Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Fechar Três dias imperdíveis para aprender tudo sobre o mercado digital!

Três dias imperdíveis para aprender tudo sobre o mercado digital!

Garanta seu ingresso

8 mulheres empreendedoras de sucesso para te inspirar!

8 mulheres empreendedoras de sucesso para te inspirar!

Por trás da cena do empreendedorismo brasileiro existem muitas histórias de sucesso. No post de hoje, você vai conhecer 8 mulheres empreendedoras para te inspirar em sua jornada.

Empreender é muito mais do que abrir um negócio e criar um bom planejamento estratégico. É olhar para o próprio entorno e identificar oportunidades de inovar em um mercado e explorar novas possibilidades de empreendimento e lucro.

Para isso, é preciso faro, criatividade, muita pesquisa e, sobretudo, disciplina.

Quando se é mulher o desafio é ainda maior.

Além de lutar para conquistar espaço em mercados predominantemente masculinos, muitas vezes a empreendedora precisa, ainda, conciliar a vida profissional com a pessoal, o gerenciamento empresarial com o doméstico.

Mas tão numerosas quanto as dificuldades são as possibilidades de crescimento e de sucesso.

E é exatamente sobre isso que falaremos hoje: mulheres que transformaram suas habilidades e contextos de vida em oportunidades para criar negócios e prosperar.

Quer saber mais? Acompanhe e inspire-se!

1. Tânia Gomes

mulheres empreendedoras - imagem da Tânia

Imagem: www.projetodraft.com

A história de Tânia Gomes é um exemplo de como muitas vezes o segredo para nosso sucesso está bem diante dos nossos olhos: cansada de procurar sapatos da sua numeração e não encontrar (ou encontrar opções muito limitadas) ela decidiu vender sua parcela da empresa de marketing digital da qual era sócia e abrir uma loja virtual apenas de sapatos de numeração baixa, mais precisamente de números 33 e 34.

Tânia viu no próprio problema um mercado para ser explorado. Afinal, apenas no Brasil cerca de 5 milhões de pessoas calçam 33 ou 34 — e apenas 3% da produção das principais sapatarias é destinada a esse público.

Para tocar seu projeto, ela contatou 15 dos principais fabricantes do Brasil, os convenceu a criar uma parceria com sua loja para montar seu estoque.

Tânia já ultrapassou a marca de 120 clientes distribuídos em 11 estados e no Distrito Federal.

2. Marcia Tozo

mulheres empreendedoras - imagem da Marcia

Fonte: Hotmart

A história de sucesso de Marcia Tozo no mercado digital foi desenhada graças ao seu curso online sobre a produção de “Brigadeiros Gourmet”. Mãe desde os 16 anos, Márcia precisou abandonar os estudos para se dedicar à maternidade. A catarinense, natural da cidade de Tubarão, retornou os estudos anos mais tarde para se graduar no curso de publicidade.

A partir daí, ela se mudou com a família para Florianópolis e, em parceria com a Hotmart, aplicou os conhecimentos adquiridos na graduação do desenvolvimento do seu curso online que ensina pessoas do Brasil inteiro a fazer brigadeiros Gourmet.

3. Ana Fontes

mulheres empreendedoras - imagem da Ana

Imagem: www.projetodraft.com

Ana Fontes é um exemplo inspirador para profissionais que desejam se realocar no mercado.

Após 17 anos atuando como executiva e já infeliz com a própria carreira, ela decidiu apostar em uma revolução pessoal: abandonou o emprego e decidiu empreender.

Foram muitas as dificuldades enfrentadas e, durante o processo de decisão acerca de quais seriam seus rumos profissionais ela percebeu a dificuldade de se conquistar espaço na área de empreendedorismo sendo mulher. Pensando nisso, ela criou a Rede Mulher Empreendedora, uma rede online com dicas, fóruns de discussão, notícias e informações relacionadas ao empreendedorismo feminino.

Na rede, mulheres que decidem empreender podem ser unir, apoiar, trocar dicas e informações e debater acerca de suas empreitadas no mundo do empreendedorismo.

O site já possui mais de 36 mil inscrições, que aumentam a cada dia.

Ana mostra, com sua história de vida, que com coragem e perseverança é possível reestruturar a própria vida e conquistar, ao mesmo tempo, realização pessoal e sucesso profissional.

4. Luiza Helena Trajano

mulheres empreendedoras - imagem da Luiza

Fonte: www.guiaempreendedor.com

Essa é uma história sobre empreendedorismo feminino muito conhecida em todo Brasil, Luiza Helena Trajano é uma das grandes responsáveis pelo desenvolvimento de umas das maiores redes de varejo do país, o Magazine Luiza.

A grande rede iniciou-se pelos tio de Luiza como uma pequena loja localizada no interior de São Paulo. Mas com Luiza Helena assumindo a liderança da empresa na década de 1990, o negócio de família transformou-se e se expandiu por quase todo o país.

De uma jovem que trabalhou no negócio da família para presidente de uma rede com mais de 700 lojas espalhadas por 16 estados brasileiros, Luiza demonstrou sua capacidade para tornar uma empresa grande.

Inicialmente inaugurada utilizando o nome de A Cristaleira, mas ao adquirir outras redes concorrentes o nome Grupo Magazine Luiza foi adotado. Além da grande expansão em lojas físicas, a marca também é referência no e-commerce no Brasil.

O retorno financeiro obtido pelos seus esforços também é notável: os bens de Luiza já ultrapassam a marca de R$ 1 bilhão. Fora o título de empresária de sucesso no Brasil, Luiza também é reconhecida como um grande incentivo para mulheres empreendedoras, sendo uma defensora convicta de que as mulheres merecem posições de destaque no empreendedorismo.

5. Zica Assis

mulheres empreendedoras - imagem da Zica

Fonte: www.economia.uol.com.br

Com uma infância difícil e tendo que trabalhar desde os 9 anos como babá, Zica Assis ingressou na área de salões de beleza aos 21 anos, quando fez um curso de cabelereira. Inicialmente ela não possuía intenções profissionais, desejando apenas aprender como aprender a cuidar melhor das próprias madeixas e aparência.

No entanto, a identificação com a área foi tamanha que Zica resolveu abraçar um novo sonho: abrir um negócio próprio especializado em cabelos crespos e ondulados. Ela enxergou no próprio problema de não encontrar produtos e estabelecimentos focados no seu tipo de cabelo uma oportunidade — e foi pioneira.

Em 1993 Zica, com o apoio do marido, que vendeu o taxi que possuía na época, e do irmão, gerente da Mcdonalds na época, ela fundou o Instituto Beleza Natural. Hoje a marca já conta, em seus quase 25 anos de história, com mais de 100 salões de belezas distribuídos por todo o território nacional.

6. Paula Abreu

mulheres empreendedoras - imagem da Paula

Fonte: www.espalhai.com

Paula Abreu seguia o modelo esperado (e esperado) de sucesso na sociedade: graduada em direito, com uma boa posição em um escritório renomado, com uma boa casa e um bom carro. Em outras palavras, para os olhos externos ela possuía a vida perfeita.

Mas aquela não era a vida que Paula desejava e ela entendeu que, muitas vezes, as expectativas sociais, o medo e o conformismo impede que grande parte das pessoas tenha a vida que realmente gostariam de ter.

E foi exatamente esse o gancho que ela usou para remodelar completamente a própria vida: partiu da própria experiência e decidiu dedicar sua vida a inspirar outras pessoas a seguirem seus sonhos e a adotarem posturas saudáveis e construtivas em seus cotidianos.

Seus primeiros passos foram compartilhando a própria experiência nas redes sociais e relatando aos seguidores o que fazia para transformar sua própria vida. Com o sucesso crescente dessa medida, ela resolveu abraçar o coaching.

Hoje Paula é escritora e uma das coachs mais seguidas no Brasil, com fama internacional. Seu blog é um sucesso de visitas e ela tem a chance de ganhar a vida com muito mais autonomia, originalidade e liberdade, ajudando, ainda, milhares de pessoas a seguirem seu exemplo.

Botão para clicar e baixar o ebook com o case da Paula Abreu

7. Chieko Aoki

mulheres empreendedoras - imagem da Chieko

Fonte: www.napratica.org.br

Chieko Aoki é um exemplo de como a sua experiência como empregada pode servir de aprendizado para a construção do próprio negócio.

Atuando na área de hotelaria desde a década de 1980, ela ocupava, inicialmente, a função de diretora de marketing de uma rede de hotéis de luxo.

O talento dela para o ramo era tamanho que, em poucos anos, ela já assumiria a presidência da empresa.

Sua carreira continuou progredindo até que, em 1997, ela resolveu montar o próprio empreendimento utilizando todo o conhecimento que acumulou ao longo de sua carreira, além da sólida formação adquirida na sua graduação no curso de Direito da Universidade de São Paulo (USP).

Com isso, ela fundou a rede Blue Tree Hotels, que já conta com mais de 20 unidades espalhadas por diversos estados brasileiros.

A rede segue a linha de hotelaria de luxo e resorts e é uma verdadeira referência na área. Hoje Chieko Aoki é apontada como uma das empresárias brasileiras mais poderosas, chegando a ocupar o segundo lugar do ranking da forbes em 2013.

8. Laura Montes

mulheres empreendedoras - imagem da Laura

Fonte: Hotmart

Fascinada pelo comportamento humano e estudiosa de sociologia e sexologia, Laura Montes decidiu dedicar sua vida e carreira a observar a estudar as relações e a sexualidade humana. Com isso, ela começou a escrever sobre o tema e valer-se das potencialidades do mundo digital para divulgar o seu trabalho defendendo, entre outras coisas, a educação sem gênero

Seu trabalho busca ajudar mulheres vítimas de violência sexual e psicológica ou que enfrentam alguma dificuldade ou problema relacionado a própria sexualidade. A divulgação e rede de pessoas interessadas é mantida no seu site.

Além disso, ela oferece oficinas presenciais para pessoas que precisam de orientação ou ajuda para lidar com bloqueios, superação de traumas ou libertação de bloqueios ou problemas sexuais.

A iniciativa é intitulada “Conecte-se e desfrute da sua feminilidade”. Trata-se de um curso, em parceria com a hotmart, de transformação que conta com módulos de conteúdos em vídeo, exercícios práticos e testes para que o usuário possa acompanhar a própria evolução.

Se você se inspirou com essas histórias de sucesso de mulheres empreendedoras, não deixe de conferir também nosso artigo sobre empreendedorismo digital e ficar por dentro de muitas outras dicas e técnicas para fazer o seu negócio prosperar!

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.