja realmente valioso para os usuários.

Se seu canal atende a todos esses pré-requisitos, você deve estar se perguntando: qual é o valor que você receberá dessa rede?

Não há um preço exatamente definido, tudo o que sabemos sobre esse assunto são especulações. Mas para que você entenda melhor esses valores, não perca nosso post sobre quanto ganha um YouTuber e entenda se vale mesmo a pena se tornar um.

Este post foi originalmente publicado em novembro de 2017 e atualizado para conter informações mais completas e precisas. 

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.