Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Como usar o marketing educacional em seu curso online

Como usar o marketing educacional em seu curso online

Aprenda como atrair mais alunos!

Todo empreendedor de sucesso, independentemente do ramo em que atua, sabe a importância de investir em boas estratégias de marketing para atrair e conquistar clientes.

Não seria diferente para as instituições de ensino, certo?

O marketing educacional serve para que as instituições do ramo da educação otimizem suas ações, se destaquem no mercado e consigam mais alunos para seus cursos, sejam eles online ou presenciais.

Principalmente nos dias de hoje, com uma concorrência enorme na área devido ao aumento da oferta de cursos, é indispensável elaborar ações assertivas e atrativas para o público.

Para saber mais sobre o assunto, continue lendo este texto. Vamos mostrar como você pode usar as estratégias de marketing educacional para ampliar o alcance de seu curso online.

Passo a passo para o marketing educacional

O marketing educacional pode ser usado por todas as instituições que trabalham com algum tipo de ensino, seja com aulas presenciais, no formato a distância, com ensino regular, cursos de idiomas ou quaisquer outras áreas de conhecimento.

Pronto para aprender como aplicar as estratégias de marketing educacional em seu negócio?

1. Faça pesquisa de mercado

Antes de começar, é fundamental fazer uma boa pesquisa de mercado, para saber exatamente como está o nicho no qual você pretende atuar.

Você deve avaliar seus concorrentes, observar o tipo de estratégia que está atraindo os alunos e conhecer bem as demandas das pessoas que pretende alcançar com suas ações.

Vamos supor que seu curso online seja de lições de matemática para o público infantil.

Os alunos serão crianças, no entanto, os responsáveis pela decisão de compra serão os pais ou responsáveis, certo?

Sendo assim, o foco de sua pesquisa deve ser essas pessoas, e não as crianças para quem você está criando o curso.

Nesse caso, você deve compreender o que os responsáveis esperam que você ofereça para essas crianças, que tipo de necessidade elas têm apresentado e quais são as brechas no mercado nas quais você pode se encaixar.

2. Defina sua persona

Nós sempre falamos sobre persona, e esse tópico se repete porque ele é extremamente importante para qualquer ação de divulgação ou criação de conteúdo.

Para conseguir elaborar estratégias realmente assertivas, é preciso definir detalhadamente quem é seu cliente ideal.

Quando você define apenas o público-alvo, por exemplo, pessoas do sexo masculino, de 20-50 anos, residentes em Belo Horizonte/MG, fica difícil descobrir os interesses e necessidades específicos das pessoas que se enquadram nesse perfil.

Já a persona é um personagem semi fictício que representa exatamente a pessoa que vai se interessar por seu produto. Ao definir esse perfil, você deve ficar atento a todos os detalhes, desde os dados sociodemográficos até as características comportamentais e psicográficas desse público.

Esse perfil ajuda a compreensão das necessidades, interesses, dores e objeções de seu cliente ideal, o que será decisivo para o sucesso de suas estratégias de marketing educacional.

3. Escolha os canais de comunicação

Após estudar o mercado e definir sua persona, é hora de escolher os canais que você utilizará para se comunicar com seus possíveis alunos.

Para que suas estratégias de marketing educacional consigam os resultados desejados, leve em consideração tudo o que você sabe sobre sua persona para identificar as mídias mais acessadas por ela.

É difícil encontrar uma pessoa que use apenas um canal de comunicação. Então, tente manter presença em todos os lugares onde sua audiência apresenta bom engajamento.

Mas não precisa sair criando perfis nas redes sociais nas quais suas ações terão pouco alcance. É melhor focar seus recursos onde você realmente terá bons resultados e conquistará alunos.

4. Produza conteúdo de qualidade

Ao chegar nesse ponto, você já reuniu todas as informações relevantes sobre sua persona. Então, chegou o momento de colocar a mão na massa e começar a produzir conteúdo.

Você precisa mostrar que seu curso realmente agrega valor para seus alunos e é a melhor opção disponível no mercado.

Ao elaborar conteúdos que façam apenas propagandas diretas, você corre o risco de afastar possíveis alunos e parecer insistente. Ninguém está interessado em saber informações aleatórias sobre seu produto, mas sim em identificar vantagens no que você oferece.

Ao invés de produzir somente materiais de apresentação e divulgação de seu curso, foque em conteúdos educativos. Demonstre sua autoridade no assunto e mostre para as pessoas que você tem exatamente aquilo que elas precisam para resolver suas dúvidas educacionais.

Preocupe-se também em segmentar seus conteúdos, direcionando a linguagem e os temas conforme o interesse de seus alunos.

5. Invista em anúncios

Atrair alunos de maneira orgânica é, com certeza, um dos objetivos principais de toda estratégia de marketing.

No entanto, principalmente para quem está começando, pode ser interessante recorrer aos anúncios pagos para alcançar um público maior e ganhar reconhecimento no mercado.

Você pode investir em ferramentas de anúncio, como Facebook Ads e Google AdWords, por exemplo, ou em mídias pagas negociadas diretamente com blogs e sites relevantes para sua audiência.

As campanhas patrocinadas vão te ajudar a ganhar exposição no mercado e divulgar seu curso online para o máximo de alunos interessados no assunto que você aborda, já que os anúncios podem ser bem direcionados para um determinado público.

Porém, não adianta colocar anúncios em locais onde seu público não chega. Por isso, é muito importante ter sempre em mente quem é sua persona e quais são os canais de comunicação que ela mais utiliza.

Além disso, pense em outros produtores de cursos online que atuem no mesmo nicho ou que também falem sobre algo relevante para seus alunos. Assim, você pode iniciar até mesmo uma parceria com eles para divulgar seu curso.

6. Ofereça materiais ricos

Para enriquecer o relacionamento com seus possíveis alunos e demonstrar credibilidade, ofereça materiais ricos para as pessoas que demonstrarem interesse em seu curso.

Você pode elaborar e-books ou videoaulas com assuntos relacionados aos que você aborda em seu curso online, por exemplo.

Se você tem um curso de culinária, seu e-book pode ser de receitas simples e exclusivas, para “alimentar” as pessoas com seu conhecimento e reforçar sua autoridade.

Se você conseguir transmitir segurança e confiança com esses materiais, as chances dos usuários enxergarem os benefícios de comprar seu curso online aumentam consideravelmente.

7. Crie newsletters

Outro recurso de marketing educacional que também é interessante é a newsletter.

Para conseguir os dados das pessoas interessadas em receber promoções, novidades e informações sobre seu negócio, basta inserir um banner ou pop-up em seu site para servir de caixa de assinatura. Assim, os usuários terão onde informar seu contato e manifestar o interesse em abrir esse canal de comunicação com sua marca.

A newsletter é uma excelente estratégia para você nutrir seus leads e gerar engajamento da audiência com a divulgação periódica de boletins informativos.

8. Envie e-mail marketing

Aposte também no envio de e-mail marketing para promover seus produtos e serviços.

Após conseguir uma base de contatos – sempre de forma espontânea e nunca comprada! – escolha uma ferramenta de automação e disparo de e-mails para segmentar seus clientes de acordo com o funil de vendas e encaminhar mensagens assertivas.

Lembre-se de colocar uma call to action (CTA) no final da mensagem para convocar os usuários a tomar atitudes que os aproximem ainda mais de sua marca, rumo ao fechamento da compra.

9. Crie landing pages

Outra ferramenta importante para sua estratégia de marketing educacional é a criação de landing pages.

Ao contrário das outras páginas de um site, a landing page tem um objetivo específico, que é levar o visitante a realizar uma ação como, por exemplo, baixar um material rico, preencher um formulário ou assistir a um vídeo.

Para não distrair o usuário, ela deve ser objetiva, apenas com as informações necessárias para que ele tome a atitude desejada. Basta um menu de navegação simples, com o título, a oferta, o formulário e o CTA.

Como avaliar o retorno de suas estratégias

Um passo indispensável em toda estratégia de marketing é a mensuração dos resultados.

O empreendedor que não fica atento às métricas corre o risco de desperdiçar seus esforços e investimentos, já que não será capaz de visualizar o que está dando certo e o que precisa ser melhorado.

Vamos mostrar algumas ferramentas que você pode usar para medir o retorno de suas estratégias de marketing educacional.

Desempenho das campanhas

Existem algumas maneiras de observar o desempenho de suas campanhas.

Analisar o número de impressões é uma dessas formas, pois mostra quantas vezes seu anúncio foi exibido.

Você consegue acompanhar esses dados no Facebook Ads ou Google Ads, por exemplo.

É interessante acompanhar esses resultados, no entanto, sozinhos, eles não dizem muito sobre o real interesse do público em suas campanhas.

Já a taxa de cliques indica o engajamento que determinada campanha trouxe para seu negócio. Essa métrica se mostra mais eficaz para quem precisa avaliar se as impressões estão sendo úteis e levando os usuários a realmente clicarem em seu anúncio.

Google Analytics

O Google Analytics é uma ótima ferramenta para medir o desempenho das páginas de seu site.

São várias as métricas que podem ser analisadas na ferramenta, entre elas:

  • Quantidade de visitantes em um período determinado;
  • Número de pessoas que acessaram sua página pela primeira vez;
  • Tempo de permanência dos usuários em seu site;
  • Palavras-chave que mais atraem tráfego;
  • Origem dos visitantes de sua página.

Ao ter acesso a esses dados, você consegue perceber o que está gerando bons resultados e o que não está tendo os efeitos desejados.

Assim, é possível descobrir as otimizações necessárias em seu site para que o conteúdo gere cada vez mais conversões e atraia alunos para seu curso online.

Interação nas redes sociais

Com suas pesquisas de mercado, você descobriu as redes sociais mais acessadas por sua persona e dedicou tempo para a criação de conteúdos atrativos.

Agora, é necessário observar como suas ações foram recebidas pelo público e que tipo de interação elas geraram.

Você pode fazer a análise das métricas pelas próprias redes sociais, já que a maioria delas oferece o serviço de analytics para os usuários.

É importante acompanhar o alcance de suas publicações, a quantidade de curtidas, compartilhamentos e comentários e os dados relevantes sobre o público que acompanha o que você posta, por exemplo.

Quantidade de leads gerados

Quando você observa todos esses dados, consegue descobrir quantos visitantes se tornaram leads, ou seja, apresentaram real interesse em seu produto ou serviço.

Se você tem um número alto de usuários acessando seu site ou perfil nas redes sociais, mas poucos são os que baixam seus materiais e mostram engajamento com suas ações, está na hora de revisar e mudar suas estratégias.

Quantidade de alunos inscritos

Tão importante quanto verificar a quantidade de leads gerados é avaliar o número de alunos inscritos.

Se suas estratégias estão com uma alta taxa de conversão de visitantes em leads, significa que as pessoas estão demonstrando interesse no que você compartilha, certo?

No entanto, de que adianta os usuários baixarem seus materiais se eles não avançam no funil e não se inscrevem em seus cursos?

Fique atento a essa métrica para descobrir se suas estratégias estão conseguindo levar seus leads para a próxima etapa e transformá-los em clientes reais de seu negócio.

Invista no marketing educacional

Como vimos, investir em marketing educacional é essencial para você atrair alunos para seu curso online.

Ter muito conhecimento em uma determinada área e estar disposto a compartilhar o que você sabe já é um grande passo, mas não é garantia de sucesso.

Para se destacar no meio da educação a distância, é necessário criar boas estratégias de marketing e saber medir todos seu resultados. Somente assim você conseguirá alcançar o público desejado e transformar os leads em alunos.

Pode parecer complicado para quem está começando, mas com a prática, todos esses passos se tornam naturais.

Ao ver as conversões aumentando, temos certeza que você vai concluir que valeu a pena investir em marketing educacional.

Você gostou dessas informações, tem algo para ensinar, mas ainda não sabe como começar? Leia nosso guia completo sobre como criar cursos online e tire sua ideia do papel hoje mesmo.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.