Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

FIRE Festival: o que fazer em Belo Horizonte?

FIRE Festival: o que fazer em Belo Horizonte?

Aproveite o tempo livre para conhecer melhor a cidade!

O cenário de empreendedorismo está cada vez mais forte em Belo Horizonte.

Inclusive, é na capital mineira que fica localizado o San Pedro Valley, que ficou mundialmente conhecido por abrigar uma comunidade de mais de 300 startups e gerar empregos na área da tecnologia. O nome é em referência ao famoso Silicon Valley, conhecido por aqui como Vale do Silício.

Além disso, a cidade é sede do FIRE, um dos maiores eventos sobre empreendedorismo online e marketing do Brasil, criado e realizado pela Hotmart, desde 2015.

Após o sucesso das edições anteriores, que contaram com grandes marcas e personalidades do mundo dos negócios digitais, o FIRE volta, em 2018, no formato de festival com atrações em diversos pontos da cidade.

Por isso, neste post, vamos compartilhar dicas do que fazer em Belo Horizonte durante sua estadia. Para quem trabalha ou vive aqui, essa pode ser uma oportunidade de enxergar BH com outros olhos.

Parques e praças

o que fazer em Belo Horizonte

Como a maioria das cidades do país, Belo Horizonte possui parques e praças por toda sua extensão, mas nenhuma outra cidade tem praças com o charme dessas localizadas na capital mineira:

1. Praça do Papa

Situada na região do bairro Mangabeiras, a Praça Israel Pinheiro, chamada por todos de Praça do Papa, ficou conhecida assim depois que o Papa João Paulo II celebrou uma missa no local, em 1980. Depois desse dia, uma enorme cruz foi erguida no local.

Além de sua importância histórica, é preciso ressaltar que a vista que se tem da cidade é incrível.

2. Parque das Mangabeiras

O local é a maior área verde de Belo Horizonte e um dos maiores parques urbanos da América Latina.

Possui uma grande diversidade de animais silvestres e locais como quiosques, quadras esportivas, trilhas, lagos, cachoeiras e até uma tirolesa. Um lugar incrível para todos os apaixonados pela natureza e aventureiros.

3. Praça da Liberdade

Localizada na região da Savassi, no coração de Belo Horizonte, a Praça da Liberdade fica no final da Avenida Bias Fortes.

Em seus arredores, é possível encontrar diversas atrações, o que inclui o Circuito Cultural da Praça da Liberdade, um dos maiores e mais complexos do país, formado por mais de dez espaços culturais e museus que integram arte, cultura popular, conhecimento e entretenimento, a maioria com entrada gratuita.

Além disso, a Praça é um lugar maravilhoso, cartão postal de BH, com palmeiras espalhadas por toda sua extensão, jardins, coretos e estátuas de mármore que juntos deixam o local muito agradável.

4. Parque Municipal

Também na região central de Belo Horizonte, o Parque Municipal é o patrimônio ambiental mais antigo da capital mineira.

No parque estão localizados o Teatro Francisco Nunes, o Orquidário, um pequeno parque de diversões e o fundo do Palácio das Artes. O parque também é uma boa opção para quem gosta de aves, pois ele abriga mais de 100 espécies.

Pampulha

o que fazer em Belo Horizonte

A Pampulha é uma região de Belo Horizonte reconhecida como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO onde estão localizados diversos pontos turísticos da cidade. Como:

1. Lagoa da Pampulha

Uma das principais atrações turísticas de BH, a Lagoa da Pampulha é palco de eventos esportivos como a Volta internacional da Pampulha, entre outras competições nacionais e internacionais. Na virada do ano, é nela que acontece o maior show de fogos de todo o estado.

A lagoa é artificial e foi projetada por Oscar Niemeyer no início da década de 40.

2. Igrejinha da Pampulha (São Francisco de Assis)

Mais um projeto do arquiteto Oscar Niemeyer, do paisagista Burle Marx e do pintor Cândido Portinari, a Igreja de São Francisco de Assis é um dos grandes cartões postais de Belo Horizonte, devido ao seu formato inusitado de ondas que lhe confere um ar atemporal.  

3. Zoológico

A Fundação Zoo-Botânica de Belo Horizonte é a segunda maior área verde da cidade e contém cerca de 1500 animais de mais de 240 espécies diferentes, além de uma flora muito diversificada e o maior aquário de água doce do Brasil.

4. Parque Guanabara

Um parque de diversões em frente  à Igrejinha da Pampulha. Mais uma das muitas atrações do Conjunto Arquitetônico da Pampulha, é uma boa opção para quem tem filhos ou quer se divertir.

O parque funciona de quinta a domingo e nele é possível encontrar vários brinquedos clássicos como Carrossel, Roda-Gigante e carrinho de bate-bate.

5. Estádio do Mineirão

O Estádio Governador Magalhães Pinto, conhecido mundialmente como Mineirão, faz parte do conjunto Arquitetônico da Pampulha.

É o quinto maior estádio do Brasil, tendo sido uma das sedes da Copa do Mundo de 2014. Inclusive, ficou marcado como palco da maior derrota da história da Seleção Brasileira nesta mesma Copa, o famoso 7×1.

O Estádio é considerado pela Unesco um Patrimônio da Humanidade.

Cultura

o que fazer em Belo Horizonte

O FIRE Festival não é o único evento da cidade. A capital mineira possui inúmeros locais dedicados à cultura e ao entretenimento.

Separamos os principais pontos turísticos culturais da cidade, confira:

1. Circuito Cultural da Praça da Liberdade

É o maior conjunto integrado de cultura do Brasil, estabelecido a partir de parcerias público-privadas. Os espaços para visitação são:

  •         Arquivo Público Mineiro
  •         Centro de Arte Popular – CEMIG
  •         Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa
  •         Espaço do Conhecimento UFMG
  •         Museu das Minas e do Metal
  •         Memorial Minas Gerais Vale
  •         Museu Mineiro
  •         Centro Cultural Banco do Brasil – CCBB
  •         Casa Fiat de Cultura
  •         Cefar Liberdade
  •         Casa da Economia Criativa
  •         Praça da Liberdade

2. Inhotim

O Instituto Inhotim é considerado o maior centro de arte contemporânea a céu aberto do mundo. Cercado por um incrível Jardim Botânico, é quase impossível visitar o Inhotim em apenas um dia, mas não deixe de conhecer suas paisagens e obras de arte exuberantes.

O museu fica localizado no município de Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte. Porém, um ônibus sai da capital todos os dias para visitação. Saiba mais.

3. Museu histórico Abílio Barreto

Localizado no bairro Cidade Jardim, região Sul de Belo Horizonte, o Museu Histórico Abílio Barreto é um ótimo lugar para conhecer a história e a trajetória da cidade e de seus cidadãos.

O Museu conta com um imenso acervo de objetos, fotografias, textos e bibliografias que remetem às origens, formação e desenvolvimento da capital mineira.

4. Museu de ciências naturais

O Museu de Ciências Naturais da PUC Minas busca preservar o patrimônio natural, histórico e cultural do Brasil.

Fósseis, réplicas de dinossauros, um jardim de borboletas e a réplica de uma caverna são algumas das atrações que fazem parte do acervo do museu.

Feiras e mercados

o que fazer em Belo Horizonte

Claro que, em uma cidade como BH, não poderiam faltar opções de lugares para fazer compras. Ainda mais com a bela fama da comida típica mineira e do queijo minas.

1. Mercado Central

Um dos pontos comerciais mais procurados de Belo Horizonte, o Mercado Central conta com mais de 400 lojas de produtos que vão de gastronomia a artesanato. O local foi criado em 1929 pelo então prefeito da cidade, Cristiano Machado, com o pretexto de reunir tudo que o cidadão precisava em um só lugar.  

2. Feira Hippie

A Feira Hippie de Belo Horizonte possui mais de 2500 expositores dos mais diversos segmentos e é considerada a maior feira de artesanato do Brasil.

Esse evento local acontece todos os domingos e atrai públicos de todos os lugares do mundo. Além disso, ela é um dos maiores pontos turísticos e polos de desenvolvimento da capital mineira.

3. Feira de Artesanato e Gastronomia da Pampulha

A Feira de Artesanato e Gastronomia da Pampulha é uma excelente opção para quem prefere um lugar mais animado.

Aberta às quintas-feiras, das 17h às 22h e aos domingos, das 8h às 17h, a feira possui uma boa praça de alimentação, com estrutura para atender até 3 mil pessoas e espaço especial para realização de shows.

Bares e restaurantes

o que fazer em Belo Horizonte

Como grande e tradicional cidade que é a capital mineira, não poderiam faltar bons bares e restaurantes para o público da cidade. De fato, Belo Horizonte é conhecida por ter um grande número de bares, com uma densidade de 28 estabelecimentos por quilômetro quadrado.

1. Edifício Maletta

O Maletta é um dos mais históricos edifícios do centro de Belo Horizonte, e seu uso é tanto comercial quanto residencial.

O edifício possui diversos tipos de lojas, restaurantes e bares e pode até ser considerado um centro gastronômico da região central de BH.

Além disso, ele serve de moradia, principalmente, para estudantes da capital mineira e costuma ter uma vida noturna bastante agitada em seus bares.

2. Coração da Savassi

No perímetro da praça Diogo Vasconcellos é possível encontrar atrações turísticas, cultura, restaurantes, bares, boates, lojas populares e hotéis em um só lugar, ou seja, tudo o que os moradores e os turistas precisam.

3. Avenida Fleming

A região da Pampulha é um dos principais cartões postais de BH e a Avenida Fleming faz parte dela. A vida noturna no local é intensa e conta com várias opções para quem quer sair e se divertir pelos bares e restaurantes da cidade.

4. Rua Pium-I

Um dos lugares mais movimentados da zona-sul da capital mineira, a Rua Pium-I abriga diversos bares e restaurantes muito conhecidos e tradicionais em Belo Horizonte.

5. Santa Tereza

Considerado por muitos o bairro mais boêmio da cidade, Santa Tereza é um daqueles lugares que mistura paisagens antigas e atuais.

Além dos bares agitados, o bairro ficou famoso por ser o berço de ícones da música brasileira como Skank, Sepultura e Clube da Esquina.

Ideal para quem também quer aproveitar a madrugada de Belo Horizonte, o bairro fica localizado na região leste de Belo Horizonte e inclui estabelecimentos que funcionam 24 horas por dia nos finais de semana, como o Bar do Bolão.

Boates

o que fazer em Belo Horizonte

Para quem quer ter o que fazer em Belo Horizonte à noite e durante a madrugada. A cidade conta com várias boates incríveis para os moradores e turistas. Selecionamos as principais e mais conhecidas:

1. Circuito do Rock

Um grupo de entretenimento que oferece muito Rock ‘n’ roll, com uma estrutura moderna, pôsteres de bandas famosas, mesas de sinuca e sushi. O circuito do rock é composto, atualmente, pelo Jack Rock Bar e pelo Lord Pub, ambos na região centro-sul de Belo Horizonte.    

2. Clube Chalezinho

Localizado na região do Buritis, o Chalezinho é uma das casas mais famosas de Belo Horizonte, na qual o estilo predominante é o sertanejo. Também é conhecido por ser um dos principais pontos de encontro dos jovens belo horizontinos.

3. Paco Pigalle

O espaço que toca Salsa, Merengue e outros ritmos latinos está entre os preferidos do público alternativo da capital mineira nas noites de sexta e sábado. O local oferece diversos estilo de cervejas e drinques especiais.

4. DDuck

É uma opção para o público LGBTQI+ e para todas as pessoas que gostam de música pop, de alegria e momentos especiais. Está localizado na região da Savassi, no bairro Funcionários.

Perto de Belo Horizonte

o que fazer em Belo Horizonte

Se você conheceu todos os lugares que gostaria e acha que já não tem mais o que fazer em Belo Horizonte, saiba que também há ótimas opções próximas à cidade.

1. Ouro Preto

Localizado a 96 km de distância da Capital, a cidade de Ouro Preto é famosa por sua arquitetura colonial. Ideal para quem se interessa por história, o município oferece vários museus, antigas minas para visitação e igrejas.

É claro que não faltam produtos e alimentos típicos de Minas. Por isso, se tiver a oportunidade, não deixe de conhecer essa charmosa cidade.

2. Serra do Cipó

A Serra do Cipó é uma província turística do estado de Minas Gerais. Localizada na região metropolitana de Belo Horizonte, possui inúmeras cachoeiras, uma das floras mais diversificadas do mundo, hotéis, pousadas e um Parque Nacional na zona rural.

Ideal para quem valoriza o lazer e a prática de atividades ao ar livre.

3. Macacos

O nome oficial do distrito é São Sebastião das Águas Claras, um vilarejo tranquilo e a apenas 20 km de BH. Macacos é uma opção tanto para quem quer descansar em uma de suas inúmeras pousadas quanto para quem quer curtir um pouco de adrenalina com os passeios de quadriciclo que são oferecidos.

Um típico povoado do Interior de Minas!

Partiu Belo Horizonte!

Como você pôde ver, a capital mineira oferece muitas possibilidades para todos os gostos e estilos.

Tem muito o que fazer em Belo Horizonte, e por incrível que poareça, a cidade fica ainda mais incrível durante o FIRE FESTIVAL, que é um evento sempre incrível e conta com pessoas do Brasil e do mundo inteiro.

Em 2018, o festival acontecerá nos dias 27, 28 e 29 de setembro. Clique aqui para garantir seu ingresso!

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.