Sparkle app icon

Sparkle App
Participe da comunidade exclusiva do nosso blog!
Grátis -

VER

10 ferramentas para criar um curso online completo

10 ferramentas para criar um curso online completo

Conheça as ferramentas que vão te ajudar a transformar seu curso em realidade!

Não são poucas as pessoas que buscam ganhar dinheiro na internet. Além do crescimento do ecommerce, um outro tipo de serviço se destacou de forma exponencial nos últimos meses foi o de educação a distância.

Durante a pandemia da Covid-19, esse mercado cresceu 68%, segundo a Catho Brasil. Mas, esse crescimento não aconteceu só por causa do distanciamento social.

Em 2016, o Censo EAD, realizado pela Associação Brasileira de Educação a Distância (ABED), dizia que eram 561 mil alunos em cursos à distância. Então, esse crescimento definitivamente não pode ser atribuído só a pandemia.

Se você tem algo que quer compartilhar com o mundo, uma das melhores formas de fazer isso é criando um curso online. Mas por onde começar? Quais as ferramentas ideais? É o que vamos mostrar neste post!

Para conhecer os equipamentos básicos e como definir o formato, recomendamos a leitura deste post.

Agora vamos conhecer as ferramentas para criar um curso online!

Por que criar um curso online? 

Além do mercado estar em plena expansão, existem diversos motivos para criar um curso online.

As ferramentas disponíveis para criar cursos online tornam tudo muito prático na hora de se colocar a mão na massa.

Além disso, para quem quer começar a trabalhar na internet e ainda encontra dificuldades financeiras, o baixo custo é outra vantagem desse segmento. 

Sem falar da facilidade de se alcançar o público-alvo e ele ter uma boa acessibilidade com sua plataforma.  

O que eu preciso antes de começar a criar o meu curso? 

Como todo negócio novo, é preciso ter um bom planejamento. Não é porque criar cursos online é promissor que você pode sair fazendo tudo de qualquer forma. 

Pelo contrário. Concentre-se em deixar tudo muito bem definido e detalhado para poder alcançar aquelas pessoas que podem ser potenciais clientes.

Os principais pontos a procurar antes mesmo das ferramentas para criar um curso online, começa pela escolha de um nicho para direcionar seu curso e, bem como, as estratégias de marketing para fazer sua proposta chegar até ele.

Outro ponto fundamental é definir logo qual é o tema que você abordará nas aulas. 

Você pode ter aptidão a falar sobre algo que há uma certa demanda no público, bem como se capacitar para atender uma que a oferta de cursos não é tão grande.

Se você tem o tema, precisa agora saber qual abordagem dará a ele, bem como a duração do curso.

Por fim, qual o formato de curso online. Alguns já fazem bastante sucesso na internet e tem boa aceitação do público, como:

  • Videoaulas: Os vídeos são cada vez mais consumidos pela internet. Pode ter um pouco mais de necessidade de investimento financeiro e de produção, mas o retorno vale a pena.
  • Apresentações: as apresentações podem ser uma ótima forma para atingir aquele público que pode requerer um formato mais off-line. Com os templates certos, é capaz de agradar com simplicidade e conteúdo rico de informações.
  • Podcast: os podcasts deixaram de ser tendência para ser uma realidade cada vez mais presente na vida do internauta. Por isso, essa opção deve estar também na sua lista de formato para o curso.
  • Ebook: o Ebook pode ser um material complementar, bem como uma amostra grátis do seu curso, a fim de atrair alunos ou até mesmo o produto principal, embora tenha um preço mais baixo.

10 ferramentas para criar um curso online 

Bom, até agora deu para você conhecer um pouco da realidade desse segmento, está na hora de conhecer algumas das melhores ferramentas para criar um curso online.

1. Canva

O Canva se tornou popular na internet há um bom tempo e, desde então, seus recursos são utilizados para muitos fins.

E um deles é a criação de peças visuais que tornam qualquer conteúdo ainda mais atrativo. 

Desde infográficos a simples composições visuais, o Canva certamente ajudará a deixar o seu material e suas aulas ainda mais interessantes. Também será uma mão na roda para criação de peças para divulgação nas redes sociais.

2. Power Point

Um dos mais famosos programas do pacote Office, já é muito usado por pessoas para os mais variados fins, como apresentações institucionais, e para quem quiser uma ferramenta para criar um curso online, pode ser uma ótima maneira de apresentar às aulas.

Por ser do pacote básico do Office, muitas pessoas o possuem em seus computadores, o que pode significar uma economia.

Mas, se precisar contratar, o melhor é adquirir o Pacote Microsoft 365, com Word, Excel, Outlook e OneDrive.

3. Piktochart

O Piktochart é mais uma plataforma que permite criar infográficos. Mas não só. Relatórios, apresentações e gráficos para as redes sociais são outros recursos dessa ferramenta. 

Com ele você consegue, portanto, criar conteúdos envolventes, com dinamismo e informação. 

4. Microsoft Sway

O Sway é um aplicativo da Microsoft que segue a linha da praticidade. Com ele, você pode criar conteúdos online que podem ser adaptados a diversos dispositivos. 

Você pode criar apresentações dinâmicas com facilidade de compartilhamento online.  

5. Camtasia

Se você está procurando ferramentas para criar um curso online baseado em vídeos, o Camtasia será um ótimo aliado.

Além de ter recursos de screencast – tipo de plataforma que permite usá-lo como gravador de tela –, possui também recursos para edição, com efeitos de vídeos, narração e para vinhetas. 

6. OBS Studio

Realizar transmissões ao vivo, as famosas lives, é a febre do momento na internet. Mas não só de show vive esse recurso. 

Ele também pode ser usado para cursos e para facilitar essas transmissões existem plataformas como o OBS Studio. 

Com ele, você consegue incluir recursos de texto, efeitos visuais e trilhas sonoras, tudo para deixar a sua aula ao vivo mais interessante e rica. 

7. Adobe Photoshop

O Photoshop é certamente um dos programas mais usados do pacote Adobe. 

Com suas funcionalidades, é possível criar imagens ricas em conteúdos, como infográfico, desde peças mais simples. como tratamento de imagens. 

Ele será, portanto, um grande aliado para deixar seus ebooks, apresentações e até mesmo vídeos mais ricos, com imagens que incrementarão mais informações ao conteúdo.

O Photoshop é disponibilizado por assinatura sozinho ou dentro do pacote Creative da Adobe.

8. Adobe Premiere

O programa de edição de vídeo da Adobe também tem se tornado cada vez mais popular no meio. 

Ele possui recursos simples para realizar edição de vídeos, bem como ferramentas para se criar propostas mais audaciosas. 

O Premiere, como todo Pacote Adobe, é integrado a outros programas da marca, por isso, é possível manusear uma imagem criada no Photoshop e inserir no vídeo quase instantaneamente, por exemplo, o que permite mais facilidade na hora de criar conteúdos para a sua aula.  

Bem como o Photoshop, o Premiere pode ser adquirido isoladamente pela Adobe. 

9. Adobe Audition

O Audition é o editor de áudio da Adobe. Ele é ótimo para se criar podcasts com recursos sonoros, sincronizar trilhas, corrigir arquivos e tirar aquele ruído que você nunca sabe de onde vem!

Esse é menos popular do que seus “irmãos” do Pacote Adobe, mas não é um completo desconhecido. Portanto, não é difícil achar videoaulas sobre como manuseá-lo, apesar de não ser um programa um pouco difícil de se mexer.

10. Audacity

O Audacity é mais uma alternativa para se editar áudios. Ele é gratuito e disponível em para plataformas Windows, Linux e Mac.

Nele, é possível criar trilhas a partir de diferentes áudios, em um layout bem simples, facilitando o seu uso para aqueles usuários com pouca familiaridade. 

Ainda assim, nele você pode criar podcasts bem elaborados e em todos os formatos mais exigidos da internet, como MP3 e WAV. 

E como fazer para VENDER seu curso?

Agora que você possui um bom guia sobre as principais ferramentas para criar um curso online, pode perfeitamente entrar de cabeça no projeto e perceber quais são as mais adequadas para a sua nova empreitada. 

Com a complexidade de opções, com as mais variadas funcionalidade – e preços! – você com certeza não sentirá dificuldade em começar a criar conteúdo para seu curso. 

Mas agora, que tal um guia sobre o depois disso? Algo que lhe fale ganhar dinheiro, de fato? Se ficou curiosos, leia esse texto sobre como vender cursos online. Aproveite!

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.