Fechar Notificações

Não perca mais nada!

Ative as notificações do blog para ser avisado sempre que tiver conteúdo novo!

Fechar Newsletter

JUNTE-SE A MILHARES DE EMPREENDEDORES DIGITAIS!

Receba os melhores conteúdos para crescer seu negócio online.

Afinal, o que é educação? Veja a definição completa

Afinal, o que é educação? Veja a definição completa

E confira também como está a educação na era digital e tudo sobre EAD.

A educação é muito importante dentro das sociedades. Ela é base para a perpetuação da cultura, para a instrução de indivíduos, para a evolução da sociedade e para outros fins.

Em muitos lugares, a educação é dividida em níveis e modalidades. No Brasil, alguns exemplos de níveis são: infantil, fundamental, médio e superior.

Já as modalidades podem ser:

  • educação escolar;
  • educação profissional e tecnológica;
  • educação para jovens e adultos;
  • educação a distância;
  • entre outras.

A modalidade de educação escolar, que compreende o tipo tradicional que conhecemos (básica e superior), não teve muitas modificações ao longo do tempo.

No entanto, a transformação digital vem trazendo mudanças significativas em todo o ensino. Você entenderá, neste post, quais são os impactos dessas mudanças e seus benefícios para professores e alunos.

Vamos lá?

Qual é o conceito de educação?

Educação é um sistema de ensino e aprendizado que tem o objetivo de socializar indivíduos e potencializar seu desenvolvimento.

Por mais que ela possa ser comumente ligada ao conhecimento, esses dois termos não devem ser confundidos. A educação está relacionada a regras morais, enquanto o conhecimento é mais abrangente que isso.

Apesar de estar ligada às regras morais, ela não as representa em si. Por isso mesmo que a educação é considerada um grande sistema, com diferentes métodos, procedimentos e ferramentas.

O ensino na educação é um ponto-chave dessa variedade, veja a seguir!

Modalidades de ensino

Como você viu, existem muitas modalidades de ensino dentro da educação.

Vamos entender um pouco sobre as principais!

  1. Educação escolar: é a educação tradicional da nossa sociedade, que todo indivíduo tem que passar durante a infância e a adolescência. Ela se divide em níveis: básica e superior.
  2. Educação especial: uma modalidade voltada para pessoas com deficiência ou doença mental.
  3. Educação profissional e tecnológica: focada na qualificação de mão de obra. Permite que o aluno desenvolva conhecimento técnico em alguma profissão e habilidades que o ajudam no mercado de trabalho.
  4. Educação de Jovens e Adultos: destinada àqueles que não deram continuidade em seus estudos escolares do nível básico na idade adequada. Essa modalidade deve ser oferecida gratuitamente pelos sistemas de educação.
  5. Educação a distância: modalidade que se popularizou com a ascensão da era digital e vem crescendo muito de uns tempos para cá. Como o nome já diz, nessa modalidade, o ensino acontece a distância, com a ajuda da internet, normalmente por meio de plataformas EAD.

Educação na era digital

O avanço da tecnologia, a ascensão do digital e da internet vêm afetando muitas áreas, dentre elas a educação.

Nessa área, podemos observar um uso crescente da tecnologia dentro de salas de aulas e também uma completa disrupção dos modelos clássicos de ensino.

As instituições estão, cada vez mais, aproveitando das facilidades e dos benefícios de funcionalidades como: internet, equipamentos eletrônicos, gamificação e plataformas online para incrementar o ensino.

Nos casos em que esses dois modelos são utilizados, temos o que é chamado de ensino híbrido.

O ensino híbrido acompanha os avanços da tecnologia, atraindo a atenção dos alunos e reduzindo custos, ao mesmo tempo que mantém a característica presencial do ensino.

Por outro lado, muitas instituições estão começando a integrar totalmente o online e disponibilizar cursos inteiros a distância, principalmente quando se trata do nível superior.

Além disso, uma outra área crescente dentro do ensino a distância é a de cursos livres. Por oferecerem uma formação fora do âmbito acadêmico, esses cursos não estão incluídos no conceito de educação, mas apresentam grande oportunidade para quem quer ensinar e aprender.

E ainda, representam uma contribuição importante e crescente para a sociedade. Você entenderá mais sobre essas oportunidades a seguir!

O que é ensino a distância ou EAD?

Reforçando a explicação do tópico anterior, quando se trata de cursos a distância, podemos ver cursos superiores (ou seja, um modelo de educação) e cursos livres, que não são um modelo de educação, mas fazem parte do ensino a distância ou EAD.

De forma resumida, ensino a distância (EAD) é uma modalidade de ensino que baseia-se em aulas que acontecem parcialmente ou totalmente em ambiente virtual.

Ou seja, professores e alunos não precisam se encontrar presencialmente para a transmissão do conteúdo. As aulas podem ser transmitidas em plataformas especializadas, por meio de videoaulas e conteúdos complementares.

Para a qualidade do ensino a distância ser efetiva, a plataforma em que se encontram os cursos deve oferecer um bom ambiente de aprendizagem virtual (AVA), ser personalizável e segura, possibilitar a comunicação e suportar vários formatos de conteúdo.

Tudo certo até aqui?

Agora, continue acompanhando e confira as principais formas, características e termos do EAD.

Faculdade a distância

A faculdade a distância já é uma realidade no Brasil. Essa modalidade de educação superior é regulamentada pelo MEC e sua tendência e aceitação são crescentes.

Apesar de estar ganhando bastante popularidade e atraindo muita gente — principalmente quem não tem tempo ou quer gastar menos para se graduar —, a faculdade a distância não é aplicável a qualquer curso superior.

Medicina, por exemplo, é um curso que não é aprovado para ser disponibilizado completamente online.

Além disso, não é uma opção recomendável para qualquer pessoa, tendo em vista que muitos alunos podem apresentar dificuldades quando não têm um acompanhamento mais próximo do professor.

De qualquer forma, a faculdade online apresenta um avanço muito grande e pode valer a pena em muitos casos. Por exemplo, para as instituições terem mais alunos e para alunos que não têm outra opção conseguirem se graduar.

Cursos livres

Cursos livres são cursos online sobre qualquer assunto que transmitem um conhecimento pela internet.

Normalmente, são disponibilizados por plataformas EAD que contam com suporte para transmitir as aulas virtuais, os materiais complementares e possuem ambientes de interação.

Eles são muito buscados por quem quer complementar sua educação básica, ganhar um conhecimento extra ou se desenvolver pessoalmente.

Assim como a faculdade a distância, os cursos livres também vêm apresentando um crescimento estrondoso de uns tempos para cá. Afinal, eles apresentam inúmeras vantagens, algumas delas são:

  • grande gama de cursos com temas com objetivos claros, específicos e práticos;
  • fáceis de serem acessados;
  • possuem custo mais baixo em comparação com os presenciais;
  • possibilitam autonomia e flexibilidade para alunos e professores;
  • muitos oferecem certificado que pode ser incluído no currículo.

Isso sem contar com o que esses cursos representam para a economia, já que muitas pessoas com um talento ou conhecimento específico têm a facilidade de transformar isso em um trabalho, criando seu próprio curso online. Seja esse seu trabalho principal ou para complementar a renda. 

Professor EAD

A função do professor EAD é semelhante ao ensino tradicional. Ele deve planejar as aulas, gravar o curso, saber transmitir bem o conteúdo, instruir, motivar os alunos e elaborar atividades.

O diferencial é que, em uma aula online, o conteúdo vai ser passado para um número maior de alunos de qualquer lugar do mundo.

Além disso, o ensino online apresenta vantagens para o professor que não existem no presencial, como:

  • poder trabalhar de onde quiser e até de casa;
  • ter o suporte constante das diversas tecnologias digitais para incrementar as aulas;
  • poder ensinar o que ama;
  • poder escalar o curso.

E tem mais, com a popularidade dos cursos livres e a facilidade de ter um negócio próprio hoje em dia, qualquer pessoa que queira compartilhar um conhecimento pode se tornar um professor online.

Tutor EAD

No ensino a distância, um novo papel entra em cena, o de tutor. O tutor EAD trabalha juntamente ao professor, fornecendo suporte aos estudantes, entrando em contato, tirando dúvidas, corrigindo provas, etc.

Ele existe devido à complexidade das aulas online, uma vez que elas podem tomar uma proporção muito grande.

Assim como explicamos, os cursos online podem ser disponibilizados para um número muito maior de pessoas e, muitas vezes, o professor sozinho não consegue atender todas as demandas dos alunos.

Por isso, o auxílio do tutor é muito importante para manter a boa qualidade das aulas online.

Estudar a distância

Uma das grandes preocupações de quem ainda está entrando no mundo do ensino a distância é se realmente este modelo funciona, principalmente quem tem vontade de estudar online, mas não sabe se terá um bom rendimento estudando a distância.

Bem, como falamos no início deste texto, o EAD não serve para todo mundo, de fato. Mas, quem realmente precisa ou está motivado a fazer dar certo, consegue bons resultados.

Até porque, existem dicas que facilitam a vida de alunos EAD, algumas delas são:

  • planejamento: ter um objetivo claro, organizar as tarefas, estabelecer metas e regras;
  • organização do tempo: ter um tempo separado para os estudos e para a atividade do curso;
  • saber priorizar: fazer escolhas do que será melhor para você e seus estudos em cada momento;
  • separar um espaço para os estudos: ter seu cantinho de silêncio, uma mesa, cadeira e equipamentos adequados;
  • conhecer seus limites: não exagerar e saber balancear as atividades;
  • evitar distrações: concentrar apenas na aula, saber deixar o celular e outras coisas para depois;
  • fazer pausas: lembrar de parar para descansar e se alimentar;
  • não deixar as coisas para a última hora: fazer os exercícios no tempo adequado;
  • tirar as dúvidas e aprofundar seu conhecimento: não ter vergonha de perguntar, entrar em contato com o professor e o tutor e buscar por outros conteúdos além das aulas.

Além disso, o EAD tem um grande ponto positivo para os alunos: seu protagonismo.

Diferentemente do modelo tradicional, nos cursos a distância, a visão totalitária da sala de aula é quebrada e o aluno é realmente envolvido no processo de aprendizagem. O que valoriza a autonomia e certamente é mais motivador para quem está aprendendo.

Ensino a distância vale a pena?

Depois de entender melhor sobre o que a educação representa e como ela vem sendo revitalizada com o ensino a distância, você deve ter chegado a algumas conclusões, não é mesmo?

Mas esse foi apenas um apanhado geral sobre o ensino a distância, se você se interessou e quer saber mais, leia nosso conteúdo completo sobre educação a distância.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.