Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Fechar Black Week Hotmart

Quer fazer mais vendas? Participe da Black Week Hotmart. Nos últimos anos, os números foram impressionantes: aumento de 200% em vendas em um único dia!

Quero participar

O que é mindfulness e como ele pode te ajudar a trabalhar melhor?

O que é mindfulness e como ele pode te ajudar a trabalhar melhor?

Descubra como ter mais foco aplicando o conceito na prática!

Tanto profissionais quanto estudantes precisam ter muita atenção ao longo do dia. Isso ajuda no processo de aprendizagem e na entrega de grandes resultados. Todavia, por conta de diversos fatores, nunca foi tão difícil ter uma atenção plena — isto é, mindfulness.

Imagine que você está escrevendo um e-mail. Está concentrado e fazendo tudo com agilidade. Então, seu celular alerta que chegou uma mensagem nas redes sociais. Você até tenta resistir, mas não consegue. Muda de foco e deixa o e-mail para depois.

Exemplos como esse são comuns no dia a dia. Nossa atenção é bombardeada com ofertas, mensagens, programações e convites. Se mal gerenciadas, essas variáveis tornam qualquer profissional menos produtivo, feliz e disposto a entregar resultados fora do lugar-comum.

Portanto, é preciso saber conduzir sua atenção plena. Focar no que realmente importa! Saber dizer “não”, listar as tarefas mais importantes do dia a dia e usar a matriz do tempo são algumas dicas úteis, mas existem várias outras. Vamos apresentá-las neste artigo!

Afinal, o que é mindfulness?

Cabeça nas “nuvens” e mente distante do que faz

Uma pergunta: você está pensando em alguma coisa além do que está fazendo no momento? É possível que tenha dito sim e isso não é motivo para preocupação. Na verdade, é muito mais comum do que imagina. Boa parte das pessoas têm a mente afastada do que estão fazendo.

Isso foi constatado pelos psicólogos Matthew Killingsworth e Daniel Gilbert. Eles criaram um aplicativo para iPhone que apresentou a mesma pergunta, em momentos aleatórios do dia, para 2.250 homens e mulheres. Em quase 50% do tempo as pessoas estavam pensando em outras coisas. O estudo foi publicado na Science, uma estimada revista científica.

Outra questão: quanto tempo acha que fica distraído enquanto lê esse artigo? Difícil responder com precisão, não é mesmo?

No entanto, três pesquisadores estudaram o assunto e notaram que a mente do leitor, isto é, sua mente, fica distraída por cerca de 40% do tempo.

Seja porque está pensando em outras coisas em quase metade do seu tempo ou porque sua mente divaga ao longo das leituras, você pode estar sendo (muito) prejudicado.

No curto prazo, a falta de atenção resulta em pequenos erros e atrasos. Mas, se você replicar isso ao longo de um ano — ou ao longo de uma vida (a sua) —, os resultados são preocupantes.

O conceito de Mindfulness

Dito isso, afinal, o que é mindfulness? É um estado em que treinamos nossa atenção para o aqui e agora. O nome vem do inglês e, em tradução livre, significa atenção plena.

Nesse sentido, o mindfulness é algo que pode ser obtido por diversas vezes ao longo do dia — e perdido também, dependendo das distrações. Porém, há algumas técnicas capazes de fazer com que sua atenção plena seja bem gerenciada, colocando-a no aqui e agora.

Não há um consenso acerca da origem do mindfulness. Alguns estudiosos atribuem às meditações budistas, enquanto outros, às técnicas da Psicologia, como as psicoterapias contextuais. Todavia, não é exatamente isso o que importa aqui. Nosso interesse, nos próximos tópicos, é apresentar os benefícios e como atingir a atenção plena.

Quais os benefícios da atenção plena?

Mindfulness gera foco e ajuda a obter sucesso

Há alguns anos, o psicólogo Daniel Goleman lançou seu livro Foco: a atenção e seu papel fundamental para o sucesso. Seu objetivo foi combinar pesquisas de ponta e descobertas empíricas para explicar como o foco é a base do sucesso em todas as áreas da vida.

Mais ou menos no mesmo período, o empresário norte-americano Dave Ramsey lançou seu livro Líder empreendedor: seja o líder que estrutura e desenvolve empresas. Nele, Ramsey explica o papel do foco de longo prazo para atingir o êxito na gestão de pessoas e organizações.

Apesar de serem livros de áreas diferentes — psicologia e negócios — eles convergem em um mesmo sentido: o papel do foco (isto é, da atenção plena) para atingir o sucesso. Há uma série de estudos científicos, publicados em revistas de ponta, que concordam com isso.

Mindfulness eleva o autocontrole e resulta em múltiplos benefícios

Um dos estudos mais conhecidos é o teste do marshmallow. O psicólogo Walter Mischel pediu para que crianças de 4 anos escolhessem um doce (em uma cesta com marshmallows e outras guloseimas).

Depois, disse às crianças que poderiam comer o doce no momento, mas, se esperassem até ele voltar, em alguns minutos, elas poderiam comer dois doces.

Cerca de um terço das crianças pegou o doce de imediato, enquanto outro terço esperou por 15 minutos até ele voltar. Ao avaliar as crianças mais resistentes, capazes de esperar, os estudiosos descobriram altos níveis de autocontrole, em especial na alocação da atenção.

Nesse caso, é fácil associar a capacidade de gerenciar a atenção plena ao autocontrole e, por consequência, há uma enorme quantidade de benefícios. Alguns dos principais são:

  • maior qualidade de vida;
  • desempenho superior na carreira;
  • entrega de resultados acertados;
  • compromisso com prazos e padrões de qualidade;
  • produtividade no dia a dia;
  • redução da procrastinação;
  • menor impulsividade nas escolhas.

Em vista disso, atingir a atenção plena pode gerar diversos benefícios. No curto prazo, o cumprimento das multitarefas diárias e o maior índice de qualidade de vida. Já no longo prazo, a ascensão tanto na vida pessoal quanto profissional. Todos esses benefícios já foram contatados por meio de pesquisas e observações.

7 dicas para atingir o mindfulness

1. Saiba quando dizer “não”

Primeiro, é preciso aprender a dizer não. Enquanto você faz o que realmente importa, há uma série de coisas que disputam sua atenção: o celular, as redes sociais e certos amigos, por exemplo. Ao dizer “sim” para todos esses atrativos, sua atenção nunca será plena.

Então, evite se sobrecarregar com atividades menos importantes. Por mais simpático e solicito que queira parecer, aprenda a dizer não. Pare de tentar fazer tudo ao mesmo tempo. Ao contar com essas medidas, terá boas chances de se concentrar e realizar suas tarefas.

2. Melhore sua gestão do tempo

A correta gestão do tempo é um determinante para o mindfulness. Quando você vive “apagando incêndio”, não consegue realizar qualquer tarefa com qualidade e, menos ainda, alcançar a atenção plena. Portanto, vale contar com ferramentas de gestão do tempo.

Uma das principais ferramentas é a Matriz do Tempo. Ela divide as tarefas diárias em duas categorias: importância e urgência. O ideal é que boa parte das tarefas seja do tipo importante e não urgente, pois assim podem ser planejadas e executadas com qualidade.

3. Tenha uma palavra de ordem

O excesso de informações do dia a dia parece criar um contexto caótico, em que é difícil atingir um nível de atenção plena. Logo, é comum sentir-se sobrecarregado e confuso. A mente começa a divagar e se torna necessário trazê-la de volta.

Nesse processo, o uso de palavras de ordem pode ajudar. Por exemplo, repetir aqui e agora ou mantenha o foco por diversas vezes, até que retome a atenção no que precisa ser feito. É preciso uma palavra de ordem fácil de lembrar e que seja agradável.

4. Evite interrupções

Uma das piores coisas para a atenção é a interrupção, mas também é uma das mais corriqueiras. Ao iniciar uma leitura, um telefone toca e seu raciocínio é imediatamente interrompido. Depois, para voltar ao mesmo nível de concentração, é muito difícil.

Portanto, busque um lugar tranquilo, coloque o celular no modo silencioso, use um fone de ouvido ou conte com outras táticas para evitar interrupções. Ao fazer o que precisa ser feito sem muitos contratempos, poderá conquistar e sustentar uma atenção plena.

5. Use a tecnologia em seu favor

Muitas vezes, a tecnologia é vista como um ponto negativo para a concentração. Ela tira o foco do que é importante e acaba prejudicando quem deseja atingir o mindfulness. Mas não é bem assim. Há uma série de recursos e tecnologias que podem ajudar na concentração.

Uma boa playlist de música ajuda a obter um maior grau de concentração. Também existem aplicativos de mindfulness, que ensinam e estimulam a meditação. Portanto, ao contar com a tecnologia a seu favor, o processo de atenção plena pode ocorrer mais rápido.

6. Tenha horários para relaxar

O dia a dia costuma ser corrido. Parece que as horas passam cada vez mais rápido e não sobra tempo. Essa correria diária gera um grande desgaste, tanto físico quanto mental, além de preocupação e estresse. Todos esses fatores, somados, impossibilitam o mindfulness.

Nesse sentido, é muito importante ter um horário para relaxar. Isso pode significar muita coisa, como ler um bom livro, assistir um filme, caminhar, encontrar um hobby ou ir para a academia. O interessante é ter um período para aliviar o estresse e recarregar as energias.

7. Determine o que vai fazer

Por fim, uma dica muito simples é começar a determinar o que você vai fazer. Por exemplo, “na próxima hora, vou me dedicar ao estudo de estatística” ou “agora, vou sentar e relaxar pelos próximos 20 minutos”. Ou seja, comece a determinar para si mesmo o que vai fazer.

Como pode observar, o mindfulness é importantíssimo. A atenção plena ajuda a obter melhor qualidade de vida, entregar os resultados certos, aumentar a produtividade diária e controlar a impulsividade.

Dicas simples, como ter uma palavra de ordem, aprender a dizer “não” e usar a tecnologia a seu favor, podem ajudar muito. Portanto, não deixe de usá-las.

E aí, gostou do artigo? Aproveite para continuar aprendendo e conheça algumas dicas para evitar a ansiedade no trabalho. Boa leitura!

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.