FecharNotificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

FecharNewsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

FecharSemana do YouTube

Data: 03/09 a 07/09

Aprenda técnicas para criar conteúdos que engajam e aumente a quantidade de seguidores de seu canal!

Inscreva-se

Palavras-chave long tail: uma maneira eficaz de alcançar o primeiro lugar

Palavras-chave long tail: uma maneira eficaz de alcançar o primeiro lugar

Como usar as palavras certas para se destacar no Google?

Se você trabalha com marketing em seu negócio, provavelmente já sabe a importância de usar estratégias de conteúdo e de SEO para alcançar bons resultados e divulgar seus produtos ou serviços de maneira bem-sucedida e duradoura. Para isso, saber usar as palavras-chave é imprescindível.

Hoje, vamos falar sobre o conceito Tail, ou cauda, e se a quantidade de palavras que você tem em sua Tail (ou seja, se é curta, média ou longa) afetará seu desempenho. Vamos lá?

O que é uma palavra-chave?

É uma palavra que usamos para nos posicionar na web, que responde diretamente à pergunta do usuário e, muitas vezes, sintetiza nosso negócio.

Ao estudar a forma como o visitante comunica seus desejos, podemos saber quais palavras ele mais usa para expressar suas necessidades e, com base nisso, também antecipar quais palavras serão mais procuradas nos motores de busca.

A palavra-chave é o que nos fará ser encontrados, ajuda a posicionar nossa publicação e direciona o usuário a encontrar nosso negócio.

Portanto, podemos concluir que a capacidade de escolher a melhor palavra-chave é uma arte e isso depende, em grande parte, do sucesso da nossa estratégia.

Sobre os diferentes tipos de palavra-chave

É muito difícil trabalhar somente com uma Short Tail, que são as palavras mais genéricas e, ao mesmo tempo, mais disputadas.

As Long Tail são o verdadeiro desafio, pois é onde podemos nos diferenciar: é no âmbito das Long Tail que teremos mais possibilidades de criar as melhores opções.

Todos já têm as palavras-chave curtas, elas não têm identidade; as palavras-chave longas conseguem estar focadas mais na sua identidade e dão acesso à página de posicionamentos.

É no campo da criação das melhores combinações de palavras que você poderá obter uma vantagem competitiva.

Short Tail – menos é mais

São uma ou, excepcionalmente, duas palavras genéricas com alto desempenho de posicionamento, mas também com um altíssimo nível de competição. Ou seja, por serem palavras tão significativas, todo mundo as usa, o que dificulta muito seu posicionamento.

Se a pessoa simplesmente digitar “futebol”, “água” ou “teatro”, é provável que milhões de resultados apareçam.

A menos que você seja uma empresa com uma marca muito forte no mercado, um ator famoso, o jogador mais bem pago da temporada ou, por que não, se você tem muito dinheiro para impulsionar alguma dessas palavras-chave, precisará adicionar mais informações à cauda para poder ser capaz de subir nas posições.

Middle Tail – somar subtraindo

É o caminho do meio, surge quase que espontaneamente diante da necessidade de mais definição com menos concorrência, às vezes nada mais é que a somatória de atributos, outras vezes é a adição de um diferencial.

Por exemplo: “Água de Lourdes”, uma água de um poço na França, considerada milagrosa por cristãos fervorosos; “futebol inglês”, bastante reduzido no que se refere à questão territorial da busca, ou “teatro grego”, sugere que a busca está relacionada à história do teatro e suas origens.

Long Tail – mais é mais

E, finalmente, as palavras-chave de cauda longa, que são as que mais usamos dentro do marketing de conteúdo.

Mas, por quê? Porque o estudo exaustivo que fazemos para nos posicionar nos dá informações que nos permitem construir uma palavra Long Tail de excelente desempenho.

As palavras Long Tail são indicadas para 98% dos negócios.

Do setor empresarial, apenas 2% representam as grandes empresas que conhecemos.

No meu navegador eu não preciso escrever Facebook, só coloco a letra ‘f’ e ela se auto completa.

Existem marcas que têm uma presença além das palavras, para todas as outras há as Long Tail.

Portanto, nós, que não somos tão famosos a tal ponto de o navegador automaticamente completar com nosso nome, usaremos mais palavras para criar o caminho para o nosso negócio: “Água de Lourdes engarrafada a domicílio”; “Futebol Inglês Série C Ao Vivo”; “Clássicos do teatro grego obras completas pdf”.

Desta forma, conseguiremos:

  • Dar uma resposta concreta às perguntas do usuário;
  • Nos posicionar entre os primeiros lugares das páginas de resultados;
  • Economizar dinheiro e energia que poderemos utilizar em outros pontos do plano de marketing.

Como construir uma Long Tail

Como mencionado anteriormente, esses tipos de palavra são as mais empáticas com as estratégias SEO, já que seu funcionamento depende da capacidade de análise.

É um processo que pode ser comparado ao da segmentação: primeiro, você deve escolher a Short Tail que melhor represente seu negócio e, em seguida, adicionar palavras que falam de características fortes do seu produto.

Lembre-se que há uma diferença de público. Enquanto as Short Tail são para todos os públicos, as Long Tail estão mais ligadas aos nichos. Portanto, é fundamental conhecer as tendências de busca desses nichos para escolher as palavras que você irá adicionar.

Variações semânticas

São as diferentes possibilidades de formular a mesma ideia.

Diferentes personas – ou a mesma pessoa em momentos diferentes – podem expressar o mesmo conceito de forma diferente.

A possibilidade de usar as Long Tail com variações, desde que mantenham um sentido lógico e compreensível, é muito útil.

Essas variações são compreendidas pelo algoritmo em dois níveis: o semasiológico, que tem como ponto de partida os significados da palavra; e o onomasiológico, que parte de um conceito e das diferentes formas de enunciá-lo.

O importante é entender que pequenas alterações, que não afetam a coerência, são aceitas e reconhecidas pelos algoritmos. Assim, você pode expandir o uso de sua Long Tail sem prejudicar o conteúdo.

Ferramentas para criar uma Long Tail

Seguem algumas indicações de plataformas gratuitas para criar uma Long Tail.

Keyword Tool –  Aqui, você pode escolher o mecanismo de pesquisa que deseja analisar (Google, YouTube, Bing, Amazon, eBay, App Store), ver o volume de pesquisa por palavra, analisar a concorrência e, também, ter a possibilidade de ver as long tail mais pesquisadas na forma de perguntas.

Übersuggest – Do famoso Neil Patel, você não pode filtrar pelo buscador, mas é muito divertida. Você coloca a URL de seu site e, em seguida, realiza uma análise e sugere algumas ideias de otimização. Faça o teste!

Onde usá-la?

  • No cabeçalho: o título principal e os títulos secundários são lugares muito importantes, pois são utilizados como referência pelos motores de busca para organizar a informação.
  • No início: lembre-se de que as primeiras 200 palavras do corpo do texto são consideradas as mais importantes, inclusive substituindo a meta description. Portanto, garanta sua Long Tail nesse lugar.
  • Corpo do texto: aqui, você pode incluí-la em alguns trechos, sempre tomando cuidado com a concordância e a fluidez narrativa. Um texto estranho pode destruir seu posicionamento, os motores de busca são minuciosos no que se refere à semântica, ortografia e sintaxe. É aqui que você pode usar variações, como diminutivos, aumentativos, sinônimos, entre outros.
  • No título da página: não é o mesmo que o título da publicação, este é um meta-dado definido por uma tag HTML, que colabora para que seu blog ou site seja encontrado.
  • Na meta descrição: é o texto que aparece abaixo do título na página de resultados.
  • No endereço da URL: é o endereço específico atribuído a cada um dos recursos da rede.

Ficou um pouco mais claro o que são as Long Tail? Deixe seu comentário!

Este artigo foi escrito pelo Marketing de Conteúdo, Rock Content, e traduzido por Hotmart. :).

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.