Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Fechar A Hotmart está concorrendo ao <b>Prêmio Época ReclameAQUI</b> na categoria Serviços Online!

A Hotmart está concorrendo ao Prêmio Época ReclameAQUI na categoria Serviços Online!

Clique aqui e vote na gente!

O que é margem de lucro e como calcular o retorno financeiro de um produto?

O que é margem de lucro e como calcular o retorno financeiro de um produto?

Calcular a margem de lucro é essencial para a gestão de um negócio e para a precificação de produtos. Saiba mais aqui!

Quando criamos um negócio, mais do que o sonho de ter autonomia e desenvolver algo de acordo com aquilo que acreditamos, temos a intenção de tornar essa atividade uma fonte de renda.

Para que isso funcione sem erros, é fundamental entender alguns conceitos básicos, de modo que todo o trabalho se converta em algo que seja financeiramente rentável. E um dos principais conceitos nesse universo é a margem de lucro.

Você sabe o que é e como calcular a margem de lucro de um produto? Contaremos tudo a seguir. Fique de olho!

Entenda o conceito de margem de lucro

Para entender o conceito de margem de lucro é necessário, primeiro, saber o que é lucro. De maneira geral, o lucro corresponde ao retorno positivo que obtemos a partir de um determinado investimento.

Porém, dentro do universo empresarial, além de entender esse significado é preciso diferenciar os conceitos de lucro bruto e lucro líquido.

Lucro bruto

Corresponde à receita final obtida após a venda de um produto, subtraindo-se desse valor os custos empregados na sua produção.

Se você vendeu um produto por R$ 15.000,00 e os materiais utilizados na sua produção tiveram um custo de R$ 8.000,00, seu lucro bruto é de R$ 7.000,00;

Lucro líquido

Já o lucro líquido corresponde ao resultado da subtração da receita final menos todos os gastos gerais da empresa. Nesse caso, incluímos no valor os impostos, os encargos, os gastos com luz, internet, água e outras despesas.

No exemplo anterior, se esses valores somassem R$ 2.000,00, o lucro líquido da operação seria de R$ 5.000,00.

Margem de lucro

Consideramos, então, a margem de lucro como o percentual que acrescentamos ao custo total do produto, o que define o preço pelo qual será comercializado ao cliente. De grande importância para o sucesso de um negócio, ela é fundamental para a formação dos preços de produtos e serviços.

Podemos dividir essa margem em três elementos principais, sendo eles os custos, o preço de venda e o lucro:

  • custos: como você já deve imaginar, são os valores envolvidos na produção daquilo que será vendido. Esse conceito inclui elementos como impostos, frete, água, luz, telefone, internet, encargos trabalhistas e outros;
  • preço de venda: é fundamental para o sucesso de um negócio. O ideal é balancear os custos e, ao mesmo tempo, pesquisar os preços praticados pela concorrência;
  • lucro: corresponde ao percentual que o negócio recebe sobre a venda de um produto.

Compreenda a sua margem de lucro de forma correta

Calcular a margem de lucro é fundamental para o sucesso de qualquer negócio. Por isso, é preciso estar atento para os três conceitos envolvidos nesse cenário: margem líquida, margem bruta e Markup.

São essas margens que auxiliam a análise da rentabilidade de um negócio, facilitando de modo que o empreendedor entenda qual setor ou produto é mais lucrativo.

O primeiro passo para calcular essas margens sem erros é entender a necessidade de fazer isso para cada produto ou serviço do seu negócio. Não são poucos os empreendedores que acabam fazendo um cálculo geral e obtendo um resultado positivo, deixando de lado a análise de produtos não lucrativos.

Partindo desse pressuposto, você pode utilizar os três conceitos que explicaremos a seguir para analisar o seu negócio de maneira organizada e eficiente.

Margem líquida

Como o próprio nome já diz, o cálculo da margem líquida é feito de acordo com o lucro líquido do seu produto. Para isso, basta dividir o lucro líquido por sua receita total e multiplicar o resultado por 100.

Seguindo o exemplo anterior, temos:

R$ 5.000,00 / R$ 15.000,00 x 100 = 33,3%

Isso significa, então, que a margem líquida de lucro é de 33,3%.

Margem bruta

Por outro lado, a margem bruta de lucro é calculada da mesma maneira, mas substituindo o valor do lucro líquido pelo lucro bruto obtido sobre o seu produto.

Assim, pelo exemplo demonstrado, obtemos:

R$ 7.000,00 / R$ 15.000,00 x 100 = 46,6%

Nesse caso, a margem bruta de lucro é de 46,6%.

Markup

Por último, mas não menos importante, temos o Markup. Ele é um elemento fundamental na busca por um crescimento sustentável do negócio e é, ao mesmo tempo, um dos mais desconhecidos do público geral.

Sua diferença para as margens de lucro líquido e bruto é que ele também leva em consideração o lucro desejado pelo negócio.

E é por esse motivo que o Markup é fundamental na etapa de precificação dos produtos, uma vez que facilita a visualização das possibilidades de preços a serem cobrados.

São três os tipos de Markup que detalhamos a seguir.

Markup total

Nesse cálculo, são incluídos todos os custos do negócio, dos impostos aos gastos com insumos e pessoal. A conta é feita dividindo-se o lucro desejado pelo custo total.

Markup de produto

Calcular o Markup de produto é uma tarefa mais específica. Nesse caso, leva em conta apenas os custos envolvidos na fabricação do produto, de maneira semelhante ao que fazemos com o lucro bruto.

A diferença é que a conta também considera as despesas administrativas e de vendas, além do lucro desejado.

Assim, o resultado é obtido ao se dividir a soma de lucro desejado mais despesas administrativas e de vendas pelo custo de fabricação do produto.

Markup variável

Por fim, o Markup variável pondera os custos e despesas fixas. O resultado é correspondente à razão entre o lucro desejado mais os custos e as despesas fixas por custos e despesas variáveis.

Conheça as variáveis

Analisando as possibilidades para calcular a margem de lucro expostas, essa tarefa pode parecer simples de ser feita, certo?

Entretanto, é fundamental verificar algumas variáveis para que a conta feche perfeitamente.

A remuneração dos colaboradores e a sazonalidade dos insumos, por exemplo, são fatores essenciais que alteram completamente os valores dedicados ao custo de produção.

O ideal, nesse caso, é fazer uma média desses gastos por um período e calcular sua margem em cima disso.

Outro ponto importante é analisar todo o ciclo de vendas do seu produto. Todos os investimentos realizados, desde a divulgação do produto até os procedimentos de pós-venda, devem ser utilizados como elementos que ajudem a compor o preço final. Caso contrário, você provavelmente terá prejuízo no seu negócio.

Tão essencial quanto conhecer sua margem de lucro é saber qual retorno você terá após tantos investimentos.

Por isso, nada melhor que acompanhar uma das métricas mais importantes do mercado: o ROI. Então não deixe de conferir nosso artigo em que explicamos o que é e como medir o ROI do seu negócio!

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.