Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Fechar Três dias imperdíveis para aprender tudo sobre o mercado digital!

Três dias imperdíveis para aprender tudo sobre o mercado digital!

Garanta seu ingresso

5 grandes erros que podem acabar com suas vendas na internet

5 grandes erros que podem acabar com suas vendas na internet

Entenda o que você precisa parar de fazer para aumentar seu número de vendas.

Guest post produzido por Thiago Távora, consultor de e-commerce da iSET.

Sem dúvida, o universo digital é um ambiente muito promissor para gerar negócios. No entanto, é comum encontrarmos microempreendedores que buscam sua independência financeira por meio da criação de um negócio virtual, mas não geram vendas na internet.

Se você ainda não descobriu por que seu empreendimento online não alcança resultados satisfatórios, nem imagina o que está errado com seu negócio virtual, continue lendo este artigo.

A seguir, apresentamos os equívocos mais frequentes que atrapalham a conquista de novos clientes e mostraremos soluções para você melhorar seu empreendimento.

Acompanhe!

Erros comuns de quem faz vendas na internet

1. Não focar na experiência do usuário

Mais importante do que um design bonito, é priorizar a experiência de navegação do usuário dentro de seu ambiente virtual. Isso é, as pessoas devem fazer o menor esforço possível para obter as informações de interesse. Desse modo, o processo de compra não pode ser algo exaustivo e complicado.

A organização das informações dentro do site também precisa estar bem estruturada para que as pessoas não se percam, abandonando a página em poucos instantes.

Portanto, procure ajuda profissional para que os conceitos de usabilidade de seu site sejam priorizados. Ao contratar uma plataforma, é interessante pensar no caminho mais fácil que o consumidor deve seguir para fechar a compra.

Os produtos podem ser divididos em categorias para melhorar a hierarquia das informações, a velocidade do site deve ser rápida e o layout mais clean. Tudo isso contribui bastante para melhorar a permanência das pessoas dentro de sua página de vendas e, consequentemente, as chances de aumentar as vendas são ampliadas.

2. Não ter um site com layout responsivo

Outro erro significativo é não ter um site adaptado para dispositivos móveis. Imagine que uma pessoa interessada em seu produto tente acessá-lo pelo celular. Se essa experiência não for agradável, esse consumidor pode ir embora de seu site e nunca mais voltar.

Por essa razão, exija que seu ambiente virtual de vendas tenha um layout responsivo para que as informações de seu site sejam exibidas facilmente em qualquer tipo de tela. Isso é básico, pois cada vez mais pessoas têm utilizado dispositivos móveis como ferramentas de comunicação e consumo.

Sendo assim, quem não se adequar a essa realidade, perderá várias oportunidades de aumentar sua receita.

3. Descrição dos produtos mal elaborada

Esse é outro aspecto que atrapalha as vendas dentro do mercado digital. Muitas vezes, as descrições dos produtos estão incompletas e as imagens estão em péssima qualidade. Isso interfere muito não só na experiência do usuário, como também na otimização do site.

Se você gostaria que sua página fosse exibida nas primeiras posições do Google, fique atento! É necessário pesquisar as palavras-chave relacionadas aos produtos vendidos para elaborar uma apresentação mais completa desses itens.

Dessa forma, quando o consumidor fizer uma pesquisa relacionada ao seu produto no mecanismo de busca, sua marca será exibida nos resultados. Isso é fundamental para expandir o número de visitantes de seu site e ampliar as possibilidades de aumentar as vendas na internet.

4. Falta de estrutura de atendimento

A velocidade que a internet trouxe também modificou o comportamento do consumidor. Se antes ele aceitava esperar, hoje, o cenário é muito diferente.

O fato é que as pessoas desejam um retorno cada vez mais ágil das empresas, e as marcas precisam fazer isso no menor tempo possível.

Caso contrário, sua empresa pode criar uma experiência negativa com relação ao atendimento. Com certeza, isso pode se refletir na queda das vendas.

Para evitar que isso aconteça, tenha uma estrutura para atender às principais dúvidas, reclamações e sugestões de seu público.

Portanto, disponibilize vários meios para que o contato com os clientes seja facilitado e procure atender às solicitações em tempo real. O ideal é ter um profissional dedicado ao atendimento, pois essa postura deixa o consumidor mais seguro para adquirir os produtos da empresa.

Outra solução interessante é reunir as perguntas mais frequentes com as respostas e inseri-las em seu site. Essa estratégia otimiza tempo e mantém os prospects e clientes bem informados sobre as principais questões referentes aos seus produtos e serviços.

5. Não ter uma logística eficiente

A ausência de contato físico nas transações via internet gera ainda mais expectativa no consumidor para receber a mercadoria. Por isso, a logística precisa ser impecável a fim de o produto ser localizado no estoque de maneira fácil e enviado rapidamente para o consumidor.

É interessante que o prazo de entrega seja sempre mais ágil do que o acordado no ato da compra. Além de inspirar mais confiança, essa experiência agradável é um dos fatores que influenciam a decisão de uma próxima compra e, até mesmo, a fidelização desses clientes.

Outro aspecto fundamental é pensar na logística reversa. Afinal de contas, devoluções e trocas podem ocorrer e você deve estar preparado.

Tenha uma rota definida para o caminho de volta, caso isso aconteça, e garanta a excelência em cada ponto de contato com o consumidor.

Um indicador para descobrir se a logística tem sido eficaz é realizar uma pesquisa de satisfação com os consumidores. Você pode pedir que eles deem uma nota de 0 a 5 em relação à possibilidade de indicarem seu negócio. Assim, será possível aprimorar cada vez mais o processo de gestão e entrega dos produtos.

Ações para melhorar seu negócio online

Agora que você já sabe quais são as maiores falhas que podem arruinar seu negócio online, selecionamos, a seguir, as melhores dicas para alavancar suas vendas!

Tenha um chat online

Atualmente, existem várias opções para facilitar o atendimento ao cliente, e os chats são uma excelente alternativa. No entanto, é preciso que eles sejam eficientes no retorno para que não se crie mais um gargalo na comunicação com sua marca.

Essa é uma maneira de otimizar o atendimento e atender mais pessoas em menos tempo. Além disso, essa automação tem um caráter mais personalizado se sua equipe conseguir captar de fato os objetivos dos clientes.

Planeje as finanças

Mesmo que um negócio online exija investimentos mais reduzidos do que em uma loja física, é preciso se planejar financeiramente. A pressão por resultados financeiros pode ser desastrosa para um empreendedor iniciante.

Por esse motivo, se você ainda tiver uma fonte de renda fixa, não é recomendável abandoná-la instantaneamente. É preciso planejar e investir no negócio online até que ele possa render uma receita razoável.

O planejamento deve incluir todos os gastos necessários, como a criação, divulgação e manutenção do negócio: internet, telefone, etc. Tudo deve ser listado para identificar claramente o valor mensal para manter o negócio funcionando. Isso será necessário até que o dinheiro obtido com as vendas online cubram seu investimento.

Invista no marketing digital

Muitos empreendedores acreditam que o fato de apenas estar na internet é garantia de sucesso. Ao contrário do que essas pessoas acreditam, é preciso fazer um esforço para se destacar no ambiente online. Afinal de contas, é muito provável que já existam várias empresas que atuam no mesmo segmento que você.

O marketing digital é muito recomendado, em especial para quem está começando um negócio online. Além de as ações terem um custo acessível, elas podem ser medidas a qualquer momento. Com isso, você pode aperfeiçoar uma campanha em andamento para otimizar seu retorno sobre o investimento.

Investir em mídia online é um excelente começo para atrair mais visitantes para seu negócio e divulgar seus produtos. No Facebook Ads existe a opção de criar anúncios para impactar pessoas que já visitaram uma página de um produto específico, por exemplo.

Desse modo, as chances de gerar uma venda são expressivas, ainda mais se na publicidade você oferecer um desconto ou, ainda, disponibilizar algum brinde junto ao produto que a pessoa havia visualizado.

Outra opção é investir no Google AdWords para aparecer no topo dos resultados do Google. Ao escolher as palavras-chave mais coerentes com seu negócio, você alcança pessoas que já estão muito próximas da fase de tomar a decisão de compra.

Por exemplo: se você tem uma loja que vende calçados esportivos, é fundamental criar um anúncio para o termo “comprar tênis para corrida”.

A mensuração de resultados é uma aliada importante no marketing digital. Sendo assim, acompanhe de perto os índices de cada campanha para entender o que deve ser melhorado.

Tenha conteúdo de qualidade para aumentar as vendas na internet

A produção de conteúdo é indispensável para quem pretende vender na internet. Mesmo que você tenha um e-commerce que disponibilize somente produtos, você poderá criar textos e vídeos sobre as soluções para os principais problemas que seu público enfrenta.

Vamos continuar com o exemplo da loja de calçados esportivos. Um conteúdo interessante pode ser sobre os tipos de pisada e os tênis mais apropriados para cada uma. Assim, além de ajudar o consumidor com um problema bastante comum e relacionado a seu negócio, você começa a criar um vínculo com ele.

Ao ter contato com sua marca por meio de vários conteúdos úteis, o consumidor se mantém mais próximo e enxerga a empresa como uma autoridade no segmento. Como resultado, no momento de efetuar uma compra de sapatos esportivos, certamente ele vai optar pela sua loja.

Crie uma relação de confiança com o consumidor

O e-mail ainda é um dos canais mais eficientes para criar uma relação com seu público, desde que seja usado de forma estratégica. Portanto, procure coletar os e-mails das pessoas para criar campanhas de e-mail marketing relevantes.

É importante ressaltar que ter uma boa segmentação de sua lista de contatos ajuda bastante. Ou seja, separe os e-mails dos clientes e dos potenciais clientes, por exemplo.

No caso das pessoas que já compraram, tenha armazenado o histórico de compra.

Um exemplo de uma mensagem relevante seria enviar um e-mail oferecendo um kit de meias para as pessoas que compraram o tênis recentemente. Para fazer isso com mais rapidez e eficácia, contratar um CRM pode ser o mais indicado.

O fato é que, na internet, o consumidor sempre deixa rastros, e são esses vestígios que podem ajudam — e muito — sua empresa a investir em melhorias constantes para encurtar o caminho de compra.

Além disso, garantir a satisfação dos clientes em qualquer ponto de contato online deve ser uma premissa básica para alcançar o sucesso.

Agora que você já descobriu como potencializar suas vendas na internet, que tal dividir esse conteúdo? Compartilhe este artigo com seus amigos nas redes sociais!

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.