Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Fechar Minicurso Hotmart

Você é professor?

Já tem conteúdo para ensinar?

Comece 2019 com o pé direito e sendo dono de seu próprio negócio.

Aprenda a criar seu curso online de forma gratuita.

QUERO ACESSAR O MINICURSO
Fechar ¿Cómo crear el ebook perfecto para venderlo en Internet?

¿Cómo crear el ebook perfecto para venderlo en Internet?

Aprende a transformar tu conocimiento en un ebook con nuestra guía gratis.

¡DESCARGA EL MATERIAL!

10 estratégias para melhorar sua captação de alunos

10 estratégias para melhorar sua captação de alunos

Saiba como atrair compradores para seu curso online.

Todo mundo já percebeu que os rumos da educação estão mudando. O crescimento da educação a distância é indiscutível e, mesmo que essa modalidade de ensino não exclua a presencial, devemos ficar atentos a essa tendência.

Devido à expansão da EAD, o número de pessoas que estão investindo na criação de cursos online também aumentou consideravelmente. Afinal, quem não quer investir em um mercado tão promissor?

No entanto, apesar da quantidade de profissionais já ter crescido tanto, a área de ensino online continua em desenvolvimento, atraindo mais atenção e ganhando novas configurações. Ou seja, ainda há espaço para quem quer trabalhar com EAD e ganhar dinheiro dando aulas na internet.

Se você já tem algum curso online ou está pensando em começar o seu negócio agora, precisa ler este texto.

Vamos mostrar dicas sobre o que o profissional da área precisa fazer para melhorar a captação de alunos.

Índice
1. Posicione-se como autoridade em seu nicho 2. Comunique-se com seu público 3. Desenvolva temas interessantes 4. Explore vários formatos de conteúdo 5. Explique seu método de ensino 6. Envie e-mail marketing 7. Defina o valor de seu curso 8. Escolha uma boa plataforma EAD 9. Saiba lançar seu produto no mercado 10. Participe de um programa de Afiliados

1. Posicione-se como autoridade em seu nicho

Hoje, o usuário que quer aprender um novo conhecimento tem milhares de possibilidades à sua disposição na internet.

Existem vários professores e instituições oferecendo cursos sobre os mais variados assuntos e, por isso, o aluno tem como escolher o que ele achar melhor para suprir suas necessidades.

Para se destacar no meio de tanta concorrência, os profissionais precisam mostrar que têm muito conhecimento no assunto e que estão realmente preparados para oferecer ensino de qualidade para seus alunos.

Na internet, o compartilhamento de conteúdos úteis e gratuitos é uma forma eficiente de fazer isso.

Você pode criar um blog ou canal no YouTube para publicar materiais valiosos e atrativos para sua audiência.

Independentemente do tipo de conteúdo que for usar, essa estratégia serve para mostrar que você é um especialista na sua área de atuação. Isso ajuda a transmitir credibilidade e incentivar as pessoas a adquirir os seus cursos.

Pense bem: você se tornaria aluno de uma pessoa sem ter a certeza de que ela realmente pode te ensinar o que você precisa? Provavelmente não, certo?

Todo mundo quer aprender com quem tem expertise no assunto e pode agregar valor, seja para a vida pessoal ou profissional.

2. Comunique-se com seu público

Muitas pessoas acham que a educação a distância tem uma grande desvantagem: a falta de comunicação; ou seja, não haverá espaço para trocar informações, discutir sobre as aulas ou tirar dúvidas.

Para evitar esse tipo de objeção e conseguir aumentar a captação de alunos, é importante criar canais de comunicação para você mostrar que está disponível para responder as pessoas e oferecer sempre a melhor experiência possível.

Se as pessoas perceberem que você se importa com o aprendizado delas, vão se sentir mais confiantes para comprar seus cursos.

Existem algumas ações que você pode fazer para ampliar a comunicação com o público, como:

  • Responder comentários nas redes sociais e no blog;
  • Participar ativamente de fóruns relacionados ao seu nicho;
  • Fazer um fórum específico para responder questões sobre o seu curso;
  • Criar uma FAQ no seu site, para deixar respostas prontas para as dúvidas mais frequentes.

3. Desenvolva temas interessantes

Evidentemente, você precisa falar de assuntos que domina para conseguir fazer aulas completas e valiosas para os seus alunos.

É por isso que é imprescindível ficar de olho no que sua audiência está buscando, para que o conteúdo de seu curso seja o principal fator de atração de alunos.

Mantenha-se interessado no que seu público procura e estude sempre. Somente assim você vai conseguir se aperfeiçoar, buscar novos conhecimentos, atualizar o que já sabe e entregar o melhor para seu público.

É comum que o ramo da educação online se transforme de acordo com o que está acontecendo no mundo e na internet. Então, você tem que estar preparado para se adaptar e inovar nos conteúdos.

Isso não significa que você precisa mudar de área ou transformar totalmente suas aulas sempre que surgir uma nova tendência, ok?

Mas é fundamental verificar constantemente se sua linguagem está adequada, se há informações mais recentes, recursos mais modernos ou se existe algo mais específico que você pode abordar para conseguir aumentar sua captação de alunos.

Use ferramentas de pesquisa de palavras-chave para encontrar tendências e ver o que você pode fazer para se destacar.

Com elas, você descobre os termos que estão sendo mais buscados e os assuntos relacionados, ou seja, dá para encontrar muita inspiração para seus cursos.

Se você ainda não usa essa estratégia, algumas das opções de ferramentas são SEMrush, Google KeyWord Planner e Google Trends.

4. Explore vários formatos de conteúdo

Existem vários formatos de conteúdo que você pode usar nas suas aulas online, como vídeos, ebooks, quiz, infográficos e arquivos de áudio.

É importante escolher o tipo que você tem mais facilidade para elaborar, assim, será mais fácil transmitir segurança e profissionalismo para os seus alunos.

No entanto, tenha sempre em mente que as pessoas que buscam conhecimentos na internet procuram cursos acessíveis, dinâmicos e interativos. Elas querem consumir o conteúdo de maneiras diferentes, de acordo com sua rotina e com o local em que estão.

Isso significa que os professores que oferecem mais facilidades costumam ter mais destaque e, consequentemente, mais sucesso na captação de alunos.

Sendo assim, tente diversificar a maneira como você compartilha o que sabe para oferecer o máximo de possibilidades.

Essas são algumas formas de explorar os formatos existentes:

  • Adicionar recursos especiais aos seus vídeos, como perguntas interativas e trilhas;
  • Criar quiz dentro dos módulos para que o aluno teste seus conhecimentos e se sinta motivado;
  • Elaborar ebooks para abordar temas mais longos e complexos;
  • Criar infográficos para compartilhar dados e estatísticas;
  • Fazer webinários, que podem ser palestras, seminários ou aulas transmitidas ao vivo pela internet.

5. Explique seu método de ensino

Quando você resolve vender um curso online, precisa criar uma página que direcione as pessoas para o fechamento da compra. Essas páginas são as chamadas landing pages, criadas especificamente para uma determinada campanha de marketing.

Ao contrário do seu site ou blog, a landing page deve conter apenas detalhes referentes ao curso, pois ela serve para fazer com que o usuário realize a ação que você deseja que, neste caso, é comprar seu curso.

Nessa página, você deve colocar as informações importantes sobre o curso de maneira objetiva e atrativa.

Escreva uma headline criativa, crie um layout simples e mostre todas as vantagens que suas aulas oferecem para os alunos.

Esse é o espaço indicado para você explicar como será o processo de ensino e aprendizagem e convencer os usuários de que você está preparado para entregar algo valioso.

Apresente os formatos que você usa, o tipo de abordagem e os canais de comunicação que o seu curso tem.

Fale também um pouco sobre você, seu currículo e habilidades e, se possível, acrescente feedbacks positivos que você já recebeu de alunos.

6. Envie e-mail marketing

Depois de um tempo de atuação, você vai começar a entender melhor seu público e identificar as pessoas que têm mais probabilidade de comprar seu curso.

Nesse momento, uma boa estratégia de captação de alunos é o envio de e-mail marketing, que é o uso do e-mail para a promoção da sua marca e dos seus produtos.

Para isso, você vai precisar que seus clientes em potencial autorizem o acesso aos seus dados, o que acontece quando eles se inscrevem em uma lista de e-mails ou adquirem um produto que você compartilhou, como e-book, videoaula ou infográfico, por exemplo.

Muitas pessoas pensam que o e-mail é um canal de comunicação defasado, que não traz bons resultados para uma empresa, mas isso não é verdade.

O e-mail continua sendo uma das melhores maneiras de se comunicar com seu público, principalmente quando as pessoas já demonstraram interesse naquilo que você oferece.

7. Defina o valor de seu curso

Essa é uma das decisões que gera mais dúvidas nos empreendedores, pois não é fácil precificar algo novo em um meio com tanta concorrência.

Saiba que nem sempre o produto mais barato é o mais procurado, principalmente na área de educação e desenvolvimento de competências e habilidades.

As pessoas estão dispostas a pagar mais, se sentirem que terão mais benefícios.

Então, você precisa oferecer um preço justo, que seja compatível com o mercado, mas que se relacione com a importância do impacto que seu produto vai ter na vida do seu aluno.

Todo mundo que começa um negócio próprio precisa saber que o cliente não quer comprar apenas um produto, ele quer uma experiência valiosa, que solucione problemas do seu dia a dia e facilite a sua vida.

Se você conseguir criar isso, com certeza, seus alunos vão te dar preferência, mesmo que o valor seja um pouco mais alto que o do concorrente.

8. Escolha uma boa plataforma EAD

A plataforma escolhida para hospedar suas aulas também interfere na captação de alunos, pois existem opções com diferentes ferramentas e funcionalidades.

Os alunos que se inscrevem na educação a distância estão, pelo menos, minimamente familiarizados com a tecnologia e buscam cursos que tenham recursos que facilitem e otimizem seus estudos.

Por isso, pesquise bastante antes de escolher a plataforma EAD e verifique se a escolhida tem tudo o que você e seus alunos precisam.

A plataforma deve funcionar como uma sala de aula virtual para que o processo de ensino e aprendizagem não seja prejudicado pela distância entre alunos e professores.

Avalie os meios de comunicação disponíveis, a segurança oferecida na hora da compra, os formatos de conteúdo aceitos e se a plataforma é responsiva, ou seja, adaptável às telas dos variados dispositivos móveis.

9. Saiba lançar seu produto no mercado

Depois de criar suas aulas, definir um preço justo para o curso e escolher a melhor plataforma EAD, está na hora de fazer o lançamento de seu produto.

É muito importante conhecer os meios pelos quais você pode divulgar e saber como se comunicar com sua audiência. Mas você também precisa saber qual é a melhor hora para lançar algo novo no mercado, se quiser ter sucesso na captação de alunos.

Esse momento vai depender do tipo de curso que você criou e do reconhecimento que tem dentro do nicho em que atua.

Existem conteúdos que são atemporais, enquanto outros são mais buscados durante o período letivo ou nas férias, como os cursos livres.

Além disso, você precisa observar se as pessoas já criaram um vínculo com seu trabalho e começaram a te identificar como autoridade em seu nicho. Esse é um fator imprescindível para que os alunos confiem em seu curso e se sintam motivados para adquiri-lo.

E não se esqueça de analisar bem sua concorrência, para entender se o momento que você quer lançar seu produto é mesmo o mais adequado.

10. Participe de um programa de Afiliados

Nem sempre o profissional que cria um curso online conhece as melhores técnicas para divulgar seu negócio.

Infelizmente, isso pode dificultar as vendas e atrasar a ascensão da sua marca.

Mas não se preocupe, pois atualmente existe uma estratégia excelente para quem precisa fazer seu produto chegar até o público certo.

Os programas de Afiliados funcionam como uma ponte entre os produtores e as pessoas que têm o que é necessário para divulgar produtos e serviços de maneira eficiente e lucrativa.

Esses profissionais, chamados de Afiliados, vão promover seu curso em troca de comissões pelas vendas que conseguirem.

Ao investir nesse tipo de serviço, você conta com a ajuda de pessoas qualificadas e de todos os recursos tecnológicos para alavancar suas vendas e fazer com que seu público conheça o que você faz.

Quer trabalhar com educação a distância?

Não adianta ter todo o trabalho para criar um curso online completo, se você não souber como captar alunos para comprar suas aulas.

Por isso, aplicar as estratégias que apresentamos é extremamente importante para quem quer garantir que seu negócio será divulgado de forma assertiva.

Você percebeu como o mercado de ensino online é uma boa opção para quem quer trabalhar na internet. Então, se você já tem alguma ideia do que pode ensinar e está interessado em trabalhar com isso, não pode deixar de ler nosso guia completo para atuar na área de educação a distância.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.