Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Fechar Minicurso Hotmart

Você é professor?

Já tem conteúdo para ensinar?

Comece 2019 com o pé direito e sendo dono de seu próprio negócio.

Aprenda a criar seu curso online de forma gratuita.

QUERO ACESSAR O MINICURSO
Fechar ¿Cómo crear el ebook perfecto para venderlo en Internet?

¿Cómo crear el ebook perfecto para venderlo en Internet?

Aprende a transformar tu conocimiento en un ebook con nuestra guía gratis.

¡DESCARGA EL MATERIAL!

Como fazer monitoramento de redes sociais para acompanhar seus resultados

Como fazer monitoramento de redes sociais para acompanhar seus resultados

Aprenda a extrair os dados que vão te mostrar se seu negócio está no caminho certo!

É extremamente importante que sua marca esteja presente nas redes sociais. Isso porque é bem provável que seus clientes em potencial estejam em alguma dessas mídias. E, com um mercado cada vez mais competitivo, se você não estiver presente onde as pessoas estão, fique ciente de que sua concorrência estará.

Mas é claro que apenas ter perfil em uma ou todas as redes sociais não é o suficiente. De nada adianta criar várias contas se você não souber como monitorá-las e quais são realmente efetivas para seu negócio.

Continue lendo este artigo e saiba tudo que há de mais relevante sobre monitoramento de redes sociais!

O que é monitoramento de redes sociais?

Monitoramento de redes sociais, basicamente, é entender as especificações de cada mídia para avaliar a performance de seu negócio nessas redes.

Ou seja, o monitoramento precisa ter algum objetivo como, por exemplo, identificar se sua campanha atraiu mais seguidores ou se seu conteúdo está agradando quem acompanha sua página, baseado nas interações com suas postagens.

É importante citar que essa estratégia não se aplica apenas às marcas de produtos e serviços.  O Marketing Político, por exemplo, busca compreender as tendências do eleitorado a partir das páginas e postagens que eles curtem e/ou compartilham.

Por que é importante monitorar as redes sociais?

Ao monitorar as redes sociais de sua empresa, você consegue pensar em estratégias melhores para cada canal. Com isso, é possível pensar em ações mais assertivas e que consigam realmente atingir seu público-alvo.

Além disso é possível, por exemplo, descobrir algum assunto que está em alta e criar conteúdo em cima disso.

Ou você pode até mesmo encontrar pessoas influentes que gostam de sua marca e, quem sabe, fazer uma parceria com elas.

O que monitorar em suas redes sociais?

Cada rede social tem uma exigência diferente para suas publicações. É por isso que o monitoramento em cada uma delas é diferente.

Para te ajudar a entender os dados que você deve acompanhar, selecionamos as redes sociais mais usadas atualmente e as principais métricas de cada uma delas:

1. Facebook

Com a mudança no algoritmo do Facebook, o número de likes não é mais o único dado que você deve acompanhar.

Alcance

Essa métrica mostra o número de usuários que visualizaram suas publicações.

É possível medir diversas categorias de alcance, desde o alcance orgânico de visitas, que são as interações feitas espontaneamente, sem nenhum investimento além da criação de conteúdo, até o alcance de posts pagos.

O Facebook disponibiliza, gratuitamente, uma ferramenta para monitorar a rede social que é o Audience Insights. Nela é possível visualizar todas as informações necessárias sobre o desempenho de sua página.

Pessoas falando sobre isso

O  Audience Insights conta com uma ferramenta muito útil chamada pessoas falando sobre isso, que calcula quantas pessoas interagiram com sua marca, de alguma maneira, nos últimos 28 dias.

Você pode, por exemplo, acompanhar os dias e horários que suas publicações são mais curtidas, compartilhadas e recebem comentários. Dessa forma, fica mais fácil saber que tipo de conteúdo funciona melhor com seu público e em qual horário você deve fazer um post.

Taxa de cliques

Em um blog, conseguimos saber por meio da taxa de cliques quanto um anúncio ou e-mail marketing é efetivo, por exemplo.

Essa métrica mantém sua importância no Facebook, computando quantos usuários clicaram em seus links, abriram suas imagens ou assistiram seus vídeos.

É excelente saber quantas pessoas foram atingidas por seu conteúdo e quantas delas se interessaram o bastante para se engajar com eles.

Dessa forma, é mais fácil conhecer quais postagens estão chamando a atenção dos usuários, o que permite que você tenha controle maior sobre o que é compartilhado.

Engajamento

Ao criar uma página no Facebook para seu negócio, é essencial que você dê muita atenção para o engajamento de suas postagens.

Engajamento nada mais é do que a interação do público com as publicações em sua página, como cliques, curtidas, comentários e, principalmente, compartilhamentos.

O clique é importante porque demonstra que o usuário se interessou por seu conteúdo. Já o Curtir significa que o público gostou de sua publicação, mas não interagiu mais do que isso.

Há algum tempo que o Facebook alterou essa opção, oferecendo no mesmo campo outras opções, como Amei e Triste. Isso ajuda a identificar o sentimento da pessoa em relação a seu conteúdo.

O comentário tem um nível médio de importância, pois significa que a pessoa sentiu uma necessidade de manifestar uma opinião sobre aquele assunto.

O compartilhamento tem um peso maior que os anteriores, porque demonstra que seu  conteúdo é tão relevante que está sendo propagado por quem visita sua página.

É por isso que o engajamento é, sem dúvida, a métrica mais importante para a página de seu negócio.

É ele que determinará o alcance de suas atividades entre o público em geral. Se o engajamento for baixo, consequentemente, seu alcance também será, e menos pessoas conhecerão sua marca organicamente.

Taxa de rejeição

Pessoas que ocultaram do feed suas publicações, denunciaram um post como spam ou visualizaram e não curtiram sua página, são alguns exemplos de dados que devem ser monitorados.

Você precisa saber quando e com quais publicações isso aconteceu e, assim, refletir sobre essas ações para planejá-las corretamente.

2. Twitter

Podemos dividir as métricas do Twitter em métricas da página inicial e métricas por tweet.

Assim como o Facebook, essa rede também possui uma ferramenta de monitoramento de resultados, o Twitter Analytics.

As principais métricas que essa ferramenta mostra são:

Métricas da página inicial

Tweets: total de posts publicados por seu perfil no Twitter.

Impressões: vezes que seus tweets foram visualizados pelos usuários.

Visitas ao perfil: quantidade de visitas que seu perfil teve no último mês.

Menções: número de vezes que seu perfil foi mencionado pelas pessoas.

Seguidores: pessoas que já seguem seu Twitter e novos seguidores adquiridos no último mês.

Tweet de destaque: o tweet mais visualizado em um determinado mês.

Menção de destaque: o tweet mais visualizado em que seu nome de usuário é mencionado.

Seguidor de destaque: seu seguidor que tem mais seguidores. Esse dado pode ser muito interessante, já que uma pessoa com vários seguidores pode ser um potencial influenciador e parceiro para seu negócio.

Métricas por tweet

Impressões: vezes que os usuários visualizaram seu tweet.

Engajamento: número de vezes que um usuário interagiu com um tweet. Isso engloba todos os cliques, retweets, respostas, novos seguidores e favoritos.

Taxa de participação: número de engajamentos divididos pelo total de número de impressões.

Cliques no link: vezes em que as pessoas clicaram em um link compartilhado em algum tweet.

Retweet: número de vezes que as pessoas compartilharam um tweet.

Favoritos: número de vezes que as pessoas favoritaram o tweet.

(Aproveite para acompanhar também o Twitter da Hotmart.)

3. Instagram

O Instagram tem diversas funcionalidades e oferece várias métricas importantes sobre seus seguidores, suas publicações e seus stories, que são mostradas no Instagram Insights. Entre esses dados, os principais são:

Métricas dos seguidores

Gênero e idade: você consegue visualizar qual é o sexo predominante de seus seguidores, ou seja, se há mais homens ou mulheres em sua audiência, e também é possível entender a idade média desse público.

Localização: países e, inclusive, cidades em que o Instagram de sua empresa tem mais seguidores.

Seguidores por hora: horários que seu público está online. Com essa informação, você consegue saber qual o melhor horário para postar nessa rede, o que é ótimo, já que ela é uma rede social praticamente toda visual.

Seguidores por dia: dias que seu público fica mais ativo.

Métricas das publicações

Impressões: o número de vezes que sua publicação foi vista, mesmo que seja pela mesma pessoa.

Alcance: quantidade de pessoas que visualizaram sua publicação.

Engajamento: assim como no Facebook, o engajamento do Instagram mostra o número de curtidas e de comentários que sua publicação recebeu.

Salvo: quantidade de pessoas que salvaram alguma de suas publicações.

Métricas das histórias

Impressões: quantidade de vezes que uma publicação foi vista por um determinado usuário do Instagram.

Alcance: quantidade de pessoas que visualizaram sua publicação.

Toques para voltar: número de pessoas que reviram uma foto ou vídeo que você publicou.

Toques para avançar: número de pessoas que clicaram para avançar para a próxima foto ou vídeo de seus stories.

Saídas: número de vezes que alguém saiu de seus stories.

Respostas: número de respostas que uma foto ou vídeo recebeu dentro do Instagram Stories.

4. YouTube

Apesar de ser conhecida como uma plataforma de visualização de vídeos, devido à interação que o YouTube permite entre seus usuários, ele com certeza pode ser considerado também uma rede social.

Tanto é que ele também possui uma ferramenta de monitoramento de redes sociais, o YouTube Analytics.

Podemos citar as seguintes métricas como as principais para acompanhar nessa plataforma:

Visualizações

Com esse recurso, você poderá acompanhar a quantidade de acessos e os dados sobre as visualizações de seus vídeos.

Informações demográficas

Por meio das informações demográficas é possível saber se você está chegando ao público certo com seu conteúdo, obtendo dados como: país, idade e sexo de quem visualizou seu vídeo ou canal.

É muito importante saber qual tipo de público mais se engaja com seu conteúdo e, assim, direcionar os esforços para essa audiência específica.

Locais de reprodução

Aqui você vai saber se os vídeos de seu canal estão sendo assistidos no próprio YouTube, em outros sites ou em dispositivos móveis.

Origens de tráfego

São os dados que mostram de onde vem as visualizações dos vídeos.

Retenção do público

Essa métrica permite entender a aceitação do conteúdo, pois não adianta ter um vídeo com muitos acessos se você não consegue engajar seu público.

Também consiste em quantos minutos do total do vídeo é assistido.

Para saber mais sobre o YouTube Analytics, confira nosso vídeo da série Hotmart Tips:

5. LinkedIn

O analytics do LinkedIn pode oferecer insights muito relevantes.

Além de poder acompanhar a performance de suas publicações, você também pode ver os dados demográficos de seus seguidores, uma ótima opção principalmente se seu objetivo nessa rede for contratar novos colaboradores para seu negócio.

Lembre-se que essa é a maior rede profissional do mundo, portanto, não deixe de acompanhar essa métrica.

Quais ferramentas usar para o monitoramento de redes sociais?

Depois de entender quais métricas você deve avaliar nas principais redes sociais, vamos apresentar algumas ferramentas online que te ajudam a fazer o monitoramento de redes sociais e explicar um pouco sobre cada uma delas.

Social Bakers

Essa é uma das mais completas ferramentas pagas de mídias sociais, mas que também oferece uma opção gratuita que possibilita descobrir quais marcas têm maior popularidade em cada rede social, divididas por categorias, público ou velocidade de crescimento.

Scup

Produzida pela empresa Direct Labs, a finalidade do Scup é prover uma interface simples e rápida para monitorar diversas redes sociais, tais como Twitter, YouTube, Google Alerts e outras.

Criada para monitorar, gerir e acompanhar o atendimento ao cliente nas redes sociais, o Scup é uma ferramenta muito utilizada no mercado.

Essa ferramenta também oferece treinamentos gratuitos, além de ter disponibilidade para acompanhamento de conversas relevantes em 13 redes sociais.

É possível programar postagens e mensurar a reputação da marca por meio de comentários nas plataformas disponíveis.

Google Analytics

Além de ser a principal ferramenta para análise do desempenho de sites, o Google Analytics também oferece diversas métricas voltadas para mídias sociais, como a quantidade de visitantes que chegou a seu site vinda de uma determinada rede, ou quais sites encaminharam mais acesso para sua marca, por exemplo.

Google Trends

O Google Trends é totalmente gratuito e possibilita que você analise os termos mais buscados e os mais populares em um determinado período.

Como os assuntos mais buscados no Google repercutem também nas redes sociais, ele é uma excelente ferramenta para saber sobre o que sua audiência está falando.

Quintly

O Quintly viabiliza o acompanhamento de até 3 páginas do Facebook, simultaneamente, analisando estatísticas sobre seus seguidores com o objetivo de aumentar o engajamento deles com seus posts.

Com ele, você pode customizar o dashboard com vários widgets diferentes e assim acompanhar diversas métricas.

Monitore suas redes sociais e gere resultados

Existem diversas redes sociais em que seu negócio pode estar presente. Para cada uma dessas redes, há uma grande quantidade de ferramentas prontas para te ajudar a extrair o máximo de resultados possível delas.

Determine em quais redes sociais seu negócio deverá estar e escolha uma ferramenta profissional para te ajudar a monitorar os dados dessas mídias e, assim, conseguir gerar resultados satisfatórios para sua empresa.

Além do monitoramento de redes sociais, é necessário também saber gerenciá-las. Por isso, aproveite para ler nosso post com 7 dicas para para fazer uma boa gestão de redes sociais.

 

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.