Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Fechar Três dias imperdíveis para aprender tudo sobre o mercado digital!

Três dias imperdíveis para aprender tudo sobre o mercado digital!

Garanta seu ingresso

Descubra como é possível melhorar a concentração com estas 10 dicas

Descubra como é possível melhorar a concentração com estas 10 dicas

Precisa se concentrar, mas não consegue? Confira as dicas que separamos para você!

O bip do celular anuncia uma nova notificação das redes sociais ou recebimento de uma nova mensagem. Você já parou para contar quantas vezes isso acontece por dia?

Um estudo mostrou que quase metade dos brasileiros tem o hábito de checar os seus celulares de maneira compulsiva.

Em meio a tanto estímulo, trabalhar para melhorar a concentração é um desafio — mas não é impossível! A seguir, separamos algumas dicas primordiais para ajudá-lo a se concentrar nas suas atividades diárias.

1. Pratique atividades físicas

Um artigo publicado no jornal The Guardian mostrou uma série de pesquisas que comprovam a forte influência dos exercícios físicos sobre o cérebro.

Além de tornar as memórias mais consistentes, os exercícios são comprovadamente um dos responsáveis por ajudar na concentração.

De acordo com a reportagem, cerca de 20 minutos de exercícios aeróbicos intercalados com aulas ajudaram a melhorar a atenção dos alunos em escolas holandesas.

Outro relato mostrou que os adolescentes alemães que ficaram 10 minutos praticando atividades de coordenação lúdica conseguiram melhorar os seus resultados nas escolas. Portanto, escolha seu esporte e comece a praticar!

2. Não tente ser multitarefas

O pesquisador do Laboratório de Pesquisas Cognitivas do Inserm (Instituto Nacional de Saúde e Pesquisa Médica) em Lyon, Jean-Philippe Lachaux, desmistificou o fato de que ser multitarefas é algo positivo. Para ele, fazer duas coisas que exigem atenção ao mesmo tempo pode prejudicar a concentração.

Sendo assim, se você precisa fazer tarefas importantes, organize-se para fazer uma de cada vez. Isso o ajudará a se concentrar nas prioridades e a manter a alta qualidade das suas ações.

3. Medite

A meditação é uma prática milenar na qual o indivíduo utiliza técnicas para manter o foco da mente, seja em um pensamento ou atividade particular. Por atuar no córtex pré-frontal, ela impacta diretamente na concentração e no aprendizado.

Portanto, se você quer se concentrar melhor, pratique a meditação. Ela ativa a região do córtex, aumentando o volume da matéria cinzenta, o que tem efeito direto no cérebro.

Além disso, a prática reduz a atividade do lobo parietal, o que consequentemente faz com que não fiquemos tão sensíveis aos estímulos externos.

4. Tenha uma boa noite de sono

Já percebeu que quando temos uma boa noite de sono, no dia seguinte, nós conseguimos ter mais disposição? Assim como os outros órgãos de nosso corpo, o cérebro precisa descansar. Dessa maneira, se você quer melhorar a concentração, foque em dormir bem.

Isso acontece porque, durante o sono, o sistema nervoso central é restaurado, fazendo com que os neurônios repassem informações adequadas entre eles. Logo, isso impacta na atividade cerebral, nos ajudando a desenvolver uma capacidade superior de focar em determinadas tarefas.

5. Não se esqueça do lazer

O cérebro não é uma máquina. Se você não der um descanso a ele, com tempo, a sua concentração vai falhando e as atividades começam a ser feitas de qualquer maneira.

Desse modo, separe alguns momentos do seu dia para dar uma pausa e relaxar — isso o ajudará a ter mais fôlego para fazer as tarefas que exigem foco.

Ter momentos de lazer é fundamental não só para garantir o bem-estar, mas também melhorar a concentração. Por isso, invista nesses momentos de descontração.

Faça atividades que te deem prazer e que não tenham caráter de obrigação, como passear em um parque ou assistir a um filme.

6. Desconecte-se

Uma certa medida de estresse é fundamental, pois nos ajuda a responder de maneira ágil a situações de emergência. No entanto, é preciso cuidado para que isso não se torne um fardo.

Hoje, estamos recebendo estímulos constantes, além de estarmos expostos a informações em excesso, o que acaba sobrecarregando nosso cérebro.

Já percebeu que a ansiedade aumenta quando estamos o tempo todo conectados?

Logo, se você deseja melhorar a concentração, desconecte-se, desligue o seu computador e celular e fique sem checar as redes sociais. A desconexão ajuda a exercitar uma parte do cérebro conhecida como rede neural padrão, permitindo espaço para sonhar e consolidar a memória.

7. Alimente-se bem para melhorar a concentração

Alguns alimentos ajudam na regeneração dos neurônios, impactando na concentração. A hipoglicemia, que é a falta de glicose no organismo, pode prejudicar o raciocínio. Portanto, escolha fontes dessa substância, como cereais integrais e frutas, para melhorar o foco.

O zinco é outro elemento importante, pois atua contra os radicais livres, preservando as membranas dos neurônios, contribuindo, assim, para a troca de informações entre eles.

Nesse caso, consuma alimentos como ovos, laticínios e carne vermelha para ter um cérebro mais concentrado.

8. Liste as suas tarefas

Está precisando focar em determinadas tarefas, mas não consegue manter o foco? Faça uma lista!

Para isso, você pode usar, por exemplo, aplicativos de produtividade.

Listar as coisas que precisam ser feitas o ajudará a se concentrar no que de importante você tem que realizar em determinado dia.

Assim, é possível estabelecer prioridades — como o trabalho. O documento também ajuda a evitar que a concentração se perca no meio do caminho, pois você sabe que precisa terminar uma tarefa para começar outra.

9. Estimule a sua mente

Assim como o corpo, o cérebro também precisa se exercitar. A ginástica mental é essencial e deve ser aplicada à sua rotina. Um neurocientista americano, Larry Katz, até criou um nome para isso: neuróbica.

Para ele, práticas como fazer palavras-cruzadas, jogar xadrez, usar a mão que você não usa normalmente e fazer contas à moda antiga, sem ajuda de calculadora, são ótimas alternativas para estimular a concentração. Isso acontece porque essas ações ajudam o cérebro a aprender diferentes maneiras de fazer as coias.

10. Memorize as coisas

Você costuma praticar a memorização? Se ainda não, você deveria começar.

Decorar frases, poemas e até músicas ajuda não só na ampliação do vocabulário, mas também treinam o cérebro para que ele se concentre em atividades importantes.

Lembre-se de que a memória forma a base para a aprendizagem e que, sem ela, não podemos nos concentrar. Portanto, tenha hábitos diários para exercitar a mente: isso impactará diretamente o seu sucesso profissional e pessoal.

A importância da concentração

O vício no uso de aparelhos eletrônicos é o vilão da concentração, um problema típico do século 21. A tecnologia domina praticamente todos os aspectos da vida durante o tempo em que estamos acordados, e isso tem um custo cognitivo.

Assim, se você deseja melhorar a sua concentração, procure colocar em prática as dicas apresentadas.

Você verá que conseguirá ter uma habilidade maior para realizar os seus compromissos diários e ainda conseguirá relaxar a mente, aumentando a sua qualidade de vida.

Esperamos que você tenha gostado das nossas dicas.

Confira também nossas dicas para vencer a procrastinação!

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.