Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Como a Internet das Coisas (IoT) está transformando o marketing digital?

BUSCA...

Como a Internet das Coisas (IoT) está transformando o marketing digital?

Você já ouviu falar sobre IoT? Entenda melhor sobre conceito.

O marketing digital já está consolidado como a forma mais atual de promover produtos e atingir um público-alvo, porém, há muito ainda para evoluir quando falamos em estratégias digitais de marketing. Uma delas é a utilização da IoT (Internet das Coisas) nas campanhas como uma tendência central para o futuro.

Conectar todas as coisas à rede. Sim! É isso que especialistas afirmam que vai acontecer em breve. Isso representa, em termos de informação, o acesso imediato a uma grande quantidade de dados, fator de extrema importância para a área de marketing.

Muitas empresas já aderiram à Internet das Coisas e, com isso, conseguem saber como, quando e onde seus clientes estão interagindo com o produto, influenciando diretamente nas suas ações futuras, incluindo o próprio design de seus produtos.

Veja como essa tecnologia está transformando o marketing digital!

Como essa tecnologia pode agregar valor aos negócios?

O principal valor que essa tecnologia agrega a um produto é a inteligência. Conectar coisas à internet dá uma utilidade maior a elas, trazendo funções que surpreendem positivamente usuários e facilitam seu dia a dia.

Os dispositivos autogerenciáveis são exemplos reais de que a Internet das Coisas pode dar mais qualidade a um produto.

O autogerenciamento envolve o monitoramento constante das próprias funções e a criação de soluções para possíveis falhas, antes que seja tarde demais. Isso reflete em um tempo de vida maior para esses dispositivos.

Um negócio que insere a IoT em seus produtos oferece uma experiência mais completa ao consumidor, trabalhando com um conceito de consumo inteligente.

De que forma ela melhora o relacionamento com o público?

Quando pensamos no relacionamento com o público e a IoT, não podemos deixar de falar sobre a capacidade que esse recurso tem de informar uma empresa sobre as necessidades reais e imediatas do cliente.

Imagine um negócio 100% alinhado com as expectativas de cada cliente?

A IoT tem esse poder, pois ela permite o mapeamento do perfil dos usuários, gerando respostas compatíveis com o tipo de interação que eles possuem com o produto.

Esse tipo de feedback como um fluxo contínuo e interminável permite que as empresas estabeleçam um vínculo mais profundo com o consumidor.

Já parou pra pensar em como o cliente se sente quando recebe um anúncio completamente aleatório?

internet das coisas - gif de uma mulher batendo palmas

Vantagens e desafios da IoT para o marketing digital

Vamos imaginar que o produto com o qual sua empresa trabalha é de uso contínuo.

Já pensou poder avisar seu cliente quando estiver próximo à hora de fazer a próxima compra?

É esse tipo de marketing que a IoT gera, acompanhando toda a experiência do consumidor com o negócio.

Quando a empresa usa a IoT e, simplesmente, “adivinha” o que o usuário precisa, ela impressiona!

internet das coisas - gif de uma mulher falando "oh-oh'

Mas em relação à operacionalização dessas estratégias, investir nessa tecnologia é simples? Existem desafios envolvidos com sua utilização?

Saiba isso e mais um pouco no quadro a seguir!

internet das coisas - imagem de um quadro de vantagens de desafios

Em geral, o detalhamento de informações a respeito do consumidor é a grande riqueza do marketing digital gerada pela IoT. Portanto, é preciso ter um modelo de negócio adaptado à transformação digital, com uma equipe preparada para lidar com essa forma de trabalhar.

Para o futuro da Internet das Coisas no marketing digital, a previsão é de que um não exista sem o outro. Mais do que isso, é possível prever tendências mais específicas, como as que citaremos agora:

  1. Novos dispositivos digitais, como painéis em refrigeradores e monitores de carros;
  2. Marketing preditivo, antecipando-se às necessidades do consumidor;
  3. Plataformas e tecnologias de marketing capazes de atuar sobre uma grande quantidade de dados;
  4. Agências capazes de criar plataformas e desenvolver sistemas internos, com amplo conhecimento sobre a IoT;
  5. Linguagem ainda mais personalizada entre empresa e consumidor.

Seja um pequeno ou médio negócio, ou uma empresa de grande porte, é preciso se preparar para entregar um marketing ainda mais engajador baseado na Internet das Coisas. Como sempre, na era digital, a evolução é questão de sobrevivência!

Guest post produzido por Tiago Magnus, Fundador do Portal Transformação Digital.com.

Hotmart