Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Fechar Semana do YouTube

Data: 03/09 a 07/09

Aprenda técnicas para criar conteúdos que engajam e aumente a quantidade de seguidores de seu canal!

Inscreva-se

O que é escrita criativa e como desenvolvê-la?

O que é escrita criativa e como desenvolvê-la?

Veja como elaborar um texto interessante que segura o leitor até o fim e ainda o deixe satisfeito com os minutos gastos na leitura de seu texto.

A escrita criativa — ao contrário do que muita gente imagina — é uma habilidade que pode ser desenvolvida e colocada em prática por qualquer pessoa, desde que adote bons hábitos, treinamento da técnica e um pouco de capricho.

Com tanto conteúdo disponível na internet, oferecer algo diferenciado é a melhor forma de prender a atenção do seu leitor e conquistar a presença fiel dele nas suas publicações futuras.

Quer saber como isso pode ser feito e como desenvolver esse tipo de escrita? Então, você não pode deixar de conferir este post!

O que é a escrita criativa?

A escrita criativa consiste na capacidade de elaborar um texto interessante, fugindo do óbvio, que segure o leitor até o fim e ainda o deixe satisfeito com os minutos gastos na leitura.

Isso é sinônimo de fugir de formas engessadas e apostar em analogias, nas figuras de linguagem e em uma história cativante.

Desenvolver essa habilidade é de suma importância para qualquer redator freelancer ou outro profissional que goste de trabalhar com textos.

Afinal, você quer atrair a atenção do seu público e manter a audiência regular — mesmo com tanto conteúdo disponível na rede —, não é mesmo?

Como ela pode ser desenvolvida?

Existe uma série de passos que podem ser adotados para desenvolver a escrita criativa. Vamos conhecê-los?

Crie um repertório

Você precisa ter um vasto repertório de conhecimento, pontos de vista e histórias para compartilhar.

Como isso pode ser feito?

Por meio de bastante leitura e troca de ideias com várias pessoas. Dessa forma, você consegue escrever com qualidade e agilidade — o verdadeiro significado de eficiência.

Defina os objetivos do texto

Antes de mais nada, é preciso entender o que você quer alcançar com o texto.

Se é um conteúdo voltado para a motivação, por exemplo, você já sabe logo de cara que precisa adotar um tom otimista e incentivador, não é mesmo?

Sendo assim, ter uma proposta bem definida é essencial para criar um conteúdo adequado e que, principalmente, conquiste o objetivo com o leitor — com menos previsibilidade, se for possível.

Estruture as ideias antes de começar a escrever

A criatividade também demanda um pouco de organização e disciplina, principalmente quando se trata de um texto.

Dificilmente, você consegue colocar tudo no papel de forma lógica e agradável sem antes pensar em como as informações ficarão dispostas.

Por isso, ajuda bastante fazer uma seleção dos principais pontos que você quer abordar e o que será falado em cada um deles; assim, você cria uma espécie de esqueleto para o artigo. A partir disso, fica muito mais fácil definir o início, o meio e o fim sem se perder no meio do caminho.

Vale lembrar que essa também é uma ótima estratégia para aumentar a sua produtividade, já que você passa a fazer mais, ganhando mais qualidade e levando menos tempo.

Não espere a inspiração chegar

Um dos maiores erros de quem escreve, principalmente de forma profissional, é esperar um insight que venha do nada — quem nunca teve uma ótima ideia durante o banho? — em vez de botar logo a mão na massa.

Não se engane acreditando que pessoas criativas nasceram com um dom. A criatividade consiste, basicamente, em inspiração, concentração e, principalmente, motivação.

Portanto, não fique de braços cruzados esperando esse momento acontecer, corra atrás dele. Você pode conseguir isso por meio de:

  • brainstorm com pessoas diferentes;
  • prática de exercícios físicos;
  • muita leitura;
  • filmes e séries;
  • e qualquer outra atividade que tire você da sua zona de conforto.

Anote todas as ideias que aparecerem

Você não tem que esperar por inspiração para começar a escrita criativa, mas isso não quer dizer que os insights devem ser ignorados quando eles aparecerem.

Cultive o hábito de registrar as ideias legais que você tiver — e ver por aí em vídeos, posts ou conversas — e que podem servir como o pontapé para novos textos.

Você pode anotá-las em uma agenda, em um bloco de notas ou mesmo em um aplicativo. O importante é não deixar esses momentos passarem batido e esquecer a fonte do que pode ser um artigo sensacional.

Esforce-se para escrever diariamente

E se dissermos que a escrita criativa também está muito ligada à prática?

É como a necessidade de treinar bastante para se aprimorar como atleta. Portanto, se você quer melhorar suas habilidades, precisa praticar diariamente.

Você pode começar aos poucos e nem precisa ser em todos os textos que escrever, mas vale a pena começar com explicações fáceis para questões mais técnicas e ir se desenvolvendo até conseguir contar uma história — o famoso storytelling, tão importante para o marketing de conteúdo.

Leia sobre os mais variados assuntos

Já falamos aqui sobre ler bastante, não é mesmo? Pois isso é essencial para ampliar seus conhecimentos sobre a língua portuguesa e o seu vocabulário.

Quanto mais diversificado for o seu repertório, melhor! Isso ajuda você a desenvolver vários pontos de vista e ainda a estar ciente de várias questões.

Mesmo que nem sempre seja possível ler tudo o que queremos (vai dizer que você não tem um livro aí na sua listinha de espera?), explore o seu tempo disponível nem que seja para ler textos curtos nas redes sociais.

Não chateie o leitor

Se você já fez pelo menos uma busca na internet sobre determinado assunto, deve ter reparado que alguns links não cumprem com a proposta do título e que terminou a leitura com as mesmas dúvidas que tinha no início.

Lembre-se disso quando for escrever seus conteúdos: o texto deve estar de acordo com o enunciado, além de satisfazer a curiosidade ou resolver o problema do leitor. Portanto, foque sempre em ajudá-lo, não em chateá-lo — isso é essencial para conquistar e reter um público fiel.

E aí, já vai se preparar para colocar esses passos em prática para desenvolver a sua escrita criativa?

Se ainda assim estiver com alguma dúvida, coloque como regra número 1 exercitar a empatia. Colocar-se no lugar da persona e imaginar o que você gostaria de ler se fosse ela é sempre uma receita infalível — alie isso a um conteúdo original e cativante e voilà!

Gostou deste post? Quer saber ainda mais sobre a escrita criativa? Confira o nosso guia da escrita criativa e continue desenvolvendo sua produção de conteúdo.

Guest post produzido pela equipe da Comunidade Rock Content.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.