Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Fechar A Hotmart está concorrendo ao <b>Prêmio Época ReclameAQUI</b> na categoria Serviços Online!

A Hotmart está concorrendo ao Prêmio Época ReclameAQUI na categoria Serviços Online!

Clique aqui e vote na gente!

Google Speed Update: o que é e o que fazer para não ser penalizado

Google Speed Update: o que é e o que fazer para não ser penalizado

O Google atualizará seu algoritmo em 2018 com foco em mobile! Entenda como se preparar para o Google Speed Update.

O Google anunciou ontem (18/01) o que muitos profissionais já previam: a velocidade das páginas mobile será considerada um fator de rankeamento a partir de julho de 2018, quando acontecerá o Speed Update.

Se você já vem trabalhando com SEO, provavelmente, sabe que o tempo de carregamento já estava entre os mais de 200 fatores de rankeamento do Google, porém, com foco em acesso desktop.

Desde 2016, quando o Google divulgou que páginas mobile seriam priorizadas na indexação (Mobile-first Indexing), já era possível notar a importância de adaptar a usabilidade dos sites para dispositivos móveis.

Entenda agora como essa atualização vai agir nas páginas de resultados do Google:

O Speed Update vai influenciar muito no ranking?

Em seu anúncio, o Google deixou claro que a atualização afetará uma pequena parte das buscas. Somente aqueles sites que não entregarem uma boa experiência ao usuário poderão sentir a mudança.

Além disso, mesmo aquela página que não tenha um tempo de carregamento altamente otimizado, mas que entregue um conteúdo muito relevante para determinada busca, poderá rankear bem nas primeiras posições.

Essa declaração mostra que a atualização não estará entre os fatores de maior peso para rankeamento.

Ainda assim, é importante manter em mente que cada fator de rankeamento é influente em seu resultado final.

Uma página lenta com conteúdo valioso pode, eventualmente, acumular uma alta taxa de rejeição, que a tornará menos pertinente cada vez que não conseguir entregar uma boa experiência a quem a acessa.

Então, manter seu site de acordo com as boas práticas do Google fará com que você esteja preparado para eventuais atualizações deste mecanismo de busca e não sofra penalizações.

Por mais que a mudança ocorra em julho, é altamente aconselhável que você já faça melhorias em suas páginas.

Não se preocupe, vamos te ensinar como fazer isso!

Como se preparar para o Speed Update?

Analise a performance de seu site

Entenda como seu site se comporta.

Use a ferramenta PageSpeed Insights, do Google, que te dá um relatório bem completo de seu site. Com ela, você consegue compreender o que já está performando bem e o que precisa ser melhorado tanto na versão Mobile quanto no Desktop.

Pense na experiência do usuário

Pode parecer repetitivo e até amplo demais falar em experiência do usuário, mas queremos dizer que a performance de seu site deve estar intimamente relacionada ao quão satisfeitos seus visitantes ficam e o quão objetivo ele é para o usuário.

  • Eles encontram rapidamente aquilo que procuram?
  • As informações da página estão organizadas o suficiente para que eles possam navegar sem dificuldade?
  • Seu site passa confiança para seus visitantes?

Para essa análise, leve em consideração o que o usuário espera ao encontrar seu site e não o que você deseja mostrar.

“Seu site deve ser o mais objetivo e intuitivo possível. Mantenha a área de conteúdo bem visível, facilite a leitura do conteúdo (não use um fundo escuro com o texto preto, por exemplo), deixe claro onde o usuário deve clicar, quando for este o caso. Destaque somente os pontos que você realmente quer chamar a atenção do usuário.”

Daniel Xavier

Desenvolvedor Front-End @Hotmart

Reduza o tamanho das imagens

O tamanho de suas imagens pode ser um dos grandes responsáveis pelo tempo de carregamento de seu site.

Além disso, você pode redimensioná-las para um tamanho que seja suficiente para exibi-las ao visitante.Se suas imagens são grandes demais, reduza seus arquivos o quanto antes.

O site Image Resize é uma ótima opção para isso. Você também pode utilizar o TinyPNG para compactá-las.

“Nunca utilize imagens com tamanho exagerado, isso só vai fazer seu site ficar mais lento. Se a maior área de conteúdo de seu site tem 1600px de largura, este é o tamanho máximo que suas imagens devem ter, ok?
Outra dica importante: comprima suas imagens o máximo possível. Não existe um valor ideal, em Kb, para suas imagens. Deve ser o menor possível, sem comprometer a qualidade.”

Daniel Xavier

Desenvolvedor Front-End @Hotmart

Verifique seu servidor

Identifique se o servidor no qual seu site está hospedado é rápido o suficiente ou está com a latência muito alta.

“Muitas vezes, o problema de performance de um site é o servidor no qual ele está hospedado. A latência é o ‘atraso’ que acontece na conexão entre o navegador do usuário e o servidor web. Quanto mais alta a latência, mais demorado vai ser o carregamento de seu site. O que mais piora esse problema é a localização física de seu servidor. Então, se você tem um site e seus visitantes estão aqui no Brasil, utilize um servidor brasileiro.”

Daniel Xavier

Desenvolvedor Front-End @Hotmart

Verifique a necessidade de seus Third-party Services

Um site cheio de efeitos visuais, movimentos e animações é lindo, mas o Google Page Speed não gosta tanto assim.

Por um motivo muito simples: na maioria das vezes, esses efeitos são criados utilizando bibliotecas ou plugins desenvolvidos por terceiros e ficam fora de seu site.

O problema é que essas dependências externas irão prejudicar bastante o desempenho de seu site.

“Avalie se todas as dependências externas de seu site são realmente necessárias. Não fique utilizando dezenas de bibliotecas sem necessidade. Sempre que puder desenvolver um código mais simples e otimizado, específico para seu site, faça isto.”

Daniel Xavier

Desenvolvedor Front-End @Hotmart

Descomplique seu design

Lembre-se que o principal fator de rankeamento ainda é o conteúdo.

Isso significa que, quanto menos distrações seu site tiver, mais fácil seu usuário encontrará a resposta para o que procura.

Não crie distrações e tire elementos que não ajudam em nada na navegação.

É claro que seu site deve trazer sua marca e manter sua identidade visual, mas atenha-se, principalmente, em manter o foco de seu usuário.

“Aposte em designs mais simples! Assim, você vai garantir uma ótima experiência para seu usuário. Lembre-se: design é muito importante, mas não é a parte principal de seu site.”

Daniel Xavier

Desenvolvedor Front-End @Hotmart

Simplifique!

Todas as otimizações estão conectadas e fazem parte de um conjunto de boas práticas.

Se pudermos dar um direcionamento objetivo, será: simplifique.

O que você deve considerar é que seu principal objetivo deve ser mostrar o conteúdo o mais rápido possível para seu visitante.

Não tenha funções desnecessárias, que possam prejudicar o desempenho de suas páginas.

Mantenha a simplicidade e garanta a melhor experiência para o usuário, que pode ser seu futuro cliente.

Agora, passamos a bola para você: quais outras otimizações você aconselha fazer para melhorar o desempenho de um site? Deixe seu comentário!

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.