Facebook Pixel

9 maneiras de se automotivar quando estiver desanimado!

9 maneiras de se automotivar quando estiver desanimado!

Situações adversas no dia a dia podem ser motivos de desmotivação e até desistência de algumas metas. Veja neste post como se automotivar quando você estiver desanimado.

Um elemento essencial para trabalhar com mais eficiência é a motivação. Porém, várias situações não esperadas no nosso cotidiano podem fazer com que fiquemos desanimados em alguns momentos.

Isso é muito comum no dia a dia das pessoas, principalmente se você trabalha por conta própria, em home office. Sentir-se desmotivado pode ser o início de muitos erros e desistências ao longo da nossa jornada.

Por isso, é muito importante saber como se automotivar. Ter o controle dos nossos pensamentos e saber o que fazer quando estamos desanimados pode nos ajudar a melhorar várias situações.

Independentemente dos fatores externos, é necessário aprender a se estimular para que seus resultados sejam os mais positivos possíveis.

Sabemos que o caminho profissional pode ser turbulento muitas vezes. Mas você não precisa desistir nas primeiras pedras que encontrar.

Veja, a seguir, 9 maneiras de se automotivar. Ao final deste post, você terá ferramentas que podem te ajudar a não desistir quando estiver desanimado.

1. Determine uma meta

Muitas vezes, podemos nos sentir desmotivados por não entendermos bem aonde queremos chegar.

Você sabe o motivo de fazer o que você tem feito diariamente?

O que você quer alcançar com as atitudes que toma no seu dia a dia?

E por que você quer alcançar esses objetivos?

Parar e questionar-se a respeito das suas atitudes profissionais é uma maneira de se conhecer melhor.

Depois de entender o que você tem feito, é possível determinar com mais eficiência as suas metas. E ter objetivos bem definidos é uma maneira de se automotivar. Isso porque a motivação aumenta sempre que atingimos as metas que determinamos para nós mesmos.

Mas tome cuidado para não estabelecer metas  que vão além da sua capacidade. A falta de motivação pode ser resultado da superestimação de nossas forças.

Quando não estamos cientes da magnitude de alguma situação, criamos um estresse desnecessário em nossas vidas. Por isso, escolha suas metas ciente de suas forças e dos recursos que você pode utilizar.

Você sabe como se automotivar com suas metas?

Convencer-se dos seus objetivos principais e não aceitar aquilo que é medíocre e confortável é ótimo para entender o que você quer alcançar.

Além disso, estabeleça planos de curto, médio e longo prazo que podem ser cumpridos.

Planeje-se com uma lista de coisas que você pode fazer e marque sempre os itens já concluídos. Você perceberá que todas as vezes que cumprir um item da sua lista, terá um sentimento de autorrealização e competência.

2. Mude o foco do seu pensamento

Uma das maneiras de aprender como se automotivar é conseguindo mudar o foco dos seus pensamentos.

Você já percebeu como estamos constantemente pensando no que os outros acham? Ou até mesmo supomos o que outras pessoas imaginam?

Há muitas atitudes que tomamos não porque nós gostamos, mas porque acreditamos que sejam importantes para alguém. E isso pode ser uma das grandes razões para a falta de ânimo.

Por isso, tire um pouco do foco no mercado e nos outros. Entenda como você se sente perante tudo. Não tente fazer o seu melhor pensando apenas no que é externo a você.

É claro que você precisa considerar o seu negócio e as pessoas ao seu redor. Mas tente fazer isso entendendo como você se sente diante de tudo que está à sua volta. E caso você perceba que não é isso que você gosta, não tenha medo de mudar.

A mudança é o nosso terceiro item de como se automotivar quando você estiver desanimado.

3. Faça novas escolhas sempre que necessário

Às vezes, algumas mudanças são tudo o que precisamos para nos animarmos mais. E não estamos falando aqui de grandes mudanças. Elas podem acontecer, é claro. Mas pode ser que você precise apenas de uma pequena modificação naquilo que já faz.

O novo e o desconhecido sempre geram um pouco de desconfiança e até medo. Mas saiba que se você não tentar, nunca saberá se poderia ter dado certo.

Não é porque você dedicou muito tempo qualificando-se para uma determinada tarefa que precisa passar o resto de sua vida fazendo isso.

Por exemplo: no mercado digital, principalmente na criação de um curso online, as pessoas escolhem nichos que acreditam ser o que elas amam. Assim, dedicam-se constantemente a aprender mais sobre seu público e área de atuação.

Porém, assim como mudamos ao longo da vida, pode ser que essa pessoa mude de opinião a respeito do nicho previamente escolhido. E é aí que começa a falta de ânimo.

Por ter passado muito tempo estudando e fazendo o seu melhor naquela área, muitos não têm coragem de mudar. Eles acreditam que tentar algo novo do zero seja um retrocesso. Porém, não conseguem perceber que insistir em algo que não gostamos mais só aumenta nossas frustrações.

Saiba que não é porque você começou em uma área que significa que ela é a ideal para você. A vida é feita de escolhas, e você sempre tem a opção de mudar para algo que goste mais.

Mesmo que você tenha dedicado muito tempo a algo que não fará mais, o que você fez não será desperdiçado. Tudo o que aprendemos pode servir para somar e nos ajudar em algo novo no futuro.

Saber como se automotivar é também aprender que você pode querer mudar suas ações, principalmente no âmbito profissional.

Porém, tome cuidado com a indecisão. Muitas vezes, somos enganados por nós mesmos e acabamos desistindo de tudo com muita rapidez.

Mudar pode ser sim importante, mas trocar constantemente, sem persistir naquilo que você começou anteriormente, não é uma boa estratégia. Afinal, é necessário tentar e se esforçar o máximo possível antes de fazer qualquer mudança.

Então, reflita se você está mudando para melhorar ou se está apenas desistindo de algo que parece ser muito difícil.

4. Não tenha medo de errar

Todos os bons resultados que obtivemos em nossas vidas profissionais aconteceram por causa de nossos planejamentos e execuções. Isso significa que conquistar seus objetivos não depende exclusivamente de sorte.

Saber como se automotivar é ter vontade de se superar, correr riscos calculados, celebrar vitórias e principalmente aprender com seus erros.

Inclusive, errar eventualmente é até saudável. Pois é assim que conseguimos descobrir outras formas de fazer nossas tarefas de uma maneira ainda melhor.

Então, aprenda com seus erros e aceite-os!

Não puna a si mesmo quando você tiver algum deslize. Use isso para reajustar o que você tem feito, e não para te desmotivar.

E como exercício para não cometer os mesmos erros novamente, você pode dedicar-se mais aos estudos, o que nos leva à quinta maneira de se automotivar!

5. Aprenda algo novo todos os dias

A vontade e a iniciativa são duas características essenciais da automotivação. Você precisa querer se animar novamente e deve tentar mudar quando estiver pensando em desistir.

Aprender algo novo todos os dias é uma ótima ferramenta de como se automotivar sempre que necessário.

Quanto mais informações e conhecimentos temos de um determinado assunto, mais autoridade e autoconfiança adquirimos. Isso faz com que acreditemos de verdade em nossos potenciais e no que estamos fazendo.

Invista em você e principalmente no seu conhecimento!

Estabeleça objetivos educacionais e procure atingi-los com muito estudo e troca de informação.

Se você aprender algo novo todos os dias, estará mais preparado para os possíveis problemas que poderá enfrentar.

Não deixe a “peteca cair” e use o aprendizado para se automotivar sempre.

6. Seja positivo

Você já ouviu sobre a teoria de que pensamentos bons geram bons resultados?

Então, liberte-se de ideias que possam ser autodestrutivas ou isoladoras. Não sobrecarregue sua mente com pensamentos negativos e que servem apenas para desanimar.

É claro que não é fácil pensar sempre positivamente. Mas há alguns passos que podem te ajudar quando você estiver desestimulado:

  1. Procure pontos fortes dentro de você mesmo.
  2. Repita para o seu inconsciente informações positivas. Por exemplo: “eu posso”, “eu consigo”, “isso é possível”.
  3. Mantenha contato com pessoas que te incentivem e evite aquelas que focam apenas em seus erros.
  4. Acredite na sua capacidade para exercer as atividades atribuídas a você.
  5. Caso ache necessário, procure um especialista para conversar e te ajudar a encontrar suas virtudes.

Ver o mundo e principalmente suas atitudes por um ângulo positivo te ajudam a manter uma ótima energia e motivação.

7. Tenha hobbies

É muito importante desligar-se de suas tarefas profissionais em algum momento do seu dia.

Um dos motivos de muitas pessoas desanimarem é por não conseguirem separar um tempo para elas fora da área profissional. E isso pode ser mais difícil para quem trabalha em casa.

Você precisa definir alguns horários para o seu descanso. Independentemente de onde seja o seu local de trabalho, lembre-se de resolver os problemas relacionados à sua profissão no período reservado para isso.

Quando não estiver envolvido em soluções para algo que você deva fazer profissionalmente, tente descansar sua mente.

Há várias opções para distrair-se, como:

  • Ouvir músicas estimulantes;
  • Ler livros de estilos variados;
  • Ir ao teatro;
  • Assistir filmes;
  • Viajar, mesmo que seja para um local perto e apenas por um final de semana;
  • Praticar esportes;
  • Meditar;
  • Reunir-se com amigos para conversar.

Mesmo quando há problemas no trabalho, essas são maneiras de como se automotivar para não desanimar. Com alguns passos como esses, você consegue renovar suas energias e aumentar sua vontade de seguir firme, forte e motivado.

8. Use ferramentas de coaching

Você sabe o que é coaching?

É uma técnica que visa fornecer suporte para que as pessoas possam aprimorar-se como indivíduos e, a partir disso, transformarem-se e evoluir. Também conhecidas como ferramentas de autoconhecimento, o coaching pode te auxiliar a encontrar suas potencialidades.

Conhecer-se melhor permite que você defina ações e consiga agir em direção aos seus objetivos. E isso é uma automotivação.

Então, caso ache necessário, procure ajuda com esse tipo de profissional para você encontrar um motivo que te faça seguir em frente.

9. Conheça pessoas que tiveram sucesso

Você já percebeu como é estimulante conversar com pessoas que alcançaram seus objetivos?

É muito importante ter boas referências, principalmente se você está começando um novo projeto. Conhecer e relacionar-se com pessoas que tiveram resultados positivos são boas maneiras de como se automotivar.

Cada um tem uma história diferente, afinal, nossos resultados dependem muito de nossos esforços. Porém, ter contato com alguém que tenha conquistado o que desejava pode nos fazer estudar e querer esforçar mais.

Além disso, como já dissemos anteriormente, é muito bom ter ao seu redor pessoas com pensamentos positivos e que estão dispostas a te apoiar.

O que podemos concluir

Quando estamos começando um novo negócio, principalmente se for trabalhar em casa, há alguns fatores que podem nos desanimar. A falta de tempo, as pessoas ao seu redor, a economia do país e até o medo de arriscar são alguns desses problemas.

Sabemos que, no início, tudo pode parecer um pouco mais trabalhoso do que esperávamos. Porém, precisamos ficar atentos para não desanimar.

Manter um alto nível de motivação e execução em todas as áreas da sua vida é a principal maneira de prosperar e obter sucesso. Por isso é importante sempre manter-se motivado.

Se você chegou até aqui, percebeu que é importante aprender como se automotivar para não desistir de seus sonhos. Então, sempre que sentir-se desanimado, lembre-se dessas 9 maneiras de se motivar.

Você tem alguma dica de como se automotivar quando estiver desanimado? Escreva nos comentários quais os truques que você utiliza! Aproveite para compartilhar este texto com seus amigos!

 

Hotmart