Sparkle app icon

Sparkle App
Participe da comunidade exclusiva do nosso blog!
Grátis -

VER

Google Web Stories: conheça esse recurso e como utilizá-lo

Google Web Stories: conheça esse recurso e como utilizá-lo

Antigamente conhecido como AMP Stories, o Google Web Stories é o novo recurso de conteúdo visual do gigante das buscas. Descubra o que é e como usar essa ferramenta para divulgar os conteúdos do seu negócio.

Quem acompanha as novidades do mundo digital já percebeu que os conteúdos no formato de vídeos curtos invadiram a internet. Popularizado pelo Snapchat, ele já faz parte de apps e redes sociais como Instagram, Twitter, Facebook, Linkedin e WhatsApp. E, agora, também estão presentes nos buscadores com o Google Web Stories.

Esse recurso, antigamente conhecido como AMP Stories, permite criar narrativas visuais pensadas para smartphones e tablets, entregando notícias e conteúdos de alto valor para os usuários em um formato muito mais envolvente e dinâmico.

Quer saber mais sobre o Web Stories e como utilizar esse recurso para potencializar a sua produção de conteúdo? Então continue lendo este post!

O que é o Google Web Stories?

O Google Web Stories é um recurso que leva para a internet o conhecido formato de “stories”, popular em redes sociais, como o Instagram e Facebook.

Esse tipo de conteúdo mistura imagens, áudios, animações e vídeos para uma experiência em tela cheia, pensada especialmente para dispositivos móveis.

O formato de stories permite ao usuário explorar conteúdos relevantes de maneira muito mais dinâmica e envolvente, deslizando para esquerda ou direita para avançar ou voltar na história.

Fonte: Google

As Web Stories, atualmente, podem ser exibidas no Google Search, no Google Discovery e no Google Imagens e representam uma nova maneira de produzir e consumir conteúdo na web.

E, ao contrário dos “stories” de apps como Instagram, os Web Stories não somem após 24 horas, sendo ideais para abordar assuntos mais perenes.

O começo de tudo: AMP Stories

Esse recurso não é uma novidade no Google. Ainda em 2018, a empresa anunciou uma parceria com alguns veículos de mídia, como CNN, Washington Post, Cosmopolitan, Wired, People e Mashable.

Surgia, assim, o AMP Stories, que permitiu aos criadores de conteúdo produzirem histórias e notícias em tela cheia, com recursos de áudio, vídeo e imagem, e que apareciam nos resultados de pesquisa do Google.

Essa funcionalidade fazia parte do projeto Google APM, ou Accelerated Mobile Pages, que exibia páginas otimizadas para o mobile, com carregamento simplificado e praticamente instantâneo.

Embora não tenha feito tanto sucesso quando recursos parecidos, como o Instagram Stories, o AMP Stories agradou grandes veículos e criadores de conteúdo.

E, em outubro de 2020, o recurso foi rebatizado para Google Web Stories e foi movido para o Discovery, uma seção do aplicativo do Google para iOS e Android que exibe uma série de sugestões de páginas web e vídeos com base no histórico de navegação do usuário.

Como o Web Stories funciona?

Atualmente, as Web Stories podem ser exibidas no Pesquisa Google, no Google Discovery e no Google Imagens.

Quando o usuário acessa uma dessas páginas, é apresentado um carrossel com sugestões de stories relacionados ao assunto pesquisado ou, no caso do Discovery, com base no histórico de navegação do usuário.

Fonte: Google

O usuário pode, então, arrastar o carrossel para a esquerda ou direita para navegar pelas sugestões ou tocar em um dos stories para exibi-lo em tela cheia.

A partir daí, a usabilidade é idêntica aos Stories do Instagram, bastando dar um toque nas laterais da tela para avançar ou retroceder na história.

O Web Stories permite compartilhar vídeos, animações, imagens e textos.

Outra funcionalidade do recurso é a possibilidade de incluir links para que os usuários acessem o conteúdo completo no site arrastando a tela para cima e o suporte para anúncios.

E seguindo o exemplo de recursos similares em outras plataformas, o Web Stories ainda suporta funções de perguntas e respostas, listas, anexos e CTAs para levar os usuários diretamente para uma página de vendas, por exemplo.

Quais as vantagens de usar o Web Stories?

Um dos maiores benefícios em utilizar o Google Web Stories é que ele foi pensado especificamente para o consumo em smartphones. E como a maioria dos brasileiros já acessa a internet por dispositivos móveis, o seu conteúdo fica muito mais responsivo e atraente.

Além disso, o Google Web Stories ajuda a aumentar o tráfego do seu site, já que as histórias aparecem em destaque nos resultados de pesquisa e na página do Google Discovery. E você já sabe, quanto mais visibilidade, mais acessos e conversão para o seu negócio.

E por último, mas não menos importante, esse recurso é totalmente gratuito. Ou seja, você não precisa pagar nada para acessar a ferramenta e criar conteúdos nesse formato.

Como usar o Google Web Stories?

Se você curtiu a proposta dessa novidade do Google e não vê a hora de implementar no seu negócio, temos uma boa notícia. Criar conteúdo para o Google Web Stories não é tão complicado quanto parece.

No site oficial da ferramenta, você encontra uma série de exemplos de stories criados por grandes portais e marcas para se inspirar Além disso, o Google ainda lista algumas ferramentas que podem ajudar você a começar a produzir conteúdos desse estilo, como:

As duas ferramentas contam com recursos interessantes, como templates prontos, 

Agora, se o seu site ou blog utiliza o WordPress, pode instalar o plugin oficial do Google para a plataforma, que permite criar Web Stories de maneira fácil, rápida e gratuita a partir de modelos pré-definidos.

E para quem quer criar a própria ferramenta personalizada para criação de Web Stories, o Google disponibiliza uma série de documentações para desenvolvedores, com todas as guias e regras que precisam ser seguidas na plataforma.

Use o Google Web Stories para destacar o seu negócio na internet

Como deu para ver, o Google Web Stories é mais uma ferramenta desenvolvida para engajar e entreter os usuários, oferecendo conteúdo de valor. As narrativas visuais, como uso de texto, vídeos e imagens, permitem apresentar informações e abordar assuntos com mais leveza e dinamismo.

E não para por aí. Seguindo a filosofia de mobile first (dispositivos móveis primeiro), o Google tem privilegiado conteúdos adaptados para os smartphones, fazendo do Web Stories a ferramenta ideal para quem quer atingir esses usuários e ter destaque nos resultados de busca.

Mas para conquistar o primeiro lugar nas pesquisas, é preciso ir além. Por isso, não deixe de ler o nosso post com as principais técnicas e estratégias de mobile SEO para otimizar o seu site para smartphones e ranquear melhor.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.