Sparkle app icon

Sparkle App
Participe da comunidade exclusiva do nosso blog!
Grátis -

VER

Glossário de SEO: conheça os termos mais importantes dessa estratégia

Glossário de SEO: conheça os termos mais importantes dessa estratégia

Reunimos os principais termos de SEO de A a Z em nosso glossário de SEO para você consultar sempre que precisar!

Se você tem um negócio digital, seja como Produtor ou Afiliado, provavelmente já deve saber a importância da produção de conteúdo para atrair tráfego orgânico para seu negócio, não é mesmo?

E para que seu conteúdo de fato chegue ao seu público, é necessário conhecer e aplicar técnicas de SEO.

SEO é a sigla para Search Engine Optimization, que em português significa otimização para motores de busca. É um conjunto de estratégias que têm a finalidade de fazer com que motores de busca identifiquem seu conteúdo como relevante e o exibam quando alguém pesquisar algo relacionado ao seu negócio.

O SEO pode ser aplicado ao site, blog, YouTube e até em outras redes sociais.

Para realizar um bom SEO, você precisa conhecer todos os termos relacionados a esta estratégia. Por isso, criamos este glossário completo para te ajudar, confira a seguir!

E consulte-o sempre que precisar!

Índice
0 a 9 A a D G a K L a O P a W

0-9

100

O código 100 mostra que uma solicitação foi recebida.

200

O código 200 representa sucesso de uma solicitação, como, por exemplo, carregamento de uma página executado com sucesso.

301

O código 301 indica redirecionamento de páginas. Esse código é muito usado em SEO para redirecionar links quebrados, quando é necessário trocar a URL de uma página ou quando há troca de domínio.

302

Já o código 302 indica que o redirecionamento é temporário.

400

O código 400 mostra que a solicitação está incorreta.

404

Indica que a solicitação não foi encontrada. Ter um código 404 em seu site é ruim para indexação, o ideal neste caso é fazer um redirecionamento 301.

410

O código 410 mostra que um recurso não está mais disponível.

500

Este código indicar erro interno do servidor.

A – D

AdSense

O AdSense é uma ferramenta de publicidade do Google, que permite que usuários Google, que possuem um blog, canal do YouTube ou aplicativo Android, ganhem uma remuneração em troca da exibição de anúncios nesses canais.

Ads

Ads é o nome encurtado do programa Google Ads, antigo Adwords, que é uma ferramenta de anúncios online.

O Ads permite que anunciantes paguem para divulgar anúncios de texto, imagem ou vídeo em canais de parceiros inscritos no Adsense, nos resultados de pesquisa do buscador, no YouTube e em aplicativos.

Algoritmo

Algoritmo é uma sequência de instruções para realizar uma ação. No SEO, trata-se do sistema usado pelos motores de busca para realiza as ações de varredura, catalogação, indexação e exibição de páginas.

São os algoritmos que fazem cálculos e interpretam, automática e independentemente o conteúdo, para decidir, dentre milhares de páginas na internet, o que é relevante ou não.

Eles são atualizados pelas plataformas frequentemente e estão cada vez mais inteligentes, graças ao machine learning, que é a tecnologia de aprendizado das máquinas.

Anchor Text

Em português, texto âncora. Esse termo diz respeito ao texto com hiperlink e é um dos fatores mais relevantes de ranqueamento. 

Um bom anchor text deve ser sucinto, específico e relevante, de acordo com o conteúdo da página de destino que ele linka.

Analytics

Analytics é uma ferramenta do Google para análise de métricas de um site na web.

Basta instalar um pixel fornecido pelo Google Analytics no código fonte do site que ele irá coletar dados como número de acesso, horários, perfil dos usuários e outros dados fundamentais para uma estratégia de SEO e marketing digital.

Alt Text

Este termo se refere ao texto alternativo, que pode ser adicionado a uma imagem para ajudar os motores de busca a entenderem a informação que ela passa.

Como os algoritmos não conseguem ler imagens, inserir alt text vai ajudar muito sua página a ter um melhor ranqueamento, além de tornar seu conteúdo mais acessível a deficientes visuais.

Backlink

Backlinks são links estratégicos que ajudam a construir autoridade para seu site. Quando outros sites relevantes direcionam links para suas páginas, os algoritmos veem isso com bons olhos. É como se outras pessoas estivesse recomendando seu conteúdo. 

Da mesma forma, quando você inclui hiperlinks para sites com alta autoridade, seu site também ganha pontos em SEO.

Black Hat SEO

Black Hat é uma forma de praticar SEO que desconsidera as boas práticas indicadas pelo Google.

O único objetivo dessa prática é tentar burlar as regras e conseguir as primeiras posições, desconsiderando as necessidades do público.

CTR

Sigla para Click Through Rate, o CTR é um indicador de cliques, ou melhor, a taxa de cliques, que é a porcentagem resultante do número de cliques dividido pelo número de visualizações.

O CTR, no SEO, é muito importante para medir a qualidade do título e da metadescrição. Quando maior a taxa de cliques, significa que mais gente que vê o resultado realmente clica nele, o que é um indicativo de sucesso.

Cloaking

Esta é uma técnica de BlackHat que consiste na camuflagem de conteúdo. Uma página que exibe um conteúdo para o usuário e outro para os motores de busca está utilizando cloaking.

Quem pratica essa técnica está violando as diretrizes do Google e o site pode ser penalizado.

CMS (Content Management System)

Em português, sistema de gerenciamento de conteúdo. É um tipo de sistema de automação que permite a criação, organização, publicação e manutenção de conteúdos em um site.

O WordPress é um exemplo de CMS muito usado por diversas empresas.

Conversão

Conversão é, geralmente, o objetivo final de uma estratégia. Por exemplo, em um post de blog, a conversão seria o leitor clicar na chamada final para ler outro conteúdo em seu blog.

Outro exemplo, seria em uma página de vendas, em que a conversão é o ato de compra.

E muitas vezes a conversão é a passagem de um visitante a lead e/ou de um lead a cliente.

Densidade de palavra-chave

Se refere à quantidade de utilização da palavra-chave ou frase-chave em um conteúdo.

Não se sabe ao certo qual a quantidade ideal de repetição da palavra-chave principal, mas é importante usá-la e usar sinônimos para otimizar o conteúdo.

Só tome cuidado com a utilização em excesso, pois será considerada uma prática de Black Hat.

Disavow

É uma ferramenta do Google que permite rejeitar links indesejados que apontam para seu site.

Links de má qualidade podem prejudicar seu SEO. Se isso acontecer com você, basta acessar a ferramenta de rejeição de links (Disavow), selecionar seu site e fazer upload da lista de links indesejados.

Domínio

O domínio é o nome personalizado que vem depois do “www.” em um endereço web e depois do símbolo @ nos endereços de e-mail.

É composto de duas partes: nome do domínio e extensão do domínio. Por exemplo, em “hotmart.com”, a palavra “hotmart” seria o nome e o “.com” seria a extensão.

DNS

Esta é a sigla para Domain Name System, que em português significa Sistema de Nomes de Domínio. Este sistema traduz os endereços IP para nomes de domínio que conhecemos e usamos.

Ele permite que, para acessar um site, simplesmente digitemos a URL dele no Google ao invés de escrever uma longa sequência de números.

G – K

Google Keyword Planner

O Keyword Planner é uma ferramenta do Google Ads para pesquisa de palavras-chave. Ela é muito útil na hora de planejar o conteúdo e decidir quais são as palavras-chave ou frases-chave mais relevantes para usar.

A ferramenta exibe o volume de buscas médio mensal das palavras, apresenta sugestão de palavras-chave para seu negócio e outras informações úteis para a criação de anúncios.

Google Search Console

Outra ferramenta do Google essencial para realizar SEO. O Search Console faz uma análise das páginas do seu site e apresenta relatórios muito relevantes para sua estratégia de SEO.

Você pode conferir o desempenho das suas páginas em relação a posicionamento nos resultados de busca, CTR, melhorias de HTML, dentre outras funcionalidades.

Google Trends

Mais uma ferramenta do Google que todo empreendedor e profissional de marketing deveria usar. O Google Trends mostra as tendências em todo o mundo de acordo com os dados de pesquisas.

Ele mostra gráficos da evolução do interesse para uma determinada palavra-chave e permite a aplicação de filtros de localização, período de tempo e, inclusive, de comparação de palavras-chaves.

Gray Hat SEO

Lembra do Black Hat que já apresentamos a definição aqui? O Grey Hat SEO está entre ele e o White Hat, que vamos definir mais adiante.

O Grey Hat utiliza algumas técnicas Black Hat para alcançar um posicionamento rápido no Google, mas não é tão ruim quanto aquele.

É possível seguir as diretrizes do Google, com Grey Hat, de certa forma e aplicar as técnicas maliciosas sutilmente, evitando punições.

Headings tags

Heading tags são as formatações de título que estruturam o conteúdo para que ele fique mais escaneável e organizado. É super importante quebrar o texto com vários títulos para otimizá-lo.

E usar as heading tags é uma forma segura de mostrar aos mecanismos de busca que seu conteúdo é organizado e bem estruturado.

HTML (Hyper Text Markup Language)

Traduzindo para o português, esse termo é a Linguagem de Marcação de Hipertexto. HTML é uma linguagem de programação web que permite criar uma estrutura de conteúdo própria para a web.

Head Tail

Este é o nome dado a um tipo de palavra-chave que é ampla e geralmente tem um grande volume de buscas.

Por exemplo, para o nicho da Hotmart, “Produtos digitais” seria uma palavra-chave long tail, pois ela é mais geral, sucinta e popular.

Indexar

Quando dizemos que uma página foi indexada pelo Google, significa que ela entrou na base de dados do motor de buscas e poderá ser exibida aos usuários.

Os robôs do Google indexam páginas novas e páginas alteradas o tempo todo. Eles fazem uma varredura por toda a web para procurar e indexá-las. Mas, se você quiser, pode ajudá-lo nessa etapa, solicitando a indexação pelo Google Search Console.

Keyword Stuffing

Esta é uma prática de Black Hat que era muito comum antigamente. Ela consiste na repetição excessiva e sem coerência da palavra-chave no conteúdo.

Hoje em dia, esta prática não tem nenhum sentido e pode gerar resultados negativos para suas páginas.

Com a inteligência cada vez mais desenvolvida de seus algoritmos, o Google consegue identificar se o conteúdo é relevante ou não pela semântica.

L – O

Link

Link ou hiperlink  são conexões que direciona para outras páginas da internet. Essas conexões são necessárias em SEO para criar autoridade.

Uma página deve conter tanto links que direcionam para páginas internas do site quanto para páginas de outros domínios.

Além disso, é importante que outros domínios relevantes tenham links direcionando para seu site, que são os backlinks, termo já definido aqui!

Link bait

Link bait, em português, significa isca de link. Esta é uma ótima forma de backlink, pois é quando outros sites linkam para seu conteúdo sem você ter pedido.

Para conseguir isso, você precisa produzir conteúdo de qualidade, informativos ou noticiosos que realmente atraiam a atenção e instiguem o compartilhamento.

Link Building

Link building é a estratégia que reúne todos os conceitos relacionados a link deste glossário.

Essa estratégia consiste na estruturação de links relevantes para a otimização de conteúdos online.

Link externo

São os links que direcionam para páginas externas ao seu site.

Link Farm

Link Farm é uma ação de Black Hat que consiste na criação de várias páginas que linkam para um mesmo site, na intenção de manipular os mecanismos de busca.

No entanto, Link Farm pode gerar punições e o site pode acabar sendo prejudicado e não conseguir atingir o objetivo, que seria melhorar o ranqueamento no Google.

Link interno

São os links que direcionam para outras páginas dentro de seu site.

Long tail

Sendo o conceito oposto a head tail, que foi explicado anteriormente, este se trata de palavras-chave mais específicas e menos populares.

Em uma estratégia de SEO, é essencial produzir conteúdos com palavras-chave long tail, pois elas são mais direcionadas a um nicho e, portanto, mais eficientes, principalmente para conversão.

Meta Description

É a descrição curta do conteúdo que irá aparecer na página de resultados.

A Meta Description é usada especialmente para o SEO e deve ser sucinta, direta e persuasiva para atrair cliques. Além disso, é importante que ela contenha a palavra-chave.

Meta Tags

Meta tags são marcações que facilitam com que os mecanismos de busca compreendam melhor sobre o conteúdo de uma página.

A meta description é uma meta tag, por exemplo. Ela passa a informação ao robô do Google de que o trecho marcado com essa tag deve ser exibido na descrição do resultado de pesquisa.

Motor de busca

Motor de busca é um software capaz de receber buscas de internautas, encontrar informações na internet e exibir resultados relevantes à pesquisa realizada.

Portanto, o Google é um motor de busca, ou melhor, o mais conhecido dos motores de busca do mundo. Mas também existem outros muito utilizados como o Mozilla, o Yahoo e o Safari.

NoIndex

Esta é uma meta tag utilizada para dizer aos motores de busca que a página não deve ser indexada.

NoFollow

Também é uma meta tag e é usada para orientar os motores de busca a não seguir um conteúdo de uma página, quando há um link.

Se você quiser inserir um link para uma página externa ao seu conteúdo, por exemplo, e desejar que essa página não seja contada como um backlink para seu site, por considerar irrelevante ou por qualquer outro motivo, classifique o link como nofollow.

Off Page SEO

São ações de SEO que se realizam além da página, ou seja, todo o processo de construção de autoridade, como a estratégia de backlinks e a integração do SEO com outras estratégias de marketing.

On Page SEO

Já o SEO on page envolve todo o conjunto de ações realizadas desde a estruturação do site até o conteúdo. 

Isso inclui fatores de usabilidade do site, design, URL, estruturação e organização do conteúdo, palavras-chave, link building, qualidade e coerência do conteúdo e relevância.

P – W

Pagerank

Pagerank é o sistema de avaliação e classificação de páginas web usado pelo Google. 

A partir dos fatores de ranqueamento, os algoritmos calculam qual o rank de uma página, de 0 a 10. Quanto melhor, mais bem posicionada a página será exibida nos resultados de pesquisa.

Page title

Page title significa título da página e é literalmente isso que o termo representa.

Palavra-chave

É o termo que resume seu conteúdo, não precisa ser necessariamente uma palavra, é comum que seja composto de 1 a 4 palavras, na verdade. A palavra-chave é a primeira coisa a se pensar antes de criar um conteúdo otimizado.

Você pode usar ferramentas como o SEMrush para descobrir quais são as palavras mais buscadas dentro de seu nicho e, a partir disso, decidir sobre os temas que irá escrever.

Penalidade do buscador

Buscadores, como o Google, possuem diretrizes de boas práticas. Portanto, quando suas diretrizes são infringidas, esses buscadores penalizam alguns sites.

As penalidades de buscadores podem ir desde alertas até a não indexação de páginas.

Query

Query é a solicitação por alguma informação de um banco de dados.

Rankbrain

Rankbrain é o sistema de inteligência artificial do Google que usa machine learning para entregar resultados mais precisos e relevantes aos usuários que fazem uma busca.

Redirect

Também conhecido como Redirect 301, esse termo diz respeito ao redirecionamento de URLs.

Rich snippets

Rich snippets são snippets mais detalhados do que os comuns. Snippets são aqueles resumos de cada página que aparece na SERP. 

Em 2009, surgiram os rich snnipets, que, além do título, descrição e URL, podem mostrar também, no fragmento de resultado, informações como avaliações, localização, sitelinks, logotipo, dentre outras.

Robots.txt

É um arquivo no formato .txt que dá ordens aos robôs dos motores de busca.

Você poderá salvar o arquivo na pasta raiz do site com a finalidade de controlar ou bloquear o acesso a algumas páginas e recursos, caso não deseje que sejam acessados.

SEM

Sigla para Search Engine Marketing, SEM é o marketing para mecanismos de busca, ou seja, é uma estratégia de marketing para que seu conteúdo seja bem ranqueado pelos mecanismos de busca.

SERP

Esta é a sigla para Search Engine Result Page, isto é, a página de resultado dos motores de busca.

Site Map

O Site Map é um mapa do site que guia os robôs de busca a compreenderem a estrutura e organização do site.

Tag

Tag, traduzido para português, significa etiqueta. As tags servem para organizar e categorizar conteúdos.

Por exemplo, em um blog, as tags podem servir para organizar, em uma mesma categoria, conteúdos semelhantes.

Title Tag

Title tag é a marcação do código HTML para categorizar o título da página.

White Hat SEO 

Ao contrário do Black Hat, White Hat SEO são as ações de SEO que levam em conta as diretrizes do Google.

Esta estratégia é focada em entregar conteúdo relevante e de qualidade para o usuário.

Conclusão

Esperamos que este glossário te ajude a conhecer melhor sobre o universo do marketing digital e a realizar estratégias cada vez mais eficientes de SEO.

Conhecer todos os termos e sempre se atualizar é parte essencial de um trabalho constante de otimização e, certamente, irá gerar frutos positivos ao seu negócio.

Agora que você já sabe disso, aprenda como deve ser sua rotina de SEO para conquistar a SERP!

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.