Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Fechar Três dias imperdíveis para aprender tudo sobre o mercado digital!

Três dias imperdíveis para aprender tudo sobre o mercado digital!

Garanta seu ingresso

30 KPIs pessoais para te ajudar a organizar sua vida

30 KPIs pessoais para te ajudar a organizar sua vida

Aprenda como organizar sua vida e aprimorar seus ganhos pessoal e profissionalmente!

Se você trabalha em uma empresa, provavelmente já ouviu falar de KPIs.

São esses indicadores que ajudam as empresas a continuarem no caminho correto para alcançarem suas metas.

Porém, é muito provável que você nunca tenha pensado nos KPIs como ótimas ferramentas para ajudar a organizar sua vida em todos os aspectos, não é mesmo?

Ficou empolgado e quer saber mais? Continue lendo até o fim!

Que são KPIs pessoais?

KPIs é uma sigla em inglês que significa: Key Performance Indicators, em português, indicadores-chave de desempenho, ou seja, são métricas utilizadas no controle de trabalho. Elas são responsáveis por alinhar as atividades de forma que leve a alcançar metas predeterminadas.

Personal KPIs ou KPIs pessoais, em português, são indicadores destinados à vida pessoal e têm como papel ajudar as pessoas a encontrarem um equilíbrio na vida.

E por que eles são importantes?

Porque ter um equilíbrio é indispensável para que possamos continuar seguindo os nossos objetivos de forma saudável e para que tenhamos uma vida bem-sucedida!

Como você define KPIs pessoais para sua vida?

A boa notícia é que não é impossível ter indicadores para organizar sua vida, tudo o que você precisa é ter um pouco de organização.

O primeiro passo é sentar em um lugar tranquilo, de preferência, tomando seu café, e pensar nos aspectos que envolvem sua rotina.

Pense em um dia normal: que tarefas você desempenha? Pense em tudo e anote todas as ideias no papel.

Depois disso, é hora de analisar cada ponto anotado separadamente e pensar em uma meta ou um valor que você queira conquistar.

Cada indicador precisa ser SMART para que seja possível realizá-lo e alcançar seu objetivo.

O que é um indicador de desempenho SMART?

SMART é um acrônimo do inglês que representa:

(S): Specific ou específico: seu indicador deve ser específico e bem definido;

(M): Measurable ou mensurável: para que você consiga medir seu progresso, deve pensar em um indicador que seja mensurável, pois de nada adianta definir uma ação e não conseguir medir seu desempenho e descobrir os pontos que precisam ser melhorados para chegar ao objetivo definido.

(A): Achievable ou alcançável: colocar uma ação que não poderá ser executada só te leva ao desespero.

(R) : Relevant ou relevante: sua ação deve ser importante para você, pois isso vai incentivá-lo a manter o foco até que você conquiste seu objetivo.

(T): Time-bound ou temporal: para dar continuidade ao seu progresso, é preciso definir ações por um período determinado.

Agora que você já sabe como definir um KPI pessoal, conheça os principais indicadores para se inspirar e escolher o que considera mais adequado.

Os principais KPIs pessoais

Podemos dividir os KPIs pessoais em 5 categorias:

  1. desenvolvimento pessoal
  2. relacionamentos
  3. finanças
  4. saúde
  5. tarefas domésticas

Veja cada um deles a seguir:

Índice
1. Respeitar compromissos 2. Organizar tempo 3. Produtividade 4. Conter emoções 5. Leitura 6. Investir em lazer 7. Aprender outra língua 8. Paciência 9. Respeito 10. Senso de desafio 11. Criar alternativas 12. Responsabilidade 13. Escutar bem os outros 14. Visitar amigos 15. Fazer novas amizades 16. Reservar um tempinho com o(a) parceiro(a) 17. Controlar despesas pessoais 18. Despesas com lazer 19. Contas/dívidas 20. Investir dinheiro 21. Exercícios físicos 22. Alimentação 23. Beber mais água 24. Dormir bem 25. Check up semestral ou anual 26. Fazer compras 27. Cozinhar/preparar refeições 28. Manutenção da casa 29. Limpeza 30. Dialogar com os filhos

1. KPIs pessoais para desenvolvimento pessoal

É indispensável que você se desenvolva pessoalmente se quiser ser bem-sucedido. Podemos pensar em várias áreas de desenvolvimento, entre elas temos:

1. Respeitar compromissos

Se você é uma pessoa que marca um compromisso e não chega a tempo, então, este KPI é para você!

Lembre-se de que o tempo dos outros é muito precioso. Quando você atrasa em um compromisso, está perdendo seu tempo e dos outros.

Tente identificar os motivos que fazem com que você demore.

Se você mora em um bairro longe e enfrenta muito trânsito, por exemplo, planeje-se para sair com, pelo menos, 40 minutos de antecedência.

Se você gasta bastante tempo para se arrumar, deve levar isso em consideração também.

2. Organizar tempo

Este KPI pessoal pode contribuir bastante para seu sucesso.

Quanto mais investir tempo em estudos, mais habilidades você desenvolverá e, como consequência, ganhará muito mais.

Se você não sabe organizar seu tempo, que tal montar uma planilha semanal e incluir nela todas as suas tarefas e atividades?

Inclua nessa planilha seu horário de trabalho, de suas refeições, de descanso e de seus compromissos. Logo, terá noção melhor do tempo restante de cada dia e, então, é só investir em outras coisas.

Você pode reservar um tempinho para fazer um curso de língua estrangeira, por exemplo.

Não deixe de aproveitar esse KPI pessoal, pois é ele que vai te ajudar a aproveitar e aplicar outros KPIs. Afinal, se não tiver tempo, com certeza, não poderá definir KPIs em outras áreas sobre as quais falarei ainda neste texto.

3. Produtividade

Um dos fatores impactantes que definem o sucesso é a produtividade.

Por exemplo, observe seu gerente no trabalho. Para ele, não importa quanto tempo você gastou para atingir uma meta, o que lhe interessa é saber os números, ou seja, o quanto você produziu.

E se você for o chefe, deverá investir ainda mais neste KPI!

Para começar, observe: em qual período do dia você é mais produtivo? Na parte da manhã, à tarde ou à noite?

Se você sente que sua concentração é melhor à noite, pode deixar esse período para executar atividades que exijam foco.

4. Conter emoções

Quase ninguém pensa neste KPI pessoal apesar do seu grande impacto em nossa vida.

Se você não souber controlar suas emoções, poderá correr o risco de perder muitas oportunidades de negócios ou de desenvolvimento.

Você é nervoso e não sabe contar até 10? Então, corra logo e defina esse KPI agora.

Descubra os motivos pelos quais você se torna ansioso ou nervoso e coloque algumas ações que te ajudem a diminuir essa sensação. Acredite que assim você estará no caminho certo!

5. Leitura

Muitos estudos mostram que a leitura pode ajudar a diminuir a ansiedade.

Ler enriquece seu conhecimento, então, você pode colocar como um KPI pessoal ler pelo menos 20 minutos por dia.

6. Investir em lazer

Você sabia que ter momentos de lazer ajuda a manter seu equilíbrio mental e emocional?

Investir em atividades que geram sensações de bem-estar é um dos fatores responsáveis por liberar nossas energias e fazer com que nos sintamos mais felizes, além de aumentar nossa capacidade de aceitar desafios.

Se você não tem tempo para lazer, lembre-se do KPI de organização de tempo e encontre momentos para se divertir!

7. Aprender outra língua

Aprender línguas aumenta suas chances para ter um futuro profissional melhor e assumir cargos mais altos nas empresas.

Aprenda pelo menos inglês, pois é a língua universal de negócios.

Caso não tenha investimento para ter seu professor particular ou se inscrever em uma escola de idiomas, você tem uma excelente alternativa: os cursos online.

Com o curso online, você pode assistir às aulas no horário e lugar que preferir, e passa a pagar bem menos, pois eles costumam ter preços mais acessíveis.

8. Paciência

Este é um dos KPIs pessoais que não pode ser ignorado!

Se você trabalha na área comercial e lida com muitas pessoas diariamente, a paciência é uma qualidade importante que precisa ser desenvolvida.

Ser paciente ajuda a ter reuniões e negociações bem-sucedidas, pois tanto seu gerente quanto os clientes ficam mais satisfeitos com seu trabalho, além de expandir seu networking.

9. Respeito

Este KPI é ideal para quem é ansioso ou nervoso.

Quando estamos com raiva, geralmente falamos e reagimos de forma exagerada, perdendo a noção do que estamos fazendo.

Quase todo mundo está sujeito a situações como essa, porém, não podemos ser rudes.

Se você desmerece as pessoas nos momentos de raiva, saiba que colocando este KPI no seu plano de desenvolvimento, com o tempo, você chegará a um ótimo resultado.

10. Senso de desafio

Muitas vezes, preferimos ficar em nossa zona de conforto, optamos por não arriscar justamente para não perder.

No entanto, a vida do empreendedor é cheia de desafios, e não assumi-los significa que você está perdendo oportunidades.

Que tal acreditar mais em seus talentos e em sua capacidade?

Se você treinar sua mente a aceitar desafios, logo poderá assumi-los e aprenderá, com a prática, a melhor forma de lidar com eles e vencê-los.

Desafiar ajuda seu cérebro a pensar fora da caixa e encontrar soluções incríveis, nas quais você nunca pensaria se estivesse ainda preso na sua zona de conforto.

Aproveite este KPI e aprenda com suas próprias aventuras que só te levarão a mais sucesso.

11. Criar alternativas

Se você é acostumado a ver as coisas de um lado só, então acrescente este KPI na sua lista.

Hoje em dia, não basta depender de uma única solução, pelo contrário, é preciso pensar em várias maneiras que podem te ajudar a superar algum problema ou concluir uma meta.

Quando se deparar com algum problema, escreva-o em um post-it. Logo abaixo, coloque vários post-its pensando em maneiras que possam ser utilizadas para vencer o problema em questão.

Pensar com outras pessoas pode ajudar a desenvolver sua capacidade de inventar soluções.

Por isso, faça um brainstorming com seus amigos, colegas de trabalho e anote possíveis soluções. Ao final, discuta-as com a turma até chegar à melhor solução que resolva o problema.

12. Responsabilidade

Você precisa ser responsável pelas decisões que tomar para crescer não só profissionalmente, mas também pessoalmente.

Não tenha medo de errar: assuma suas tarefas, analise as alternativas e tome, com prudência, sua decisão.

Agora, se errar, você vai aprender com seus erros, e se acertar, terá ainda mais autonomia e abraçará a próxima tarefa com mais confiança.

13. Escutar bem os outros

Por mais intuitivo que pareça, muitas pessoas acabam se confundindo entre escutar e ouvir.

Escutar significa ouvir o que a outra pessoa fala, levando em consideração toda palavra dita e analisando o ponto colocado. E se for válido, tentar aproveitá-lo.

Muitas vezes, nosso ego acaba impedindo que escutemos bem os outros porque, infelizmente, acreditamos que entendemos tudo e não precisamos de outros pontos de vista.

Se você quiser crescer na vida, coloque entre seus KPIs pessoais o KPI de escutar, isso faz toda a diferença em seus comportamentos.

Agora, conheça outros KPIs pessoais na área de relacionamentos!

2) KPIs pessoais para relacionamentos

O ser humano é social por instinto, por isso, quando você fica isolado por um tempo devido ao trabalho, por exemplo, começa a se sentir incomodado ou entediado.

Para se desenvolver e crescer, é indispensável que você mantenha o equilíbrio entre sua vida profissional e pessoal.

Confira alguns KPIs pessoais para organizar sua vida social.

14. Visitar amigos

Aposte no poder da amizade, ela pode fazer milagres, recarregar suas energias e te ajudar aprender com as experiências dos amigos. Como resultado, você volta mais animado ao trabalho e com vontade para produzir mais.

Coloque para você um KPI que vise encontrar com amigos frequentemente, conforme sua disponibilidade, mas não deixe isso de lado, combinado?

15. Fazer novas amizades

Ter amigos é bom, porém, não é suficiente! Para você continuar aprendendo novas experiências em outros contextos, você precisa conhecer novas pessoas.

Erra quem pensa que fazer novos amigos é uma tarefa difícil.

É claro que, o início de tudo, parece ser um pouco difícil mesmo. Mas para facilitar, você pode contar com ajuda de um(a) amigo(a).

Combine com alguém para participar de uma festa, por exemplo. Com tempo, você perceberá que está fazendo novas amizades com mais facilidade.

16. Reservar um tempinho com o(a) parceiro(a)

Conforme a vida fica mais complexa, infelizmente, acabamos não conseguindo conversar com quem amamos.

Ter uma conversa frequente com o(a) parceiro(a), tomando um café ou sorvete juntos, por exemplo, é uma prática importante que toda família deve fazer.

Reserve uma hora por semana para sair com o(a) parceiro(a), escolher um lugar tranquilo e conversar sobre tudo. E lembre-se de que essa conversa deve ser necessariamente franca!

Este KPI é capaz de resolver a maioria dos problemas entre os parceiros e ajudar cada um a entender o outro melhor. Aproveite este ótimo momento para perdoar algumas falhas e se aproximar mais!

Agora, falaremos de alguns KPIs úteis para uma vida financeira mais saudável e assertiva.

3) KPIs pessoais para finanças

Para você chegar à independência financeira, deve encontrar um equilíbrio entre quanto ganha e quanto gasta por mês, além de tentar reservar uma parte do seu salário para investi-lo.

KPIs como: controle de despesas pessoais, despesas com lazer, contas/dívidas e planejamentos podem te ajudar a viver uma vida equilibrada.

17. Controlar despesas pessoais

Controlar despesas pessoais é importante, pois ajuda a ter noção dos gastos e, como consequência, ter uma vida mais estável financeiramente.

Este fator pesa mais quando você tem uma família e precisa sustentá-la. Então, se você ainda não estiver usando esse KPI, é hora de começar!

Organize seus gastos em uma planilha, lance despesas diariamente ou, pelo menos, semanalmente para garantir um bom controle.

Se você for comprar uma camisa ou calça, anote o valor no dia que você comprou. Aplique a mesma coisa quando for renovar sua matrícula na academia ou no clube de natação, por exemplo.

18. Despesas com lazer

Ter momentos de diversão nos estimula a trabalhar melhor e ser mais produtivos.

No entanto, se você abusar: alugar carros, viajar muito, almoçar em restaurantes todos os dias, ir a bares, não perder show nenhum, você terá prejuízo no seu orçamento.

Uma dica é definir isso na sua planilha de gastos para evitar imprevistos indesejáveis!

19. Contas/dívidas

Talvez você pense que pagar contas é óbvio e não precisam ser controladas, mas a verdade é outra: quantas vezes se esqueceu de pagar uma conta porque você estava muito ocupado e nem lembrou?

Para evitar tais situações, aconselho colocar um KPI para suas contas.

Uma dica é reservar uma aba para isso na sua planilha de gastos!

Para não esquecer suas contas, planeje-se para pagá-las em 1 ou 2 dias seguidos de acordo com as datas de recebimento de seu salário.

20. Investir dinheiro

Investir dinheiro significa um futuro mais seguro para você e sua família.

Há vários tipos de investimentos que te dão uma rentabilidade mensal, entre investimentos de renda fixa como Tesouro Direto, CDB, LC, LCI, títulos públicos, e outros de renda variável como ações, fundos imobiliários e por aí vai.

Você pode começar investindo um valor pequeno, buscando a ajuda de seu banco ou alguém da sua confiança que entenda do assunto, para escolher o investimento que combine mais com seu perfil de investidor.

4) KPIs pessoais para saúde

21. Exercícios físicos

Passar o dia todo trabalhando é bom, pois gera dinheiro. Porém, isso vai em detrimento da sua saúde quando abusar.

Evite trabalhar o dia todo sentado. Coloque o KPI de exercícios físicos e comece a aplicá-lo a partir do local de trabalho.

Exercícios de alongamento e andar nos corredores por 10 minutos são exemplos de boas práticas que protegem suas articulações, e também a coluna vertebral.

Quer mais opções? Você pode reservar uma meia hora, diariamente de preferência, ou 3 vezes por semana, para frequentar uma academia ou passear nos parques, por exemplo.

22. Alimentação

Uma boa alimentação não se resume em refeições como hambúrguer, frango assado, macarrão, pizza e outros de estilos de Fast Food.

Seu corpo precisa de legumes, frutas, para que possa funcionar bem.

Que tal organizar uma tabela de alimentação? Inclua porções equilibradas de pão, carboidratos, proteína vegetal e animal, vitaminas e sais minerais. Evite muita gordura e doce.

Ter um sistema alimentar controlado e variado fortalece seu corpo e apoia sua imunidade.

23. Beber mais água

Sabia que a água compõe quase 60% do corpo e que ela entra em todas as reações químicas que ocorrem nele?

Segundo o mesmo artigo, perdemos em torno de 2,6 litros de água diariamente, portanto, devemos beber, pelo menos, 2 litros de água todos os dias para atender às necessidades do corpo.

Vamos colocar um KPI para tentar beber a quantidade indicada? Exemplo, você pode beber um 1 copo a cada 2 horas, escolhendo o melhor ritmo para você.

Para não esquecer, pode contar com um aplicativo que te lembre de beber água.

24. Dormir bem

Ter uma boa qualidade de sono é essencial para que o indivíduo possa executar o dia seguinte de forma produtiva. Ele ajuda a recarregar a energia e consolida o aprendizado.

A maioria das pessoas, incluindo os brasileiros, dorme entre 7 a 8 horas por noite.

Você deve dormir o suficiente para se manter saudável e, com isso, garantir uma produtividade maior.

Uma das práticas que te ajuda a dormir é desligar seu celular e não navegar na internet nem acompanhar seus perfis nas redes sociais quando estiver na cama.

25. Check up semestral ou anual

É um dos KPIs pessoais importantes a partir de 30 anos em diante.

Fazer um check up geral no hospital, semestral ou anualmente, ajuda o indivíduo a se manter bem e possibilita que quaisquer doenças ou problemas de saúde sejam diagnosticados com antecedência, o que ajuda na recuperação.

Muitas doenças causam a morte justamente porque foram diagnosticadas tarde.

Então, agende um check up, dessa forma, você terá a certeza de que tudo está bem e poderá focar na sua vida sem se preocupar com a saúde.

5) KPIs pessoais para as tarefas domésticas

Organizar a casa faz com que você possa executar seu trabalho de forma eficiente. Se você sair de casa com tudo organizado, terá foco 100% nas demandas e com ótima qualidade.

Escolhemos alguns KPIs pessoais para controlar suas principais tarefas domésticas.

26. Fazer compras

É inevitável sua necessidade de fazer compras e abastecer sua casa, certo?

Coloque, então, um KPI para compras, defina um ou dois dias por semana, de acordo com sua disponibilidade, para comprar tudo que precisar.

Vale a pena fazer uma listinha contendo os itens necessários.

27. Cozinhar/preparar refeições

Preparar comida em casa ajuda a diminuir os gastos. Você pode se organizar para cozinhar 2 ou 3 vezes por semana conforme seu tempo.

Assim, você precisará ir menos aos restaurantes e poderá levar sua comida ao trabalho em marmitex.

28. Manutenção da casa

Nada pior do que chegar em casa à noite, acender a luz do quarto e se deparar com uma lâmpada queimada ou um chuveiro que estragou e ficou sem conserto.

Para evitar, ao máximo, situações como essas e que causam muita raiva, que tal colocar um KPI pessoal que vise organizar a manutenção da casa?

Planeje-se para fazer isso de 15 em 15 dias ou mensalmente, verificando todos os cômodos da casa: alguma torneira pingando, uma lâmpada queimada, uma janela ou vidro quebrado… etc.

29. Limpeza

O próprio nome explica, é um KPI para organizar a limpeza da casa.

De fato, sentar perto de uma mesa cheia de poeira incomoda muito, bem como deixar sua roupa no varal por uma semana.

Você deve colocar um KPI para realizar a limpeza de sua casa e arrumá-la bem.

Pode aproveitar os fins de semana ou um feriado, dê uma olhada no calendário definindo certos dias.

E o que ganhamos com isso? Teremos um ambiente mais agradável e, acima de tudo, sem atrapalhar outras atividades.

30. Dialogar com os filhos

Apesar de nos sentirmos bastante sobrecarregados com as questões da nossa vida prática, devemos pensar em nossas famílias, pois nossos filhos precisam de muito acompanhamento, principalmente na fase da adolescência.

Marque uma vez por semana, no mínimo 30 minutos, sente-se com eles, pergunte se têm problemas, descubra como foi a semana de cada um dispondo-se a oferecer toda ajuda que precisarem, mostrando o quanto se preocupa com eles.

Conclusão

Se você chegou até aqui, certamente conseguiu perceber o quanto é essencial ter uma vida pessoal organizada para conseguir crescer!

Com os KPIs definidos, podemos:

  1. Ter um ambiente confortável em casa;
  2. Desfrutar uma vida melhor com o(a) parceiro(a);
  3. Ter uma mente focada totalmente no trabalho e crescimento profissional;
  4. Alcançar o equilíbrio emocional e ter seu ambiente social cheio de vida;
  5. Ter qualidade de vida em casa e no trabalho;
  6. Conciliar as tarefas domésticas e do trabalho, especialmente para mães empreendedoras, de forma fantástica e facilitada;
  7. Ter uma personalidade rica, consolidada e pronta para se adaptar em qualquer ambiente, bem como assumir novos desafios.

E aí, gostou do nosso post? Vamos ficar ainda mais felizes ouvindo você. Use nossa área de comentário!

Até a próxima, boa sorte e sucesso na sua vida!

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.