Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Fechar Minicurso Hotmart

Você é professor?

Já tem conteúdo para ensinar?

Comece 2019 com o pé direito e sendo dono de seu próprio negócio.

Aprenda a criar seu curso online de forma gratuita.

QUERO ACESSAR O MINICURSO
Fechar ¿Cómo crear un curso online con videoclases?

¿Cómo crear un curso
online con videoclases?

Aprende a transformar tu conocimiento en un curso online con nuestra guía gratis.

¡DESCARGA EL MATERIAL!

O que é dinâmica de grupo e como fazê-la?

O que é dinâmica de grupo e como fazê-la?

7 dicas de atividades para aplicar em sua empresa.

Muitos empreendedores ainda acreditam que basta contratar bons profissionais para que o negócio funcione perfeitamente.

É claro que você precisa encontrar e trabalhar com os melhores especialistas de sua área, mas apenas fazer boas contratações não é suficiente.

Além de ter grandes talentos ao seu lado, é fundamental também manter a equipe motivada, para que todos tenham o mesmo foco e trabalhem pensando no crescimento profissional e da empresa.

Uma das formas de manter as pessoas engajadas e trabalhando em harmonia, bem como promover um melhor ambiente de trabalho é aplicando uma dinâmica de grupo.

Quer entender um pouco mais sobre isso? Continue com a gente!  

Entendendo a dinâmica de grupo

A dinâmica de grupo consiste em um procedimento através do qual as empresas buscam identificar o comportamento, a personalidade, enfim, o perfil do funcionário, para que possa capacitá-lo para desenvolver melhor as suas habilidades, sejam elas pessoais ou profissionais.

Ela também serve para descontrair o ambiente empresarial, já que muitas vezes a carga de trabalho ou a pressão pode se refletir na performance do profissional.

Além disso, com essas dinâmicas, os membros de uma mesma equipe têm a possibilidade de se conhecerem melhor e trabalhar mais harmoniosamente, o que colabora com a motivação pessoal para trabalhar todos os dias naquele ambiente e com as pessoas que estão ali.

E a partir do momento em que o funcionário está motivado, vai se esforçar mais não apenas para o seu crescimento pessoal, mas também da empresa como um todo.

Por que fazer dinâmica de grupo?

Em primeiro lugar, saiba que existem diversas teorias sobre a importância da dinâmica de grupo. Mas, no geral, elas são aplicadas para:

  • Aumentar o nível de energia dos profissionais de uma empresa ou equipe;
  • Quebrar o gelo inicial, principalmente de um funcionário novo;
  • Promover aprendizados;
  • Tornar o ambiente mais descontraído;
  • Integrar funcionários de áreas diferentes;
  • Melhorar a comunicação empresarial;
  • Permitir a troca de experiências e informações;
  • Aproximar os líderes de seus liderados;
  • Criar empatia;
  • Aumentar a cooperação entre a equipe;
  • Reduzir a rotatividade dentro da empresa (turnover).

7 dinâmicas para você aplicar em sua empresa

Agora que você já entendeu o que é dinâmica de grupo e viu as vantagens dessa atividade para sua empresa, vamos passar para a parte prática.

Separamos 7 exemplos de atividades que você pode aplicar em seu negócio:

Índice
  1. Dinâmica do desafio
  2. Dinâmica de mãos dadas
  3. Dinâmica da ilha do tesouro
  4. Quem eu levo?
  5. Teatro de vendas
  6. Troca de segredos
  7. Uma pessoa de princípios

1. Dinâmica do desafio

Nessa dinâmica de grupo, o principal objetivo é fazer com que a equipe possa enfrentar novos desafios e, para isso, é preciso que as pessoas se sintam confiantes e seguras.

Basicamente, você vai precisar de uma caixa preta ou escura, onde estarão os desafios a serem enfrentados.

Divida a equipe em dois grupos, formando um círculo.

Para dar início à dinâmica, coloque uma música e passe essa caixa por todas as pessoas do círculo.

Quando a música parar de tocar, quem estiver com a caixa terá três alternativas:

  1. Cumprir o desafio;
  2. Passar para uma pessoa do seu grupo;
  3. Passar para uma pessoa do outro grupo.

No caso de aceitar o desafio, o grupo de quem está com a caixa receberá 3 pontos. Mas, se não realizar, além de ter que pagar uma prenda, o grupo perde 4 pontos.

Cada grupo tem a opção de não fazer o desafio por 3 vezes, mas, na quarta vez, obrigatoriamente terá que cumprir o que foi proposto.

No final, some os pontos e você saberá qual grupo conseguiu realizar mais desafios.

Esse é um tipo de dinâmica de grupo que ajuda muito a descontrair, mas também instiga a inovação, já que o ideal é que os participantes aceitem os desafios propostos que, muitas vezes, estão fora de suas áreas de conhecimento.

2. Dinâmica das mãos dadas

O objetivo dessa dinâmica é mostrar como é importante o trabalho em equipe e que juntos os resultados serão muito mais eficazes.

Para essa dinâmica é necessário ter uma cartolina colorida.

As pessoas devem formar um círculo, darem as mãos e memorizar quem está do seu lado direito e esquerdo.

Depois, os participantes devem soltar as mãos e dar uma volta na sala ou no espaço escolhido, esperar alguns segundos, colocar a cartolina no centro da sala e pedir para que todos fiquem em cima da cartolina.

Peça, então, para que os participantes digam quem estava à sua direita e esquerda e deem as mãos novamente.

3. Dinâmica da ilha do tesouro

A ideia com essa dinâmica de grupo é promover a colaboração e o engajamento entre as pessoas.

Materiais necessários: uma caixa de chocolates e algumas folhas de jornal.

Peça para que os participantes formem duplas.

Depois disso, coloque uma folha de jornal em um dos cantos da sala, com a caixa de chocolates em cima da folha. Repita o processo em todos os cantos, dando a cada dupla uma outra folha.

Você dirá que cada canto representa uma ilha.

Cada dupla deve se posicionar em cima da sua folha e tentar chegar ao objetivo, que é o canto da sala, ou ilha, mas não pode nem rasgar o papel nem colocar os pés no chão.

O que é importante nessa dinâmica é a percepção de que o trabalho em equipe gera melhores resultados.

4. Quem eu levo?

O objetivo é fazer com que os participantes aprendam a reconhecer qualidades nos outros e também saber como os outros os enxergam.

Tenha em mãos envelopes, papel e lápis. Distribua os envelopes e dentro de cada um deles deixe um questionário com 3 perguntas:

  1. Se você se perdesse em uma ilha deserta, que pessoa do grupo gostaria de ter com você?
  2. Se tivesse que organizar uma festa, que pessoa do grupo gostaria que te ajudasse?
  3. Se ganhasse um prêmio em um concurso e pudesse escolher 3 pessoas do grupo para ir com você em um cruzeiro, quem levaria?

É muito importante que as respostas não sejam dadas e que ninguém saiba quem escolheu quem. Os questionários não devem ser assinados, nem possuir nenhum meio de identificação.

Cada participante recebe o resultado de forma particular. Assim, você consegue entender quem está mais deslocado em sua equipe e pode pensar em maneiras de integrar essa pessoa.

5. Teatro de vendas

A ideia aqui é treinar técnicas de argumentação e negociação, além de desenvolver a desinibição e empatia.

Você vai precisar de uma mesa, folhas de papel e canetas.

Depois, o grupo deve ser dividido em dois. O grupo 1 será o representante de vendas de uma empresa de medicamentos e o grupo 2, uma ONG.

A meta do grupo 1 é conseguir um maior lucro, e a do grupo 2 conseguir o menor preço possível – de preferência, de graça.

Cada um deles tem um orçamento pré-definido e devem se sentar na mesa de negociações.

Não é obrigatório que o negócio seja fechado, o que importa é debater as estratégias utilizadas na negociação e treinar o poder de persuasão de seus vendedores.

6. Troca de segredos

Essa dinâmica de grupo visa promover a empatia entre os membros da equipe. O ideal é que o grupo seja formado por cerca de 20 pessoas.

Materiais necessários: papel e caneta ou lápis para cada um dos participantes.

Cada profissional deve escrever se tem alguma dificuldade no relacionamento com outro membro da equipe, mas que não gostaria de exprimir verbalmente.

Atenção: ao escrever, cada um deve utilizar uma letra distinta, para que não seja possível o reconhecimento.

Em seguida, os papéis são redistribuídos e cada um deve ler o que está escrito, como se aquele problema fosse dele, e propor uma solução.

7. Uma pessoa de princípios

O objetivo aqui é descontrair as pessoas durante uma reunião. Para isso, todos os participantes devem fazer um círculo.

O coordenador se posiciona no centro, começa a contar uma história e pede a cada um dos participantes que completem as frases. Aquele que demorar muito para completar deve ir para o centro e começar o jogo de novo.

Além de quebrar o gelo, essa dinâmica de grupo pode ser usada para entender se as pessoas de uma mesma equipe estão com pensamentos parecidos e conseguem se completar de forma positiva.

Treine sua equipe

Como você viu, essas são apenas algumas estratégias que podem ser aplicadas na sua empresa tanto para tornar os funcionários mais motivados, como para fazer com que eles percebam a importância de um ambiente colaborativo.

Além disso, a dinâmica de grupo ré uma excelente ferramenta para melhorar o clima organizacional.

É preciso levar em consideração que um dos motivos do sucesso de um negócio está diretamente relacionada à satisfação dos funcionários. Por isso, lembre-se de sempre colaborar para que as pessoas que trabalham com você sintam-se valorizadas e parte de seu negócio.

Além das dinâmicas de grupo, investir na capacitação profissional de quem trabalha com você é também uma poderosa estratégia para melhorar os resultados do seu negócio.

Quer descobrir uma nova maneira de despertar o máximo de potencial da sua equipe?

Leia nosso post com 6 técnicas para fazer treinamento e desenvolvimento de pessoas.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.