Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Fechar Black Week Hotmart

Quer fazer mais vendas? Participe da Black Week Hotmart. Nos últimos anos, os números foram impressionantes: aumento de 200% em vendas em um único dia!

Quero participar

7 exercícios para fortalecer o seu cérebro

7 exercícios para fortalecer o seu cérebro

Dicas para manter sua mente sã!

A prática de atividades físicas é importante para manter a saúde em dia, mas você tem o costume de realizar exercícios para o cérebro?

Ele é um dos órgãos do corpo humano que deve ser constantemente exercitado para melhorar o seu desempenho e funcionamento.

Quando vamos à academia e realizamos os mesmos movimentos, com os mesmos pesos durante meses, o nosso corpo tende a se acostumar e parar de realizar evoluções. Essa analogia pode ser empregada à evolução dos nossos neurônios.

Ao realizar as mesmas atividades por muito tempo, o nosso corpo “liga” o piloto automático, pois já tem domínio sobre essas ações.

Assim, deixamos nossas capacidades cognitivas na zona de conforto e não nos desafiamos com novos desafios mentais.

Quer melhorar a memória, o raciocínio e os problemas com concentração?

Confira esses 7 exercícios para o cérebro:

Índice
  1. Medite
  2. Aprenda novos jogos
  3. Faça exercícios de memorização
  4. Aprenda um novo idioma
  5. Aprenda a tocar um instrumento musical
  6. Inverta ações simples
  7. Preocupe-se com a alimentação

A importância de desenvolver o cérebro

O corpo humano tem a alta capacidade de se adaptar e evoluir conforme suas necessidades.

O mesmo acontece com o nosso cérebro, que no passado era utilizado para obter alimentos, abrigo e a sobrevivência. Porém, nos dias atuais, tudo isso é conquistado com facilidade, sem muito esforço cerebral. Dessa forma, o órgão entende que não faz sentido gastar toda a energia se tudo está ao alcance das mãos.

Assim, a neuróbica, prática da aeróbica dos neurônios, busca tirar o cérebro da zona de conforto e potencializar as capacidades cognitivas. Ela estimula a produção dos hormônios neurotransmissores serotonina, adrenalina e dopamina, melhorando as conexões entre as células.

A prática neuróbica envolve exercícios simples e que podem ser feitos na rotina ou com desafios mais complexos, podendo ser realizados por pessoas de todas as idades. Ela consiste na inversão da ordem de algumas ações comuns do dia a dia.

A intenção é que as atividades sejam realizadas de modo consciente, levando a pessoa a reações emocionais e cerebrais.

Portanto, uma pessoa com o cérebro treinado não é aquela que ganha uma competição de matemática, mas sim aquela que consegue se adaptar e se desafiar em situações corriqueiras, como se vestir de olhos fechados ou andar de trás para frente.

É importante ressaltar que esses bons hábitos auxiliam na prevenção de doenças degenerativas, como o Alzheimer.

7 formas de fortalecer seu cérebro

Há inúmeras formas de fortalecer o cérebro. Mas é importante lembrar que o estímulo só será eficaz quando estiver desenvolvendo um ou mais dos nossos 5 sentidos para um novo contexto, transformando uma atividade rotineira em algo inesperado.

Conheça alguns exercícios.

1. Medite

A prática da meditação melhora a vida sob vários aspectos. Ela trabalha a respiração, o controle das emoções e o desenvolvimento espiritual, sem necessariamente entrar no campo da orientação religiosa.

Ao meditar, você melhora a capacidade de concentração, pois foca a atenção em apenas uma atividade.

Ela também auxilia na promoção da disciplina, confiança e auto consciência — muitas vezes não temos tempo para parar e pensar sobre nossas vidas e escolhas, não é?

Além disso, a meditação é o antídoto para o stress, que gera uma série de doenças secundárias.

2. Aprenda novos jogos

Tudo que envolva o aprendizado de algo novo é uma forma de exercício para o cérebro. Por isso, procure aprender novos jogos que trabalhem capacidades diferentes para a sua resolução.

As palavras-cruzadas e o Sudoku são os games mais conhecidos por melhorar a memória, mas existem outros tipos que podem ser baixados no celular.

Veja alguns exemplos:

  • O The Room é um jogo de celular que, por meio de pistas e de quebra-cabeças, convida o usuário a achar uma alternativa para sair daquele local.
  • Além dele, o Amazin Alex é um jogo em que o usuário precisa criar pequenos circuitos com objetos do cenário.
  • Podemos citar ainda o Fit Brains Trainer, que reúne 360 jogos que auxiliam nas mais diversas formas de exercitar o cérebro.

3. Faça exercícios de memorização

A capacidade de memorizar informações pode diminuir com o tempo, de acordo com a saúde do corpo humano. Por isso, é preciso fazer exercícios que trabalhem o cérebro como um todo.

De nada adianta ter um ótimo raciocínio se a sua memória costuma falhar em algumas situações.

Para treinar a memória não é preciso exercícios muito complexos.

Ler um livro e contar a história para alguém, fazer uma lista mental dos últimos itens comprados no supermercado e relembrar as ações realizadas na última semana são formas de trabalhar a parte de memorização.

4. Aprenda um novo idioma

Essa é outra forma de retardar o envelhecimento da mente.

O aprendizado pode ser desafiador no começo, mas a disciplina ajudará nos progressos.

Ao estudar uma nova língua, você amplia seu vocabulário, aprende novas regras e se força a memorizar uma série de informações novas.

5. Aprenda a tocar um instrumento musical

Aprender a tocar um instrumento musical é benéfico tanto para o cérebro quanto para o corpo.

Essa atividade melhora as habilidades motoras do músico e exige que ele consiga tocar e coordenar as mãos no ritmo certo.

O início pode ser difícil e frustrante, mas com o tempo será possível perceber como outras áreas ficam mais simples.

Além disso, a música faz bem em qualquer etapa da vida — principalmente se o aprendizado for na infância, pois crianças em desenvolvimento conseguem aprender novas atividades com mais facilidade.

6. Inverta ações simples

Pequenas mudanças diárias podem deixar o cérebro mais exercitado. Por isso, inverta ou mude a forma de realizar atividades cotidianas.

Você pode escovar os dentes com outra mão, inverter o relógio para outro pulso, trocar o mouse, realizar tarefas de olhos fechados, mudar o caminho para ir para o trabalho ou ir ao supermercado sem o auxílio de uma lista.

Quando abrimos mão das facilidades ou dos nossos hábitos, o cérebro tende a ficar mais desperto para garantir que o resultado seja o correto, mesmo que a forma de fazê-lo tenha sido alterada.

7. Preocupe-se com a alimentação

A alimentação interfere em todo o funcionamento do corpo humano, inclusive no cérebro.

Cerca de 20% do açúcar consumido vai para esse órgão, fazendo com que a função cerebral funcione bem. Então, se esses níveis não forem controlados, há grande chance de confusão mental.

O nosso corpo é totalmente conectado e milhões de micróbios se ligam em um eixo intestino-cérebro. Por isso, a alimentação tem tanta influência nas capacidades mentais.

Dessa forma, o equilíbrio é fundamental para o bem-estar e optar por uma dieta variada e saudável ajuda a manter essa sincronia.

Colocando as dicas em prática

Com essas dicas, é possível criar estratégias e realizar exercícios para ter uma mente empreendedora focada em resultados.

Praticar exercícios não deixará você mais inteligente da noite para o dia, mas contribuirá para a concentração, a memorização e o raciocínio lógico.

E aí, gostou da nossa lista? Já tem o hábito de fazer algum desses exercícios para o cérebro?

Para saber ainda mais sobre esse assunto, confira também nosso post sobre como desenvolver a sua criatividade!

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.