Sparkle app icon

Sparkle App
Participe da comunidade exclusiva do nosso blog!
Grátis -

VER

7 ideias lucrativas para você começar a empreender em 2020

7 ideias lucrativas para você começar a empreender em 2020

Quem quer abrir um negócio próprio e ter sucesso neste ano, precisa ficar de olho nas maiores tendências do mercado.

Conquistar a independência financeira, perseguir o sonho da infância, mudar de carreira ou aumentar a renda da família. São muitos os motivos que podem levar alguém a querer abrir o próprio negócio.

Mas, com a economia se recuperando lentamente, muitas pessoas acabam se sentindo inseguras e com medo de empreender.

Felizmente, com bastante planejamento e estudo, ainda é possível abrir um negócio rentável, mesmo que o cenário econômico pareça desfavorável.

E uma das melhores maneiras de ter sucesso nessa empreitada é ficar de olho nas tendências de mercado para os próximos 12 meses.

Foi pensando nisso, e para ajudar você a conquistar o sonho do negócio próprio, que reunimos 7 ideias para empreender em 2020 para te inspirar. Então, lápis e papel na mão, e continue a leitura!

As melhores ideias para empreender em 2020

Um dos grandes desafios que quem quer investir enfrenta é encontrar um nicho de mercado rentável e seguro. Afinal de contas, abrir um negócio exige um certo investimento e o empreendedor quer ter a certeza de que terá retorno.

Uma dica para quem quer abrir um negócio próprio em 2020 é ficar de olho nas tendências. Saber quais os setores mais crescem e aqueles com grande potencial para se destacarem ajuda a decidir onde investir.

Não sabe por onde começar? Então, não se preocupe que nós vamos te ajudar!

Reunimos algumas das melhores ideias para empreender. São dicas de empreendimentos dos mais diversos setores e que podem render ótimos retornos.

Índice
  1. Beleza e cosméticos
  2. Alimentos saudáveis e gourmet
  3. Mercado pet
  4. Economia compartilhada
  5. E-commerce
  6. Clubes de assinatura
  7. Cursos online

1. Beleza e cosméticos

O setor de beleza e cosméticos é daqueles nichos que, mesmo durante períodos de crise, conseguem crescer. Isso porque dificilmente os consumidores deixarão de comprá-los.

Por causa disso, essa é uma das grandes apostas para 2020. De acordo com dados da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC), o setor de estética e cosméticos deve crescer 14% neste ano. Só em 2018, esse mercado movimentou mais de R$ 40 bilhões.

Portanto, se você quer abrir seu próprio negócio e aumentar sua renda, pode começar a investir nesse nicho.

Algumas das maiores tendências do setor para este ano incluem:

  • cuidados com a beleza masculina, com produtos voltados para a manutenção da barba e cosméticos produzidos de acordo com as especificidades do público masculino;
  • produtos de beleza e cosméticos veganos, livres de ingredientes de origem animal e não testados em animais;
  • produtos pensados para o cuidado e tratamento de cabelos cacheados e crespos;
  • retorno das esmalterias, negócios especializados no cuidado e beleza das unhas;
  • cosméticos livres de pigmentos sintéticos e produzidos com ingredientes naturais.

Se você tem afinidade com o setor de beleza e cosméticos, pode abrir seu próprio espaço, como um salão de beleza especializado em algum nicho, ou revender os produtos de alguma marca.

Como o setor é um dos mais resistentes à crise e dá sinais de que continuará crescendo, a chance de render bons dividendos é relativamente alta.

2. Alimentos saudáveis e gourmet

Investir no setor de alimentação nunca sai de moda é uma das ideias para empreender em 2020 com mais chance de trazer resultados positivos. E tudo isso graças a duas tendências em alta: alimentos saudáveis e gourmet.

Um dos critérios que os consumidores mais levam em conta na hora de comprar um produto é a sensorialidade e o prazer que ele oferece. Foi isso o que constatou o relatório Brasil Food Trends 2020, que reúne as principais tendências do setor de alimentação no país.

Por causa disso, a dica para quem quer adentrar no setor neste ano é comercializar alimentos com maior valor agregado: os alimentos gourmet.

E aqui vale desde oferecer versões premium de alimentos e pratos tradicionais, como no caso das hamburguerias gourmet, até criar novas categorias.

Mas não são apenas os gourmet que fazem sucesso com o consumidor. A sustentabilidade e o bem-estar também estão no topo das preocupações do brasileiro. Nesse sentido, alimentos orgânicos, light e veganos são boas opções de investimento.

Isso acontece porque a população está cada vez mais preocupada com a saúde e com o meio ambiente. Portanto, alimentos naturais, com redução de açúcares e gorduras ou sem ingredientes animais estão em alta no mercado.

Se você pensa em investir nesse nicho, pode abrir uma lanchonete ou restaurante focado em alimentos saudáveis para atender a esse público.

3. Mercado pet

O Brasil já é o segundo maior mercado pet do planeta, segundo dados do Instituto Pet Brasil, movimentando mais de R$ 35 milhões somente em 2019.

Vários tipos de negócio se enquadram nesse mercado: pet shops, clínicas veterinárias, lojas especializadas, marcas de alimentos e produtos para animais e até padarias próprias para cães e gatos.

Ou seja, apostar no setor é uma das melhores ideias para empreender em 2020.

Uma boa ideia é pegar carona na ascensão do pet food, que são alimentos naturais e caseiros para os animais de estimação. Afinal, muitos donos de cães e gatos estão cada vez mais preocupados com a saúde de seus bichos.

4. Economia compartilhada

Com certeza você já ouviu falar de Uber e Airbnb. Essas startups estão entre as maiores e mais famosas empresas de tecnologia do mundo e se enquadram em um modelo de negócio baseado na economia compartilhada.

A ideia é permitir que os usuários compartilhem bens e serviços (como carros, hospedagem, bicicletas etc) por meio de aplicativos e plataformas online. Assim, os consumidores economizam e ainda reduzem o impacto ambiental causado pelo consumo.

O setor já está se diversificando e já conta com apps voltados para aluguel de bicicletas, serviços de dogwalker (que consiste em passear ou cuidar de cães), brechós, entre outros.

Você pode criar um sistema de compartilhamento de bikes, patinetes, carros, roupas, eletrodomésticos, livros… a criatividade é o limite!

5. E-commerce

Criar uma loja virtual é uma alternativa bastante prática e rentável para quem pretende começar a empreender neste ano. Já são mais de 900 mil lojas online no Brasil, como mostrou um levantamento da BigData Corp , o que mostra que o setor está em pleno crescimento.

Uma ótima ideia para quem quer começar nesse mercado é apostar em plataformas prontas para e-commerce ou marketplaces. Assim, você consegue vender seus produtos para um grande público sem a necessidade de criar sua própria loja online.

6. Clubes de assinatura

Os clubes de assinatura estão entre as melhores ideias para empreender neste ano. Esse tipo de serviço engloba cada vez mais segmentos, de cervejas artesanais até livros.

Até 2017, o Brasil somava 350 clubes de assinatura, de acordo com dados da Associação Brasileira dos Clubes de Assinatura. E os nichos mais populares – e rentáveis – são os de vinhos, cervejas, produtos de beleza, livros e artigos para o público nerd.

Por ser tão amplo, o mercado de clubes de assinatura é uma ótima opção de investimento, já que o empreendedor tem uma variedade de públicos bastante segmentados nos quais apostar.

7. Cursos online

Se você possui conhecimento e autoridade em algum campo do conhecimento, pode aproveitar para transformá-lo em lucro ensinando o público.

Os cursos online não para de crescer e são cada vez mais procurados pelas pessoas. Afinal, existem diversas vantagens, tanto para os alunos quanto para os professores.

Além do fato de ser possível trabalhar de casa e pela internet, criar um curso online é relativamente fácil e barato. E como ele é disponibilizado online, é mais escalável, já que não é preciso produzir um novo curso para cada cliente.

Segundo uma pesquisa do portal eLearning Brasil, o setor de ensino a distância registrou um grande crescimento nos últimos anos, movimentando em torno de USD 80 milhões no país.

Certamente esse é um dos melhores nichos para quem quer abrir o próprio negócio e conquistar a autonomia financeira.

Os cursos online mais procurados pelo público incluem aqueles voltados para saúde, esportes, beleza, educação, relacionamento e desenvolvimento pessoal.

Portanto, se você possui conhecimento em algum desses nichos, pode compartilhar o que sabe na internet e ganhar por isso.

O que você está esperando para começar a empreender?

Você não tem desculpa para não abrir seu próprio negócio e mudar de vida em 2020, ainda mais depois de conferir todas as ideias para empreender que reunimos neste artigo.

Como vimos, são muitos os nichos e segmentos que prometem crescer neste ano e garantir bons rendimentos para quem quiser investir.

E não importa o mercado que você escolher atuar. A internet pode te ajudar a conquistar a tão sonhada independência. Então não deixe de conferir quais são as melhores coisas para vender online aqui em nosso blog.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.