Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Fechar Black Week Hotmart

Quer fazer mais vendas? Participe da Black Week Hotmart. Nos últimos anos, os números foram impressionantes: aumento de 200% em vendas em um único dia!

Quero participar

5 cursos online gratuitos + como criar o seu próprio curso [GUIA COMPLETO]

5 cursos online gratuitos + como criar o seu próprio curso [GUIA COMPLETO]

Confira este manual para estudar online ou começar a dar aulas pela internet (ou os dois!)

Além de ajudar na formação de milhares de pessoas, os cursos online são uma ótima oportunidade para quem sabe muito sobre algo e tem a possibilidade de repassar esse conhecimento.

Atualmente, esse tipo de negócio tem se tornado uma fonte de renda para diversos empreendedores que encontraram, no mundo online, uma forma de unir o útil ao agradável: transmitir informação de forma acessível e, a partir disso, ganhar dinheiro.

E não importa o tema: de culinária a organização financeira, tem sempre alguém para ensinar e alguém para aprender. Então, não é surpresa nenhuma que a busca por cursos online têm crescido cada vez mais, certo?

E você, está pensando em entrar nesse mercado também? Ou está procurando cursos online para fazer? Então, chegou ao lugar certo! Preparamos este post completo para você que está querendo aprender ou ensinar na internet. Vamos lá?

Índice
Afinal, os cursos online são mesmo procurados? Como os cursos online funcionam? Quais cursos online estão disponíveis gratuitamente? 1. Hotmart Academy 2. Desafio 30 Dias 3. Google Academy for Ads 4. Analytics Academy 5. Universidade Rock Content Quer criar um curso online? Será que vale mesmo a pena para o produtor? Dá mesmo para ganhar dinheiro com cursos online? Como criar um curso online? Preparado? Vamos retomar?

Afinal, os cursos online são mesmo procurados?

Você pode pesquisar qualquer assunto na internet com “curso online” na frente que certamente achará um resultado.

Para você ter uma ideia, de acordo com o último Censo da Educação Superior realizado pelo Inep em 2016, o crescimento da educação a distância no Brasil foi de quase 13% de 2015 para 2016. O número de matrículas na graduação EAD já beirava a marca de 1,5 milhão na época da pesquisa.

Mas não é só nos cursos superiores que os números são expressivos. O Censo 2017/2018 feito pela Associação Brasileira de Educação a Distância (Abed) mostra que o número de matrículas em cursos livres EAD dobrou de 2016 para 2017, alcançando quase 7,8 milhões de alunos.

Tudo isso para te mostrar que os cursos online têm, sim, uma grande procura — cada vez maior, aliás, visto que esse tipo de ensino traz características vantajosas para as demandas dos estudantes atualmente.

Como os cursos online funcionam?

É comum que as pessoas tenham uma ideia equivocada sobre esse tipo de ensino. Por ser a distância, podemos pensar que a figura do professor é pouco importante ou que o aprendizado é inferior em comparação aos cursos presenciais.

Essas impressões são normais, mas tratam-se de grandes mitos. Então, temos boas notícias para você que quer estudar de forma online ou se tornar um produtor de cursos: a educação a distância é coisa séria e funciona!

Há um maior protagonismo do aluno?

Sim, há. Mas isso não é um demérito. Muito pelo contrário: o estudante tem mais autonomia para organizar e administrar seu aprendizado, mas sempre com o apoio do professor e de atividades interativas.

Normalmente, os cursos online têm a seguinte estrutura:

  • salas de aula virtuais: com videoaulas, textos e atividades para os alunos;
  • materiais complementares: bancos de dados com conteúdos que auxiliam a fixação do conteúdo;
  • ambientes de interação: chats e fóruns para que o aluno tenha contato com o professor e com a turma;

Ou seja, o objetivo dos cursos online não é ser uma alternativa “mais fácil” para formação e capacitação do aluno. Os níveis de exigência são altos: o estudante precisa se organizar para acompanhar os conteúdos e se dedicar para aprender de verdade.

Não é à toa que esse tipo de ensino já abrange até mesmo a educação superior, com cursos credenciados e avaliados pelo Ministério da Educação (MEC). Falando nisso, vamos conferir que tipo de oferta existe na EAD?

Cursos de graduação e pós-graduação

A quantidade de cursos de graduação e pós-graduação é muito significativa na educação a distância. De acordo com o Censo do Inep, o número de bacharelados, licenciaturas e tecnólogos online já era de quase 5% do total da oferta no Brasil em 2016.

Em relação à pós-graduação, o crescimento da EAD é ainda mais expressivo. Pelo Censo da Abed, os cursos superiores de especialização foram os que tiveram o aumento no oferecimento mais significativo entre todas as opções de nível acadêmico: já existem quase 2 mil cursos credenciados.

Cursos livres

Agora, os cursos livres ou profissionalizantes estão entre os mais interessantes. Eles correspondem àquelas formações complementares que destacam o currículo profissional.

Especialmente hoje em dia, com tanta competitividade, os cursos livres são muito procurados por quem busca aquele “plus” — um conhecimento especializado e que faz toda a diferença no exercício profissional.

Mas não é só isso! Entre os temas de cursos online mais vendidos estão, logo após assuntos relacionados à carreira, nada mais nada menos que saúde e esportes!

Depois, cursos sobre métodos de leitura, técnicas de aprendizado, definição de metas e autoestima também entram em jogo.

O que isso quer dizer?

Significa que, além de serem procurados para incrementar a formação profissional, os cursos livres também se associam a uma busca por desenvolvimento pessoal.

Afinal, nem tudo na vida se resume a vagas de trabalho, não é?

Mas vamos ser sinceros: em pleno século 21, o tempo é uma moeda valiosa. É muito difícil encontrar alguém com horas livres para buscar esse tipo de formação enquanto equilibra uma dupla ou tripla jornada.

É aí que entram os benefícios dos cursos online:

  • mais flexibilidade para assistir às aulas em qualquer lugar e hora;
  • custos reduzidos em comparação aos cursos presenciais;
  • mais controle sobre a própria rotina de estudos.

Não é de se estranhar que as matrículas em cursos livres EAD cresceram 42% nas instituições que fizeram parte do Censo Abed. Sem contar que em quase 30% delas o investimento no oferecimento online estava previsto para aumentar futuramente.

Quais cursos online estão disponíveis gratuitamente?

Que a internet aumentou – e muito – o acesso à informação não é novidade para ninguém. É aqui, no mundo virtual, que muita gente vem para aprender coisas novas, se especializar em determinado assunto e até mesmo buscar uma nova formação.

E o melhor de tudo é que você pode encontrar diversos cursos online de graça! Hoje em dia, você já consegue tirar certificações online gratuitas que, além de te ajudarem a adquirir mais conhecimento, são até mesmo pré-requisito para a contratação em algumas empresas.

E aí, quer se tornar especialista em algum tema? Então confira a lista que preparamos para você com 5 lugares onde você encontrará cursos online para começar agora!

1. Hotmart Academy

Se você está pensando em começar um negócio digital ou já está nesse caminho, está na hora de conhecer o Hotmart Academy! Nesse espaço de aprendizagem gratuito, você aprenderá a criar, divulgar e vender o seu produto digital com os nossos especialistas.

O Hotmart Academy é dividido em duas temporadas. Na primeira, você irá passar por todas as etapas necessárias para se tornar um produtor ou afiliado. Já na segunda, você aprenderá a evoluir o seu negócio, aprimorando as suas técnicas e os seus resultados.

Para começar, basta fazer o seu cadastro.

2. Desafio 30 Dias

Agora, já decidiu que vai começar a empreender online do zero ou só precisa daquele empurrãozinho? Então, o Desafio 30 Dias é ideal para o seu caso! Você terá acesso gratuito a 17 aulas em vídeo, materiais para download e espaço para tirar dúvida com outros empreendedores.

Saiba como planejar, executar e fazer as suas primeiras vendas com a ajuda de especialistas de forma gratuita. É só se cadastrar aqui!

3. Google Academy for Ads

Quem trabalha com marketing ou vendas na internet sabe da importância – e da disputa! – de um anúncio com boa performance para os resultados do negócio. Mas se você está precisando aprimorar os seus conhecimentos no assunto, não se preocupe: a própria Google preparou um espaço de aprendizagem só para isso.

No Google Academy for Ads você terá acesso a cursos online gratuitos onde irá conhecer as melhores práticas para fazer anúncios digitais pela Google. É só fazer o seu login e começar!

4. Analytics Academy

Já no Analytics Academy você terá a oportunidade de aprender sobre os principais recursos do Google Analytics, a ferramenta de monitoramento e análise da atuação online dos negócios.

Além de aprender a analisar relatórios e acompanhar campanhas de mídia paga, você também saberá os passos iniciais para adentrar nesse universo: como criar uma conta e implementar o código de monitoramento no seu site, por exemplo.

5. Universidade Rock Content

Quer aprofundar os seus conhecimentos sobre marketing digital? Então, que tal conhecer a Universidade Rock Content?

Lá, você terá acesso a 5 cursos gratuitos sobre:

  • Marketing de Conteúdo;
  • Produção de Conteúdo para Web
  • Revisão de Conteúdo para Web;
  • Inbound Marketing;
  • Outbound Marketing.

Além disso, a Universidade Rock Content conta com mais 10 certificações pagas. Você pode fazer a sua conta aqui.

Quer criar um curso online?

Então você percebeu a oportunidade de dar um curso online e resolveu agarrá-la? Daqui para frente, vamos falar sobre tudo o que você precisa saber para dar os seus primeiros passos nessa jornada.

Primeiro, você irá entender se realmente vale a pena criar as suas próprias aulas e, depois entraremos em assuntos mais específicos para a produção do seu curso online. Preparado?

Será que vale mesmo a pena para o produtor?

Você já viu que os cursos online:

  • são fortes no Brasil;
  • têm sido cada vez mais procurados;
  • são muito vantajosos para o aluno.

Agora, e para quem vai produzir um curso online? Será que vale a pena? É isso que vamos discutir a seguir. Veja!

Renda extra

Sabe aquele tão desejado lançamento extra na coluna de “Entradas” da sua planilha de orçamento?

Essa é uma das vantagens de vender cursos online. É bastante atrativa, né?

O negócio vale a pena nesse sentido, porque você precisa preparar seu produto digital uma vez só, mas vai receber por isso sempre que conseguir atrair novos alunos.

É claro: dá um belo trabalho produzir um curso de qualidade, mas também gera um bom retorno, necessitando apenas de revisões regulares no conteúdo.

Desenvolvimento de carreira

Outra coisa bacana de dar aulas na internet é que a sua própria carreira também é beneficiada. Afinal, você passará por um processo de aprendizado contínuo, precisará estudar assuntos novos para que seu conteúdo não se torne obsoleto, desenvolverá outras habilidades importantes para a profissão etc.

Por exemplo, ao ministrar cursos online, você aprenderá um pouco mais sobre:

  • oratória;
  • design;
  • produção de vídeos;
  • marketing pessoal e mais uma série de coisas!

Trabalho prazeroso

Esse talvez seja o melhor benefício de dar aulas online. Se você é uma pessoa apaixonada pelo tema do seu curso, certamente sentirá uma satisfação enorme em ver que o conhecimento adquirido durante toda a sua trajetória profissional está sendo transmitido!

Sim, ganhar um dinheiro extra, desenvolver a própria carreira e, de bônus, contribuir para a educação é sinônimo de um trabalho prazeroso e edificador!

Dá mesmo para ganhar dinheiro com cursos online?

Ora, se dá! Você certamente conhece alguns youtubers brasileiros que construíram pequenos impérios na internet.

Não é só no entretenimento que o mundo virtual é rentável. Para quem aposta na educação, os resultados podem ser bastante interessantes.

Para isso, você precisa de alguns cuidados na sua produção, como:

  • estratégias: conheça muito bem sua área e faça uma boa segmentação de mercado para dar passos certeiros;
  • qualidade: para se destacar, invista em ferramentas que realmente sejam profissionais — desde o conteúdo até a finalização do material;
  • plano de marketing: um curso dá lucros a partir de matrículas e assinaturas, certo? Então, é fundamental ter um bom plano para atrair o público.

Além disso, vale a pena escolher um formato que seja bem recebido pelos seus alunos. Algumas das possibilidades são os ebooks, os audiobooks e os podcasts.

Agora, existe um formato que ganha cada dia mais destaque na internet: o vídeo! Tanto que separamos um espacinho deste texto só para falar dele. Confira!

Vídeos: o formato-chave para seus cursos online

Os vídeos são um meio de tornar o estudo mais interativo. Para o aluno, é mais envolvente ter estímulos sonoros e visuais do que apenas ficar na leitura de textos, por exemplo.

Por isso, são um formato-chave na educação a distância. Em seus cursos online, os vídeos tutoriais são muito efetivos, pois servem justamente para transmitir informações e conhecimentos. Veja alguns tipos:

  • visuais: são aqueles materiais com animações educativas para facilitar o entendimento, muito úteis para expor o conteúdo de forma mais clara;
  • screencasts: são um modelo de tutorial no qual a tela do computador do instrutor é gravada. Esse é o tipo preferido de quem ensina montagem de sites, edição em programas etc.;
  • videoaulas: o modelo mais clássico, em que o instrutor aparece na tela explicando o conteúdo. Alguns vídeos são gravados em salas de aula mesmo, com lousa e tudo.

Você pode variar o modelo de vídeo ou escolher um que mais se encaixe nos seus objetivos. O mais importante é transmitir o conhecimento de uma forma que seja efetiva para o aprendizado dos estudantes.

Como criar um curso online?

Até agora, você já decidiu que quer criar um curso online e sabe os principais pontos para os quais você deve se atentar, certo? Mas você sabe como começar a produção do zero?

A criação de um curso online passa por três etapas:

  1. pré-produção;
  2. produção;
  3. pós produção.

Todas essas fases são fundamentais para que você consiga produzir um material de qualidade, o que irá impactar diretamente na fidelidade dos seus alunos e na atração de novos clientes (você provavelmente já ouviu falar que o boca a boca é o melhor marketing, certo?) e no retorno do seu investimento.

Nós vamos falar sobre o que você deve fazer em cada uma dessas fases agora!

1. Pré-produção

A etapa de pré-produção é o momento de planejamento. Muitas pessoas gostam mais de “colocar a mão na massa” e acabam não dando a devida importância para essa fase. Mas ela é fundamental para que você não perca tempo na produção do curso e também para o sucesso do seu produto digital, já que é aqui que você definirá os aspectos que vão guiar todo seu negócio.

Mas o que, exatamente, você irá fazer na etapa de pré-produção? Bom, esse é momento em que você irá estruturar o negócio e as características do curso em si.

Ao pensar no negócio, você deve levar em conta questões como:

  • qual é o objetivo do seu negócio?
  • quais são os custos envolvidos na produção do curso?
  • quais são os seus prazos de produção?
  • quais são as suas metas relacionadas aos seus produtos digitais?

Respondendo essas questões, você tem um documento para se apoiar no que diz respeito às decisões mais estratégicas. Afinal, você estará desenhando a base do seu negócio, de onde poderão partir até mesmo outros produtos digitais além do seu curso online mais para frente.

Já no planejamento do curso, você definirá pontos como

  • qual tema será abordado;
  • em qual nicho de mercado você irá atuar e qual é o seu cliente ideal;
  • qual será o formato do curso;
  • plano de curso.

Aqui você estará definindo características que te orientarão na produção do curso em si. Assim, você não corre o risco de se perder no meio do caminho e acabar direcionando o material para públicos errado ou usando uma linguagem inadequada, por exemplo.

2. Produção

Agora sim é o momento em que você vai começar a parte prática do seu curso! Para isso, você deverá escrever o roteiro de cada aula e ter os materiais necessários para a gravação em mãos, que são:

E então, preparado para a gravação? Lembre-se que você tem o planejamento de cada aula em mãos e pode gravar quantas vezes for necessário (levando em conta, é claro, os prazos definidos na etapa de pré-produção).

É comum precisar repetir as cenas algumas vezes, principalmente se essa se tratar da gravação do seu primeiro curso online. Aqui, é importante contar com a ajuda de alguém para te dar feedbacks tanto sobre os aspectos técnicos quanto em relação à sua apresentação.

Também é importante que você estude sobre técnicas que vão te ajudar a melhorar a sua desenvoltura na gravação dos vídeos, como oratória e postura. Com o tempo e a prática, é claro que você irá se sentir mais à vontade e gravar aulas cada vez melhores! Mas você já pode ir conferindo as nossas dicas no vídeo abaixo. É só dar o play!

O último passo da etapa de produção é a edição dos vídeos gravados. É aqui que você dará os toques finais para as suas aulas e deixará o seu produto digital finalmente concluído. Conheça aqui programas pagos e gratuitos que você poderá utilizar para essa tarefa!

3. Pós-produção

Estamos quase lá! Agora é o momento em que você irá precificar o seu produto digital, encontrar uma plataforma para a hospedagem das suas videoaulas, divulgar e vender o seu curso online.

Vamos falar mais detalhadamente sobre cada uma dessas tarefas!

Precificação

Para realizar a precificação, você precisa levar uma série de questões em consideração: custo envolvido na produção do curso, concorrência, valor agregado…

Portanto, não se trata apenas de pensar em quanto você quer conseguir de lucro, e sim no quanto você precisará conseguir de retorno para cobrir o seu investimento, em como o seu público realiza compras online, nos preços praticados pela sua concorrência e na qualidade do seu produto.

Se você ainda tem dúvidas sobre essa tarefa, o Alexandre Abramo, Coordenador de Novos Negócios na Hotmart, gravou um vídeo contando o que você não pode deixar de analisar antes de definir quanto irá cobrar por seu curso online. Confira!

Hospedagem

Como você irá realizar a venda e disponibilizar o seu curso online para o público assistir?

O desempenho do aluno e a recepção do seu conteúdo têm muito a ver com a qualidade das aulas preparadas. Porém, não é só isso! A tecnologia também tem um papel fundamental quando se trata de cursos online.

Por isso, veja alguns critérios importantes na hora de escolher a melhor plataforma para seu curso!

Personalização

Para que seu produto digital seja um destaque no segmento, você precisa trabalhar alguns diferenciais. Pensando nisso, uma plataforma de hospedagem engessada e com poucas funcionalidades pode atrapalhar seus planos.

O ideal é buscar um ambiente bastante personalizável. Desse modo, você conseguirá imprimir sua identidade, fortalecer a sua marca e ter uma abordagem mais atrativa para os alunos.

Responsividade

Um dos grandes trunfos do ensino online é que o estudante pode aproveitar seus momentos “mortos” do dia, como o deslocamento para o trabalho, o horário de almoço e aqueles 15 minutinhos na cama antes de o sono chegar para estudar!

Mas e se ele não tiver um computador por perto?

O smartphone vira protagonista! Por isso, é essencial que a plataforma de hospedagem do seu curso seja responsiva. Essa característica se refere à adequação aos diferentes dispositivos. Ou seja, o suporte para um bom desempenho tanto em um desktop quanto em um celular ou tablet.

Gestão facilitada

Por fim, não se esqueça de valorizar a facilidade de gestão nessa escolha. Afinal, além de assumir as figuras de produtor e professor, quem decide fazer cursos online se torna, também, um gestor de marca — a sua marca!

Quanto mais soluções nesse sentido a plataforma oferecer, melhor. Por exemplo, é interessante contar com:

  • recursos para vendas centralizadas;
  • automatização de entrega de bônus e listas de emails;
  • geração de estatísticas para acompanhar o desempenho do curso;
  • relatórios sobre as receitas;
  • integração de ferramentas de marketing etc.
Divulgação

Tudo pronto, hora de mostrar o seu produto digital para o mundo!

Existem algumas ferramentas que você pode utilizar para a divulgação do seu curso online, como as redes sociais, blogs, e-mail marketing, fóruns e campanhas pagas, por exemplo.

A nossa dica é: estude sobre Marketing Digital e use e abuse dessa estratégia para, além de escalar o seu posicionamento online, conseguir clientes cada vez mais adequados ao seu produto.

E se você quer que a sua divulgação seja feita para um público cada vez maior, não pode deixar de conhecer o Marketing de Afiliados. Através dessa estratégia, você contará com outras pessoas te ajudando a divulgar o seu curso online e ganhando uma comissão por isso.

Venda

Você já planejou e produziu seu curso online, definiu o preço, a plataforma em que ele será hospedado, como ele será divulgado… hora de partir para as vendas!

Bem, existem basicamente 3 formas de vender seus cursos online. Veja abaixo.

Por assinatura

Você pode utilizar uma plataforma que dá a opção de assinatura. Nesse caso, o estudante paga uma taxa mensal para ter acesso aos serviços. É assim que funciona a Netflix, por exemplo.

Normalmente, ser assinante dá acesso a uma série de produtos exclusivos. É um modelo de cobrança interessante porque a mensalidade é atrativa: sai muito mais barata do que pagar cursos isolados. Então, o número de matrículas cresce com mais facilidade.

Por curso

Outra opção é vender os produtos digitais isoladamente. Nesse caso, o aluno paga por curso. A contratação — que pode ser à vista ou parcelada — garante o acesso a todos os módulos e à emissão de um certificado online ao término dos estudos.

Por módulos

Há, ainda, quem venda os cursos online por módulo. Essa alternativa é interessante porque amplia a cartela de potenciais clientes: pode ser que um aluno não tenha interesse em todos os tópicos do curso e, para não pagar pelo que não vai usar, desista da matrícula.

Com a possibilidade de acessar por módulos, o aluno pode optar por contratar somente um pacote específico de aulas que caiba no bolso e que seja mais interessante para ele. Se gostar da qualidade do material, tem grandes chances de comprar o curso completo ou fazer a assinatura!

Preparado?

Agora você já tem todas as informações que precisa para criar os seus cursos online em mãos, certo? Esperamos que você tenha se encorajado mais ainda para começar a produção do seu curso digital agora!

E lembre-se: não importa se você é um ótimo cozinheiro, sabe muito sobre cuidados com a saúde, é um redator ou tem conhecimentos em qualquer outra área: você sempre pode ensinar algo a alguém.

E nós podemos provar! Quer ver? Veja a história do Anderson Rey:

Vamos retomar?

Depois de uma leitura tão longa (mas muito interessante, não é?), você já sabe bastante sobre cursos online, não importa se você está querendo aprender ou ensinar. Como vimos, o ensino online está em crescimento no Brasil, além de oferecer muitas vantagens para o aluno e o produtor.

Também vimos que os cursos online são uma boa oportunidade de ganhar dinheiro. E nisso, os vídeos, por exemplo, são um formato muito interessante! Por fim, também conferimos um passo a passo básico sobre como começar essa empreitada: desde o planejamento até a venda.

E aí, a animação para produzir seus cursos online já está a mil? Então confira o nosso ebook sobre como dar aulas em vídeo e dê vida à sua ideia!

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.