Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Fechar Minicurso Hotmart

Você é professor?

Já tem conteúdo para ensinar?

Comece 2019 com o pé direito e sendo dono de seu próprio negócio.

Aprenda a criar seu curso online de forma gratuita.

QUERO ACESSAR O MINICURSO
Fechar ¿Cómo crear el ebook perfecto para venderlo en Internet?

¿Cómo crear el ebook perfecto para venderlo en Internet?

Aprende a transformar tu conocimiento en un ebook con nuestra guía gratis.

¡DESCARGA EL MATERIAL!

15 ideias de vídeo para engajar seguidores no YouTube

15 ideias de vídeo para engajar seguidores no YouTube

Veja como seu canal pode se destacar e atrair novos assinantes com um conteúdo interessante!

Estar na internet não é mais um diferencial, e sim algo mandatório para quem pretende empreender. As fontes de tráfego, porém, estão passando por uma grande transformação.

Se antes os sites e blogs eram os maiores responsáveis pelo engajamento dos usuários, atualmente, um dos formatos que mais tem se destacado é o vídeo.

De acordo com o YouTube, cerca de 80% do tráfego gerado até 2019 será proveniente de vídeos. Mas para acompanhar essa tendência não basta apenas produzir em grande quantidade, e sim conhecer os melhores formatos de vídeo capazes de gerar grande engajamento e atrair seguidores.

Neste post, daremos 15 ideias de vídeos com formatos interessantes, que trazem resultados quando aplicados da forma correta.

Confira:

Índice
  1. Colab
  2. Tutorial
  3. Lives
  4. Vídeos de perguntas e respostas
  5. TAGs
  6. Vlogs
  7. VEDA
  8. Videoaula
  9. Dicas em geral: aplicativos/filmes/séries
  10. Entrevistas ou videoconferências
  11. Use seus talentos
  12. Review de produtos/serviços
  13. Retrospectivas
  14. Reagindo a
  15. Favorito do mês

Passo a passo para criar um perfil no YouTube

Existem várias ideias de vídeos em formatos que rendem bom engajamento no YouTube. Mas antes de colocar a mão na massa, é preciso ter um canal exclusivo dentro dessa plataforma.

Caso você ainda não tenha criado seu canal, disponibilizamos um passo a passo bem intuitivo a seguir:

1. Acesse o YouTube com sua conta de e-mail

O acesso ao YouTube é gratuito. Todo mundo pode ver os vídeos públicos, subir seus próprios materiais e criar um canal próprio.

Para isso, acesse sua conta do YouTube usando uma conta de e-mail do Google. Pode ser seu e-mail pessoal ou outro criado para esse fim específico.

Caso você não tenha uma conta no Google, poderá criá-la em questão de poucos minutos.

O processo é bem rápido e intuitivo, bastando que o usuário informe seu nome, sobrenome, data de nascimento, um número de telefone para o envio do código de acesso e pronto! A conta estará criada e pronta para ser utilizada.

2. Crie um canal exclusivo

Por padrão, os usuários do YouTube não possuem canal dentro da plataforma, já que estes são de criação opcional.

Se seu objetivo é compartilhar vídeos dentro da plataforma, clique em criar canal e escolha um nome para ele.

Lembre-se que o nome do canal deve refletir a essência de seu negócio, uma vez que será uma das primeiras informações vistas pelos usuários.

3. Faça upload do vídeo

O YouTube permite que todo usuário envie seus vídeos de forma simples e rápida. Basta clicar no ícone de seta na home de seu canal e selecionar o arquivo que você deseja compartilhar.

Você precisará preencher as informações básicas do vídeo, como título, descrição, marcadores e outras que são solicitadas.

Uma vez que seu vídeo estiver postado, você pode monetizá-lo com a exibição de publicidade, por meio de programas como o Google AdSense.

(Se você ainda tem alguma dúvida, leia nosso post com um checklist completo que te ensina como criar um canal no YouTube.)

15 ideias de formatos para engajar seguidores no YouTube

Agora que você já criou seu canal, pode começar a pensar nos formatos de vídeos para ganhar e engajar seus seguidores.

Veja as 15 ideias de vídeos que chamam mais atenção no YouTube e selecione aquelas que tenham mais afinidade com seu modelo de negócio e, principalmente com sua audiência.

(Você não entende bem qual todos os gostos de seu público? Confira nosso post que te ensina a traçar o perfil de sua persona.)

1. Colab

Uma das ideias de vídeo que gera grande engajamento nas redes sociais é a Colab. Trata-se de um vídeo produzido em parceria com outros YouTubers que atuem em áreas relacionadas a sua.

Produzir vídeos em parceria com outros players do mercado é um dos melhores métodos para angariar novos seguidores para seu canal. Isso porque você aparecerá no canal de outro YouTuber e ele no seu, o que fará com que seus seguidores conheçam um canal novo e que os seguidores dele te conheçam.

Apesar de não existirem regras sobre como realizar a Colab, é importante sempre convidar YouTubers que falem para um perfil semelhante ao de sua audiência, pois é mais provável que eles tenham interesse em seu canal, por terem gostos parecidos ao de seu público.

2. Tutorial

Um outro formato audiovisuais também muito utilizado é o tutorial. Como o próprio nome indica, os vídeos nesse formato ensinam alguma técnica ou conhecimento.

Os tutoriais variam de acordo com o tema e complexidade.

Um vídeo ensinando a fazer uma trança de cabelo, por exemplo, pode ser bem curto e com menos diálogo e mais ação, enquanto um vídeo mostrando como fazer uma pintura em aquarela exige uma abordagem mais detalhada.

Ao escolher o tema dos tutoriais é importante levar em conta as características de seu canal, seu nicho de mercado e seu nível de conhecimento sobre o assunto do vídeo. Afinal, tutoriais devem ser vídeos objetivos e que permitam o desenvolvimento da tarefa sem grandes problemas.

3. Lives

As lives são transmissões ao vivo que podem acontecer a qualquer momento.

Trata-se de uma das ideias de vídeo mais práticas, já que não demandam edições após a gravação do material.

Durante as lives, é possível apresentar eventos ou produtos e conversar com os seguidores.

Nesse formato, a carga de pessoalidade é maior, gerando mais engajamento dos seguidores.

Para estar preparado para fazer lives, é importante contar sempre com equipamentos disponíveis e funcionais e, principalmente, com um pacote de dados que suporte a transmissão para não comprometer a experiência do espectador.

4. Vídeos de perguntas e respostas

Para explorar os vídeos de perguntas e respostas é preciso, em primeiro lugar, colher as perguntas junto aos seguidores.

Muitas pessoas que acompanham canais dentro do YouTube deixam perguntas públicas nos comentários do vídeo. Pegar essas perguntas e criar respostas pode ser uma ótima maneira de mostrar o interesse da marca com seus seguidores.

Outra maneira de conseguir perguntas é utilizando suas redes sociais. Você pode fazer postagens no Instagram, por exemplo, e informar que as perguntas deixadas em uma determinada postagem serão respondidas em seu canal no YouTube. Assim, você consegue até mesmo levar seus seguidores que estão apenas em uma de suas redes sociais para conhecer seu canal no YouTube.

5. TAGs

Novas ideias de vídeo estão sempre surgindo. Uma delas é a TAG, um vídeo interativo que pretende fazer a aproximação entre o YouTuber e seus seguidores.

O termo TAG (traduzido do inglês, etiqueta) servia para categorizar um vídeo a partir de sua palavra-chave com o objetivo de facilitar a busca dos usuários no diretório.

Mas, recentemente, as TAGs são usadas como uma espécie de linha editorial para os vídeos, como contar uma história pessoal, fazer um desafio entre amigos, responder perguntas, etc.

Um dos exemplos é a TAG 50 fatos sobre mim.

No vídeo gravado para essa TAG, o YouTuber deve citar 50 fatos, estranhos ou não, sobre sua personalidade.  Mas, novamente, as TAGs devem ser escolhidas levando em consideração o tipo de conteúdo que seu público tem interesse em consumir.

6. Vlogs

O Vlog é praticamente um blog, só que em formato audiovisual.

Os canais que optam por esse formato criam uma série de vídeos mostrando momentos do dia a dia, praticamente sem edição.

Não há frequência certa, nem obrigação de postagem. Tudo depende do dia do YouTuber e as coisas que ele deseja mostrar para seus seguidores.

Os vlogs são ideais para mostrar bastidores de acontecimentos importantes, como participação em eventos ou um lançamento de produto.

7. VEDA

O VEDA (Vlog Every day April/August) difere do tradicional Vlog em razão da periodicidade.

Quem se compromete a disponibilizar vídeos nesse formato deve subir material todos os dias dos meses de abril ou agosto.

O formato é mais indicado para pessoas que desejam ensinar algo, como os benefícios de praticar esportes todos os dias, por exemplo.

8. Videoaula

Para quem procura ideias de vídeo com alto poder de engajamento, a videoaula é um dos formatos mais indicados.

Diferente dos tutoriais, que são rápidos e objetivos, as videoaulas são mais didáticas. Com esse formato é possível aprender qualquer assunto, como tocar um instrumento, desenhar e até mesmo consertar aparelhos domésticos.

Em razão do aumento da procura por formas alternativas de aprendizado, as videoaulas estão ganhando cada vez mais espaço no mercado audiovisual.

Caso você queira lucrar com seu conhecimento, experimente disponibilizar parte de seu conteúdo gratuitamente e convidar o espectador a conhecer seu curso completo em uma plataforma EAD de sua preferência.

9. Dicas em geral: aplicativos / filmes/ séries

Quando vamos comprar algo no mercado ou até mesmo assistir a um filme, é normal que procuremos opiniões de outras pessoas sobre aquele produto ou serviço.

As qualificações e comentários nos ajudam a tomar uma decisão mais acertada, pois são baseadas em experiências reais com aquele item.

Você pode aproveitar que as pessoas têm interesse nesse tipo de conteúdo e gravar vídeos dando indicações. Podem ser dicas de filmes, livros, aplicativos ou até mesmo sobre bens de consumo, como aparelhos celulares e computadores.

Por se tratar de um vídeo que formará opiniões, é fundamental que as dicas sejam sinceras e que a avaliação leve em consideração os prós e contras do produto que você está indicando.

10. Entrevistas ou videoconferências

Convidar outro YouTuber para fazer um colab é excelente para atrair novos seguidores. O mesmo vale para as entrevistas e videoconferências.

Esses são modelos de vídeos que permitem trazer para o debate outras pessoas, mesmo quem não tem um canal na plataforma.

As entrevistas podem ser com pessoas famosas, conhecedoras em determinado assunto, ou até mesmo pessoas comuns, como os próprios seguidores do canal, desde que eles tenham um conhecimento que pode ser relevante para quem está assistindo.

11. Use seus talentos

Se você toca, canta, desenha, uma boa ideia pode ser fazer um vídeo mostrando esse talento na prática.

O que vale a é criatividade na hora de produzir o vídeo. Quanto mais autêntico e pessoal, maior será o engajamento.

12. Review de produtos/serviços

Diferente dos vídeos de dicas, os vídeos review de produtos e serviços focam mais na usabilidade e na experiência de compra de um produto ou serviço.

Eles podem ser feitos de maneira independente ou em parceria com uma marca. Em ambos os casos, sua opinião deve ser sincera e isenta, ou seja, nunca indique para seus seguidores algo que você mesmo não usaria.

Por mais que esse modelo te ajude a gerar receita a curto prazo, ele pode prejudicar sua credibilidade com seus seguidores e sacrificar futuras oportunidades de negócio caso você indique algo que não seja realmente bom.

13. Retrospectivas

A maioria das pessoas gosta de retrospectivas. Isso porque elas permitem rever tudo que aconteceu de importante durante um mês, semestre ou ano.

A televisão, o rádio e a mídia impressa já se valem da retrospectiva para se comunicar com seus clientes e telespectadores. Então, por que não usar essa ideia de vídeo em seu canal no YouTube também?

Junte tudo que rolou durante o ano, os eventos mais importantes, e crie um vídeo específico para tratar desses eventos. O engajamento tende a ser alto e as chances do vídeo se tornar viral se elevam.

14. Reagindo a

No vídeo reagindo a, o YouTuber diz o que acha sobre determinado acontecimento, evento, etc. Pode ser com relação a algo em seu passado, como fotos, ou com relação a outras pessoas, como celebridades.

Para que esse conteúdo se destaque é preciso selecionar os assuntos mais relevantes e ser rápido para postar o vídeo enquanto ele é pertinente.

15. Favoritos do mês

Para quem procura ideias de vídeo que possam ser implementadas com frequência, esse é um dos melhores formatos.

Nos vídeos com favoritos do mês, o YouTuber faz uma lista com produtos, serviços, aplicativos, eventos, filmes ou viagens, por exemplo.

Mas atenção! Devem ser listados apenas os melhores dentro do intervalo de tempo selecionado.

Comece a produzir vídeos

Você já deve ter percebido que existem diversas ideias de vídeos com formatos muito interessantes que podem ajudar a engajar seguidores e aumentar o alcance de seu canal. O ideal, agora, é que você comece a explorar o quanto antes esse tipo de conteúdo.

Independentemente do formato de vídeo que você escolher fazer, é sempre importante levar em consideração sua audiência, para criar conteúdos que agradem seu público.

Há vários fatores que interferem na hora de gravar um vídeo para o YouTube, e um deles é a iluminação. Mas se você ainda não sabe como fazer isso, não fique preocupado. Confira agora mesmo nosso post que te ensina como fazer uma ótima iluminação para seus vídeos.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.