Fechar

Escaneabilidade: por que é tão importante para o seu blog? Descubra aqui!

Você já percebeu como os textos na internet são diferentes dos livros tradicionais? Descubra por que a escaneabilidade é um recurso que não pode faltar no seu blog.

ilustração de um notebook aberto com uma página de internet sendo exibida na tela; uma lupa faz um rastreio do conteúdo para analisar a escaneabilidade do texto

A produção de conteúdo é, sem dúvidas, um dos principais pilares na construção de uma estratégia de Inbound Marketing. Por isso, é importante pensar em técnicas de apresentação de conteúdo que vão além do texto em si.

Você já pensou que uma leitura confortável pode ser uma boa estratégia para atrair novos usuários para o seu blog e reter aqueles que já tem?

Fique com a gente e descubra por que a escaneabilidade é um dos recursos que não podem faltar e como aplicá-la em seu blog!

Por que é importante pensar em escaneabilidade?

Ler um texto na internet — seja de blog, site de notícias ou de receitas — é muito diferente de ler um livro, concorda? Isso significa que se você escrever blocos de parágrafos muito densos e compridos no seu blog, provavelmente seu leitor vai achar monótono e pode até abandonar o texto.

Entretanto, é importante pensar que, ainda que o usuário não encontre parágrafos muito extensos, é muito possível que sua leitura seja mais lenta, porque, na web, geralmente, as pessoas costumam realizar outras tarefas simultaneamente.

Várias abas abertas no navegador com outros textos e planilhas, e-mail, aplicativos de mensagens instantâneas, redes sociais, streaming de música ou podcasts… são alguns dos fatores que podem dispersar a atenção de quem lerá o seu blog.

Por esse motivo, se o conteúdo desejado não é encontrado rapidamente pelo leitor, a sua página pode ser deixada de lado. E você não quer que isso aconteça, não é verdade?

É aqui que você pode contar com a escaneabilidade como um recurso que vai ajudar o seu público a localizar e filtrar com maior facilidade o conteúdo que busca em sua página.

Como se escaneia um texto?

Você, ao procurar pelo tema escaneabilidade, certamente encontrou este post como uma referência sobre o tema, correto? Ao abrir a página, deve ter feito uma rápida leitura dos subtítulos para verificar se o que está buscando pode ser encontrado neste blog post. Se isso aconteceu, você acabou de escanear este texto!

A escaneabilidade é justamente isso. Sempre que um usuário entra em uma página pela primeira vez, ele faz uma leitura dinâmica para identificar se o que está procurando estará lá. E é a forma como você distribui a escrita e formata o texto que vai possibilitar que o seu leitor o escaneie.

A primeira coisa que você deve levar em consideração é entender como as pessoas escaneiam um texto na internet, para que possa priorizar os elementos que devem estar mais visíveis para chamar a atenção de quem vai ler o seu blog.

Existem padrões de escaneabilidade?

Existem vários modelos para facilitar a escaneabilidade de um texto, mas, de acordo com o Nielsen Norman Group, há alguns padrões de leitura que são mais frequentes entre os usuários de internet.

Padrão em F, em Z ou em Zigue-zague? Como você distribui a sua leitura quando está no texto?

Padrão em Z

Este, provavelmente, é o padrão mais comum e tradicional, mas não é o mais indicado para o seu blog se você quiser fidelizar a sua audiência. 

Ocorre quando a pessoa lê a tela da esquerda para a direita e, depois, lê em diagonal o que que vem abaixo até se deparar com um novo subtítulo. 

Isso acontece porque a página pode estar apresentando uma má hierarquização dos conteúdos e o leitor realiza a leitura “diagonal” para fazê-la mais depressa.

Padrão em Zigue-zague

É muito semelhante ao padrão em Z, mas este é usado quando os parágrafos estão mais separados na disposição do texto. É mais dinâmico do que o padrão anterior, mas ainda não é o mais indicado se você quer que o seu público tenha interesse em ler o texto completo.

Padrão em F

Este ocorre quando as pessoas leem começando pela parte superior do texto, seguindo a leitura sempre da esquerda para a direita. Este tipo de leitura prioriza os elementos mais importantes do texto, como o título e o primeiro parágrafo. 

O diferencial é que, após ler essa parte, a pessoa faz uma leitura vertical pela margem esquerda do texto, até que encontre uma nova informação que lhe chame a atenção. O desenho formado com este tipo de leitura, se assemelha a uma letra F.

Se a sua ideia é valorizar a experiência do visitante do seu blog, é fundamental considerar todos os detalhes que farão o seu texto ser mais escaneável. Então, considere alinhar o seu texto à esquerda e colocar o máximo de informações relevantes nas primeiras linhas de cada bloco do blog.

Como a escaneabilidade ajuda no SEO

Você pode estar se questionando por que essa estratégia seria tão importante? Seria apenas para facilitar a leitura das pessoas que visitam o seu blog? Ou para melhorar a prática de leitura dinâmica?

Esses são alguns dos pontos que, sim, a escaneabilidade possibilita, mas não se engane! Ainda que não seja uma estratégia voltada diretamente para o ranqueamento de páginas na web, este é um recurso que pode ajudar — e muito — o SEO e o ranqueamento do seu site ou blog nos principais buscadores.

Em primeiro lugar, um texto que apresenta uma boa escaneabilidade tende a ter uma menor taxa de rejeição.

Se você aliar isso a uma boa distribuição da palavra-chave escolhida ao longo do texto, investir em títulos atraentes e subdividir o texto em mais parágrafos curtos, além de aumentar o tempo de permanência do visitante na sua página, você estará melhorando a possibilidade do seu blog ranquear bem.

Como tornar o seu texto mais escaneável

Até aqui, você já viu que a escaneabilidade é um recurso fundamental se você deseja atrair e reter os visitantes do seu blog — podendo, ainda, melhorar o SEO da sua página.

Mas se você tem dúvidas sobre como aplicar esta estratégia em seus textos, siga a leitura, porque vamos te dizer o que você precisa fazer para tornar o seu texto mais escaneável. Confira 6 dicas valiosas!

1 – Use bem os títulos e subtítulos

São os títulos e subtítulos que dão destaque ao assunto que você abordará em seu blog post, permitindo que o leitor tenha uma ideia sobre o conteúdo que encontrará em cada tópico mesmo antes de ler o texto. 

Eles também facilitarão a busca do visitante, caso ele deseje voltar em algum ponto do texto que queira explorar melhor.

Por isso, elabore títulos e subtítulos diretos e relevantes. Além de ser o primeiro ponto para um bom escaneamento, também colabora para uma melhor indexação em buscadores como o Google.

Lembre-se de usar verbos no imperativo, que sugerem uma ação. E não se esqueça de colocar a palavra-chave sempre que possível!

2 – Separe o texto em mais parágrafos

Ao escrever para uma audiência online, lembre-se de que não é recomendável usar grandes blocos de texto para dizer o que você precisa.

O ideal é que você quebre o texto em parágrafos menores, que vão melhorar a fluidez de leitura do visitante do seu blog.

Esta é uma técnica que vai deixar o seu texto visualmente menos poluído e muito mais fácil de escanear.

Entretanto, atente-se a um detalhe importante: é fundamental conectar bem um parágrafo ao outro. Não basta você criar um grande bloco de texto e depois reparti-lo aleatoriamente.

Um parágrafo deve dar sequência lógica ao anterior. Releia o texto sempre que necessário para não perder o fio da meada!

3 – Crie listas, use bullet points ou números

Esta é uma técnica bastante importante e funciona muito bem para a leitura online. O seu texto pode ser melhor compreendido se você o separar em elementos mais simples, como os números ou tópicos usados neste post.

Este mesmo recurso pode ser utilizado na elaboração dos títulos e subtítulos como, por exemplo, em “Descubra 6 dicas para produzir um conteúdo escaneável”.

4 – Use negrito, itálico ou sublinhado para dar destaque

Se você sabe como usar estes elementos, consegue direcionar o interesse e a atenção dos seus visitantes para as palavras ou trechos mais importantes do seu texto.

Esse destaque mostra ao leitor o tipo de conteúdo que ele encontrará e, assim, como os títulos e subtítulos, facilitam muito o direcionamento do escaneamento.

O uso da fonte em negrito ou itálico favorece a clareza do conteúdo. Já o sublinhado ou a caixa alta devem ser usados com mais cautela.

De maneira geral, o negrito se usa para dar destaque a uma palavra ou trecho que você queira mostrar que é importante para o conteúdo. Por sua vez, o itálico pode ser usado em citações ou palavras estrangeiras.

5 – Use imagens, vídeos e infográficos

Os recursos visuais como imagens, vídeos ou infográficos não só ajudam a explicar ou exemplificar o tema abordado, como também são um excelente recurso para quebrar o texto e melhorar a escaneabilidade do público.

Além de chamar atenção, muitas vezes, os recursos multimídia podem facilitar o entendimento de assuntos mais complexos, o que gera maior identificação com a sua audiência.

É importante, sempre que usar imagens ou vídeos, considerar: a qualidade da imagem, se ela conversa com a identidade e o tom de voz do texto e a descrição que você colocará para ela.

6 – Alinhe o texto à esquerda

Lembra que logo ali acima falamos sobre os padrões que as pessoas usam para escanear um texto?

Alinhar o texto à esquerda, considerando o padrão em F, vai facilitar a leitura da sua audiência e aumentar significativamente as chances de retenção dela na página.

Como saber se seu texto está realmente escaneável

Você seguiu todas as dicas que demos aqui, mas, ainda assim, tem dúvidas se o seu texto está escaneável o suficiente? Não se preocupe! Existem ferramentas que podem ajudá-lo a verificar.

Ferramentas como o Yoast, do WordPress, Readability Test Tool e Free Readability Formulas podem ser usadas de forma estratégica para analisar a escaneabilidade de seu conteúdo, mostrando se seus esforços estão dando certo ou se há algo a ser melhorado. 

Você viu que a escaneabilidade, além de ser um grande recurso para captar novos visitantes para o seu blog, também retém a atenção daqueles que já compõem a sua audiência e ainda ajuda a sua página a ser melhor ranqueada nos buscadores.

Se você tem interesse em otimizar cada vez mais o seu blog, não deixe de conferir o nosso post com dicas para criar conteúdos de qualidade.

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.