Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Fechar Semana do YouTube

Data: 03/09 a 07/09

Aprenda técnicas para criar conteúdos que engajam e aumente a quantidade de seguidores de seu canal!

Inscreva-se

Faça seu negócio digital converter muito com essas 5 dicas

Faça seu negócio digital converter muito com essas 5 dicas

Existem muitas chances de o seu produto ou negócio morrer nos próximos anos!

Talvez você não pense nisso agora, mas a verdade é que existem muitas chances de o seu produto ou negócio morrer nos próximos anos.

Sim, é um mercado promissor, mas cruel. Produtos e negócios podem morrer por diversos motivos! No entanto, existem algumas causas bem relacionadas: ou o produto não evoluiu ou o negócio não evoluiu.

Um desafio muito maior que realizar a primeira venda é continuar faturando e mantendo sua ideia cada vez mais viva.

Ao planejarmos o Hotmart Camp Community Edition, conseguimos mapear 5 pontos de atuação que podem ser otimizados em absolutamente qualquer negócio digital.

Como você provavelmente ainda não conhece o conteúdo praticado no curso, vamos passar um pouco dele aqui. Com essas 5 dicas rápidas, você consegue melhorar seus resultados mesmo que não tenha equipe ou disponha de muito tempo!

No Hotmart Camp Community Edition abordamos cada um desses 5 pontos de maneira detalhada e prática, com exercícios e conversas focadas na execução.

Vamos às 5 maneiras de otimizar seus resultados em marketing digital:

Índice
1. Você sabe quem compra sua solução? 2. Como você planeja e executa a parte de copywriting? 3. Por que não vender mais de uma vez para os clientes? 4. Deixe seu produto no estado da arte para engajar e fidelizar alunos 5. Atraindo e convertendo visitantes do Google em compradores

1 – Você sabe quem compra sua solução?

Existe uma dor bastante comum entre pessoas que desejam otimizar resultados em vendas e não conseguem. Essas pessoas tentam segmentar cada vez mais anúncios e e-mails, mas o retorno não vem.

Isso muitas vezes vai acontecer porque falta definir a buyer persona do seu produto ou solução!

Ao confundir persona e público-alvo, você pode entrar em um campo muito amplo e que não gera a conexão esperada com possíveis compradores.

Aqui, temos um exemplo de público-alvo:

“Homens de 18 a 24 anos, solteiros, sem filhos, classe social C, residem na região nordeste e estão em algum curso superior.”

Meio vago, né? Por isso existe a persona:

“Moisés, 21 anos, está em seu primeiro emprego como analista de sistemas. Não tem namorada e também não pensa em filhos por agora. Sua preocupação é dividir o tempo entre o trabalho e a faculdade, onde cursa Tecnologia da Informação. Sonha em fazer intercâmbio, mas ainda não consegue pagar uma viagem internacional. É disciplinado com dinheiro e orgulhoso de suas origens no Pernambuco.”

Agora, vamos mostrar um anúncio baseado só em público-alvo e outro baseado em buyer persona:

Versão A:
Título: Intercâmbio para universitários, descubra quanto custa
Texto: Viagens internacionais em até 12x sem juros
Call to action: Converse com nosso agente de viagens

Versão B:
Título: Realizar seu sonho de estudar fora pode ser mais barato do que você imagina
Texto: Leve sua cultura para o mundo e traga conhecimentos que valem para a vida toda!
Call to action: Conhecer os planos de viagem

Podemos ver que a versão B é muito mais específica do que a versão A. Ela leva em consideração as características do orgulho (cultura), do sonho (estudar fora) e também o fato de o prospect ser metódico (planos de viagem). Isso quer dizer que a versão A não funciona?

Nem tanto!

Ela pode funcionar sim, mas de maneira menos pessoal. Fica mais difícil criar conexões quando textos são muito amplos.

A buyer persona é tão importante que praticamente toda a programação do Hotmart Camp gira em torno dela.

O que a falta da buyer persona pode causar ao seu produto ou negócio:

  • Atrair clientes certos é mais importante do que apenas atrair clientes.
  • A persona bem definida ajuda a conquistar clientes fiéis e satisfeitos!
  • É muito mais raro ter problemas com um cliente “ideal” do que com qualquer comprador curioso.
  • Sem a persona, fica mais difícil segmentar testes e novos produtos, além de colher feedbacks reais.

2 – Como você planeja e executa a parte de copywriting?

Algo curioso que descobrimos outro dia com uma pesquisa realizada entre produtores e afiliados:

  • 69.9% das pessoas sente dificuldade em gerar conteúdo ou anúncios para o público de compradores.
  • 50,1% nunca usou alguma metodologia ou ferramenta para definição de personas!

Literalmente, a maior parte das pessoas que planejam conteúdo e anúncios não sabem qual é sua buyer persona e isso é crítico.

Sem persona, é inviável criar bons argumentos. Você até consegue, mas precisa escrever muitas vezes até acertar.

Antes de pensar em copywriting, saiba quem é seu comprador. Se você já sabe, vamos então às partes práticas que também passamos no Hotmart Camp!

A base do copywriting é um conjunto de características chamada de 3E’s:

  1. Especificidade
  2. Escassez
  3. Emergencial

Os 3E’s consistem na prática de criar conteúdos e títulos que ressaltam como aquele produto funciona bem para a persona, que ela não pode esperar para sempre por uma oportunidade e é melhor decidir rápido.

Embora os 3E’s sejam universais, é válido ressaltar que funcionam bem melhor quando a escrita é pensada para o público certo.

Veja os 3E’s na prática:

Você vai aprender como tocar seu primeiro solo de guitarra em 3 aulas;
São apenas 37 vagas e não deve surgir uma nova turma;
Aprenda algo novo ainda hoje ou espere mais 6 meses por outra chance.

Particularmente, um dos meus momentos preferidos no Hotmart Camp é presenciar os alunos executando o checklist de 14 elementos de copywriting em uma boa carta de vendas!

3 – Por que não vender mais de uma vez para os clientes?

Essa é uma das várias perguntas em nossa aula sobre funil de negócios e jornada do cliente!

Acaba sendo comum encarar o termo “funil” como apenas uma sequência de e-mails e compras.

Porém, como o próprio Google afirma, a ideia de funil começa a ficar cada vez mais ampla e flexível. Esse é o tipo de visão necessária para o crescimento das vendas em um negócio: nenhuma empresa vive de um produto só e cada produto demanda uma nova fase da persona.

Nem a Coca-Cola ou a Toyota trabalham com um produto só. Por que você deveria?

Aqui fica um dado: mais de 75% dos compradores voltaria a realizar alguma compra com o mesmo produtor. Se não existe mais de um produto em sua estratégia, chegou a hora de pensar nisso!

Encare o funil como uma jornada do comprador entre todas suas opções de oferta! A cada dia que seu comprador vive ou a cada solução adquirida, as dores e necessidades mudam.

De repente, a pessoa que tomava refrigerante todos os dias se preocupa com seus níveis de açúcar e, se a fabricante não oferece uma opção sem açúcar, perde um cliente.

Compradores fidelizados possuem uma característica ainda mais importante que a transação: eles defendem e promovem sua marca. E como revelamos em uma palestra no FIRE, defensores de marca exercem 50% mais influência de compra que propagandas comuns.

Quanto mais vezes você tratar o problema de uma pessoa ou apresentar novas oportunidades positivas, maior é seu Lifetime Value e o alcance de sua base!

Isso sem contar que você não paga para adquirir compradores que já estão na base. Logo, é uma venda com muito mais ROI.

4 – Deixe seu produto no estado da arte para engajar e fidelizar alunos

Convenhamos que o trabalho de fidelizar alunos ou vender mais de uma vez para eles fica bem mais difícil sem um produto bem estruturado. Outra questão a ser levantada é o fato de que se você investe tanto tempo e esforço na venda, por que não se dedicar à qualidade do produto?

Nesse momento do curso, reunimos todas as dores da persona, fases do funil e promessas de venda e transformamos em conteúdo linear, estratégico e didático.

Todo bom curso precisa de alguns elementos:

  • Módulos nivelados de fácil a difícil;
  • Promessas claras;
  • Pequenas transformações a cada aula;
  • Aulas práticas;
  • Suporte;
  • Métricas de acompanhamento.

Para entender qual a parte fácil, intermediária ou difícil de seu produto, é necessário saber as dores e nível de conhecimento da sua persona. Cada dor pode ser solucionada em uma fase distinta.

A grande vantagem aqui é mostrar ao aluno que aquela promessa feita na carta de vendas é possível e entregar micro-transformações a cada momento.

De maneira simplificada, imagine cada promessa da sua carta de vendas como um módulo a ser estudado no curso.

Com aulas bem planejadas e curso estruturado de maneira que facilite o aprendizado, basta um pouco de timing e contexto para oferecer um novo curso. Talvez você nem precise de anúncios, apenas um e-mail ou aula ao vivo.

Das grandes vantagens de pensar em um roteiro de curso: redução nos índices de reembolso e suporte, melhoria no lifetime value e satisfação, além de alunos mais realizados!

5 – Atraindo e convertendo visitantes do Google em compradores

Por incrível que pareça, esse é um erro cometido por muitos produtores! Ao colocar muito foco em lançamentos e testes de vendas, é comum que até mesmo grandes especialistas em marketing digital esqueçam de cuidar do SEO de seus produtos e soluções.

Embora os resultados diretos de uma estratégia baseada em SEO sejam colhidos a médio e longo prazo, investir tempo e esforço em deixar seu produto e seu nome bem posicionados pode gerar receita passiva, reforço de marca e aumentar o sentimento de segurança por parte de seu comprador uma vez que vários resultados de pesquisa podem apontar para sua marca.

Há dezenas de fatores que podem fazer sua página atrair mais cliques e tráfego. E de todos os fatores, a frequência e qualidade do conteúdo publicado é o que mais abordamos com nossos alunos.

Com algumas horas de estudo e prática todos os dias, você já passa a ter crescimento de tráfego orgânico e melhor posicionamento. Ao evoluir seu conteúdo e testar novos CTAs em cada oportunidade, é possível metrificar o interesse do público em suas propostas.

Aqui, algumas dicas práticas:

Caso você ainda não domine nada de SEO tradicional ou queira até aprender SEO para YouTube, saiba que o maior esforço será em otimização constante! Aqui temos mais de 80 materiais relevantes em termos de SEO e tráfego orgânico.

E como aprender todas essas otimizações em pouco tempo, na prática, com resultados tangíveis?

Nosso grande objetivo com eventos no formato Hotmart Camp é trazer conteúdo técnico que pode ser replicado em ações diárias para evoluir negócios digitais.

No caso do Hotmart Camp Community Edition, o esforço é voltado à aceleração de vendas, independentemente do estágio do negócio.

O Hotmart Camp Community Edition é um curso presencial com vagas limitadas e aulas feitas por especialistas que vivem esses desafios diariamente!

Em 9 horas de curso damos 5 aulas intensivas sobre todas as áreas de otimização aqui abordadas! Ao final de um dia, todos os alunos estão capacitados a montar um plano de execução para crescer em vendas e atrair cada vez mais compradores fidelizados.

Além de tudo, ainda doamos parte da receita a instituições como Projeto Ninho e Amigos do Bem!

Cada edição é realizada em uma nova cidade e costuma esgotar em poucos dias.

Quer saber sobre as próximas turmas?

Deixe seu e-mail aqui e vamos conversando!

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.