Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Fechar Minicurso Hotmart

Você é professor?

Já tem conteúdo para ensinar?

Comece 2019 com o pé direito e sendo dono de seu próprio negócio.

Aprenda a criar seu curso online de forma gratuita.

QUERO ACESSAR O MINICURSO
Fechar ¿Cómo crear el ebook perfecto para venderlo en Internet?

¿Cómo crear el ebook perfecto para venderlo en Internet?

Aprende a transformar tu conocimiento en un ebook con nuestra guía gratis.

¡DESCARGA EL MATERIAL!

O que é escaneabilidade e como aplicá-la em seu conteúdo?

O que é escaneabilidade e como aplicá-la em seu conteúdo?

O pessoal da Comunidade Rock Content volta ao nosso blog com essa dica que será muito útil para seu produto digital!

A taxa de permanência do seu site está baixa? Apesar de investir na produção de conteúdos ricos e de qualidade, seus posts não estão alcançando o resultado esperado?

O que será que está provocando isso? Você tem usado estratégias que garantam que o seu conteúdo seja escaneável? Saiba que essa pode ser uma possibilidade!

Podemos afirmar que um conteúdo é escaneável, quando ele permite que um leitor seja capaz de passar os olhos pelo texto e ter noção do que vai ser retratado nele. Sem, no entanto, revelar tudo o que vai ser abordado, de modo a instigar a curiosidade da pessoa.

No post de hoje, mostraremos a importância da escaneabilidade para a produção de conteúdo para web, qual a relação dessa técnica com SEO e, por fim, daremos algumas dicas para garantir que seus conteúdos sejam escaneáveis. Confira:

Qual a importância da escaneabilidade para a produção de conteúdo para web?

A rotina das pessoas é cada vez mais corrida. Muitos reclamam sobre a falta de tempo e criam estratégias para otimizar a realização de todas as tarefas. Essa tendência, por sinal, também afetou os hábitos de leitura.

Antes de ler um post, por exemplo, quem acessa um blog vai fazer uma leitura dinâmica, observando pontos-chave e que permitam avaliar se aquele conteúdo vai ser do seu interesse ou não.

Portanto, a escaneabilidade para a produção de conteúdo para web é importante, pois ela torna o texto mais atrativo.

É importante que ao postar qualquer conteúdo em seu blog você se faça os seguintes questionamentos: meu conteúdo vai fazer a diferença para o meu leitor e ajudá-lo a solucionar as suas dúvidas?

Pode ter certeza: se alguém acessa um post seu e se depara com “blocões de texto” enormes, a conclusão que a pessoa vai chegar é de que a leitura será maçante e cansativa. E a chance do seu blog ser trocado por outro, em questão de segundos, é enorme.

Além de se preocupar com a escaneabilidade, você deve ter em mente que todos os aspectos visuais que envolvem o seu blog exercerão influência na experiência do usuário (UX) — tornando-a positiva ou não.

Dependendo do dispositivo pelo qual o usuário acessa o seu blog, tipo e tamanho da fonte escolhida, paleta de cores utilizada, o fato de ser responsivo e o desempenho do servidor farão toda a diferença.

Se, por exemplo, o seu blog leva mais de 5 segundos para carregar, certamente quem o acessa vai logo fechar sua aba e procurar por outro que ofereça tanto conteúdos de qualidade como também uma experiência melhor.

Portanto, é muito importante que você:

  • garanta que o seu blog seja responsivo e capaz de abrir com qualidade em qualquer que seja o dispositivo que o seu leitor vai acessá-lo, como computador, tablet, smartphone etc.
  • verifique se o template escolhido tem o código limpo e não pesa demais o seu blog;
  • evite postar imagens pesadas e dê preferência pelas que estão em formato PNG;
  • tenha a certeza de que aplicativos e widgets não estão afetando o desempenho.

Qual a relação entre escaneabilidade e SEO?

No último tópico deste post, nós vamos dar algumas dicas de como garantir que o seu conteúdo seja escaneável.

No entanto, é importante que você já comece a guardar na memória que vai ser preciso usar bullet points, dividir o texto em intertítulos, evitar parágrafos longos, entre outras táticas.

E se até agora você não se convenceu da importância da escaneabilidade, saiba que ela influencia de maneira positiva nas estratégias de SEO.

Palavra-chave

Os robôs dos motores de busca, como Google, Yahoo e Bing, verificam de maneira criteriosa se o seu texto está adequado tanto para a avaliação deles como também para garantir a satisfação do usuário.

Por exemplo, uma das práticas que contribuem para melhorar o rankeamento de uma página é usar a palavra-chave algumas vezes ao longo do texto. Isso ajudará tanto o leitor como os motores de busca a identificar o assunto retratado.

No entanto, por mais que seja importante que ela apareça mais de uma vez em seu conteúdo, procure não cometer exageros. Essa prática pode despertar a desconfiança dos robôs e tornar o seu texto cansativo.

A nossa orientação é que ela apareça pelo menos 3 vezes no texto:

  • no primeiro parágrafo;
  • sempre que possível em um intertítulo;
  • no último parágrafo.

Links

Fazer hyperlinks é outra tática que vai se mostrar muito eficaz para tornar o seu texto escaneável e para contribuir com suas estratégias de SEO.

Enquanto que links internos aumentam o tempo de permanência do leitor em seu blog, links externos são utilizados para passar mais credibilidade e confiança ao que você está falando — deve ser sempre utilizado quando se cita pesquisas e dados.

O que fazer para tornar um conteúdo escaneável?

E se a escaneabilidade é tão importante e benéfica para a produção de conteúdo para web, saber como aplicá-la é essencial.

Portanto, lembra dos itens que mencionamos logo na introdução e que são imprescindíveis para garantir que todos os seus textos sejam escaneáveis? Vamos explicar melhor cada um deles:

Alinhe o texto à esquerda

Ao ler um conteúdo online, uma pessoa apresenta alguns comportamentos que foram chamados de “padrão de leitura em F”.

De acordo com esse padrão, para ter certeza de que as informações contidas em um post são realmente relevantes e do seu interesse, um usuário vai:

  • passar os olhos pelos dois primeiros parágrafos;
  • escanear verticalmente todo o lado esquerdo do conteúdo.

Para facilitar essa leitura dinâmica e tornar positiva a experiência do usuário o ideal é que os seus textos sejam alinhados à esquerda.

Esse tipo de formatação é condizente com o movimento feito pelos olhos do leitor, o que torna a apreciação do texto mais agradável e espontânea.

Use bullet points, itálico e negrito

Quando você quer chamar a atenção para algum trecho ou informação em seu texto, usa qual tipo de recurso?

Bullet points, por exemplo, contribuem para destacar e organizar informações-chave. Já o negrito, quando utilizado de maneira estratégica, cria focos de atenção ao longo do texto.

Por sinal, é muito comum ver em posts a palavra-chave em negrito. É uma tática adequada, mas que não deve ser aplicada de maneira excessiva.

Divida o texto em intertítulos

Todo post tem um assunto-chave, ou seja, o tema que vai ser desenvolvido. No entanto, para facilitar o entendimento do leitor e tornar a leitura mais agradável, ele deve ser dividido em tópicos — cada intertítulo deve, portanto, abordar uma parte diferente do assunto-chave.

Os intertítulos são fatores essenciais para que o escaneamento do conteúdo aconteça. Quando são utilizados de maneira estratégica, conseguem captar a atenção de qualquer um que acessar o blog e ser capaz de despertar a curiosidade, de modo que continue com a leitura.

Você pode investir em diferentes tipos de intertítulos dependendo da sua intenção para o post, como:

Usar o verbo no imperativo

Se você quer que o seu lead tome determinada atitude, é ideal que use o verbo no imperativo. Exemplo:

Criar listas numeradas

O ideal é que todo texto que tenha no título “X dicas”, “X estratégias”, “X benefícios” etc., tenha os intertítulos estruturados em forma de lista, apresentando cada um dos itens indicados. Por exemplo, se vamos falar “X dicas para ser mais saudável”, os intertítulos poderiam ser:

  • 1. Melhore a sua alimentação
  • 2. Pratique atividades físicas
  • 3. Tome bastante água
  • 4. Durma bem
  • 5. Evite bebidas alcoólicas

Apresentar benefícios ao leitor

O intertítulo quando apresenta benefícios passa a sensação ao leitor de que ele vai sair ganhando de alguma forma. Um exemplo de intertítulo seria:

  • Transforme o seu conhecimento em lucro.
  • Organize a sua rotina e seja mais produtivo.
  • Melhore o seu currículo com essas dicas.

Fazer perguntas

Quando os intertítulos apresentam perguntas é como se você estivesse reproduzindo os possíveis questionamentos do seu leitor. Exemplo:

  • O que é escaneabilidade?
  • Como divulgar um conteúdo na internet?
  • Quais os benefícios do Marketing de Conteúdo para a minha empresa?
  • Qual é a rede social ideal para cada tipo de negócio?

Independentemente do tipo de intertítulo que você vai usar, é importante que eles estejam padronizados e em sintonia com o título.

Aposte em ferramentas que verificam a escaneabilidade

Algumas ferramentas podem auxiliá-lo a identificar se os seus esforços estão sendo bem-sucedidos e os textos estão escaneáveis. Apesar de a maioria delas ser em inglês, é possível utilizá-las de maneira estratégica.

Para quem utiliza o WordPress, por exemplo, ele conta com o Yoast, um plugin que otimiza os conteúdos para os motores de busca.

Readability Test Tool e Free Readability Formulas são ferramentas que também são úteis e que cumprem muito bem com o papel de analisar a escaneabilidade de um conteúdo.

Escrever parágrafos curtos

Você já percebeu na introdução que escrever blocões de texto não é uma estratégia muito inteligente, certo?

Portanto, um dos modos de aplicar a escaneabilidade em um conteúdo é escrevendo parágrafos curtos e objetivos. O aconselhável é que eles tenham em torno de 4 linhas e cerca de 50 palavras.

Invista em diferentes tipos de conteúdo

Para tornar o seu post mais interessante e atrativo para a sua persona, não basta apenas que ele seja bem escrito.

Uma forma de melhorar a escaneabilidade e de também conquistar o seu leitor é investindo em diferentes conteúdos.

Em uma pesquisa lançada recentemente pela Hubspot, ficou evidente a tendência de investir em diferentes tipos de conteúdos em um post. Pode ser vídeos, infográficos, imagens, podcasts, enquetes etc.

Quer um exemplo prático? Em um dos nossos posts do blog da Comunidade Rock Content, nós produzimos um post com mais de 100 erros de português que são muito comuns.

Com o passar do tempo, sentimos a necessidade de atualizá-lo e, assim, torná-lo ainda mais rico para o nosso público. Foi quando decidimos criar um infográfico para complementá-lo.

Agora que você já sabe a importância da escaneabilidade e também os benefícios, não perca mais tempo e siga as nossas dicas para aplicá-la em seus textos!

Gostou deste post e quer ficar por dentro de todas as dicas e novidades que postamos? Então curta a nossa página no Facebook!

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.