Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Fechar Minicurso Hotmart

Você é professor?

Já tem conteúdo para ensinar?

Comece 2019 com o pé direito e sendo dono de seu próprio negócio.

Aprenda a criar seu curso online de forma gratuita.

QUERO ACESSAR O MINICURSO
Fechar ¿Cómo crear el ebook perfecto para venderlo en Internet?

¿Cómo crear el ebook perfecto para venderlo en Internet?

Aprende a transformar tu conocimiento en un ebook con nuestra guía gratis.

¡DESCARGA EL MATERIAL!

Marketing viral: 5 maneiras de provocar um viral nas redes sociais

Marketing viral: 5 maneiras de provocar um viral nas redes sociais

Você sabe como fazer Marketing Viral?

Fazer marketing nas redes sociais já virou algo indispensável para muitas das empresas que atuam na web. Aliás, ele se tornou algo tão comum, que os desafios de hoje estão relacionados a saber implementar estratégias que sejam diferentes do senso comum. E o marketing viral pode ser uma delas!

Para quem não sabe, fazer marketing viral nada mais é do que criar conteúdos que sejam capazes de despertar um efeito positivo no público, principalmente relacionados as suas emoções.

Para saber se uma ação viral obteve um bom retorno, basta verificar se o conteúdo foi rapidamente compartilhado pelos seguidores da empresa, chamando a atenção de cada vez mais pessoas.

Saiba que não há regra para definir qual tipo de conteúdo é o melhor para ser um viral, ele poderá ser desde um simples texto em seu blog, até os tão famosos memes que andam rondando a internet. O que realmente importa é o impacto que ele causará em sua audiência.

Aliás, é importante esclarecer que não existe uma fórmula certa para criar um viral, pois não há garantia nenhuma de que qualquer conteúdo que tenha sido criado com esse objetivo se torne um viral de fato.

Apesar disso, existe um caminho que poderá ajudar tanto você quanto seu negócio a provocar um efeito viral nas redes sociais. Ficou interessado no assunto? Então, continue acompanhando o post para saber mais!

O que é o marketing viral?

Vamos começar falando um pouco mais sobre o que de fato é um marketing viral, ou melhor, o que pode ser considerado de fato um conteúdo viral.

Para facilitar, vamos começar com um exemplo prático: estamos em 2017 e é bem provável que você já tenha ouvido o hit Despacito, ele está tão famoso que já ultrapassou 4 bilhões de visualizações no Youtube e sempre acaba sendo tocando em (quase) todas as festas possíveis. Pois bem, isso é um viral!

Mas calma! Não necessariamente você precisa criar um conteúdo que chegue nesse número de visualizações para ser considerado um viral.

Aliás, basta analisar a quantidade de memes que foram criados nos últimos tempos e ver que nem todos chegaram a milhões de visualizações, mas mesmo assim são considerados conteúdos virais.

Entenda que um conteúdo desse tipo é algo que consegue se espalhar para um grande público, atingindo uma boa parcela de pessoas e não necessariamente um número absurdo, tal como o que o Despacito conseguiu. Ok?

Então, para resumir, podemos dizer que o marketing viral é o ato de planejar e criar um conteúdo que tenha a capacidade de estimular as pessoas a compartilhá-lo e, assim, ganhar proporções gigantes.

Para você ter uma noção melhor sobre o assunto, vamos apresentar alguns elementos que juntos formam a base do conteúdo viral. Veja:

Emoção

Já não é novidade para ninguém que as emoções estão presentes no nosso dia a dia. Elas são um grande combustível para nossas ações.

Conteúdos que mexem com a emoção tendem a despertar uma vontade maior de compartilhamento. Por exemplo, um post sobre política pode gerar momentos de raiva ou espanto e, por isso, tendem a ser mais compartilhados.

Da mesma maneira, os que despertam sentimentos bons também possuem uma maior chance de serem propagados naturalmente e espontaneamente pelas pessoas.

Humor

Não basta somente despertar emoção. Para que um conteúdo seja considerado viral, ele precisa ter uma boa dose de bom humor.

Quando o conteúdo está pautado nisso, possui uma grande tendência a se tornar um viral, pois chama a atenção das pessoas, despertando um interesse genuíno em interagir com ele e mostrá-lo para seus conhecidos.

Afinal, elas querem que as outras pessoas tenham a mesma sensação que tiveram ao se depararem com o que viram.

Tempo certo

Saiba que fazer as coisas no tempo certo é algo que valoriza qualquer estratégia de marketing, inclusive com o viral.

Ou seja, aproveitar algum fato recente e que esteja sendo muito comentado para produzir um conteúdo é uma oportunidade única, as chances de viralizar são grandes!

Porém, tome cuidado para não deixar passar muito tempo, pois alguns assuntos já podem ser esquecidos em pouco tempo e, então, o que foi produzido não terá efeito nenhum, caso seja lançado de forma tardia.

Surpresa

Todo mundo gosta de ser surpreendido, não é mesmo?

Pois bem, um dos objetivos do viral é pegar seu público-alvo de forma desprevenida, ou seja, quando ele menos espera, aparece um conteúdo interessante despertando seu interesse.

Saiba que o fator surpresa é o grande responsável por dar aquele gás na divulgação do conteúdo. Pois não basta o conteúdo ser bom, ele precisa realmente estimular as pessoas a se engajar com ele, principalmente no que diz respeito ao seu compartilhamento.

Então, o fator surpresa será o grande combustível para que sua propagação seja feita da forma mais natural possível pelos seus seguidores.

Quais as vantagens de um viral?

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o marketing viral, chegou a hora de destacar algumas de suas vantagens.

Caso ainda esteja em dúvida sobre a efetividade dessa estratégia, confira os seguintes pontos positivos que ele pode lhe trazer, abaixo:

Custo-benefício

A primeira vantagem do marketing viral é relacionada a seu custo-benefício. Afinal, não é necessário uma grande produção, com um gasto exagerado de recursos, para produzir um conteúdo que seja viral.

Sendo assim, caso a estratégia seja efetiva, podemos dizer que seu resultado será mais do que satisfatório, principalmente quando é comparado com seu custo de implementação. Ou seja, com pouca coisa é possível alcançar muito mais do que é considerado normal.

Inclusive, os frutos gerados poderão ser de muito mais longo prazo do que se imagina ou se planeja.

Fortalecimento da marca

Não há como negar, uma empresa que consegue desenvolver um conteúdo viral, que seja bem-sucedido, terá sua marca fortalecida.

Afinal, as pessoas vão passar a falar cada vez mais sobre a ação e, consequentemente, sobre a empresa. Perceba que isso é muito mais do que um marketing tradicional, que tem o simples objetivo de divulgar um negócio.

Um dos grandes ganhos, que está ligado a isso, é a facilidade na transmissão de que a empresa está antenada à atualidade!

Aquisição de clientes

Podemos dizer também que o conteúdo viral aumenta a capacidade de adquirir mais clientes indiretamente. A lógica é simples: com ele, mais pessoas passarão a conhecer a empresa e muitas delas poderão ser clientes em potenciais.

Então, saiba que o marketing viral poderá trazer cada vez mais clientes para o negócio e ajudar a alavancar suas vendas.

Apesar das vantagens que comentamos, é preciso tomar um certo cuidado. Há a possibilidade do marketing viral produzir o efeito contrário do que é desejado.

Há casos em que a estratégia implementada pode produzir o efeito contrário e causar uma imagem negativa da empresa. Portanto, antes de fazer um viral, certifique-se de que sua mensagem está alinhada ao que realmente você quer transmitir para seu público.

Como fazer um conteúdo viral?

O que você acha de começar a fazer conteúdo viral agora mesmo? Parece interessante, não!?

Preparamos algumas dicas para lhe ajudar nesse desafio! Confere aí:

1. Não crie expectativas

A nossa primeira dica é para que você não crie nenhum tipo de expectativa elevada sobre o resultado. O motivo é simples: não há garantia nenhuma de que o conteúdo criado se tornará um viral, de fato.

Obviamente que é preciso sim visar um certo retorno, mas que seja algo nada além do que é normal.

Agindo dessa maneira, tira-se toda a pressão de que aquilo precisa gerar um grande resultado e também deixará você e sua equipe mais livre e tranquilos para pensar e criar algo mais criativo e com potencial de viralização.

Lembre-se que, ao final, caso a campanha seja um sucesso, você poderá se surpreender positivamente, o que é muito bom!

2. Lembre-se quem é seu público-alvo

Tenha sempre em mente quem você quer atingir. Aliás, independentemente do conteúdo que será produzido, a primeira coisa a ser levada em consideração é seu público-alvo.

Com o marketing viral, isso é mais do que uma regra, é uma lei. Visto que temos um cenário de extrema incerteza, se o conteúdo não tiver um foco nas pessoas certas, a chance de viralizar será bem próxima de 0.

Então, não se esqueça dessa premissa básica: quando for construir sua estratégia de marketing viral, lembre-se muito bem quem é seu público!

3. Foque na realidade

Sabemos que o marketing tem um grande poder para potencializar uma marca, principalmente se ele é feito com base na realidade. Ou seja, em hipótese alguma, pense em divulgar ou fazer propaganda de algo que não é verdade.

Nem precisamos falar que isso também vale para um conteúdo viral, não é mesmo? Lembra quando falamos que o marketing viral poderá produzir o efeito contrário e acabar denegrindo a marca?

É justamente disso que estamos falando. Afinal, caso isso aconteça com sua estratégia de marketing viral, ela poderá simplesmente causar uma rejeição inesperada da marca e prejudicar seu negócio.

4. Preze por um conteúdo de qualidade

Complementando o ponto de focar em seu público-alvo, há o fato de que, nos dias de hoje, se o conteúdo não for de qualidade, ele não ganhará sua devida importância.

Afinal, com todo o avanço da tecnologia e da internet, está cada vez mais fácil contar com recursos que proporcionam condições para fazer isso.

Além do mais, as pessoas estão acostumadas a consumir e valorizar os conteúdos com qualidade. Isso quer dizer que sua régua para essa questão está bem alta!

Ou seja, por melhor que a ideia e a estratégia de seu viral seja, se o conteúdo final não for de qualidade, não vai adiantar nada e dificilmente ele será bem-sucedido, produzindo o efeito desejado.

5. Não se esqueça do fator surpresa

Por fim, nossa última dica está relacionada ao impacto que um conteúdo viral precisa causar. Por isso, sugerimos fortemente que você não se esqueça do fator surpresa.

Saiba que não basta apenas ter bom humor, o mais importante na viralização é o que ela causa de inesperado em quem está interagindo com o conteúdo.

Surpreender seu público, despertando qualquer tipo de emoção que seja diferente, tal como uma risada inesperada, é uma das chaves do sucesso. Não se esqueça disso!

Gostou de conhecer melhor o marketing viral? Então, entenda agora o quanto sua empresa está perdendo por não ter uma estratégia efetiva de upsell

Artigo produzido pela equipe do Saia do Lugar.

 

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.