FecharNotificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

FecharNewsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Ideias de empreendedorismo: 13 cases do FIRE para te inspirar

Ideias de empreendedorismo: 13 cases do FIRE para te inspirar

Conheça as histórias de quem já passou pelo nosso evento e inspire-se!

O número de pessoas querendo criar seu próprio negócio não para de crescer. No entanto, muita gente não sabe por onde começar.

A boa notícia é que existem áreas de atuação que estão em alta, como o mercado digital, por exemplo. Explorar esses segmentos pode ser o segredo para seu sucesso profissional.

Para te ajudar, separamos uma lista com as melhores ideias da atualidade para quem deseja empreender. São cases de sucesso de palestrantes do FIRE, um dos maiores eventos da área de marketing e empreendedorismo digital do Brasil.

Inspire-se com as trajetórias de nomes como Erico Rocha, autor do Fórmula de Lançamento e David Vélez, a mente por trás do Nubank, uma das startups financeiras brasileiras mais bem-sucedidas dos últimos tempos.

1. Criar conteúdo no YouTube

De acordo com dados do YouTube, mais de 1 bilhão de horas de vídeos são assistidas por dia, na plataforma. Veja como usar essa demanda a seu favor!

Casey Neistat

Casey Neistat é um youtuber e videomaker com mais de 9 milhões de inscritos que ganhou a atenção dos internautas com vlogs, tutoriais, vídeos humorísticos e motivacionais.

Seu sucesso com a produção de vídeos lhe permite viajar pelo mundo, conhecer novos lugares e viver fazendo o que gosta.

Para Casey Neistat, o segredo para conseguir gerar renda na internet é ter as habilidades e ferramentas necessárias para se comunicar e se conectar com uma grande audiência, o que gera oportunidades de rentabilizar sua presença digital.

Tudo que eu sabia era que quanto mais eu trabalhava e mais conteúdo eu criava, maior seria a minha audiência, mais oportunidades apareceriam. E tudo isso se conecta a uma grande ideia, que é esse espaço, o universo de vídeos online, de marketing online, de mídia digital.

Chata de Galocha

Lu Ferreira, do blog Chata de Galocha, possui um canal no YouTube com mais 700 mil seguidores e faz do seu trabalho online sua fonte de renda. A blogueira já firmou parcerias com marcas como L’oreal, Chevrolet, O Boticário, NIVEA e MAC, entre várias outras.

A blogueira e youtuber atua no nicho de moda e beleza e, para ela, o segredo está em levar conteúdo valioso e diverso para o público, a fim de se diferenciar da concorrência.

Um dos diferenciais de seu canal no YouTube é a segmentação de conteúdos por playlists, nas quais ela aborda temas diversos como maternidade, lifestyle, moda, beleza e comportamento.

Desimpedidos

O Desimpedidos é um dos maiores canais sobre o universo do futebol do Brasil e conta com mais de 5 milhões de inscritos. Com uma abordagem completamente diferente, que mistura humor com informações relevantes, o canal vem conquistando cada vez mais seguidores.

Para eles, o planejamento de conteúdo é essencial para quem deseja empreender na internet, pois os seguidores gostam de acompanhar pessoas e marcas que produzem conteúdo constantemente.

Pyong Lee

Pyong Lee é youtuber, ilusionista e hipnólogo. Seu trabalho no canal é acompanhado por milhões de pessoas do Brasil e do mundo (quase 5 milhões!).

Além de compartilhar momentos da sua vida e dia a dia, o empreendedor ensina como fazer mágica.

Uma das estratégias de Pyong para quem quer fazer seu próprio canal crescer é colaborar com outros youtubers e conseguir parceiros. Essa estratégia é ótima para ampliar o alcance de seu conteúdo e conseguir novos seguidores.  

Além disso, o jovem também oferece cursos de hipnose e possui um ebook sobre o assunto.

2. Criar produtos digitais

Com o avanço da internet e a popularização do acesso, cada vez mais pessoas estão em busca de soluções rápidas para seus problemas, como cursos EAD e livros que podem ser consumidos 100% online. Confira as dicas de quem já passou pelo FIRE.   

Neil Patel

Neil Patel ensina sua audiência a faturar com um produto digital. De acordo com ele, o ideal é que o produto escolhido seja simples, não competitivo e que o Produtor seja expert no assunto.

A simplicidade está na ausência de burocracia e a não competitividade diz respeito à inexistência de outros players explorando o produto.

Por fim, para que a ideia possa ser desenvolvida, é fundamental que o empreendedor seja o melhor naquele segmento, naquela área, para conseguir atender a todas as expectativas criadas pela marca.

Você não quer criar apenas um produto que dê dinheiro. Você quer fazer um produto que o deixe orgulhoso.

Erico Rocha

Autor do produto digital mais vendido do Brasil, o Fórmula de Lançamento, Erico Rocha é autoridade quando o assunto é marketing digital. Ele se tornou um dos principais especialistas nesse segmento, dando palestras e ensinando pessoas como alcançar grandes resultados em seus empreendimentos online.

Erico trabalha constantemente fomentando a criação de ideias de empreendedorismo que possam ajudar pessoas a ganhar dinheiro trabalhando no mundo digital. Seus projetos já ajudaram milhares de novos empreendedores a dar o primeiro passo nesse segmento.

3. Oferecer serviços de marketing e vendas

As áreas de marketing e vendas estão em alta e prometem continuar crescendo nos últimos anos. Veja alguns empreendedores que já passaram pelo FIRE e que são feras no assunto:

Vitor Peçanha (Rock Content)

Vitor Peçanha, co-fundador da Rock Content, se tornou uma das maiores referências no mercado de marketing digital do Brasil.

Para ele, uma das ideias de empreendedorismo que vale para todo e qualquer negócio é apostar no marketing de conteúdo.

Sem a produção de conteúdo relevante, o tráfego é reduzido e os resultados também ficam deficientes. Criar autoridade é um dos primeiros passos para conseguir grandes resultados no mercado digital, que opera em uma lógica bem diferente do mercado tradicional.

Fábio Ricotta (Agência Mestre)

Fábio Ricotta trabalha com otimização de sites desde 2005. Formado em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Itajubá, produz conteúdo relevante e compartilha suas técnicas com outras pessoas que desejam entrar para esse segmento.

Trabalhar com otimização de sites é um negócio bastante rentável. O profissional dessa área detém o conhecimento necessário para melhorar o posicionamento dos sites nos motores de busca, trazendo visibilidade para marcas próprias e marcas de terceiros.

Rafael Albertoni (Sociedade Brasileira de Copywriting)

A Sociedade Brasileira de Copywriting é a primeira instituição do país voltada ao estudo do copy e suas implicações no mercado, e tem Rafael Albertoni como cofundador.

Albertoni costuma ressaltar que de nada adianta ter ideias de negócios criativos sem colocar em prática técnicas de venda voltadas exclusivamente para o mercado digital. O copy, a redação publicitária, é uma estratégia poderosa que pode colocar um negócio em uma posição de destaque no mercado.

O uso da linguagem correta, com gatilhos mentais, persuasão e outros truques que atraem e cativam o leitor é essencial para que um negócio seja visto como atraente pelos leitores.

Conrado Adolpho (8Ps)

Conrado Adolpho é um dos maiores empreendedores do Brasil, focado no desenvolvimento e impulsionamento de pequenas e microempresas, além de autor do livro de marketing mais vendido do país. É dele também o método 8Ps, o mais implementado por empreendedores brasileiros.

Sua dica para impulsionar as vendas e começar qualquer negócio é focar na simplicidade, para resolver problemas reais, oferecendo soluções práticas.

4. Inovar em mercados já existentes

Não é necessário reinventar a roda, mas é possível inovar em mercados já existentes! Procurar aquilo que falta em empresas ou instituições de sucesso pode ser a chave para criar um empreendimento realmente diferenciado.  

UBER

A UBER ensinou muito bem como criar produtos e serviços que façam diferença na vida das pessoas. Mais do que ganhar dinheiro, as marcas devem procurar agregar valor e oferecer a melhor experiência possível para os usuários.

Apesar de já existirem táxis, a UBER inovou trazendo uma solução que permite ao usuário solicitar o veículo via aplicativo, pagar no cartão de crédito de forma automática, avaliar a corrida, compartilhar a rota e muito mais.

Além disso, ainda possibilitou diminuir a burocracia para os motoristas e abrir oportunidade de emprego para milhões de pessoas no mundo.

Spotify

O Spotify é mais um exemplo de empreendimento que inovou e trouxe uma experiência inédita aos clientes. Consumir música com o aplicativo ficou muito mais fácil: pagando um valor mensal, é possível ouvir uma infinidade de artistas, álbuns e trilhas.

O Spotify trabalha com três pilares. O primeiro deles é colocar o usuário em primeiro lugar. O segundo é analisar a experiência do usuário. O terceiro é o contexto, analisar a música certa para cada pessoa, em cada momento do seu dia.

O cuidado com o usuário fez da marca a maior do mundo na distribuição de músicas via streaming.

David Vélez (NuBank)

O Nubank é uma das maiores fintechs do Brasil. Uma empresa do segmento financeiro que emprega tecnologia em seus processos, para simplificar a vida dos consumidores e atrair a atenção de uma demanda cada vez mais crescente.

David Vélez é fundador e CEO do Nubank, que recentemente expandiu sua atuação, passando a oferecer, além do cartão de crédito, uma conta corrente com rendimento superior à poupança.

A dica de Vélez é entregar aos consumidores aquilo que eles precisam, sem burocracia e  serviços desnecessários.

Venha para o FIRE Festival!

O FIRE está repleto de talentos do empreendedorismo e marketing digital ansiosos para compartilhar seus maiores segredos com os participantes.

Serão três dias de evento, nos quais você também terá a oportunidade de ter insights que vão reinventar toda sua carreira.

Acesse nosso site para garantir sua presença no evento!   

educação a distância vantagens e desvantagens

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.