Sparkle app icon

Sparkle App
Participe da comunidade exclusiva do nosso blog!
Grátis -

VER

O que é Making Of e por que engajar sua audiência com vídeos dos bastidores?

O que é Making Of e por que engajar sua audiência com vídeos dos bastidores?

Making Of é o nome dado aos vídeos que mostram o que acontece por trás das câmeras, ou seja, os bastidores. E o público adora esse tipo de vídeo. Veja como usar!

Os bastidores de um super evento, a interação e piadas internas do elenco de um filme, série ou até mesmo do dia a dia de profissionais e produtores de conteúdo. Todos estes são elementos que compõem um making of e atraem a atenção da audiência.

O making of ganha cada vez mais popularidade à medida que cresce a curiosidade do público em conhecer os detalhes de uma produção, buscando compreender os passos que levaram até o produto final e se aproximar de quem está por trás das câmeras.

Neste artigo, vamos explicar o que leva o making of a fazer tanto sucesso entre o público. Você também vai conferir exemplos de produções que apresentam detalhes dos bastidores. Confira.

O que é making of?

Tendo origem no idioma inglês, a expressão making-of  tem como significado, se traduzida ao pé da letra, de “feitura de”. Making of é a prática de realizar um vídeo mostrando as situações dos bastidores de uma produção de conteúdo audiovisual.

Por ser um termo estrangeiro, é frequentemente grafado de forma incorreta, desta maneira: “Making-off”. A palavra, na verdade, possui apenas um “f” no final, perdendo seu significado se escrita

A sua origem remonta ao início do século XX, com um curta metragem chamado “Making motion pictures: a day in the Vitagraph Studio” , de 1908. O filme segue a rotina de transformação de uma história, até a filmagem e edição, sendo considerado o primeiro making of da história.

A partir daí, muitas produções com o mesmo estilo foram desenvolvidas. Mas, o termo se tornou popular apenas no começo dos anos 1990, quando muitos documentários sobre produções de videoclipes, como os de Michael Jackson, começaram a ser feitos e caíram no gosto do público.

Hoje em dia, este tipo de conteúdo é muito comum, não somente em videoclipes, mas também em filmes, séries, coberturas de grandes eventos, no YouTube e até no vídeo marketing.

Por que o Making of engaja a audiência?

O making of aproxima os fãs de seus ídolos. Pois, ao vê-los no backstage, sem o roteiro e de modo mais natural e espontâneo, as pessoas sentem uma proximidade ainda maior com quem tanto admiram.

Veja uma lista com os pontos que ajudam a compreender os motivos do engajamento alto que o making of apresenta:

1. Humaniza as produções 

Um dos principais motivos para o desenvolvimento de um making of é trazer ao público um sentimento de empatia com as pessoas que fazem parte da produção.

Por vezes, erros de gravação e problemas técnicos são mostrados para que o público possa enxergar que todos os profissionais estão entregando seu melhor.

2. Aproxima o público

As pessoas costumam se identificar com vídeos de tal forma que querem sempre saber mais curiosidades a respeito deste universo.

Alguns filmes e séries possuem o que pode ser chamado de “série de documentário”, mostrando partes da produção, entrevistas com o elenco, com a direção da série, e etc. Isso faz com que as pessoas tenham uma imersão ainda maior no ambiente do qual já são fãs.

3. Estimula a curiosidade da audiência

Os making of também servem também para instigar os fãs, mostrando a qualidade do trabalho que foi feito e dando algumas dicas das próximas produções que serão realizadas.

Alguns até mesmo deixam informações importantes e muitas vezes “bombásticas” de situações que podem acontecer neste trabalho, com o objetivo de criar uma expectativa em cima do conteúdo e, assim, alcançar novos consumidores desta mídia.

Exemplos de vídeos de Making of que deram muito certo

A indústria está repleta de exemplos onde o making of foi utilizado para aumentar a interação e engajamento do público. Conheça alguns a seguir.

1. Porta dos fundos

O Porta do Fundos talvez seja o primeiro grande caso de canal brasileiro do YouTube de sucesso. Para aumentar o sucesso, a equipe do canal passou a usar o making of com uma ferramenta para atrair ainda mais público e reter os atuais.

Por se tratar de um canal de comédia, o making of feito por eles acaba enfatizando os erros de filmagem, as situações engraçadas em que os atores não conseguem segurar o riso e até mesmo a interação entre os profissionais envolvidos.

O público acaba vendo situações engraçadas muito além das que estavam no script. Isto é, completamente espontâneas, o que traz mais humanidade para os atores, aproximando o público.

O Porta dos Fundos criou um canal exclusivo para divulgar os making of produzidos. Ele se chama “Fundos da Porta”, em um claro trocadilho com o nome original do canal, e já possui mais de 720 mil inscritos e mais de 92 milhões de views.

2. Clipe “Cheguei” – Ludmila

Usado como divulgação de videoclipes, o making of permite que o público tenha uma prévia dos próximos conteúdos. Isso ajuda também a manter o clipe já em evidência, antes mesmo de estrear.

A expectativa em cima desse conteúdo faz com que as pessoas fiquem ansiosas e curiosas para ver o trabalho final. E é claro que quando o making of é postado nas redes sociais, algum tempo depois da estreia oficial, ele poderá dar um “up” na produção, fomentando mais comentários na mídia e mantendo o assunto ainda mais em evidência.

Um exemplo é o making of da música “Cheguei”, da cantora carioca Ludmilla. O clipe oficial alcançou a incrível marca de 209 MILHÕES de views. E o making of surfa veio para surfar neste sucesso.

3. Game of Thrones – Efeitos Especiais

Game of Thrones é uma série que tem ganhado muitos fãs ao redor do mundo. Principalmente por ter um conteúdo mais maduro e complexo que a maioria das produções.

A série possui pequenos trechos de making of para cada episódio. Eles mostram algumas locações das filmagens e entrevistas com o elenco e a direção da série.

O objetivo é dar uma prévia do que virá e mostrar a qualidade dos efeitos usados na produção. Mais uma vez, o making of ajuda a elevar a expectativa da audiência e manter os fãs não só mais interessados, mas apaixonados pelo universo da série.

4. Victoria’s Secret Fashion Show – Backstage

Um dos formatos mais comuns de making of é o que mostra o backstage das produções. Nos vídeos de making of do Victoria’s Secret Fashion Show, é possível ver desde a apresentação das modelos, até o passo a passo da construção da estrutura do evento. Com isso, as pessoas ficam mais do que ansiosas para ver o resultado final.

O making of é uma das ferramentas de conteúdo que geram mais engajamento. Sendo muito usada por produtores de conteúdo audiovisual pela sua eficiência, principalmente pelo modo natural que consegue envolver as pessoas.

No entanto, ele é apenas mais um dos tipos de vídeos para a divulgação de conteúdo. Para você ter uma ideia de como isso é extenso, veja 7 tipos de vídeo para usar em sua estratégia de conteúdo!

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.